Arquiteturas de Gerência de Redes

8,602 views

Published on

Aula sobre Arquiteturas de gerência de rede

Published in: Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
8,602
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
179
Actions
Shares
0
Downloads
298
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arquiteturas de Gerência de Redes

  1. 1. Gerência de Redes Arquiteturas deGerência de Redes Frederico Madeira LPIC­1, LPIC­2, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br
  2. 2. Sistema de Gerência de Redes➔ Coleção de ferramentas integradas para monitoração e controle➔ Oferece uma interface única, com informações sobre a rede➔ Pode oferecer também um conjunto poderoso e amigável decomandos que são usados para executar quase todas as tarefasda gerência da rede➔ Permitem o monitoramento e controle de uma rede inteira apartir de um ponto central (Estação de gerência)➔ Composto por uma plataforma de gerência de redes (PGR) eaplicações de gerência de redes
  3. 3. Plataforma de Gerência de Redes➔ Sistema Operacional da gerência➔ Sistema único para a gerência integrada de todos osdispositivos da rede➔ Sobre as plataformas estão as diversas aplicações usadas pelosoperadores➔ Contém funcionalidades comuns a várias aplicações de gerência
  4. 4. Plataforma de Gerência de Redes➔ Sistema Operacional da gerência➔ Sistema único para a gerência integrada de todos osdispositivos da rede➔ Sobre as plataformas estão as diversas aplicações usadas pelosoperadores➔ Contém funcionalidades comuns a várias aplicações de gerência
  5. 5. Plataforma de Gerência deRedes - Funcionalidades➔ Interface Gráfica com o usuário➔ Mapa da Rede ➔ Auto-discovery ➔ Editor gráfico de topologia➔ Banco de dados (SGBD) ➔ Grande volume de dados ➔ Correlação entre os eventos ➔ Geração de relatórios➔ Método padrão de consulta de dispositivos ➔ Coleta de informações de diversos dispositivos ➔ Utilização de protocolos de gerência para acesso a MIB dos dispositivos
  6. 6. Plataforma de Gerência deRedes - Funcionalidades➔ Histórico de eventos (LOG) ➔ Organiza eventos cronologicamente ➔ Útil na correlação de eventos➔ Livre de plataforma. Gerencia qualquer dispositivo independente da plataforma
  7. 7. Arquitetura Genérica Entidade Gerenciada requisições Objetos Gerenciados respostas notificação eventos Operações Aplicação de Protocolo de Gerenciamento Agente MIB Gerenciamento Base de Dados
  8. 8. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Aplicação / Gerente➔ Elemento Gerenciado➔ MIB (Management Information Base) – Base de Dados de Gerência➔ Protocolo de Gerência➔ Objeto
  9. 9. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Aplicação/Gerente ➔ Conectado a rede, executa o software de protocolo de gerenciamento que solicita informações dos agentes. ➔ Também é chamado de console de gerenciamento. ➔ Possui interface com o usuário ➔ Pode obter e alterar informações de gerência no agente ➔ Normalmente centralizada ➔ Comunicação com agentes através de: ➔ Pollings ➔ Trapings
  10. 10. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Aplicação/Gerente ➔ Polling (varredura): processo de obtenção das informações junto ao agente em que o gerente toma a iniciativa comunicação ➔ Trapings (notificações): processo onde o agente toma a iniciativa de enviar ao gerente (pré- configurado) uma notificação de ocorrência de eventos anormais, previamente configurados
  11. 11. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Elemento Gerenciado ➔ Componentes da rede que precisam operar adequadamente para que a rede ofereça os serviços para os quais foi projetada ➔ Possui um software especial chamado de AGENTE para permitir que seja gerenciado remotamente ➔ Agente: permite a monitoração e o controle de um componente por uma ou mais estações de gerência ➔ Exporta a base de dados de gerenciamento (MIB) para que o gerente tenha acesso as informações
  12. 12. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Elemento Gerenciado ➔ Hardware: roteadores, switches, enlaces de comunicação, hospedeiros, nobreaks, modems, impressoras, etc. ➔ Software: sistemas operacionais, servidores de bancos de dados, servidores Web, servidores de mail etc.
  13. 13. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Protocolo de Gerência ➔ Define as mensagens utilizadas entre o agente e gerente ➔ Transferência de dados entre agentes e gerente; ➔ Realiza operações de monitoramento (Leitura) e controle (Escrita) ➔ Tipos de Mensagens: ➔ Leitura e Escirta ➔ Resposta ➔ Notificações (traps)
  14. 14. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Protocolo de Gerência ➔ Exemplo de Operações – Exemplo de operação de monitoramento (gerente-roteador): Qual é a quantidade de erros ocorrendo no fluxo de entrada na interface número 17? – Exemplo de uma operação de controle (gerente-roteador): Desligue sua interface número 17.
  15. 15. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ Protocolo de Gerência ➔ Exemplo de Protocolos – SNMP (Simple Network Management Protocol), SNMPv2 e SNMPv3: Redes TCP/IP – CMIP (Commom Management Information Protocol): Modelo OSI
  16. 16. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ MIB – Conjunto das informações de gerência disponíveis em um agente (serão coletados e enviados ao gerente) – Define os dados que podem ser referenciados em operações do protocolo de gerência
  17. 17. Elementos de um Sistemade Gerência de Redes➔ MIB – Exemplos: • Informação de erro de transmissão e recepção em enlaces de comunicação • Status de um enlace de comunicação • Temperatura de um roteador • Tensão de entrada de um equipamento nobreak, etc....
  18. 18. Classificação daInformação➔ Estática: informações de configuração, que sofrem pouca ou nenhuma alteração, exemplos: ➔ nome dos elementos, ➔ localização, ➔ endereçamento IP, ➔ rotas estáticas, etc...➔ Dinâmica: relacionadas a eventos na rede, sofrendo alterações a cada instante, exemplos ➔ total bytes enviados/recebidos, ➔ total de erros, ➔ tabelas de rotas dinâmicas, etc...
  19. 19. Classificação daInformação➔ Estatística: derivada das informações dinâmicas envolvendo conceitos como média, utilização, variância, desvio, etc... ➔ Taxa de utilização de largura de banda ➔ Taxa de utilização de recursos (CPU, disco, memória) ➔ Utilização média da rede, vazão (bps), etc.
  20. 20. Arquitetura de Gerência➔ Arquitetura Centralizada➔ Arquitetura Hierárquica➔ Arquitetura Distribuída
  21. 21. Arquitetura de GerênciaArquitetura Centralizada➔ Possui apenas um gerente, gerenciando todos os elementos da rede➔ Banco de dados único e centralizado➔ Único responsável pela geração de alerta, coleta e administração das informações dos elementos➔ Exemplo: Netview
  22. 22. Arquitetura de GerênciaArquitetura Centralizada➔ Vantagens – simplificação do processo de gerência, uma vez que a informação necessária está concentrada em um único ponto, facilitando a localização de erros e a correlação dos mesmos – segurança no que diz respeito ao acesso às informações, pois há necessidade de se controlar apenas um único ponto de acesso – permite facilmente identificar problemas correlacionados
  23. 23. Arquitetura de GerênciaArquitetura Centralizada➔ Desvantagens – Necessidade de duplicação total da base de dados para redundância do sistema – Difícil expansão (baixa escalabilidade) – Maior concentração da probabilidade de falhas em um único elemento – Tráfego intenso de dados no gerente
  24. 24. Arquitetura de GerênciaArquitetura Centralizada
  25. 25. Arquitetura de GerênciaArquitetura Hierárquica➔ um servidor gerente que centraliza as informações dos dispositivos gerenciados no ambiente, porém existe um conjunto de outros servidores gerentes (clientes) que podem atuar como clientes deste servidor central➔ divisão das tarefas de gerência entre servidor central e servidores clientes➔ Menor capacidade individual dos servidores consegue-se realizar gerência de ambientes com grande quantidade de dispositivos➔ Dados armazenados de forma centralizada
  26. 26. Arquitetura de GerênciaArquitetura Hierárquica➔ Vantagens – gerência não depende exclusivamente de um único sistema Gerente – Existe distribuição das tarefas de gerência – Tráfego é balanceamento entre os Gerentes➔ Desvantagens – Base de dados de gerência continua centralizada, – Alta probabilidade de falhas em um único ponto – Recuperação das informações é mais lenta –➔ Exemplos: SunNet Manager, OpenView, Netview/AIX e At&T StarSentry
  27. 27. Arquitetura de GerênciaArquitetura Hierárquica
  28. 28. Arquitetura de GerênciaArquitetura Distribuída➔ Combina características da arquitetura Centralizada + Hierárquica➔ Não depende de um sistema único / Replicação das bases de dados➔ Tarefas distribuídas➔ Monitoramento distribuído➔ Utiliza-se de vários servidores num modelo ponto- a-ponto, em que não há hierarquia entre eles e nem centralização da base de dados➔ Cada servidor é responsável individualmente por uma parte (ou segmento) da rede gerenciada, mas possui uma visão da rede inteira➔ Combina as vantagens das duas duas arquiteturas Centralizada + Hierárquica➔ Aplicações decentralizas
  29. 29. Arquitetura de GerênciaDistribuída

×