Álcool e drogas na Infância e Adolescência

  • 801 views
Uploaded on

Psiquiatria: dependência química, álcool e drogas na infância e adolescência. …

Psiquiatria: dependência química, álcool e drogas na infância e adolescência.
Epidemiologia, prevalência no brasil e no mundo, comorbidades, revisão da literatura e tratamento. Curso GREA 2013.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
801
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
53
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Álcool e drogas na infância e adolescência Gabriel Magalhães Lopes Psiquiatra da Infância e Adolescência HC-USP – Programa Equilíbrio
  • 2. Introdução • 6 milhões de morte atribuídas ao uso de tabaco no mundo; • 2,5 milhões de mortes atribuídas ao uso de álcool; • 200 mil mortes atribuídas ao uso de drogas ilícitas. (Who, 2011; UNODC, 2012)
  • 3. Introdução • 72% dos adolescentes americanos experimentaram álcool; (NIDA, 2012) já • 65,2% dos estudantes brasileiros experimentaram álcool; (CEBRID, 2004) já • 1,7 milhões de adolescentes perdem suas vidas todos os anos em eventos relacionados ao consumo de álcool e drogas; (WHO, 2008) • Experimentação precoce está associada a maiores taxas de uso pesado e dependência na adolescência; (Kandel, Yamaguchi & Chen, 1992)
  • 4. Prevalência • Mundial: 3,5 a 6,5% - 15 a 64 anos; (UNADC, 2012) • 27 capitais brasileiras: (Galduróz, Noto, Nappo & Carlini, 2004) – 22,5% - estudantes de ensino médio; – 12,7% - estudantes entre 10 e 12 anos; • 4o diagnóstico mais frequente na adolescência. (Merikangas et al., 2010)
  • 5. Epidemiologia (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013)
  • 6. Iniciação do uso de drogas • Uso precoce e pesado de álcool e cigarro associado a uso de solventes, cannabis, anfetaminas e cocaína; (Galduroz & Noto, 2000) • Uso precoce de álcool e cigarro associado a delinquência, comportamento antissocial e fracasso escolar; (US Department of Health and Human Services, 2004) • 1o uso de droga pesada ocorre junto com o uso de álcool, cigarro ou cannabis; (Olthuis, Darredeau & Barret, 2013)
  • 7. Iniciação do uso de drogas Média de idade de início do uso no Brasil, em 2004 • Álcool: 12,5 anos • Cigarro: 12,8 anos • Cannabis: 13,9 anos • Cocaína: 14,4 anos * Implicações sobre trabalhos de prevenção (Galduróz, Noto, Nappo & Carlini, 2004)
  • 8. Álcool: Padrão de uso dos adolescentes • 13%: padrão intenso de consumo; 10%: uma a três vezes por mês; 5%: bebem em binge (até se embrigarem). (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2009) • Entre 18 e 24 anos, prevalência de experimentação é de 78,6% no Brasil; (SENAD, 2009) • Provável dependência de álcool: 19,2%, com diferença de 2:1 entre meninos e meninas no Brasil; (SENAD, 2009) • Diferença entre meninas e meninos está reduzindo; (Kraus, Metzner &Piontek, 2010) • Na Europa, a prevalência já é igual. (Björn et. al, 2011)
  • 9. Cigarros: padrão de uso dos adolescentes • 24,2% dos escolares no 9o ano do Ensino Fundamental experimentaram cigarros; (PeNSE, 2009) • 9,3% dos adolescentes entre 10 e 19 anos são fumantes (Barbosa Filho, Campos & Lopes, 2012)
  • 10. Prevalência comparativa: tabaco e álcool em países (Lopes, Issa & Scivoletto, 2013)
  • 11. Interação Álcool e Tabaco • Dependência de álcool aumenta em três vezes o risco de dependência de tabaco; • Dependência de tabaco aumenta em quatro vezes o risco de dependência de álcool. (NIDA, 2006)
  • 12. Drogas ilícitas • Cannabis é a substância ilícita mais utilizada do mundo; • 4,1% dos adolescentes brasileiros entre 12 a 17 anos já experimentaram cannabis; solventes: 3,4% (SENAD, 2009) • Entre estudantes de escolas públicas brasileiras, o uso é de 5,9%% e o de solventes, 15,5%. (Meyers & Dick, 2010)
  • 13. Drogas ilícitas • Cocaína entre adolescentes brasileiros: 2% • Crack entre adolescentes brasileiros: 0,7% • Uso de crack e cocaína: maior gravidade de problemas psiquiátricos, familiares e sociais: – Transtorno de Personalidade Antissocial na idade adulta (25% dos usuários) – Furto e roubo (23%) – Ameaças e agressões (32%) (Kessler et. al, 2012)
  • 14. Fatores neurobiológicos de risco • Neurobiologia do adolescente: sistema de recompensa
  • 15. Fatores sociais de risco • Uso de álcool, cigarro ou drogas pelos pais e amigos • Desempenho escolar insatisfatório • Relacionamento ruim com os pais • Baixa auto-estima • Sintomas depressivos • Antecedente de eventos estressantes • Uso precoce de álcool e cigarros (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Scivoletto, 2013)
  • 16. Fatores sociais de proteção (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013)
  • 17. Outros fatores importantes • Disponibilidade da droga • Custo da droga • Influências culturais e dos meios de comunicação • Influência do grupo de amigos (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013; Lopes, Issa & Schivoletto, 2013)
  • 18. Fatores genéticos • Influência genética é mais importante em meninas do que em meninos; • Filhos de dependentes de álcool têm 4x mais risco de desenvolver alcoolismo mesmo quando criados por pais não alcóolatras; • Herdabilidade da dependência de álcool e maconha de 50%. (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013)
  • 19. Comorbidades psiquiátricas • Transtorno de Conduta ou Transtorno Opositor Desafiante (68%), Transtornos ansiosos (20%), Transtornos de humor (32%); • Transtorno de pânico na adolescência prediz uso de álcool na idade adulta • Pânico e Fobia Social correlacionados com álcool e cannabis • TDAH? • 75%: algum transtorno (Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013)
  • 20. Critérios diagnósticospara abuso Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 21. Critérios diagnósticos para dependência Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 22. Indicadores acadêmicos de uso Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 23. Indicadores psicossociais de uso Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 24. Tratamento • Objetivo final: retomada do desenvolvimento normal do adolescente (mudança global do estilo de vida; • Promoção da abstinência; • Manutenção da abstinência; • Avaliação e tratamento psiquiátricos associados; de outros quadros • Abordagem dos fatores pessoais e familiares associados; • Estímulo a atividades sociais e de lazer (preencher o tempo). Johnson, 1995
  • 25. Tratamento Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 26. Estágios de motivação e tratamento Lopes, Issa& Schivoletto, 2013
  • 27. Estágios de motivação e tratamento Lopes, Issa& Schivoletto, 2013
  • 28. Modalidades de tratamento • Ambulatorial; • Hospital dia; • Internação voluntária; • Internação involuntária; • Internação compulsória; • Comunidades terapêuticas abertas; • Comunidades terapêuticas fechadas. Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 29. Indicações de internação • Risco de auto-agressão ou suicídio; • Risco de hetero-agressão; • Risco de síndrome de abstinência grave; • Complicações clínicas importantes; • Necessidade de tratamento de outras comorbidades psiquiátricas; • Falência de tratamento ambulatorial. Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 30. Estratégias preventivas Lopes, Nóbrega, Del Prette & Schivoletto, 2013
  • 31. Instrumentos de screening www.sdqinfo.com
  • 32. OBRIGADO! gmlopes.pq@gmail.com www.acaciapsi.com.br
  • 33. Referências • • • • Lopes, G. M. ; Nóbrega, B. A. ; Del Prette, G. ; Scivoletto, S. . The use o psychoative substances by adolescentes: Current Panorama [Uso de substâncias psicoativas por adolescentes: Panorama Atual]. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. Supl.1, p. S51-S61, 2013. Galduroz JC, Noto AR, Nappo SA, Carlini EA. Trends in drug use among students in Brazil: analysis of four surveys in 1987, 1989, 1993 and 1997. Braz J Med Biol Res. 2004 Apr;37(4):523-31. PubMed PMID: 15064815. National Institute on Drug Abuse (NIDA). DrugFacts: High School and Youth Trends: US Department of Health and Human Services: National Institute on Drug Abuse (NIDA); 2006 [updated December, 2012; cited 2013 Jan]. Available from: http://www.nida.nih.gov/infofacts/HSYouthtrends.html. Galduróz JCF, Noto AR, Fonseca AM, Carlini EA. V levantamento nacional sobre o consumo de drogas entre estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino nas 27 capitais brasileiras-2004 São Paulo: CEBRID, Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas; 2004 [DEZ/2012]. Available from: http://www.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/levantamento_brasil2/index.htm.
  • 34. Referências • • • • • WHO. Inequalites in young people´s health. Health Behavior in School- Aged Children. International Report from 2005-2006.: World Health Organization: Health Police for Children and Adolescents; 2008. World Health Organization. Global Survey on Alcohol and Health Geneva 2008 [cited 2013 April]. Available from: http://www.who.int/substance_abuse/activities/gad/en/. Kandel DB, Yamaguchi K, Chen K. Stages of progression in drug involvement from adolescence to adulthood: further evidence for the gateway theory. J Stud Alcohol. 1992 Sep;53(5):447-57. PubMed PMID: 1405637. Epub 1992/09/01. eng. United Nations Office on Drugs and Crime. World Drug Report: United Nations publication; 2012 [cited Sales No. E.12.XI.1.]. Available from: http://www.unodc.org/documents/data-andanalysis/WDR2012/WDR_2012_web_small.pdf. Merikangas KR, He JP, Burstein M, Swanson SA, Avenevoli S, Cui L, et al. Lifetime prevalence of mental disorders in U.S. adolescents: results from the National Comorbidity Survey Replication--Adolescent Supplement (NCS-A). J Am Acad Child Adolesc Psychiatry. 2010 Oct;49(10):980-9. PubMed PMID: 20855043. Pubmed Central PMCID: PMC2946114. Epub 2010/09/22. eng.
  • 35. Referências • • • • • Galduroz CF, Noto AR. Uso pesado de álcool entre estudantes de 1o e 2o graus da rede pública de ensino em dez capitais brasileiras. Jornal Brasileiro de Dependências Químicas. 2000;1(1):25-32. Curie CG. Report To Congress On The Prevention And Reduction Of Underage Drinking. In: Services USDOHAH, editor. Washington: Substance Abuse and Mental Health Services Administration; 2004. Olthuis JV, Darredeau C, Barrett SP. Substance use initiation: The role of simultaneous polysubstance use. Drug and alcohol review. 2012 May 21. PubMed PMID: 22612987. Epub 2012/05/23. Eng. Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. Relatório Brasileiro sobre Drogas: Ministério da saúde; 2009. Available from: http://www.obid.senad.gov.br/portais/OBID/biblioteca/documentos/Relatorios/32 8379.pdf World Health Organization. Global status report on alcohol and health. Geneva, Switzerland: WHO Press: 2011 [cited 2013]. Available from: http://www.who.int/substance_abuse/publications/global_alcohol_report/msbgsr uprofiles.pdf.
  • 36. Referências • • • • • Kraus L, Metzner C, Piontek D. Alcopops, alcohol consumption and alcohol related problems in a sample of German adolescents: is there an alcopop-specific effect? Drug and Alcohol Dependence, 110:15–20. 2010. Björn Hibell, Ulf Guttormsson, Salme Ahlström, Olga Balakireva, Thoroddur Bjarnason Anna Kokkevi, Ludwig Kraus. The 2011 ESPAD Report - Substance Use Among Students in 36 European Countries ESPAD - the European School Survey Project on Alcohol and Other Drugs.: CAN; 2011 [updated 06/11/2012]. Available from: http://www.idt.pt/PT/Investigacao/Documents/Relatorio/The_2011_ESPAD_Repor t_FULL.pdf. Lopes, G. M., Issa, J. & Scivoletto, S. (2013). Alcoolismo e tabagismo em adolescentes. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, 23(2). Barbosa Filho VC, Campos W, Lopes Ada S. Prevalence of alcohol and tobacco use among Brazilian adolescents: a systematic review. Rev Saude Publica. 2012 Oct;46(5):901-17. PubMed PMID: 23128268. Epub 2012/11/07. eng. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar - PeNSE. Rio de Janeiro: IBGE; 2009 [cited 2013]. Available from: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/pense/pense.pdf.
  • 37. Referências • • • • • National Institute on Drug Abuse (NIDA). DrugFacts: High School and Youth Trends: US Department of Health and Human Services: National Institute on Drug Abuse (NIDA); 2006 [updated December, 2012; cited 2013 Jan]. Available from: http://www.nida.nih.gov/infofacts/HSYouthtrends.html. Ramo DE, Liu H, Prochaska JJ. Tobacco and marijuana use among adolescents and young adults: a systematic review of their co-use. Clin Psychol Rev. 2012 Mar;32(2):105-21. PubMed PMID: 22245559. Pubmed Central PMCID: PMC3267894. Epub 2012/01/17. eng. Meyers JL, Dick DM. Genetic and environmental risk factors for adolescent-onset substance use disorders. Child Adolesc Psychiatr Clin N Am. 2010 Jul;19(3):465-77. PubMed PMID: 20682215. Epub 2010/08/05. eng. Kessler F, Cacciola J, Alterman A, Faller S, Souza-Formigoni ML, Cruz MS, et al. Psychometric properties of the sixth version of the Addiction Severity Index (ASI-6) in Brazil. Revista brasileira de psiquiatria. 2012 Mar;34(1):24-33. PubMed PMID: 22392385. Epub 2012/03/07. eng. Johnson RL. Drug abuse. Pediatr Rev. 1995 May;16(5):197-9. PubMed PMID: 7753735. Epub 1995/05/01. eng.