Linux e o modelo open source

519 views
440 views

Published on

Palestra ministrada no 3o SETIC do grupo UNINASSAU

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
519
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Linux e o modelo open source

  1. 1. Linux e o modelo Open Source Frederico Madeira LPIC­1, LPIC­2, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  2. 2. Características Chave ➔ É livre (Open Source) ➔ Completo para ser utilizado no escritório ➔ Atualização sem Complicações ➔ Personalizável ➔ Segurança ➔ Super Computadores 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  3. 3. É livre (Open Source) ➔ ➔ ➔ ➔ Por “software livre” devemos entender: os usuários possuem a liberdade de executar, copiar, distribuir, estudar, mudar e melhorar o software. Com essas liberdades, os usuários (tanto individualmente quanto coletivamente) controlam o programa e o que ele faz por eles. Quando os usuários não controlam o programa, o programa controla os usuários. O desenvolvedor controla o programa e, por meio dele, controla os usuários. Assim sendo, “software livre” é uma questão de liberdade, não de preço. Fonte: O que é o software livre? 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  4. 4. É livre (Open Source) ➔ Um programa é software livre se os usuários possuem as quatro liberdades essenciais: ➔ ➔ ➔ ➔ A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades. Para tanto, acesso ao código-fonte é um prérequisito. A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao próximo. A liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas a outros. Desta forma, você pode dar a toda comunidade a chance de beneficiar de suas mudanças. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito. 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  5. 5. Completo para ser utilizado no escritório ➔ Uma estação Windows requer: ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ Licença do Windows: WINDOWS 7 PROFESSIONAL 32BITS OEM R$ 449,90 Licença do Pacote Office: OFFICE 2013 HOME AND BUSINESS 1 PC R$ 589,00 Anti-virus: INTERNET SECURITY 2013 SYMANTEC 1 USUÁRIO R$ 99,00 Total por máquina: R$ 1.137,90/estação Em uma estação Linux temos o SO+Pacote Office sem pagar nada. 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  6. 6. Completo para ser utilizado no escritório ➔ O projeto Fedora inclui: ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ LibreOffice GScan2PDF Editor de Imagens GIMP Editor de gráficos vetoriais Inkscape Estúdio 3D Blender Editor de Vídeo PiTiVi Editor de áudio Audacity Totem Video Player Player de Música e Podcast Rhythmbox Gravador de som Ripador de CD Sound Juicer Criador de CD / DVD Gerenciador de Fotos Shotwell 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  7. 7. Atualização sem Complicações ➔ Não é necessário atualizar o hardware a cada nova versão ➔ Normalmente ocorrem a cada 6 meses (ao invés de anos) ➔ Novas versões trazem novos recursos mais otimizados ➔ Atualizações/fixes podem ser liberados pela comunidade 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  8. 8. Atualização sem Complicações Fonte: Microsoft cria página para solucionar problemas do Update KB 2823324 do Windows 7 32 Bits 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  9. 9. Personalizável ➔ ➔ Se não gosta do Gnome, use o Kde, se não, use o XFCE, caso contrário, use o Shell. Existem diversas versões do Linux ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ Para Para Para Para Para segurança: Endian, Backtrack designer gráficos: Spin do fedora usuários: fedora, ubuntu servidores: RedHat, Centos, Suse Robótica: Spin do fedora 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  10. 10. Personalizável 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  11. 11. Segurança ➔ ➔ ➔ ➔ ➔ Acesso ao código fonte ➔ Sistema operacional ➔ Aplicações ➔ Serviços A “Lei de Linus”: dada uma quantidade suficiente de olhos, todos os bugs vêm à tona Arquitetura Diferente ➔ Usuários já nascem limitados ➔ Alterações no sistema precisam ser feitos pelo root Controle de acesso MAC e RBAC (SELinux) Instalação de Softwares baseada em repositórios ➔ O usuário aceita ou não as chaves de autenticação do repositório. 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  12. 12. Super Computadores ➔ 95% dos top500 super computadores rodam Linux (total de 476) (fonte: 41a Edição da lista Top500 Super Computadores) ➔ Melhor performance ➔ Melhor gerenciamento de energia ➔ Melhor estabilidade ➔ ➔ Cada Projeto/Supercomputador necessitam de desenvolvimento de tarefas especializadas, otimizações específicas ➔ Não é vantajoso desenvolver um SO específico ➔ O Linux oferece esse nível de customização/especialização requerido pelos projetos O custo de licenciamento é o mesmo se o projeto usar 20 nós ou 20 milhões de nós. 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  13. 13. Super Computadores Fonte: 95 Percent Of The World’s Top 500 Supercomputers Run Linux 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  14. 14. Dúvidas 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013
  15. 15. Referências ● ● ● ● ● ● ● Por que há mais vantagens em usar o Linux A Definição de Software Livre Qual sistema é mais seguro, Linux ou Windows? Lei de Linus 94 Percent of the World's Top 500 Supercomputers Run Linux 95 Percent Of The World’s Top 500 Supercomputers Run Linux 20 great years of Linux and supercomputers 3ª SETIC - Semana de Tecnologia da Informação e Comunicação, 2013

×