Your SlideShare is downloading. ×
0
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.

1,171

Published on

Os jogadores do futebol profissional são pessoas que têm conseguido chegar à cima do êxito graças a seu esforço, trabalho, disciplina, por suposto, ao seu grande talento. …

Os jogadores do futebol profissional são pessoas que têm conseguido chegar à cima do êxito graças a seu esforço, trabalho, disciplina, por suposto, ao seu grande talento.

Tenho o prazer de conhecer e conviver com esses jogadores de elite a diário e demonstram suas grandes capacidades mentais para afrontar os treinamentos e a competição. Mas também é certo que, em alguns momentos, experimentam uma luta mental que pode acabar incluso com sua carreira esportiva.

www.futbol-tactico.com/pt

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,171
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
101
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. OS 5 INIMIGOS DA MENTE DE UM JOGADOR DE FUTEBOL PROFISSIONAL Autor: Diego Gutiérrez del Pozo Fotos: Shutterstock.com • Coach dos Esportistas e Treinadores de Elite. (WWW.diegogutierrez.es) • Coordenador do Experto Universitário em Coaching Esportivo (Escola de Inteligência – UCJC). • Doutor em Ciências da Atividade Física e do Esporte na Universidade • Camilo José Cela. (Madri) • Preparador Físico do Futebol de Base do Clube Atlético de Madri. O s jogadores do futebol profissional são pessoas que têm conseguido chegar à cima do êxito graças a seu esforço, trabalho, disciplina, por suposto, ao seu grande talento. Tenho o prazer de conhecer e conviver com esses jogadores de elite a diário e demonstram suas grandes capacidades mentais para afrontar os treinamentos e a competição. Mas também é certo que, em alguns momentos, experimentam uma luta mental que pode acabar incluso com sua carreira esportiva.144 145 MARÇO Coaching Esportivo © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Coaching Esportivo MARÇO
  • 2. 1. INTRODUÇÃO perder completamente na ação e experimentar a pura alegria da competição. "Uma das tarefas principais do treinador é voltar a despertar Os jogadores do futebol profissional são pessoas esse espírito para que os jogadores possam combinar-se que têm conseguido chegar à cima do êxito sem esforço”. (Jackson, 2007: 89). graças a seu esforço, trabalho, disciplina, por Eu acredito que tanto o dono do clube como Phil Jackson estão suposto, ao seu grande talento. no certo. Faz uns dias encontrei-me no cinema a dois ex- O jogador de futebol pode conseguir grandes resultados e estar jogadores que pertenciam a um clube importante da primeira divisão espanhola de futebol. Os dois eram grandes promessas, incluso um deles motivado pelo medo e a ganância tinham jogado na seleção espanhola de futebol (ego) ou pode obter grandes sub 19. realizações e estar motivado pelo Agora, um deles segue jogando na terceira amor (ser). divisão e o outro, o da seleção espanhola, retirou-se da pratica profissional do futebol e esta desempregado. Quando um futebolista confia em si mesmo, está concentrado e com a mente calma, sua mente eTudo isso me fez reflexionar e comecei a ordenar E o mais importante de tudo, em vez de formar a seu corpo trabalham juntos paraalgumas idéias que explicassem o porquê uma pessoa que tem grandes capacidades para conseguir o objetivo, tem umdessas situações. jogar ao futebol, em ocasiões, o que fazemos é desempenho espontâneo e busca fabricar uma maquina para ganhar com um egoÉ evidente que nem todos os jogadores juvenis a vitoria liberando toda sua energia incontrolável. Esse ego vai ser seu maior inimigode projeção vão acabar jogando na primeira sem perder o animo ante a derrota, durante toda sua carreira esportiva, e inclusodivisão e que têm muitos fatores que não podem podemos dizer que se está guiando depois de sua retirada. (Gutierrez e Scheele,controlar esses jovens esportistas, mas, porque por seu ser. (Gallwey,2006). 2009).uns chegam e outros não? Phil Jackson, ex-treinador da NBA nos ChicagoTenho observado uma infinidade de treinamentos Bulls e nos Angeles Lakers, Este artigo centrará-se só noscomo muitos dos futebolistas que têm grande inimigos da mente do jogador dotalento começam a receber um trato especial Escutou dizer ao proprietário de um das suas futebol, é dizer, quando a motivaçãoda sua família e no colégio. Alguns pais, incluso equipes que os jogadores só estavam motivados do esportista esta guiada pelo medolevam a mochila do seu filho “para que não se por duas forças: O medo ou a ganância. Ao ou ganância.lesione”. que Phil respondeu-lhe que podia ser certo, mas que ele pensava que a gente também estavaSe a isso se adiciona quando tem uns anos motivada pelo amor.mais aos representantes, os fabricantes de Cada esportista é livre de utilizarvestimentas esportivas, meios de comunicação, Acrescentou dizendo que “o que guia a determinadas estratégias paraetc. é difícil que o futebolista possa assimilar de maioria dos jogadores não é o dinheiro nem a ganhar, mas quando deixamos queforma correta todas essas bajulações e elogios. bajulação, se não, seu amor pelo esporte. Eles nosso ego tome o controle estamos vivem para os momentos nos que se podem pondo em perigo nossa felicidade.146 147 MARÇO Coaching Esportivo © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Coaching Esportivo MARÇO
  • 3. 2. OS INIMIGOS DA MENTE INIMIGO NUMERO 4: TER SEMPRE A RAZÃO. DO FUTEBOLISTA Quando nos deixamos guiar por nosso ego necessitamos ter sempre razão. O ego nos empurra a entrar em conflito com os outros e necessitar que os outros se equivoquem. Muitos jogadores são capazes de nãoQuais são esses cinco inimigos tão perigosos para a mente que fazem dar seu braço a torcer com seu treinador ou com um companheiro e estar toda uma temporada amargada.com que os jogadores não desfrutem jogando ao futebol e incluso Um sábio disse um dia ao seu discípulo: que prefere ser feliz ou ter razão?baixem seu rendimento? Não significa que vamos dando a razão a todo mundo, nem que nos deixemos pisar pelos demais. O que ajudaria ao futebolista a melhorar seu rendimento seria o ser empático com seu treinador e com seus companheiros e chegar a pontos de encontro onde todos saíssem ganhando.INIMIGO NUMERO 1: IDENTIFICAR-ME COM MEUS LOGROS. Red Holzman disse um dia que “a marca de um bom jogador não era o que conseguia ele, se não comoO jogador de futebol em muitas ocasiões identifica-se unicamente com suas realizações. conseguia aumentar a atuação de seus companheiros”. (Jackson, 2007;94).É muito simples: quando ganha-se tudo está bem e quando se perde tudo esta mal.Qual é o perigo. O perigo é que se pode ganhar, mas se não me tenho esforçado o suficiente e meu INIMIGO NUMERO 5: A NECESSIDADE DE GANHAR.desempenho não melhora pagarei as conseqüências ao longo do tempo. A cultura do esporte dirigida pelo ego, e a da sociedade em geral nos diz que o único importante na vida éQuando cheguem os jogos importantes pode que não esteja suficientemente preparado para conseguir ganhar. Todos os comerciais publicitários nos convidam a serem “os ganhadores”. Mas tem um problema.meu objetivo. Tem que sacar o positivo da derrota já que dela pode-se obter aprendizagens muito valiosas O problema é que é impossível ganhar sempre.e ser objetivos Até os melhores jogadores e equipes da historia lhes chega o momento em que deixam de ganhar ecom á vitoria analisando sempre as possibilidades de melhora. começam a perder. (Gutiérrez, 2011). Todos gostamos de ganhar. Mas é muito diferente “querer ganhar” que “necessitar ganhar”INIMIGO NUMERO 2: A NECESSIDADE DE SER SUPERIOR AOS Quando quero ganhar trabalho para isso com a mente e o coração, mas se não consigo, sigo trabalhandoOUTROS. com esforço e ilusão.O verdadeiro campeão não trata de ser melhor que seu oponente. O que pretende é sempre ser o melhor Quando necessito ganhar estou dando o poder ao ego e voltamos a cair no perigo de deixar de ser feliz.que pode ser. Se o futebolista centra-se em seu crescimento tanto pessoal como profissional estará O mítico treinador John Wooden disse que o êxito e ganhar “é experimentar a paz mental como resultadoganhando. direto de saber que um tem dado o melhor de si mesmo, para converter-se no melhor que è capaz deValorizaram-se os outros e a nós mesmos em base ao aspecto, as realizações, e possessões e outras chegar a converter-se. Isto sim é GANHAR com maiúsculas. (Wooden, 2006).baremas impostas pelo ego podemos cair em sentimentos tão negativos como o ressentimento ou Por tanto, unicamente cada pessoa pode julgar seu êxito. Se nos deixamos de comparar com os outros,afastar-nos da felicidade. se deixamos de identificar-nos com o que temos e com nossas realizações, e começamos a desfrutar cada dia para melhorar pessoal e profissionalmente, poderá começar a sentir-se em paz com nós mesmos e sermos felizes.INIMIGO NUMERO 3: A FAMA.Quando falo com os jogadores mais jovens da categoria de base, em ocasiões, pergunto-lhes: paraque quer ser futebolista? E em mais de uma ocasião me surpreende sua resposta. Respondem-me que 3. BIBLIOGRAFIAquerem ser futebolista para “ser famosos”. • Gallwey, T. (2006). El Juego Interior del Tenis. Editorial Sirio: Barcelona.A fama não é nem boa nem má por natureza, é neutra. Depende de como a utilizemos pode ser beneficente • Gutiérrez, D y Scheele, S. (2009). “Anatomía del Coaching Deportivo” en Conde, M. Fútbol. Camino al éxito III.ou prejudicial para nós. Editorial Supérate: Pontevedra.O que sim é certo é que se te preocupa demais por como te notam os outros. Começará a fazer muito • Gutiérrez, D. (2011). “Coaching deportivo para entrenadores de fútbol (Primera parte)”. Revista electrónica Fútbol-caso a essas pessoas e deixar de ser você mesmo com o perigo que acarreta. Você não é o que os Táctico, nº 47, pp.55-63.outros dizem de você. • Jackson. S. y Csikszentmihalyi, M. (2002). Fluir en el Deporte. Editorial Paidotribo: Barcelona.É muito mais que isso. • Wooden, J. y Carty, J. (2005). “La pirámide del éxito”. Editorial Peniel: Buenos Aires. 148 149 MARÇO Coaching Esportivo © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Coaching Esportivo MARÇO

×