Apostila Tratamento Termico CQI 9 - Testmat Cursos e Serviços

6,811 views
6,912 views

Published on

Objetivo:
Fornecer aos profissionais com formação em áreas não ligadas à engenharia de materiais e metalúrgica o conhecimento necessário para a compreensão dos processos de tratamento térmico e de superfície. Capacitar os participantes do curso a selecionar, especificar e inspecionar processos de tratamento térmico e de superfície.



Conteúdo:

Físico-Química aplicada ao tratamento de materiais
Diagramas de fase aço carbono e alumínio
Curvas de transformação de fase
Curvas TTT, ITT, CCT
Propriedades mecânicas dos materiais alteradas pelo tratamento térmico
Limite de Escoamento, Limite de Resistência, Tenacidade e Dureza
Seleção de tratamento térmico
Têmpera, Revenimento, Normalização, Recozimento, Solubilização, Esferoidização e Alívio de Tensões
Seleção de tratamento de superfície
Cementação, Nitretação, Carbonitretação, Têmpera por Chama e Têmpera por Indução
Especificações de tratamentos térmicos e de superfície
Ensaios e testes para a inspeção de materiais após o tratamento
Normas FORD, GM, ABNT e outras
Estudos de caso

Inscrições e Informações:
Testmat: (11) 5181-9872
vendas@testmat.com.br
www.testmat.com.br
Carga Horária: 16 horas
Incluso: Material didático, coffee break e fornecimento de certificado rastreado pela internet.

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
6,811
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,976
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apostila Tratamento Termico CQI 9 - Testmat Cursos e Serviços

  1. 1. CURSOTratamentos Térmicose de SuperfícieTREINAMENTO COMSUPORTE EM EADRua Cônego Eugênio Leite, 933 cj 45CEP: 05414-012 - São Paulo - SP - BrasilFone: (11) 5181 9872atendimento@testmat.com.br© Testmat Consultoria e Treinamento Ltda. Todos Direitos Reservados.Reprodução e Transmissão proibida por qualquer tipo de meio.
  2. 2. Conteúdo1. Conceitos2. Aços3. Diagrama de equilíbrio Ferro-Carbono4. Tratamentos térmicos5. Tratamentos termoquímicos6. Classificação dos aços7. Variáveis operacionais de processo8. Exame metalográfico9. Efeito da eletroerosão no tratamento térmico10. Ensaios e testes para a inspeção de materiais após o tratamento11. Ensaio de dureza Brinnel e HRc12. Defeitos em tratamentos térmicos13. Noções de segurança3Conceitos sobre Aços-Termos e conceituações-Origem da microestrutura-Introdução aos aços-Tratamentos térmicos e de superfície4
  3. 3. Introdução5Origem da Microestrutura – ProcessosFusão do AçoProcessosà FrioProcessosà Quente6
  4. 4. Origem da Microestrutura – ProcessosLingotamento do Aço - Solidificação• Solidificação em dendritas• Frente de solidificação “expulsa” soluto• Formação de região com grãos alongados nas laterais eequiaxiais no centro Poros presos peça frente desolidificação do lingote7Origem da Microestrutura – Processos• Fusão do Aço– Determina Composição Química do Aço– Grau de limpeza (inclusões) do Aço• Processos à Quente– Determinam Tamanho de Grão– Constituintes dos aços (Ferrita, Cementita...)– Macro defeitos (Internos e Superficiais)– Descarbonetação– Propriedades Mecânicas8
  5. 5. Origem da Microestrutura – Processos• Processos à Frio– Determinam Dureza final da Bobina(Propriedades Mecânicas)– Tensões Residuais– Defeitos Superficiais9Origem da Microestrutura – Trat. Térmico• O tratamento térmico é realizado emmateriais que já tem um histórico• Usina – Transformação – Trat. Térmico• O objetivo do tratamento térmico éfornecer ao material propriedadesmecânicas adequadas de formahomogênea, ou em regiões específicas10
  6. 6. Origem da Microestrutura – Trat. Térmico• As propriedades desejadas sãodeterminadas pelas fases constituintes doaço (Forma, Tamanho, Dispersão e CQ)• As principais fases que trabalhamos notratamento térmico estão indicadas natabela seguinte (iremos discuti-las emdetalhe nos próximos dias)11Origem da Microestrutura – Trat. TérmicoEstrutura Identificação ImpactoAustenita !Fase mole que se forma primeiro; se transformanormalmente em outras fases; visto somente emalgumas ligasMole e dúctil; baixa resistênciaFerrita " Ferro com elementos em solução; fase moleContribui para a ductilidade, porém de baixaresistênciaCementitaFe3C ou CCarbeto de ferro duro. Fase intermetálicaInflui na dureza e na resistência ao desgaste. Reduzseveramente a usinabilidade.Perlita "+C Fase lamelar consistindo de camadas alternadasde ferrita e cementitaContribui ao aumento de LR sem fragilizar. Aumentaa usinabilidadeMartensita Estrutura dura produzida por tratamento térmico Eleva dureza; frágil sem revenimentoBainita Estrutura dura acicular produzida por tratamentotérmicoContribui ao aumento de LR sem fragilizar12
  7. 7. Origem da Microestrutura – Trat. Térmico• Iremos estudar inicialmente as estruturasde equilíbrio, que são:– Ferrita "– Cementita Fe3C– Perlita " + Fe3C13Origem Microestrutura – Diagramas de Fase• O diagrama ao lado éutilizado nos estudos dosAços• Note os diferentescampos• Cada campo é umaregião de equilíbrio• Fases são regiões domaterial compropriedades mecânicase químicas próprias ediferentesFerrita + CementitaFerritaAustenitaAustenita+ FerritaAustenita+ CementitaDiagrama Fe-C e estruturas de Equilíbrio14
  8. 8. Introdução aos Aços – Elementos de Liga• Uma das características mais importantesdos aços é a sua composição química• A composição química determina classesde aços diferentes e conseqüentementeusos diferentes15Introdução aos Aços – Elementos de Liga• A composiçãoquímica influi nodiagrama de fases,alterando a estruturaque o material iráapresentar após umciclo térmico(O diagrama de fases ao ladoestá disponível no final docapítulo)16
  9. 9. Introdução aos Aços – Elementos de Liga• Aço é a liga de ferro-carbono contendogeralmente até 2,11% decarbono, além de certoselementos residuais,resultantes do processode fabricação– Podem ser divididos em:•Baixo Carbono %C<0,2•Médio Carbono 0,2<%C<0,5•Alto Carbono %C>0,517Introdução aos Aços – Elementos de Liga• Aço liga é um aço-carbono que contémoutros elementos de ligaou apresenta oselementos residuais,resultantes do processode fabricação em teoresacima dos normais– Podem ser divididos em:•Baixa Liga %El. Liga < 8•Alta Liga %El. Liga > 818
  10. 10. Introdução aos Aços – Elementos de Liga• Aços com menos de0.77% de Carbonosão denominadoshipoeutetóides• Aços com mais de0.77% de Carbonosão denominados dehipereutetóides Ferrita + CementitaFerritaAustenitaAustenita+ FerritaAustenita+ Cementita19Introdução aos Aços – Elementos de LigaFerrita + CementitaFerritaAustenitaAustenita+ FerritaAustenita+ Cementita20

×