Your SlideShare is downloading. ×
0
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Rede de Transporte
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Rede de Transporte

5,202

Published on

Apresentação sobre Redes De Transporte cobrindo PDH, SDH e DWDM

Apresentação sobre Redes De Transporte cobrindo PDH, SDH e DWDM

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,202
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
102
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. VoIP e NGN Rede de Transporte Frederico Madeira <fred@madeira.eng.br> www.madeira.eng.br
  • 2. Sumário ➔ Introdução ➔ Modulação PCM ➔ Evolução da Rede de Core ➔ PDH ➔ SDH ➔ DWDM
  • 3. Introdução ➔ Rede de transporte são compostas de sistemas de transmissão (TX) que interconectam equipamentos de comutação ou de rede de pacotes ➔ Sistemas de TX utilizam: – Meios físicos (wired) como por exemplo cabo coaxial / Fibras – Meios sem fio (wireless) como por exemplo sistemas de rádio ➔ Multiplexação = Agregar vários canais de voz no mesmo meio de TX ➔ Multiplexação é feita via TDM (Time division multiplex)
  • 4. Modulação PCM ➔ PCM = Pulse Code Modulation ➔ Permitiu origem aos sistemas TDM (anos 70) ➔ Utiliza como base o teorema de Nyquist (amostragem deve ser 2x a maior frequência) – Vide aula anterior. ➔ Agrupamento de outras técnicas para canais de voz anlógicos, que são: – Amostragem de um sinal analógico; – Quantização de amostras; – Codificação para gerar um sinal digital que represente estas amostras quantizadas.
  • 5. Modulação PCM Fonte: http://sonetsdh.wordpress.com/tag/transmissao-pdh/
  • 6. Modulação PCM ➔ Primeiro sistema PCM/TDM do Brasil foi denominado MCP-30 (Mux de 30 canais) ➔ Primeiro sistema PCM/TDM mundial foi desenvolvido nos EUA e agregava 24 canais de voz (PCM-24) ➔ PCM-24 conhecido com T1 ➔ PCM-30 conhecido com E1 ➔ Tanto o PCM-24 com o PCM-30 são conhecidos como sistemas primários e formam a base para a Hierarquia Digital Plesiócrona.
  • 7. Evolução Fonte: http://www.slideshare.net/Sarah17/ipoptical-core-networking-optimizing-the-ngn-core-with-tseries
  • 8. Evolução Fonte: http://www.slideshare.net/Sarah17/ipoptical-core-networking-optimizing-the-ngn-core-with-tseries
  • 9. Evolução Fonte: http://www.slideshare.net/Sarah17/ipoptical-core-networking-optimizing-the-ngn-core-with-tseries
  • 10. PDH (Plesyochronous Digital Hierarchy) ➔ Em função da quantidade de canais agregados no feixe, várias ordens são formadas. ➔ Cada nível é 4x maior do que o anterior Hierarquia Digital Plesiócrona Nível da Taxa de bits Meio de Ordem N de Canais Hierarquia em kbit/s Transmissão 1 E1 2.048 30 Cobre 2 E2 8.448 120 Cobre 3 E3 34.368 480 Fibra/Rádio 4 E4 139.264 1920 Fibra/Rádio
  • 11. PDH Fonte: http://sonetsdh.wordpress.com/tag/transmissao-pdh/
  • 12. PDH ➔ Principal dificuldade: Para se obter um tributário E1, necessita baixar o sinal até a hierarquia mais baixa. ➔ Falta de padronização. Interconexão com sistemas de fornecedores diferentes é cara é ineficiente.
  • 13. SDH (Synchronous Digital Hierarchy) ➔ SDH – Hierarquia Digital Síncrona ➔ Padronização do ITU que é um sistema mais flexível do que o PDH ➔ Provê a rede de TX altas taxas ➔ Gerenciamento eficiente ➔ Proporcionou o uso de novas topologias, como exemplo em anel. ➔ Compatível com o PDH ➔ SONET (SDH Americano)
  • 14. SDH (Synchronous Digital Hierarchy) Nível da SDH Taxa de Bits Nível SONET (Mbit/s) STM-0 51,840 OC-1 STM-1 155,520 OC-3 STM-4 622,080 OC-12 STM-16 2.488,320 OC-48 STM-64 9.953,289 OC-192 STM-256 39.813,120 OC-768 ➔ Os módulos STM-N correspondem a n vezes o STM-1
  • 15. SDH-NG (SDH de Nova Geração) ➔ SDH tradicional é ineficiente para o tráfego de dados devido a natureza estatística. ➔ Equipamentos evoluíram para plataforma MSPP (Multiservice Provisioning Platform) ➔ Ofertam novos servicos ethernet e o tradicional TDM Ethernet Sinal Taxa da Bits Ineficiência de Banda 10 Base T (10 Mbit/s) STM-0 51,840 Mbit/s 81% 100 Base-T (100Mbit/s) STM-1 155,520 36% Mbit/s Gigabit Ethernet (1 STM-16 2,5 Gigabit/s 60% Gigabit/s)
  • 16. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing) ➔ Motivado pela crescente demanda de dados ➔ Trouxe um aumento considerável da banda dos sinais passantes na fibra ótica ➔ Transmite sinais múltiplos de dados usando diferentes comprimentos de onda da luz através de uma única fibra ótica ➔ DWDM alcança capacidades que são quatro ou oito vezes os tradicionais sistemas TDM ➔ Sistema econômico para aumento da capacidade de banda sem a necessidade de troca da fibra
  • 17. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing) Fonte: http://www.cisco.com/univercd/cc/td/doc/product/mels/dwdm/dwdm_fns.htm
  • 18. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing) ➔ WDM – Até 4 sinais de comprimento de onda diferentes ➔ DWDM - 8, 16, 32 e 64 sinais de comprimento de onda diferentes
  • 19. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing) ➔ Evolução – Uma única fibra pode carregar 160 comprimentos de onda. – Se cada um for de 10Gbps – A capacidade final será de 1.6Tbps
  • 20. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing)
  • 21. DWDM (Dense Wavelenght Division Multiplexing) ➔ Exemplo: Rede da Global Crossing Fonte: http://www.slideshare.net/Sarah17/global-network-infrastructure
  • 22. VoIP e NGN Rede de Transporte Frederico Madeira <fred@madeira.eng.br> www.madeira.eng.br

×