Da 2 Guerra Mundial à Guerra Fria

38,295 views
37,839 views

Published on

Autoria de Anabela Aparício

0 Comments
16 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
38,295
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
103
Actions
Shares
0
Downloads
667
Comments
0
Likes
16
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Da 2 Guerra Mundial à Guerra Fria

  1. 1. Da 2ªGuerra Mundial à Guerra Fria<br />Professora: Anabela Aparício <br />
  2. 2. Introdução<br />A história da Humanidade também é uma história de conflitos e de guerras entre homens. A dimensão dos conflitos e das guerras é directamente proporcional às suas consequências. Embora os conflitos possam ser de vária ordem e de várias dimensões, com consequências mais ou menos quantificáveis, as guerras, enquanto conflitos armados são sempre devastadores, quer para vencedores, quer para vencidos. O exemplo é o número de vidas humanas que se perderam durante a 2ª Guerra Mundial. <br />
  3. 3. 2º Guerra Mundial<br />A formação deste e de vários outros regimes ditatoriais europeus, ao longo dos anos 30, contribuiram para uma contínua ameaça sobre a paz. Por esta e por outras razões inicia-se a guerra mais abrangente da história – a 2ª Guerra Mundial(1939-1945).<br />Aliados<br />Eixo<br />2ª Guerra Mundial<br />3<br />
  4. 4. As origens da 2ª Guerra Mundial<br />As tensões internacionais:<br /><ul><li> Crise económica;
  5. 5. Ascensão dos regimes ditatoriais;
  6. 6. A crise dos anos trinta;
  7. 7. Fracasso da SDN;
  8. 8. Descontentamento com os tratados de paz assinados no final da 1ª Guerra Mundial (tratado de Versalhes);
  9. 9. Rearmamento.
  10. 10. Corrida ao armamento;
  11. 11. Política expansionista (o imperialismo das ditaduras).</li></li></ul><li>A 1 de Setembro de 1939 a Alemanha invadiu a Polónia. Dois dias depois a Inglaterra e a França declararam guerra à Alemanha. É o início da 2ª Guerra Mundial. <br />
  12. 12. Acontecimentos em três fases<br /> Primeira Fase (Setembro de 1939 /Junho de 1942) <br /><ul><li>Ficou conhecida como “Guerra Relâmpago” devido a uma série de ataques rápidos e simultâneos através de canhões de longo alcance, tanques blindados e pela Força Aérea Alemã.
  13. 13. As potências do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) expandiram-se muito nesta fase – Entre 1939 e 1940, os alemães invadiram diversos países da Europa tais como a Dinamarca, a Holanda, a Bélgica, a Polónia, a Noruega e mais tarde a França. Em 1941 os alemães invadiram a Jugoslávia e a Grécia.</li></ul> Segunda Fase (1942 / 1943) <br /><ul><li> Caracterizou-se pela contra-ofensiva bem sucedida dos Aliados (Estados Unidos, Inglaterra, União Soviética, França e os seus aliados).
  14. 14. Foi então que os ataques aéreos americanos na Alemanha começaram. Em 1943, os russos partiram para o contra-ataque através da Batalha de Estalinegrado. A batalha de Estalinegrado aconteceu na União Soviética e terminou com a derrota total dos alemães. Todo o prestígio que as tropas de Hitler haviam adquirido nas guerras da Europa Ocidental acabou-se em Estalinegrado.</li></li></ul><li> Terceira Fase (Março de 1943 / Setembro de1945)<br />– Nessa fase as forças do Eixo foram derrotadas, perdendo o Mediterrâneo. No dia 6 de Junho de 1944, o Dia D, os Aliados desembarcaram na Normandia. A Alemanha foi envolvida de todos os lados pelos exércitos aliados. No dia 30 de Abril de 1945, vendo que a situação não estava favorável à Alemanha, Hitler e a sua mulher suicidaram-se. No dia 7 de Maio, o alto comando alemão assinou a rendição incondicional da Alemanha. Assim, a guerra terminou na Europa, mas só foi terminada completamente com a rendição do Japão, após o lançamento de duas bombas atómicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki (em Agosto de 1945).<br />
  15. 15. 1ª fase:<br />(Setembro de 1939/Junho de 1942) <br />
  16. 16. Tanques “Panzer” – “Guerra relâmpago” <br />
  17. 17. Vitória do Eixo <br />A conquista de Paris pelos Nazis.<br />
  18. 18. O genocídio judeu<br />Imagem do Gheto de Varsóvia após a revolta<br />
  19. 19. RESISTÊNCIA DA GRÃ-BRETANHA<br />
  20. 20. 2ª fase:<br />(1942/1943) <br />
  21. 21. BOMBARDEAMENTOS ALIADOS: DRESDEN E BERLIM<br />
  22. 22. ENTRADA DOS EUA NA 2ª GM<br />Reconstituição do bombardeamento japonês da armada americana em “Pearl Harbour”- Hawaii<br />Presidente Roosevelt declara guerra ao Japão em 1941<br />
  23. 23. ABERTURA DA FRENTE DE GUERRA ALEMANHA/URSS<br />
  24. 24. GUERRA EUA/JAPÃO<br />
  25. 25. BATALHAS SANGRENTAS NO PACÍFICO<br />
  26. 26. 3ª fase:<br />(Março de 1943 / Setembro de1945)<br />
  27. 27. DESEMBARQUE ALIADO NA NORMANDIA 1944<br />
  28. 28. FIM DO III REICH- RUSSOS EM BERLIM<br />
  29. 29. Conferência de Yalta e de Potsdam<br /><ul><li>A guerra ainda não havia terminado e os representantes dos E.U.A., Inglaterra e União Soviética reuniram-se em Fevereiro de 1945, na Conferência de Ialta, na Ucrânia e, posteriormente, em Agosto de 1945, na Conferência de Potsdam, na Alemanha. Nessas conferências tomaram decisões para estabelecer a nova ordem mundial como por exemplo a divisão da Alemanha em quatro zonas.</li></li></ul><li> RENDIÇÃO DA ALEMANHA - 1945<br />
  30. 30. LANÇAMENTO DE DUAS BOMBAS NUCLEARES SOBRE O JAPÃO - 1945<br />
  31. 31. Após o Fim da Guerra<br /><ul><li>A 2º Guerra Mundial teve consequências trágicas e desastrosas a nível humano, económico e social. Provocou 50 milhões de mortos e um elevado número de deficientes. Na Europa, a destruição de cidades, de vias de comunicação, de indústrias e de campos abandonados levou a decadência da economia. Os E.U.A, por sua vez, afirmavam a sua superioridade económica e militar.</li></li></ul><li>As consequências da 2ª Guerra Mundial<br />.<br />Alterações Humana<br />• 50 milhões de mortos<br />• Crise de valores<br />• Elevado número de deficientes <br />Alterações política<br />• Divisão da Alemanha<br />• Julgamento da Noruega<br />• Desmilitarização da Alemanha<br />• Instauração de regimes democráticos<br />• Alterações no mapa político mundial<br />• Divisão do Mundo em dois blocos antagónicos, liderados pelos EUA e pela URSS<br />• Criação da ONU<br />• Criação do Estado de Israel.<br /> Alterações Económicas:<br />• Crise económica<br />• Destruição de cidades, de vias de comunicação e de indústrias<br />• Decadência da Europa<br />• Superioridade dos EUA<br />
  32. 32. Algumas das alterações no mapa político mundial<br /><ul><li>Após a 2ª Guerra Mundial, e como consequência dos acordos estabelecidos, formou-se um novo mapa político mundial:
  33. 33. O Japão foi temporariamente ocupado e reorganizado pelas forças dos E.U.A, e estabeleceu um regime democrático;
  34. 34. Criação do Estado de Israel para os judeus, em 1948, na Palestina, considerado o território dos seus antepassados.</li></li></ul><li><ul><li> Em 1945 foi criada uma organização mundial com o objectivo de presevar a paz e resolver de forma pacífica os confilitos entre as nações – a Organização das Nações Unidas(ONU).</li></li></ul><li>EUA / URSS<br />As grande potências emergentes da 2ª Guerra Mundial projectaram a sua influência no concerto mundial das nações. Formaram-se dois grandes blocos de países que contrastavam ideologias e regimes políticos procurando, cada um, afirmar a supremacia do seu estilo de vida. Liderados pelos EUA e pela Rússia, estes blocos promoveram conflitos políticos, económicos, tecnológicos e de poderio militar, numa época que ficou conhecida como guerra fria.<br />A queda do muro de Berlim, que simbolizava a divisão entre estes dois blocos, simbolizou o fim da Guerra Fria.<br />
  35. 35. Guerra “Fria”?... Porquê?<br />É chamada "fria" porque não houve uma guerra directa ou seja bélica, "quente", entre as duas superpotências.<br />
  36. 36. Início da Guerra Fria: áreas de influência dos EUA/URSS<br />
  37. 37. Apesar de a URSS ter perdido cerca de 27 milhões de pessoas durante a guerra, foi um dos países que mais venceu, em conjunto com os EUA. A sua economia encontrava-se no seu auge, graças as medidas de Estaline e a esta guerra. Com isto, a URSS torna-se na segunda superpotência mundial, atrás dos EUA.<br />As duas superpotências passaram a disputar entre elas o domínio do Mundo. Esta época ficou conhecida como a Guerra Fria.<br />Conferência de Potsdam, onde os representates do Reino Unido, EUA e URSS se juntaram pela 3ªvez, após a guerra.<br />
  38. 38. A Guerra Fria: bipolarização mundial <br />O mundo do pós-guerra.<br />Ao terminar a 2º guerra mundial, os EUA e a URSS emergiram como duas superpotências, ou seja, detinham um poderio muitíssimo superior ao das outras potências vencedoras.<br />Ambas tinham tido o papel decisivo na vitória dos Aliados, e mantinham no pós-guerra uma força militar esmagadora. Ambas dominavam extensos territórios, ricos em matérias- -primas, podendo, por isso, dispor de imenso poder económico. Estavam, portanto, em condições de estender a sua influência sobre importantes regiões do globo. O poderio económico e militar e o prestígio dos EUA ultrapassavam, porém, os da URSS, conferindo-lhe uma verdadeira hegemonia mundial. <br />
  39. 39. Tanto os EUA como a URSS pretendiam lutar pela expansão da sua área de influência e pelo triunfo da sua ideologia política – os EUA pelo capitalismo liberal, a URSS pelo socialismo.<br />Em pouco tempo, a hostilidade acentuou-se. Os EUA denunciavam o alastramento do socialismo na Europa como uma ameaça para o “mundo livre”. A URSS, por sua vez, considerava-se cercada pelo “imperialismo americano”, que punha em perigo a sobrevivência e a expansão do socialismo.<br />Esta disputa crescente levou cada uma das superpotências a constituir um forte bloco político, militar e económico com os seus aliados, de modo a poder enfrentar o adversário. Durante décadas, o mundo iria ficar dominado pela oposição entre esses dois blocos, que tinham como pólos as superpotências. Entrou-se na era do mundo bipolar. <br />
  40. 40. O mundo bipolar<br />EUA (Bloco Ocidental capitalista, constituído pelos países da Europa Ocidental e Canadá) e URSS (Bloco de Leste – Socialista, formado pelos países da Europa de Leste e pela China).<br />Para além das diferenças políticas, também a sua economia era diferente: regime democrático pluripartidário e economia de mercado (livre concorrência) em oposição ao regime comunista (partido único) e à economia planificada (controlo estatal).<br />Auxílio económico (plano de reconstrução e organização económica do pós-guerra): Plano Marshall (1948), para auxiliar a Europa e “conter” o avanço do Comunismo.<br />COMCON (entreajuda entre os países comunistas e combate ao poderio americano;<br />
  41. 41. Vigilância e defesa do Estado<br />CIA<br />KGB<br />Cada bloco constituiu a sua aliança militar (NATO, liderado pelos EUA, em 1949, e o Pacto de Varsóvia, liderado pela URSS, em 1945).<br />Pacto de Varsóvia<br />NATO<br />
  42. 42. Corrida ao armamento nuclear (bombas atómicas e de hidrogénio) “equilíbrio pelo terror”<br />Participação em conflitos bipolarizados:<br /><ul><li>Guerra da Indochina;
  43. 43. Bloqueio de Berlim;
  44. 44. Guerra da Coreia;
  45. 45. Crise de Cuba.</li></li></ul><li>Bombas atómicas e de hidrogénio<br />Crise de Cuba<br />Guerra do Vietname<br />
  46. 46. A “ Segunda” Guerra Fria (1979-1985)<br /><ul><li>Após o ano de 1979, seguiu-se uma nova fase nas relações amistosas entre os Estados Unidos e a União Soviética, que ampliaram as relações entre as duas superpotências. O período que vai de 1979 a 1985, 1987 ou 1988 (dependendo da classificação), ficou conhecido como "II Guerra Fria", devido à retomada das hostilidades indiretas entre EUA e URSS, após o período da "distensão". No plano estratégico ficou clara a formação de uma grande coalizão global contra a União Soviética, que passou a incluir, além dos Estados Unidos e seus aliados da NATO o Japão e também a China.</li></li></ul><li>Fim da Guerra Fria<br />
  47. 47. <ul><li>1985 - KonstantinChernenko (Presidente do Soviete Supremo da URSS e Secretário Geral do Partido Comunista de Fevereiro de 1984 a Março de 1985) morre e Mikhail Gorbatchové o novo Presidente e assim começa o início do fim da Guerra e da URSS .
  48. 48. 1988 - Segue-se a retirada das tropas do Afeganistão por parte da URSS . </li></li></ul><li><ul><li> 1989 – A queda do muro de Berlim é o primeiro grande marco do fim da Guerra Fria</li></li></ul><li><ul><li>1991 - As superpotências concordam em eliminar todos os mísseis tácticos terrestres armados com ogivas nucleares tácticas que havia na Europa e na Península Coreana. Com a dissolução da União Soviética, as armas nucleares estratégicas não ficaram apenas na Rússia, mas também na Bielorrússia, Ucrânia e Cazaquistão, que concordam com sua transferência para a Rússia para a destruição de todos. Marco definitivo do fim da Guerra Fria, com o desmantelamento da URSS.</li></ul>http://www.youtube.com/watch?v=wDD9MsPKEe4<br />

×