Filosofia moral ética e moral com exercícios.

17,645 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
17,645
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
239
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Filosofia moral ética e moral com exercícios.

  1. 1. Filosofia Moral gregos quiseram cunhar um nome para a A Filosofia Moral distingue entre parte da filosofia que se ocupa com asética e moral. Ética tem a ver com o ações cotidianas do indivíduo, criaram a"bom": é o conjunto de valores, que expressão "ethiké epistéme", queapontam qual é a vida boa na concepção significava "ciência dos costumes" ou,de um indivíduo ou de uma comunidade. como ficou conhecida, "ciência ética", ouMoral tem a ver com o "justo": é o simplesmente "ética". Já quando osconjunto de regras que fixam condições filósofos romanos, que eram atentosequitativas de convivência com respeito e leitores dos gregos, quiseram traduzir paraliberdade. Éticas cada qual tem e vive de o latim a expressão "ethiké epistéme",acordo com a sua; moral é o que torna tentaram encontrar um equivalente em suapossível que as diversas éticas convivam língua e cunharam "scientia moralis", queentre si sem se violarem ou se sobreporem significava "ciência dos costumes" ou,umas às outras. Por isso mesmo, a moral como ficou conhecida, "ciência moral", ouprevalece sobre a ética. simplesmente "moral". Assim, qualquer No terreno da ética estão as noções diferença que se possa encontrar entrede felicidade, de caráter e de virtudes. As "ética" e "moral" não advém dodecisões de qual propósito dá sentido à significado original dos dois termos, poisminha vida, que tipo de pessoa eu sou e estes, em sua origem, eram apenas aquero vir a ser e qual a melhor maneira de tradução um do outro.confrontar situações de medo, de escassez, Há também uma versão segundo ade solidão, de arrependimento etc. são qual "ética" não teria sua origem no gregotodas decisões éticas. "éthos", escrito "έθος", com "ε" (épsilon, No terreno da moral estão as letra grega que soa como um "e" curto enoções de justiça, ação, intenção, aberto), "costume", e sim no grego "éthos"responsabilidade, respeito, limites, dever e escrito "ήθος", com "η" (eta, letra gregapunição. A moral tem tudo a ver com a que soa como um "e" longo e fechado),questão do exercício do direito de um até "habitação". Para os que defendem essaos limites que não violem os direitos do versão, essa segunda forma de "éthos"outro. ("ήθος", com "η") designaria um modo de As duas coisas, claro, são ser, um caráter habitual, um conjunto deindispensáveis. Sem moral, a convivência traços e ações que constituem a identidadeé impossível. Sem ética, é infeliz e de quem se é, nos quais se está à vontade,lamentável. Diz-se que quem age "em casa". Nesse caso, a "ethikémoralmente (por exemplo, não mentindo, epistéme" significaria não a ciência dosnão roubando, não matando etc.) faz o costumes, e sim a ciência do estar emmínimo e não tem mérito, mas quem não casa, do ser si mesmo, do encontrar-se emage moralmente deixa de fazer o mínimo e sua própria identidade, sem distanciar-setem culpa (por isso pode ser punido). Por de si nem de seus valores. O fato de queoutro lado, quem age eticamente (sendo "ética" era escrita "ηθικά", com "η", nosgeneroso, corajoso, perseverante etc.) faz tratados gregos parece corroborar essao máximo e tem mérito, mas quem não versão. Nesse caso, a tradução de "ηθικά"age eticamente apenas faz menos que o por "moralis" teria sido um erro dosmáximo e deixa de ter mérito, mas sem ter filósofos romanos.culpa (por isso não pode ser punido, mas, 2) Formas de distinção entre ética e moralno máximo, lamentado). Há duas tradições de distinção1) Origem dos termos "ética" e "moral" entre os dois termos. Uma delas é francesa Ética vem do grego "éthos" e e ganhou fama no Período das Luzes, nomoral, do latim "mos". Tanto "ethos" qual a célebre "Enciclopédia" dequanto "mos" significam a mesma coisa: DAlembert e Diderrot atribuiu a "moral"hábito, costume. Quando os filósofos o sentido de conjunto de normas e valores
  2. 2. em que os homens de certa época e lugar racionais válidas para todos (moralidade,acreditam e que realizam mediante suas Kant) e outra com base nas convicçõesações, enquanto a ética seria o conjunto de culturais de cada povo (eticidade, Hegel).teorias filosóficas, racionais e reflexivas, Embora essas estejam longe de ser boassobre as normas e os valores em que os caracterizações das concepções éticas dehomens deveriam acreditar e que eles Kant e Hegel, é importante tê-las em vistadeveriam realizar em suas ações. Nessa para compreender de que modo moral etradição, a moral tem a ver com as normas ética vieram a significar duas diferentese valores que já são seguidos na prática, abordagens das questões do que se deveos quais podem ser habituais, fazer.preconceituosos, supersticiosos, cruéis e 3) Objeto da ética e da moralirracionais de várias maneiras. A ética, ao A ética é uma teoria da vida boacontrário, é coisa dos filósofos, está no para mim. Como assim? É uma teoria queplano da teoria, da especulação, da procura responder: De todas as coisasreflexão e argumentação racional. Em possíveis de serem feitas, vivenciadas esuma: A moral seria aquilo que os homens realizadas na vida, qual delas é a que valecomuns aceitam e praticam como certo e mais e realmente a pena? De que modoerrado; a ética seria aquilo que os devo viver a minha vida? Que tipo defilósofos pensam e propõem como certo e pessoa eu sou e que tipo de pessoa euerrado. Outra forma de dizer a mesma quero ser? O que espero ter sido e feito nacoisa seria que a ética é uma reflexão vida, quando estiver velho e olhar para elasobre a moral; ou ainda que a ética é a retrospectivamente? Todas essas sãomoral quando submetida à crítica da questões éticas. Responder a elas é traçarrazão. para si um propósito, um fim, um "télos" A segunda tradição é alemã e tem na vida. É definir para onde se querorigem nas maneiras distintas como Kant caminhar e como se pretende chegar lá.e Hegel conceberam (ou pelo menos nas Um homem de negócios, um filantropo,maneiras distintas como geralmente se um artista, um sacerdote, todos eles sãoalega queeles conceberam) a reflexão homens que se fizeram as mesmassobre o bem e o mal. Segundo geralmente questões éticas acima, mas deram a elasse alega, Kant imaginou a moral como um diferentes respostas. O que importa no fimconjunto de normas ditadas pela razão, as das contas? Ter riqueza, sucesso e poder?quais seriam as mesmas para todos os Dedicar-se aos outros e aliviar as dores dohomens, em todas as épocas e lugares. Já mundo? Viver o prazer, o amor e aHegel, contrapondo-se a Kant, chamou o beleza? Voltar-se para Deus e ter umaque este propunha de "moralidade" e disse vida neste mundo como preparação paraque ela era demasiadamente abstrata, uma vida noutro mundo? Essas sãovazia, inflexível e incapaz de motivar o algumas das alternativas que se abremser humano. Em lugar da "moralidade" para todo aquele que se pergunta o quekantiana, Hegel propôs-se falar de uma pretende fazer de sua vida."eticidade", a qual seria, segundo se alega, A moral é uma teoria daum conjunto de crenças, valores e ideais convivência justa com os outros. Não temque os homens de certa época e certo a ver com o que quero para mim, e simlugar carregam consigo, porque foram com o respeito que devo aos outros. Nãoformados neles desde a infância e porque tem a ver com os meus fins, e sim com ospor meio deles se entendem e convivem limites que todos temos que respeitar,uns com os outros, formando sua quaisquer que sejam os fins que estejamosidentidade individual e coletiva. Assim, perseguindo. A moral responde à seguinte"moralidade" e "eticidade" se tornam questão: Quais são as condições de umarótulos convenientes para duas abordagens convivência pacífica, respeitosa eda ética: Uma com base em normas solidária com os demais seres humanos?
  3. 3. Ou, o que é o mesmo: Uma vez que todos b) É suficiente restringir asomos livres e iguais e todos temos direito implantação de um código de ética aa perseguir nossos fins éticos, mas sem torná-lo apenas um manual para reduzir oprejudicar-nos ou causarmos danos uns risco de interpretações subjetivas sobre osaos outros, quais são os atos que devo aspectos morais e éticos inerentes a cadaobrigatoriamente praticar e que devo situação em particular.obrigatoriamente evitar? Quais são os c) Deve-se omitir, dos clientes edeveres dos homens uns em relação aos fornecedores, informações da empresa,outros, quaisquer que sejam seus projetos para evitar compreensões erradas e maléticos? Nesse caso, o homem de negócios interpretadas.pode querer riquezas, mas não pode d) É suficiente explicar a umconsegui-las à custa de apropriação empregado, para evitar que ele cometaindevida dos bens dos outros. O filantropo atitudes antiéticas, o fato de os padrõespode querer fazer o bem a outrem, mas éticos de cada pessoa serem diferentes dosnão pode fazê-lo à custa de eliminar a da sociedade como um todo.liberdade do outro de escolher o que é e) Um código de ética não abrangemelhor para si. O artista pode querer todas as questões decorrentes do exercíciodedicar-se somente à beleza, mas não de uma atividade, mas fornece, por outropode simplesmente não contribuir para o lado, uma linha de atuação e de condutasustento da prole que tenha ajudado a mais austera, sujeitando os seus partícipesgerar. O sacerdote pode querer dedicar-se a penalidades no caso de transgressões.a Deus, mas não pode fazê-lo de forma tal 2) Acerca da relação entre ética ea desprezar ou perseguir os homens que moral, assinale a opção correta.partilham de outras crenças ou que não a) A partir do estudo da ética, pode-aderem a crença alguma. Isso é assim se considerar uma visão utilitarista, emporque há, ao lado dos fins éticos, que que a verdade de uma proposição consistevariam de pessoa para pessoa, deveres no fato de que ela é útil, tendo algumamorais, que se impõe a todos espécie de êxito ou satisfação.indistintamente. b) A ética reflexiva se dedica exclusivamente à reflexão sobre os Exercícios deveres das pessoas contidos nos códigos 1) Na atualidade, não basta a uma específicos dos grupos sociais.empresa ser economicamente forte. A c) A ética é equivalente à moralsociedade exige novos valores. A porque ambos os preceitos investigam osexistência de códigos formais de ética princípios fundamentais doempresarial e profissional, se estes forem comportamento humano.bem implantados e divulgados, revela-se d) A ética é temporal, enquanto aessencial ao estabelecimento de condutas moral é permanente.expectáveis, mitigadoras da ocorrência e) A simples existência da moralde fraudes de diversas naturezas. A significa a presença explícita de umarespeito da ética empresarial e ética, entendida como filosofia moral, istoprofissional, assinale a opção correta. é, uma reflexão que discute, problematizaa) O código não é o único e interpreta o significado dos valoresmecanismo de conduta, algumas medidas morais.podem ser implantadas no sentido da 3) A ética profissional e,remoção ou, pelo menos, redução de consequentemente, das organizações écondutas inadequadas, em que a considerada um fator importantíssimodefinição de incentivos apropriados para a sobrevivência tanto das pequenasrevela-se eficaz na eliminação do quanto das grandes empresas. Ascomportamento indesejável. organizações estão percebendo a importância da ética como instrumento
  4. 4. para melhorar sua imagem, o que disciplina escolar. Na Idadepermitirá o crescimento da relação entre Contemporânea, a ética assumiu uma novaempregados e clientes. A respeito das conotação, desvinculando-se da ciência eéticas profissional e empresarial, assinale da filosofia e sendo vinculada às práticasa opção correta. sociais.a) Apesar de desvinculada da visão e c) A simples existência da moralda missão da empresa, porque interesses significa a presença explícita de umaindividuais são diferenciados dos ética, entendida como filosofia moral, istointeresses da organização, as principais é, uma reflexão que discute, problematizatarefas do empregador são: manter vivo e e interpreta o significado dos valoresatualizado o código de ética da empresa e morais.promover os meios necessários para a d) A ética não tem por objetivoformação contínua de todos os procurar o fundamento do valor queempregados nesse campo específico. norteia o comportamento, tendo em vista ab) O que é natural como historicidade presente nos valores.comportamento ético é que a profissão e) O conhecimento do dever estáesteja a serviço do social, quer dos desvinculado da noção de ética, pois este éindivíduos isolados, quer do coletivo ou consequência da percepção, pelo sujeito,conjunto, indiscriminadamente. de que ele é um ser racional e, portanto,c) O código de ética é um está obrigado a obedecer ao imperativoinstrumento criado para coibir o categórico: a necessidade de se respeitardesempenho inadequado da empresa em todos os seres racionais na qualidade desuas ações e na interação com seu fins em si mesmos.diversificado público. Para a 5) A respeito das classificações daconcretização desse relacionamento, é ética como campo de estudo, assinale anecessário que a empresa desenvolva o opção correta.conteúdo do seu código de ética com a) Na abordagem da ética absoluta,clareza e objetividade, facilitando a toda ação humana é boa e,compreensão dos seus empregados. consequentemente, um dever, pois sed) Os preceitos éticos defendidos fundamenta em um valor.pelos códigos profissionais e empresariais b) De acordo com a ética formal, nãodizem respeito estritamente ao existem valores universais, objetivos, masrelacionamento entre chefia e empregado, estes são convencionais, condicionados aoporque essa díade é a responsável pelos tempo e ao espaço.maiores conflitos nas organizações. c) Segundo a ética empírica, ae) A atualidade exige uma postura distinção entre o certo e o errado ocorreconsciente das criaturas em relação ao por meio da experiência, do resultado domundo físico, principalmente das procedimento, da observação sensorial doempresas que usam recursos naturais, o que de fato ocorre no mundo.que sustenta de forma completa o d) Quanto ao aspecto histórico, apensamento ético da organização. ética empírica possui a razão como 4) Acerca da relação entre ética e enfoque para explicar o mundo, na medidamoral, assinale a opção correta. em que ela constrói a teoria explicativa ea) O entendimento ético discorre vai ao mundo para ver sua adequação.filosoficamente, em épocas diferentes e e) Em todas as classificações da ética,por vários pensadores, dando conceitos e ela se torna equivalente à moral porqueformas de alusão ao termo ética. direciona o comportamento humano parab) Durante as Idades Média e ações consideradas positivas para umModerna, a ética era considerada uma grupo social.ciência, portanto, era ensinada como

×