Converse

4,675 views
4,616 views

Published on

“A mídia se transformou no grande dono da verdade. A humanidade, ingenuamente, lhe outorgou esse poder. Se os valores, as crenças, a estética, a visão de mundo que a mídia nos apresenta não corresponde ao que pensamos e sentimos, temos a sensação de que algo está errado conosco, não com a mídia.”

Published in: Business, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,675
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,852
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Converse

  1. 1.
  2. 2. O DESAFIO<br />
  3. 3. Campanha FuturaCom 16 anos<br />Reformulação da logo e do nome.<br />Em uma década em que só se falava em futuro, a Futura nasceu com a proposta conceitual de batizar a então agência de publicidade com o nome de uma “fonte”, a família Futura. <br />O tempo passou e pela influência daquele momento, muitas outras “Futuras” foram nascendo, nos mais diferentes setores, a mais famosa delas foi o Canal Futura, que por perceber o mar de Futuras que estava entrando, tratou logo de classificar qual era a sua espécie, CANAL, e o trouxe para junto do nome.<br />Acompanhando essa iniciativa percebemos que era preciso também classificar a Futura, com um prefixo ou um sufixo, assim surgiu a idéia de complementarmos o nome com COM de comunicação, surgindo assim a FUTURACOM.<br />
  4. 4. Campanha FuturaCom 16 anosFUTURACOM.PDF<br />
  5. 5. Campanha FuturaCom 16 anos<br />“A mídia se transformou no grande dono da verdade. A humanidade, ingenuamente, lhe outorgou esse poder. Se os valores, as crenças, a estética, a visão de mundo que a mídia nos apresenta não corresponde ao que pensamos e sentimos, temos a sensação de que algo está errado conosco, não com a mídia.”<br />
  6. 6. Campanha FuturaCom 16 anos<br />INTRODUÇÃO<br />As palavras acima são da sócia-presidente do grupo Full Jazz de Comunicação e refletem com sabedoria o pensamento 1.0 da propaganda. Um modelo de comunicação baseado em um Emissor que envia uma Mensagem a vários Receptores que, em via de regra, aceitavam-na sem pestanejar e sem enviar uma resposta de volta. <br />
  7. 7. Campanha FuturaCom 16 anos<br />INTRODUÇÃO<br />No mesmo artigo é possível retirar outro trecho interessante<br />“No caso da propaganda, a chamada linguagem global é na verdade um idioma que ninguém fala. Circula por todos países, mas não conversa com o coração de ninguém. É como se estivéssemos imersos num mundo paralelo, onde podemos olhar, tocar, experimentar, mas não podemos entrar em contato conosco mesmos.”<br />
  8. 8. Campanha FuturaCom 16 anos<br />INTRODUÇÃO<br />Esta “linguagem global” que funcionou muito bem durante uns bons 50 anos de publicidade nos dias de hoje não refletem o comportamento do consumidor. Marcas que não sabem ouvir seus consumidores e não estão abertas ao diálogo não sobreviverão por muito tempo em um mundo que a cada dia se torna mais 2.0.<br />
  9. 9. Campanha FuturaCom 16 anos<br />UM NOVO MERCADO<br />É preciso deixar também de lado o “publicitês”. <br />Estratégias baseadas em termos “in plain english” funcionam muito bem para públicos restritos e palestras, mas não refletem o comportamento de um consumidor que não se enxerga como “target” e sim como o dono da bola. Aquele que se não for parte do time, não deixa ninguém jogar.<br />
  10. 10. Campanha FuturaCom 16 anos<br />UM NOVO MERCADO<br />O mesmo funciona para o mercado empresarial. Mais do que simplesmente pagar a conta e aprovar/reprovar idéias de sua agência, o empresário do século 21 busca em sua agência um parceiro que fale a sua língua, que saiba se comunicar com o público em questão e que promova uma troca de passes perfeita rumo a meta final.<br />
  11. 11. A SOLUÇÃO<br />
  12. 12. Campanha FuturaCom 16 anos<br />E QUAL É O PAPEL DE UMA AGÊNCIA<br />DE PUBLICIDADE<br />Fazer propaganda? Ser criativa? Entender do negócio? Com certeza, mas isso é item de série e não diferencial em um mundo onde o consumidor está no comando. Este novo consumidor tem diferentes opiniões, tem poder para se expressar e quer ser ouvido a qualquer custo. Quer fazer parte da conversa.<br />
  13. 13. Campanha FuturaCom 16 anos<br />E QUAL É O PAPEL DE UMA AGÊNCIA<br />DE PUBLICIDADE<br />O mundo mudou, assim como a nossa forma de fazer publicidade. Nesses 16 anos a Futura vem evoluindo e criando campanhas que ecoam pelas ruas, porém é hora de ir além da publicidade, é hora de gerar conhecimento, de ouvir e ser ouvido, de experimentar o novo. Hora de propagar novas idéias.<br />
  14. 14.
  15. 15. Campanha FuturaCom 16 anos<br />Propagando novas idéias<br />O objetivo central desta arte conceito é representar de forma não literal qual é esse novo papel da publicidade. O papel de ser um mediador de conversas, um coletor de idéias, percepções e insights que chegam de todos os públicos e plataformas.<br />A futura se posiciona no meio desse turbilhão caótico de informações (representado pelos balões de fala) e a partir dele forma sua nova identidade.<br />A estética graffitti entra como uma representação do comportamento subversivo e contestador do consumidor 2.0. A voz que vem das ruas e que de agora em diante faz parte da conversa.<br />
  16. 16. Campanha FuturaCom 16 anos<br />Propagando novas idéias<br />Entretanto não basta apenas acumular percepções dos consumidores e da sociedade em geral, é preciso dar algo em troca.Nesse ponto podemos introduzir as primeiras bases do Converse.<br />As possibilidades do Converse são grandes, desta forma se limitarmos a sua atuação ao relacionamento com o cliente, perderemos boas oportunidades de posicionar a Futura como uma empresa atuante no desenvolvimento de atitudes sadias para uma melhor evolução do mercado como um todo e da sociedade em geral.<br />
  17. 17. Campanha FuturaCom 16 anosFuturaCom Digital<br />Promover as diversas ferramentas digitais 2.0 como canal de comunicação direta da empresa com jovens profissionais, estudantes e admiradores do trabalho da agência. <br />Além de novidades postadas regulamente no Blog, este braço da agência utilizará outras ferramentas como o Twitter, Orkut, Linked In, Youtube e Flickr para manter contato direto com funcionários, divulgar portfólio, seleção de novos profissionais entre outras possibilidades.<br />
  18. 18. Campanha FuturaCom 16 anosFuturaCom Informação<br />Este braço será a assinatura Futura para eventos, circuito de palestras e workshops com profissionais do mercado com vistas a atualização constante e evolução do mercado.<br />Poderá também ser utilizado em eventos fechados à clientes e fornecedores da agência com objetivo de promover uma integração entre os diversos públicos que compõem o dia-a-dia de trabalho da agência.<br />
  19. 19. Campanha FuturaCom 16 anosFuturaCom Sociedade<br />Este braço da estratégia será utilizado pela Futura para a participação e realização de eventos de cunho social e sustentável. A idéia é mostrar o comprometimento da agência com instituições sociais e ambientais a partir da realização de campanhas de apoio e conscientização. <br />Envolvendo sua comunidade de clientes, fornecedores, funcionários e etc., em torno de ações que visem a melhoria continua da sociedade.<br />
  20. 20. Campanha FuturaCom 16 anos<br />CONCLUSÃO<br />A marca FuturaCom deve refletir os mesmos valores que está disposta a vender aos seus clientes. A diferenciação pela disseminação de conteúdo relevante, idéias e atitudes inovadoras conseguem um resultado muito melhor e mais convincente que um posicionamento abstrato e “criativo”. <br />É preciso movimentar, fazer, acontecer e aparecer assim como qualquer adolescente de 16 anos.<br /><br />
  21. 21. Campanha FuturaCom 16 anos<br />AÇÕES<br /> - Desenvolvimento e Programação visual do WebSite<br /> - Fachada<br /> - Tele-espera<br /> - Papelaria (cartões de visita, pasta, envelopes)<br /> - Templates de apresentação<br /> - Apresentações pessoais para MSN corporativo<br /> - Design para o Twitter<br /> - Wallpapers<br /> - Uniformes<br /> - Brindes<br /> - Plano de publicidade e propaganda<br /><br />

×