Teorias evolutiva serem

  • 1,938 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,938
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
150
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. CONCEITOProcesso pelo qual os seres vivos sediversificaram ao longo do tempo dandoorigem às espécies atuais ou já extintas,sendo consequência da adaptação destesao ambiente onde vivem.
  • 2. Idéia FixistaAdmite que os seres vivos foram criadospor Deus e que as espécies não se alteramao longo do tempoArgumento contrário: fósseis
  • 3. Catastrofismo (Cuvier): os fósseis seriamrestos alterados de espécies iguais àsexistentes mortos por grandes catástrofes(dilúvio).
  • 4. Idéia TransformistaAdmite que as espécies se modificam aolongo do tempo, em resposta a diferentespressões do meio ambiente.Os principais adeptos dessa idéia foramLamarck (naturalista francês) e Darwin(naturalista inglês)
  • 5. Lamarck Darwin
  • 6. LAMARCKISMO (1809)As mudanças ocorridas no meio trazem anecessidade de adaptação, para isso osindivíduos sofreriam modificações parapoderem sobreviverem às novas condições.
  • 7. Lei do uso e desusoUm órgão muito utilizado tende a se desenvolver,enquanto um órgão pouco utilizado tende a seatrofiar.Lei da herança dos caracteres adquiridosUma característica que um indivíduo adquiredurante a vida pode ser transmitida aos seusdescendentes.
  • 8. EVOLUÇÃO DE LAMARCKMudanças Necessidade Modificaçõesambientais de adaptação nos indivíduos“O meio provoca mudanças dirigidas nosindivíduos, visando a adaptação.”
  • 9. DARWINISMO – SELEÇÃO NATURALViagem de cinco anos para as Américas eOceania (1831 à 1835).Arquipélago de Galápagos* tentilhões semelhantes entre si, mas comforma de bicos diferentes devido ao tipo dealimento disponível em cada ilha.
  • 10. Artigo de Thomas Malthus (1838)“A produção de alimentos cresce em progressãoaritmética, enquanto a população aumenta emprogressão geométrica”.“Num determinado momento a quantidade dealimentos tornar-se-ia um fator limitante parao crescimento da população, levando a umaluta pela vida, com a sobrevivência dos maisfortes”.
  • 11. Princípios da Seleção Natural (1859)-Toda população tende a crescer em progressãogeométrica.-As populações mantêm-se constantes ao longodo tempo, devido ao alto índice de mortalidade.-Os indivíduos de uma população apresentamvariabilidade de características.-Os indivíduos com características vantajosastendem a sobreviver e se reproduzir, transmitindosuas características aos seus descendentes.
  • 12. EVOLUÇÃO DE DARWINVariabilidade Mudanças Seleção de ambientais características vantajosas “ O meio seleciona características casuais dos seres vivos, visando a adaptação da população”.*Falha de Darwin – explicar a origem davariabilidade entre os indivíduos
  • 13. Lamarck x Darwin - Pescoço das girafas Visão lamarckistaGirafas com pescoço curtoAlteração ambiental – diminuição da vegetaçãorasteiraEsforço de esticar o pescoço para alcançar osbrotos das árvores – desenvolvimento dopescoçoDescendentes com pescoço longo
  • 14. Visão darwinistaGirafas com pescoços de vários comprimentosAlteração ambiental – diminuição da vegetaçãorasteiraMortalidade das girafas de pescoço curto esobrevivência das girafas de pescoço longoReprodução das girafas de pescoço longo edescendentes com pescoço longo
  • 15. Outros exemplos de seleção Melanismo industrialRefere-se a substituição das mariposas (Bistonbetularia) de coloração clara por mariposas decoloração escura na região industrial deManchester.Antes da revolução industrial:-Pouca poluição atmosférica-Grande quantidade de líquens nas árvores-Maior frequência de mariposas claras
  • 16. Após a revolução industrial: -Grande quantidade de poluição atmosférica -Diminuição da quantidade de líquens nas árvores -Maior frequência de mariposas escuras•A alteração na população de mariposas deve-sea atividade predatória diferencial dos pássaros
  • 17. Antes da R.I.Depois da R.I.
  • 18. Seleção de microrganismos e insetosUma população inicial apresenta indivíduossensíveis (maior potencial reprodutivo) eresistentes (menor potencial reprodutivo)A aplicação de produto químico (antibiótico ouinseticida) elimina os indivíduos sensíveisOs indivíduos resistentes, sem competição,se proliferam e formam uma população deindivíduos resistentes.
  • 19. TEORIA SINTÉTICA DA EVOLUÇÃO –NEODARWINISMOAssociação da teoria darwinista aosconceitos de genéticaMutação : alteração do código genéticoRecombinação genética : crossing-over efecundaçãoSeleção natural
  • 20. Seleção NaturalMutação Variabilidade AdaptaçãoRecombinaçãoGenética
  • 21. EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃOFÓSSEISRestos ou vestígios de seres vivos que viveramem outras épocasPermite estabelecer ligações entre diferentesgrupos de seres vivos, e sequências noprocesso evolutivo
  • 22. ANATOMIA COMPARADA HOMOLOGIA E ANALOGIAÓrgãos homólogos: mesma origem embrionária,mas podem ter funções diferentesEx: asa de morcego, nadadeira de baleia,pata do cavalo, braço do homemÓrgãos análogos: origem embrionária diferente,mas desempenham a mesma funçãoEx: asa de ave e asa e insetos
  • 23. Órgãos homólogos
  • 24. Órgãos vestigiais: órgãos atrofiados e semfunção em determinados organismos, masque correspondem a órgãos desenvolvidos efuncionais em outros organismosEx: apêndice vermiforme, membrana semilunar
  • 25. EMBRIOLOGIA COMPARADAAnálise comparativa do desenvolvimentoembrionário entre espécies diferentesQuanto maior a semelhança entre os estágiosde desenvolvimento, maior o grau deparentesco
  • 26. BIOQUÍMICA COMPARADAAnálise comparativa entre biomoléculas (materialgenético e proteínas) de seres vivos de diferentesespécies.Quanto maior a semelhança, maior o grau deparentesco•As evidências da evolução indicamancestralidade comum
  • 27. ESPECIAÇÃOFormação de novas espécies ao longo dotempo, a partir de espécies pré-existentesIsolamento geográfico surgimento d uma barreira física entre duas populações da mesma espécie, impedindo o fluxo gênico entre elas
  • 28. Fluxo gênicopop. A pop.B Barreira físicapop. A pop.B
  • 29. Seleção natural diferenciadaFormação de raças (indivíduos compotencial intercruzante)Aumento da diversidade genéticaIsolamento reprodutivo (indivíduos sempotencial intercruzante)Formação de espécie nova
  • 30. Isolamento ReprodutivoMecanismos pré-zigóticos Isolamento habitacional Isolamento sazonal (épocas de reprodução diferentes) Isolamento etológico (comportamento sexual diferentes) Isolamento mecânico
  • 31. Mecanismos pós-zigóticos Esterelidade do híbrido Deterioração de F2 Incompatibilidade gamética
  • 32. Irradiação adaptativaIndivíduos com alto grau de parentescoapresentam aspectos diferentes porexplorarem ambientes diferentes Convergência adaptativaIndivíduos com pouco grau de parentescoapresentam aspectos semelhantes porexplorarem o mesmo ambiente
  • 33. Irradiação adaptativa
  • 34. Convergência adaptativa