Your SlideShare is downloading. ×
0
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Rochas sedimentares (1)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Rochas sedimentares (1)

5,547

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,547
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
124
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Rochas Sedimentares
  • 2. Ambientes tectônicos e sedimentação
  • 3. Intemperismo físico e químico de rochas sedimentares, ígneas emetamórficas → Erosão → Transporte → Deposição → Diagênese e litificação (compactação ) = Rochas Sedimentares
  • 4. • Os processos sedimentares atuam sobre rochas ígneas, metamórficas e sedimentares preexistentes com a desagregação mecânica e química (intemperismo), erosão e transporte, deposição e litificação de fragmentos (blocos, seixos) e partículas (areias, silte e argila) destas rochas em ambientes sedimentares continentais, transicionais e marinhos.• Sedimentos: Material derivado de desagregação de rochas ígneas, metamórficas ou sedimentares (clásticas, químicas e biogênicas).
  • 5. Ambientes GlacialEólico Continental MarinhoMarinho Fluvial
  • 6. Ambientes sedimentares• São ambientes onde os sedimentos se acumulam em depressões (bacias sedimentares continentais e oceânicas).• Cada ambiente sedimentar (fluvial, glacial, eólico e marinho raso e profundo) tem características físicas, químicas e biológicas e produtos sedimentares típicos
  • 7. Bacia sedimentar e sedimentação
  • 8. Ambientes Sedimentares ClásticosAMBIENTE AGENTE DE TRANSPORTE, SEDIMENTOS DEPOSIÇÃOCONTINENTALFluvial/Aluvional Rios Cascalho, areia, argilaEólico ou desértico Vento Areia, silte,Lacustre (lago) Correntes lacustres, ondas Areia, argilaGlacial Gelo Areia, cascalho, argilaCOSTEIRODelta Rio + ondas + marés Areia, argilaPraia Ondas, maré Areia, cascalhoPlanície de maré Correntes Areia, argilaMARINHOPlataforma continental Ondas, maré Areia, argilaMargem continental Correntes oceânicas Argila, areiaMar profundo Correntes oceânicas Argila
  • 9. Agentes de Intemperismo, Erosão Transporte e Deposição• Água: processos sedimentares fluviais (rios e lagos), costeiro e marinho (marinho raso e profundo).• Gelo: processos sedimentares glaciais causados por transporte de sedimentos por geleiras.• Vento: processos sedimentares eólicos causados por transporte de sedimentos por vento em regiões continentais e marinhas costeiras.• Gravidade (água e vento): fluxos de massas rochosas.
  • 10. Ação da água
  • 11. Arenitos – Buraco do Padre – Ponta Grossa
  • 12. Arenito Furnas Piraí do Sul
  • 13. Panelões - Guartelá
  • 14. Cálice em arenito Vila Velha - PR
  • 15. Ação do mar
  • 16. Impacto das ondas – Marataízes - ES
  • 17. Impacto de demolição
  • 18. Ação do vento – transporte e deposição
  • 19. Ação do vento – dunas continentais
  • 20. Ação do vento – marcas de onda
  • 21. Ação do vento – dunas gigantes
  • 22. Ação do gelo
  • 23. Derretimento degeleiras – ação deágua e gelo
  • 24. Transporte de sedimentos
  • 25. Velocidade da sedimentação nos ambientes sedimentares• Gradual: taxa natural (dia-dia) de sedimentação produzida por rios, ventos, mares e geleiras• Episódica: taxas elevadas de sedimentação que ocorre associada com enchentes em rios, avalanches de geleiras, tempestades de areias...
  • 26. Diagênese e Litificação Quando o sedimento se torna uma rocha
  • 27. • Diagênese: Conjunto de mudanças físicas, químicas e biológicas, que afetam o sedimento desde a deposição até a litificação• Litificação: sedimentos inconsolidados são lentamente convertidos em rochas sedimentares ( ↓ P ↓ T)• Processos associados com diagênese e litificação: compactação, cimentação, recristalização e alteração química
  • 28. Classificação de Rochas Sedimentares• Rochas Sedimentares Clásticas ou detríticas.• Rochas Sedimentares Químicas• Rochas Sedimentares Biogênicas
  • 29. • Sedimentos clásticos : R.S. Clásticas. Conglomerados, arenitos, siltitos e argilitos.• Sedimentos químicos : R.S. Químicas. Ex. Gipsitos, Carbonatos (Calc. Cal. e Dol.), chert (sílex), BIF• Sedimentos biogênicos : rochas de origem biológica. Ex. carvão
  • 30. ROCHAS SEDIMENTARES CLÁSTICAS São classificadas pelo tamanho das partículas predominantes• Conglomerados: os clastos maiores são de rochas (I. M. S) preexistentes e a matriz é constituída por fragmentos minerais em tamanho de areia e silte. Brechas apresentam fragmentos angulares.• Arenitos: predomina areia (quartzo) e podem ocorrer feldspatos (arenitos feldspáticos).• Siltitos: predomina quartzo e (feldspatos) no tamanho silte.• Argilitos e Folhelhos: argilominerais, quartzo, feldspatos
  • 31. Conglomerado
  • 32. Conglomerado
  • 33. Arenito
  • 34. Arenito rosa
  • 35. Arenito – Serra Capivara
  • 36. Arenito Vila Velha
  • 37. Argilito
  • 38. Argilito com gretas de contração e pegadas de dinossauro
  • 39. Folhelho
  • 40. Folhelho pirobetuminoso – São Mateus do Sul
  • 41. siltitoarenito argilito
  • 42. Diamictito
  • 43. Classificação dos sedimentos clásticos com base na granulometria
  • 44. ROCHAS SEDIMENTARES QUÍMICAS• Litificação de precipitados químicos inorgânicos ou orgânicos• Maioria contém um mineral importante, que é a base para sua classificação• Carbonatos, Evaporitos, Formações ferríferas bandadas, depósitos fosfáticos, chert
  • 45. calcário
  • 46. Gruta Olhos d’água - PR
  • 47. Gruta Rei do Mato - MG
  • 48. Carbonato na Turquia
  • 49. Carbonato na Turquia
  • 50. Salar na Bolívia
  • 51. ROCHAS SEDIMENTARES BIOGÊNICAS • litificação de sedimentos com alto teor de matéria orgânica. • turfas (restos de vegetais), coquina (conchas de animais), carvão....
  • 52. carvão
  • 53. Extração de carvão - Figueira
  • 54. Mina Cambuí em Figueira
  • 55. Resumo rochas sedimentaresOrigem Diminui a granulometriaClástica Conglomerado Arenito Siltito Folhelho/argilito Dolomítico (contém Ca e Mg) Calcários Calcítico (contém Ca)Química Evaporitos Sílex ou chertBiológica Carvão, turfa e coquinas
  • 56. Estruturas em rochas sedimentares • Estratificação paralela • Estratificação gradacional • Estratificação cruzada • Marcas de onda • Gretas de contração
  • 57. Estratificação paralela
  • 58. ESTRATIFICAÇÃO GRADACIONAL os grãos (partículas) maiores depositam- se primeiro: seixos (conglomerados), areia (arenitos), silte (siltitos) e argila (argilitos).
  • 59. ESTRATIFICAÇÃO CRUZADA• Alternância de camadas horizontais e inclinadas.• Significado: Mudanças na direção do agente transportador (água, vento) dos sedimentos.• Ex: arenitos eólicos e arenitos fluviais
  • 60. Marcasonduladas ouMarcas deondas
  • 61. Gretas decontração
  • 62. Fósseis em rochassedimentares

×