Your SlideShare is downloading. ×
Lixo eletrônico
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Lixo eletrônico

7,452
views

Published on

Apresentação sobre Lixo Eletrônico e Digital.

Apresentação sobre Lixo Eletrônico e Digital.


0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
7,452
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
268
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Lixo ELETRÔNICO
    Gabriella Fonseca Ribeiro
    Joyce Renata Marques
    Narjara Paula de Almeida Paes Silva
    Roque Diego Viana
    Betim, 23 de Maio de 2011
  • 2. SUMÁRIO
    Introdução
    Lixo Eletrônico
    Lixo Virtual
    Gestão de resíduos sólidos em Belo Horizonte
  • 3. introdução
  • 4. LIXO
    Chamamos de lixo tudo aquilo que não nos serve mais e jogamos fora.
    Os dicionários de língua portuguesa definem a palavra como sendo: coisas inúteis, imprestáveis, velhas, sem valor; aquilo que se varre para tornar limpa uma casa ou uma cidade; entulho; qualquer material produzido pelo homem que perde a utilidade e é descartado.
  • 5. LIXO ELETRÔNICO
    O lixo eletrônico (termo que não deve ser confundido com spam), é o nome dado aos resíduos resultantes da rápida obsolescência de equipamentos eletrônicos (o que inclui televisores, celulares, computadores, geladeiras e outros dispositivos).
    Tais resíduos, descartados em lixões, constituem-se num sério risco para o meio ambiente, pois possuem em sua composição metais pesados altamente tóxicos, tais como mercúrio, cádmio, berílio e chumbo Em contato com o solo, estes produtos contaminam o lençol freático; se queimados, poluem o ar. Além disso, causam doenças graves em catadores que sobrevivem da venda de materiais coletados nos lixões.
  • 6. LIXO VIRTUAL
    O lixo virtualpode ser exemplificado com os milhões de blogues, sites, e-mails e perfis em redes sociais, abandonados, que já infestam a “estratosfera virtual”.
    Além disso hátambém o problema dos spams, quelotamnossascaixas de email diariamente.
  • 7. Lixoeletrônico
  • 8. Quando você descarta um equipamento eletrônico que não possui mais utilidade, você está gerando um lixo eletrônico, também conhecido como “e-lixo”. São materiais como pilhas, baterias, celulares, computadores, televisores, DVD’s, CD’s, rádios, lâmpadas fluorescentes e muitos outros, que se não tiverem uma destinação adequada, vão parar em aterros comuns e contaminar o solo e as águas, trazendo danos para o meio ambiente e para a saúde humana.
  • 9.
  • 10.
  • 11. No Brasil o tempo médio de uso de um celular é inferior a dois anos e o de um computador é de quatro anos nas empresas e cinco anos nas residências.
  • 12. O Brasil não dispõe de uma legislação federal para o descarte correto de lixo eletrônico, por isso uma montanha imensurável de baterias de celular, televisões, computadores, pilhas, aparelhos de celular e outros eletrônicos obsoletos, cuja vida útil é cada vez menor, ronda a população, trazendo prejuízos para o meio ambiente e para a saúde pública.
  • 13. 60% do lixo eletrônico coletado não têm destinação correta, ou seja, são encaminhados para os lixões, nos quais os componentes tóxicos facilmente alcançam os lençóis de água subterrânea.
  • 14. Convençãode Basiléia
  • 15.
  • 16. Vocêsabia?
    Em 2006, o Brasil foi parte do lixão high-tech da Califórnia. De acordo com dados obtidos pelo Jornal Folha de São Paulo no DTSC (sigla em inglês para Departamento de Controle de Substâncias Tóxicas da Califórnia), 1.190 toneladas de lixo eletrônico foram enviadas do Estado norte-americano ao Brasil naquele ano.
  • 17.
  • 18. Esta pequena criança chinesa está separando o cobre dos fios de plástico provenientes de aparelhos eletrônicos em Guiyu, China. O cobre será reciclado e o plástico queimado. O que você pode fazer para minimizar esta situação?
  • 19. OS PERIGOS
    Na composição dos equipamentos eletrônicos existem substâncias tóxicas como mercúrio, chumbo, cádmio, belírio e arsênio – altamente perigosos à saúde humana. Além disso, para se produzir os aparelhos também são utilizados compostos químicos retardantes de chamas e PVC, que demoram séculos para se decompor no meio ambiente. Em contato com o ar, as águas e o solo e, por exposição direta ou indireta via água de abastecimento e alimentos, essas substâncias podem causar distúrbios no sistema nervoso, problemas renais e pulmonares, câncer e outras doenças.
  • 20. Oselementosquímicos e seuperigopara a saúde do homem
  • 21. O chumbo pode afetar praticamente todos os órgãos e sistemas do corpo humano, especialmente o sistema nervoso central. Rins e o sistema reprodutivo também são afetados. Os efeitos são os mesmo caso o chumbo seja inspirado ou ingerido. Em altas quantidades, o chumbo pode reduzir o tempo de reação, fraqueza nos dedos, punhos ou calcanhar, e possivelmente afeta a memória. O chumbo também pode causar anemia.
  • 22. Você tem pilhas, baterias, celulares, carregadores lotando suas gavetas? Sabe que esse “e-lixo” não deve ser jogado no lixo comum, mas também não sabe o que fazer com ele?
  • 23.
  • 24.
  • 25. Crie. Recrie.
  • 26.
  • 27. Lixo Virtual
  • 28.
  • 29. SPAMS
    Spams desperdiçam não apenas o tempo e a paciência dos usuários, mas uma enorme quantia em dinheiro. Um relatório de âmbito mundial divulgado em abril deste ano, realizado pela I.C.F. International, consultoria internacional sobre questões sustentáveis, e encomendado pela McAfee, revelou que a energia gasta para transmitir, processar e filtrar spams no ano de 2008 chegou a 33 bilhões de kWh (quilowatt-hora) – equivalente ao consumo energético de 2,4 milhões de casas nos Estados Unidos.
  • 30. O Brasil, entretanto, não fica atrás: somos o 2° maior gerador de spams na rede mundial de computadores, responsáveis por 10% do total. Os Estados Unidos lideram a lista, com 26% das mensagens produzidas globalmente. O documento também reporta que 80% de toda a informação produzida na internet são constituídas por spams.
  • 31. Assuntos de spam
  • 32. Gestão de resíduos sólidos em Belo Horizonte
  • 33. Projeto 3RsPCs
    O Projeto 3RsPCs - Resíduos Eletroeletrônicos – é uma iniciativa do Governo de Minas, por meio da Feam e do CMRR (Centro Mineiro de Referência em Resíduos), que tem por objetivo buscar soluções ambientalmente adequadas para os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REE). Em 2009, o projeto contou com o patrocínio da Microsoft.
     
  • 34. 3RsPCs - Ações
    Realização do curso de Montagem, Manutenção e Recondicionamento de Computadores.
    Iniciado em setembro de 2008, é voltado a jovens que aprendem sobre hardware e sobre os riscos desses resíduos se mal geridos, enquanto efetivamente recondicionam as máquinas.
    Instituição do Grupo de Trabalho que, a partir de dezembro de 2008, formula proposta de regulamentação para a gestão de REE a ser encaminhada ao Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA;
    Lançado em junho de 2009, o Diagnóstico da Geração de Resíduos Eletroeletrônicos do Estado de Minas Gerais em parceria com a instituição suíça de pesquisa EMPA - Swiss Federal Laboratories for Materials Testing and Research;
    Realização do Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos, com o objetivo de promover o diálogo e a troca de experiências do setor.
  • 35. Centro de Coleta - CRC
    No CRC, os equipamentos chegam por meio de doações de órgãos do governo federal, estadual e municipal, pessoas físicas, empresas privadas, universidades, entre outros.
    Ao recebê-la, é feita uma triagem para testar as máquinas a fim de verificar as condições de uso.
    Em funcionamento desde abril deste ano, o CRC de Belo Horizonte
    já recuperou 1.295 computadores dos 5.373 doados ao projeto
    por empresas privadas e órgãos públicos.
    O objetivo dos CRCs é ensinar aos jovens
    a consertar, testar, limpar, configurar e
    embalar microcomputadores.
    As máquinas recuperadas foram entregues
    a 26 projetos de inclusão digital selecionados
    pela coordenação nacional do Projeto CI.
  • 36. Centro de Coleta – CDI-BH
    O CDI- BH recebe todo o tipo de EEE, como televisores, aparelhos de som, telefones celulares, telefones fixos, aparelhos de fax, entre outros.
    http://www.cdi.org.br/notes/Doe_Agora
    O CDI atua por meio da criação de CDIs Comunidade, voltados para populações menos favorecidas. Os equipamentos utilizados nesses espaços são doados por pessoas físicas e jurídicas. Computadores e periféricos doados ao CDI não precisam ser novos, mas
    devem estar em funcionamento e ter a configuração
    mínima especificada abaixo.
    - Computadores no mínimo Pentium III ou similar,
    completos, com HD e memória
    - Monitores quando acompanhados de computadores
    teclados ou mouses com CPU
    - Impressoras e scanners
    - Cabos, desde que para os equipamentos aceitos
    - Laptops com fonte, no mínimo Pentium III ou similar
  • 37. conclusão
  • 38. CONCLUSÃO
    Projetos de recliclagem e destinação do lixo eletrônico merecem uma atenção maior da sociedade já que a quantidade produzida de “e-lixo” é enorme, ainda mais com o crescimento acelerado de novas tecnologias. A divulgação também deve ser de ampla abrangência pois como, por exemplo, os projetos citados, poucas pessoas tem o conhecimento da existência dos mesmos.
    O lixo digital está por toda Web, portanto, devemos ter consciência para evitar o aumento através de ações como, por exemplo, não criar SPAMS, ao criar sites, optar pela desativação se for o mesmo tiver conteúdo que exija atualizações, etc.
    Cabe a cada um agir de forma a conscientizar as pessoas quanto a essas boas práticas, principalmente nós profissionais da área.
  • 39. REFERÊNCIAS
    GABRIEL, Martha. O e-lixo. http://www.e-lixo.org/elixo.html. Acessadodia 13 de maio de 2011.
    MOTTA, Sérgio. Legislaçãopara o LixoEletrônico. http://blog.premiosergiomotta.org.br/2009/02/16/legislacao-para-o-lixo-eletronico/ . Acessadodia 13 de maio de 2011.
    ____. Brasilreceberesto dos EUA. http://www.setorreciclagem.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=776 . Acessadodia 13 de maio de 2011.
    TAVARES CAMPOS, Heliana Kátia, ABREU, Maria de Fátima "A Gestão dos Resíduos Sólidos em Belo Horizonte" . Pesquisado em 22 de maio de 2011.
    3RsPCs ttp://cmrrmg.webnode.com.br/tecnologia/a3rspcs/ Acessado em 22 de maio de 2011.
    FRANCO, Rosana Gonçalves Ferreira, LANGE, Liséte Celina
    “Estimativa do fluxo dos resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil”.
    http://www.cdi.org.br Acessado em 22 de maio de 2011.