Viaje legal colunistas

253 views
205 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
253
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Viaje legal colunistas

  1. 1. RELATÓRIOJUNHO 2012 1
  2. 2. O QUE É O PROJETO? 2
  3. 3. Em 2008, com o intuito de criar um canal entre o Ministério do Turismo e o turista, foi criado o site Viaje Legal. O conteúdo do programa apresenta uma guia com todas as informações que o turista precisa ter para fazer uma viagem tranquila: da escolha da agência de viagem, do SOBRE O“VIAJE LEGAL” hotel, aos procedimentos com relação a atrasos de voos, dicas para viajar com crianças, vôos vendidos a mais (overbooking), compra de serviços de má qualidade. Agora o hotsite será relançado, com novo layout, mais moderno e interativo, e o momento agora é de chamar o novo turista para conhece-lo.
  4. 4. OBJETIVOS 4
  5. 5. OBJETIVO GERALOBJETIVOS Divulgar o novo site do programa Viaje Legal do Ministério do Turismo. 5
  6. 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Orientar o “novo turista” em relação aos procedimentos básicos para se ter uma experiência turística tranquila e segura.OBJETIVOS Chamar atenção da mídia local e nacional para o relançamento da cartilha turística. Aumentar o acesso às informações turísticas apresentadas no site. Ampliar a visibilidade para o Ministério do Turismo. 6
  7. 7. ANÁLISE DE PÚBLICO 7
  8. 8. O momento atual nunca foi tão propício para o setor turístico brasileiro: grandes eventos esportivos desembarcam no país, investimentos na cadeia turística, melhoria dos aeroportos e nas condições sociais do brasileiro. Todas estas transformações estão mudando perfil de usuários do transporte aéreo brasileiro. Além do aumento do fluxo de turistas estrangeiros, um novo público de turistas seANÁLISE DE destaca: as classes emergentes. PúBLICO O que antes representava privilégio para as classes A e B, agora é também é uma opção pras classes C e D. As classes emergentes compraram mais da metade das 31 milhões de passagens vendidas nos primeiros cinco meses do ano, segundo o instituto de pesquisa Data Popular. 8
  9. 9. Graças sobretudo à classe C, que já ocupa 48% dos assentos (classes D e respondem por 10%), o fluxo de passageiros nos aeroportos cresce mais de 20% ao ano. E os gastos da nova classe média com o turismo não param de subir. Os R$ 3,8 bilhões gastos em 2002 se multiplicaram em R$ 13 bilhões em 2010 – um aumento de 242%.ANÁLISE DE Essa mudança de comportamento acontece em PúBLICO decorrência das várias transformações sociais vividas nos últimos anos. Entre elas, em especial o aumento do crédito, melhores condições salariais e os preços mais baixos das passagens. Além disso, a mudança dos PDVs de passagens e pacotes turísticos (lojas populares, sites e agências de turismo) também contribuiu para o acesso. É nesse contexto que surge a necessidade de orientar os passageiros de primeira viagem. 9
  10. 10. CENÁRIO 10
  11. 11. O Aeroporto Internacional de Brasília é um dos principais aeroportos do Brasil e da América Latina. Devido a sua localização central, recebe e distribui mais de 400 voos por dia, nacionais e internacionais, movimentando cerca de 15 milhões de passageiros por ano para 44 destinos em todas as regiões do país. Assim como o fluxo de passageiros é grande, também é grande o número de turistas carentes de informações, das mais simples às mais complexas, sobre todas asCENÁRIO etapas que envolvem uma experiência de viagem, seja ela a negócios ou a turismo. 11
  12. 12. Inaugurada em 25 de julho de 2010, a Rodoviária Interestadual de Brasília recebe e distribui linhas de ônibus de quase todos os estados do país, com cerca de 140 mil passageiros.CENÁRIO 12
  13. 13. CONCEITO 13
  14. 14. Apresentar as dicas ao turista de uma formaCONCEITO diferente e divertida, fazendo com que ele se interesse e interaja com o conteúdo. 14
  15. 15. IDEIA 15
  16. 16. Coleção de Origamis Na contra-mão dos tempos dos gadgets e tecnologia, um movimento surge para resgatar as atividades que estimulam as habilidades manuais. O Origami, uma arte antiga, está voltando à cena incorporado no trabalho de novos artistas e designers,IDEIA como uma forma de arte contemporânea. Aproveitamos essa tendência e fizemos uma seleção de dicas, diagramadas em um guia, com as marcações de dobras para o passageiro montar origamis. Além de ler, ele os passageiros interagiram e tiveram algo para ficar entretido durante a viagem. 16
  17. 17. ESTRATÉGIA 17
  18. 18. Distribuimos as cartilhas em formato de origami para os turistas e passageiros que estivam embarcando, tanto na rodoviária quanto no aeroporto.ESTRATÉGIA As pessoas brincaram com os origamis enquanto esperavam por seus voos e ônibus, fazendo do momento da espera algo mais interessante e informativo. 18
  19. 19. 19
  20. 20. PEÇA 20
  21. 21. 21
  22. 22. RESULTADOS 22
  23. 23. -Número cartilhas distribuídas no aeroporto: 3 mil -Número de cartilhas distribuídas na rodoviária: 1 mil -Número de Pageviews no site Viaje Legal: 10 mil -Impacto na mídia tradicional e redes sociaisRESULTADOS

×