Your SlideShare is downloading. ×
O Poder das Mídias Sociais, by FSB Comunicações
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O Poder das Mídias Sociais, by FSB Comunicações

4,249

Published on

A.presentação sobre o poder das mídias sociais elaborado pela FSB Comunicações

A.presentação sobre o poder das mídias sociais elaborado pela FSB Comunicações

Published in: Business
0 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,249
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
220
Comments
0
Likes
10
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O Poder das Mídias Sociais Como se comunicar num mundo em constante renovação
  • 2. O MUNDO ESTÁ MUDANDO RAPIDAMENTE Mudou a maneira que você compra trabalha pensa vê o mundo se comunica obtém informação divide informação interage
  • 3. MUITO, GRAÇAS A INTERNET Democrática Sem hierarquia, sem filtro Baixo custo Sem limite de espaço e Interativa Customizável tempo Poder ao indivíduo
  • 4. MUDANÇAS NA MÍDIA, NO LEITOR E NO CONSUMIDOR Mídia principal se move pro ambiente online Nos EUA, os sites dos veículos têm mais espectadores que os próprios veículos Internet ultrapassou o jornal impresso como principal fonte de informação no trabalho dos jornalistas Declínio na confiança das instituições, mídia e propaganda. 90% dos consumidores confiam na recomendação dos outros, enquanto 10% acreditam nos anúncios publicitários (Forrester Research) Crescimento da conversação horizontal (peer to peer) Confiança nas pessoas como a gente
  • 5. Mídia principal se move pro ambiente online Nos EUA, os sites dos veículos têm mais espectadores que os próprios veículos Fonte: comScore US MediaMetrix, 4/07
  • 6. Internet ultrapassou o jornal impresso como principal fonte de informação no trabalho dos jornalistas Fonte: pesquisa FSB com 563 jornalistas
  • 7. Crescimento da conversação horizontal (peer to peer) Confiança nas pessoas como a gente Em quem você mais confia para transmitir informações sobre uma companhia? Fonte: 2007 Edelman Trust Barometer
  • 8. DE CONSUMIDORES A PARTICIPANTES O maior sucesso da internet: as redes sociais TIPO DE CONEXÃO _ BRASIL 10 maiores subcategorias Percentual em relação em tempo total de ao tempo total da consumo internet residencial Redes Sociais 34,5% E-mail 10,7% Portais 8,2% Buscadores 4,7% Games on-line 4,6% Vídeos e filmes 3,2% Ferramentas de internet 2,9% Notícias correntes 2,5% Adulto 2,4% Governo 2,1% Fonte: Pesquisa Ibope/NetRatings – outubro de 2008
  • 9. O TAMANHO DAS REDES SOCIAIS 10 milhões de brasileiros lêem blogs 3,2 milhões de brasileiros têm blogs 1.300 páginas de Orkut são abertas por mês 59 milhões de brasileiros têm acesso à web 90% dos internautas brasileiros usam as redes sociais Enquanto o número de usuários de internet cresceu 16% em um ano, o uso de redes sociais cresceu 103%, quase 7 vezes mais!
  • 10. O QUE SÃO AS REDES SOCIAIS? Qualquer mídia em que o usuário possa produzir conteúdo Reúne pessoas com os mesmos interesses e opiniões Permite a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos Pequenos grupos se tornam poderosos e mostram suas caras, se dividindo em pequenos mercados experimentais A comunicação se tornou um caminho de mão dupla
  • 11. AS PRINCIPAIS REDES SOCIAIS
  • 12. QUEM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS? TODO MUNDO! DISTRIBUIDORES / COLABORADORES CONSUMIDORES INVESTIDORES ATIVISTAS MÍDIA FORNECEDORES
  • 13. COMUNICAÇÃO ANTES X AGORA Boca-a-boca invisível Boca-a-boca monitorável Formadores de opinião: Formadores de opinião: celebridades consumidores/prosumers Desenvolvimento de produtos: Desenvolvimento de produtos: a partir internamente de insights do consumidor Fonte de informação: mídia Fonte de informação: mídia + outros xxxxxxxxxxxxx consumidores Pesquisas: tradicional, on-line e Pesquisas: monitoramento e análise da focus groups comunicação boca-a-boca online
  • 14. E POR QUE ESSE PÚBLICO É IMPORTANTE? CONSUMIDOR SATISFEITO CONSUMIDOR INSATISFEITO Conta sua experiência para Conta sua experiência para outras uma pessoa 10 Na WEB, um consumidor insatisfeito pode atingir até 220 pessoas ao falar mal de uma empresa ou produto. Da mesma forma que a web representa um campo fértil para a repercussão de assuntos de interesse das empresas, conteúdos nocivos podem ser arrasadores para uma marca ou um produto.
  • 15. A PALAVRA-CHAVE É RELACIONAMENTO
  • 16. SE RELACIONAR COM AS MÍDIAS SOCIAIS ENVOLVE... Foco na mensagem Busca pelos influenciadores certos Construção de confiança e credibilidade Preservação da imagem e reputação Os objetivos são semelhantes a um trabalho de relações com a mídia
  • 17. O CONCEITO DE DIGITAL PR PR Digital tem a mesma função da PR tradicional – a de construir e manter relações entre as organizações e seus públicos – mas se utiliza do meio digital para isso. Digital PR permite às companhias disseminar informação além das mídias tradicionais, se comunicando diretamente com o público, consumidores e prospects.
  • 18. O QUE É POSSÍVEL FAZER Monitorar a presença da marca na web Ampliar o relacionamento direto com os internautas Gerar conteúdo positivo Atuar de forma preventiva Neutralizar crises Estreitar a relação com formadores de opinião
  • 19. O QUE AS EMPRESAS ANDAM FAZENDO Munidas de informações, as companhias estão partindo para um trabalho de relacionamento com estes formadores de opinião nos meios digitais O grande benefício é falar com um enorme número de pessoas quase instantaneamente e com baixo custo Vale lembrar que trata-se de uma abordagem totalmente personalizada e cheia de regras. Violá-las pode ser extremamente perigoso para a reputação da marca na web As empresas ouvem os internautas e atendem aos possíveis pedidos dos usuários
  • 20. E como se comunicar nesse novo tempo?
  • 21. UM NOVO NÍVEL DE EXPECTATIVAS Transparência Diálogo Conteúdo Exposição Comprometimento
  • 22. TRANSPARÊNCIA Sempre diga a verdade A mídia social têm sua própria cultura. É preciso aprender sobre ela e respeitá-la! As marcas precisam ser transparentes para que as pessoas se disponham a consumir seu conteúdo. Deixe as pessoas escolherem! Divulgar quem você é, é o primeiro passo na construção de confiança com o seu público-alvo, seja ele online ou offline Ao se relacionar com a mídia social, não crie perfis falsos. Ninguém gosta de ser enganado
  • 23. A Seda criou um blog se passando por uma adolescente para divulgar sua linha “Seda Teen” O blog foi identificado como fake pelos blogueiros, que condenaram a ação Resultado: a seda tirou o blog do ar
  • 24. DIÁLOGO Ouça o que seu consumidor tem a dizer As redes sociais estão dando aos comunicadores uma plataforma onde é possível entender quem são seus públicos-alvos com uma profundidade jamais vista. Conheça-o! Mostre ao seu consumidor que você quer conhecê-los. Ninguém sabe tudo Se afaste das mensagens únicas e bilaterais Permita que seu consumidor seja co-criador Monitore o que seu consumidor está dizendo sobre você!
  • 25. Um internauta postou a informação de que Steve Jobs, presidente da Apple, estaria morrendo. A ação causou uma queda de 10% nas ações da companhia em uma hora. A Apple rapidamente viu o boato e o desmentiu, recuperando imediatamente o valor da ação da empresa. E se a Apple não estivesse monitorando as redes sociais, qual seria o preço de suas ações hoje?
  • 26. CONTEÚDO Forneça assunto de interesse Forneça informações com que os usuários se importem Mantenha disponível as informações de interesse dos seus públicos Faça novos amigos, mas não se esqueça dos velhos (mídia tradicional x novas mídias) Não distribua releases aleatoriamente. Seja a mídia tradicional ou nova, as pessoas só gostam de receber conteúdo sobre assuntos dos quais escreve.
  • 27. Disponibilização do comercial em primeira mão para alguns blogueiros, antes da campanha ser lançada na TV. Criação de perfil no Twitter com informações sobre o que vai rolar no Carnaval 2009 e dicas de carnaval. Criação de verbetes no Google Maps com lugares onde o folião encontra uma Nova Schin no Carnaval. Criação de comunidade e perfil no Orkut com fóruns de discussão, enquetes e material da campanha. Relacionamento com as comunidades de Ivete Sangalo e Nova Schin.
  • 28. A partir do monitoramento das redes sociais, percebeu-se que poucas pessoas conheciam o novo maestro da Orquestra e, por isso, tinham dúvidas da continuidade da programação. Dessa forma, foi desenvolvida uma Sala de Apresentação do Novo Maestro, que continha biografia, entrevista, vídeos, áudios e fotos, entre outras informações.
  • 29. ‘So fair warning: I only want two kinds of email: those from people I know, and those from people who have taken the time to find out what I'm interested in and composed a note meant to appeal to that (I love those emails; indeed, that's why my email address is public).’
  • 30. EXPOSIÇÃO Esteja pronto para se abrir e se expor Arrisque-se! Ficar de fora também é um risco! Você não terá tanto controle da mensagem como você tinha alguns anos atrás. Ceda este controle em favor de um diálogo rico Você encontrará alguns ‘inimigos’ ao longo do caminho. Nem todo mundo gosta de você. Este é o mundo real! As novas mídias pautam cada vez mais a imprensa tradicional
  • 31. Amy Jussel, do blog ShapingYouth.org escreveu um post reclamando de um outdoor da rede Target, por considerá-lo ofensivo às mulheres O anúncio mostrava uma mulher deitada sobre um alvo, com o centro em sua virilha A rede respondeu ao post da seguinte maneira: “Unfortunately we are unable to respond to your inquiry because Target does not participate with nontraditional media outlets. This practice is in place to allow us to focus on publications that reach our core guest.” A história se espalhou pela internet e o New York publicou uma reportagem sobre o assunto.
  • 32. COMPROMENTIMENTO Comprometa-se os stakeholders nos bons e maus momentos Quando você coloca sua marca na web, você é responsável por suas promessas! Responda aos comentários de seus clientes, mesmo que sejam negativos Aprenda a dar feedback sobre seus produtos Comprometa-se com seus críticos
  • 33. Rio de Janeiro | São Paulo | Brasília | Belo Horizonte www.fsb.com.br

×