• Like
Argentina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Argentina

  • 161 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
161
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. População 42.192.494 habitantes, no senso. Distrubuição da idade, 014anos: 25,4%(homens 5.429.488/mulheres 5.181.289). 15-64anos: 63,6%(homens 13.253.468/mulheres 13.301.530). 65anos e mais: 11%(homens 1.897.144/mulheres 2.706.807). Taxa de crescimento: 0,997%. Taxa de nascimento: 17,34%. Taxa de mortalidade: 7,36%. Taxa de migração o. Capital A capital da Argentina é Buenos Aires. Presidente A presidenta da Argentina é Cristina Fernandez de Kirchner, de 2007 á 2015. Moeda Oficial A moeda da Argentina é Peso Argentino. Localização A Argentina se localiza na Região Sul da América do Sul. Clima O clima temperado, geralmente varia de subtropical no Norte, até subpolar no extremo Sul. O Norte, é caracterizado por verões
  • 2. quentes e úmidos, com invernos secos e leves, e está sujeito a secas periódicas. O centro da Argentina tem verões quentes com trovoadas, e invernos frios. Nas regiões do Sul, os verões são mornos e invernos frios com fortes nevoadas, especialmente nas zonas montanhosas. As altitudes mais elevadas em todas as latitudes tornam as condições climáticas mais frias. Religião Segundo o World Christian Detabase, os argentinos são 92,1% cristãos(onde desses quase 75% são católicos, embora esse percentual vem caindo nos últimos anos), 3,1% agnósticos, 1,9% muçulmanos, 1,3% judeus e ateus e budistas representam 0,9% cada segmento. Economia A economia da Argentina é a terceira maior da América Latina. O país possui ricos recursos altamente alfabetizada, um setor agrícola orientado para a exportações e uma base industrial diversificada. Historicamente, no entanto, o desempenho econômico da Argentina tem sido muito desigual, onde o crescimento econômico elevado alternou-se com períodos de graves recessões, especialmente durante o final do século xx, além de problemas como uma má distribuição de renda e o aumento da pobreza. No ínicio do século xx, a Argentina era um dos países mais ricos do mundo e um dos mais prósperos de hemisfério Sul, embora atualmente seja uma nação de renda média-alta . Argentina é considerada um mercado emergente pelo FTSE Global
  • 3. Equity Index e é uma das economias do G20. No entanto, os alto índices de inflação tem sido uma fraquza constante da economia do país durante décadas. A taxa de pobreza urbana caiu abaixo dos índices da crise econômica de 2001. A distribuição de renda melhorou desde 2002, mas ainda é consideravelmente desigual. A Argentina começou um período de austeridade fiscal em 2012, devido a um processo de desaceleração econômica. A Argentina tem o segundo maoir índice de desenvolvimento humano. Entre os problemas apontados, estão a corrupção do governo, a falta de independência judicial, impostos e tarifas enormes e interferência regulatória, o que prejudica a eficiência e o aumento d produtividade do país. Indústria A indústria é o maior setor único na economia do país(19% do PIB) e está bem integrado á agricultura Argentina, sendo que metade das exportações industriais do país são de natureza agrícola. Tendo como base o processamento de alimentos e de produtos têxteis durante o seu desenvolvimento inicial na primeira metade do século xx, a produção industrial argentina tornou-se altamente diversificada. Os principais setores em termos de valor de produção são: processamento de alimentos e bebidas, veículos automóveis e autopeças, produtos de refinaria, biodisel, produtos químicos e farmâceuticos, aço e alumínio, maquínas agrícolas e industriais, e aparelhos eletrônicos.
  • 4. Outros produtos industriais produzidos no país incluem: vidro e cimento, plásticos e pneus, produtos de madeira, têxteis, produtos de tabaco, suportes de gravação e impressão, móveis, vestuário e couro. A maior produção está organizada em torno de 280 parques industriais, com outros 190 programados para abrir durante o ano de 2012. Quase metade das indústrias Argentinas estão sediadas na aréa da grande Buenos Aires, apesar de cidades como Córdoba, Rosário e Ushuaia também serem importantes centros industriais, sendo esta última o principal centro de produção de eletrônicos do país. Culinária A culinária da Argentina se caracteriza por uma grande inportância das carnes, vinhos e empanadas. A gastronomia desse país diferencia-se do resto da América Latina devido aos grandes aportes europeus: o italiano e o espanhol, que são duas importantíssimas influências, seguidos por derivados de etnias aborígenes. Quando se falam em gastronomia Argentina, imediatamente pensa-se e carne, em efeito a fertilidade do solo, somando ao fato de ser um dos principais produtores de grãos do mundo, permite a esta contar com um gado de altíssima qualidade. Isso explica por que a carne é um dos principais ingredientes desta culinária. As carnes normalmente vêm acompanhadas por batatas fritas , saladas, provolone defumado. Porém parece disseminar nos restaurantes argentinos a tendência a divulgar os pratos típicos dos primeiros habitantes da região.
  • 5. O puchero criolo é uma modificação do cozido espanhol, porém feito com mais carne e menos grãos de bico. A carbonada, podendo adquirir tons adocicados se ao final do preparo for acrescentado pêssegos, pêras ou frutas secas. As famosas empadas, uma leve massa recheadas com carne, cebola, ovos azeitonas e temperos, tem origem nas empadas galegas que é a base de peixe. Entre os pratos típicos muito consumidos no país, estão o arroz portenho, o locro, e a picada. A Argentina também é muito conhecida pelo doce alfajor, uma espécie de bolacha recheada muito consumida em todo mundo nos dias de hoje. Pecuária Bovinos, ovinos, caprinos, aves. Mineração Petróleo, gás nas cidades principais: Buenos Aires , Córdoba, Rosário, Mendoza, San Miguel de Tucumán. Cidades Principais Buenos Aires, Córdoba, Rosário, Mendoza, SaN Miguel de Tucumán, La Plata, Salta, Santa Fé, San Juan, Resistencia, Santiagodel Estero, Corrientes, Baía, Blanca, San Salvador de Jujuy, Posadas, Paraná, Neuquén, Merlo, Quilmes e Bariloche. Fuso Horário
  • 6. O horário da Argentina é o mesmo do Brasil. Costumes Os argentinos tem muitas coisas em comum com os gaúchos do Sul do Brasil. Bebem chimarrão, comem muita carne, tem influências européias(sobrenomes, etnia e costumes), falam com uma entonação parecida, dizem "bá" e "tchê". Nas cidades gaúchas que fazem fronteira com a Argentina, o sotaque é tão semelhante que algumas palavras são pronunciadas como no espanhol. O consumo de vinho por capita é o maior da América Latina, comparável a padrões da Europa. Eles também tem um costume de não aceitar notas nos ônibus somente moedas e em lojas ou bancas de jornal não trocam notas por moedas sem comprar alguma coisa. Costume em dias ensolarados, principalmente no verão, muita gente fica deitada na grama dos parques e das praças pegando sol. Eles tem costume de ir ate a praça fazer desenhos de paisagens com molduras, provavelmente são estudantes de belas artes(arquitetura, desenho, etc). As pessoas se cumprimentam com apenas um beijo, inclusive homens. Geografia
  • 7. A Argentina é o terceiro país mais populoso da América do Sul e 33ª do mundo. A Argentina é um país altamente urbanizado. As dez maiores aréas metropolitanas abrigam metade da população e menos de uma em cada dez pessoas vivem em aréas rurais. Cerca de 3 milhões de pessoas vivem na cidade de Buenos Aires e a aréa metropolitana da Grande Buenos Aires compreede uma população de 13 milhões de habitantes, o que a torna uma das maiores aréas urbanas do mundo. As aréas metropolitanas de Córdoba e Rosário tem cerca de 1,3 milhões de habitantes cada, enquanto Mendoza, Tucumán, La Plata, Mar del Plata, Salta e Santa Fé tem pelo menos meio milhão de pessoas cada uma.