Campos Gerais
Land of Wealth
Terrade
Riquezas
Edição 2010
Campos Gerais
Land of Wealth
Terra de
Riquezas
1ª Edição
Ponta Grossa/PR
2010
E23c	 Editora Diário dos Campos
		 Campos Gerais: Terra de Riquezas / Editora Diário 	
	 dos Campos, ABC Projetos. -- Pont...
These fields are undeniably one of the most beautiful regions I’ve already gone through since I came
to America, its land ...
Campos Gerais
Terra de riquezas
Land of wealth
O
livro“ Campos Gerais Terra de Riquezas”
é uma amostra da potencialidade d...
I
mensos campos limpos, vastas matas ciliares e capões
isolados com floresta de araucária. Assim foram
descritos os Campos...
D
oze etnias e um sonho: fazer dos Campos
Gerais uma terra de riquezas. A vontade de
ver a região se desenvolver e crescer...
10
O
s Campos Gerais têm potencial para consumir
em 2010, R$ 9,20 bilhões. O consumo urbano
representa R$ 8,17 bilhões. Os...
12
T
ransportar sonhos, aproximar pessoas e promover
a integração. Muito mais que oferecer serviços
de qualidade para a ci...
14
A
balança comercial dos Campos Gerais em 2009
foi de US$ 1,28 bilhão. As indústrias exportaram
o equivalente a US$ 1,48...
16
D
as propriedades rurais da região saem mais de
160produtosagropecuários.Aslavourasocupam
em torno de 1 milhão de hecta...
29.522 km² área regional; maior entroncamento rodoferroviário do Sul do País
901.432habitantes, população estimada em 2009...
What Marks
the Region
29.522 km²regional area; largest road junction in the South of the country
901.432inhabitants, estim...
20
D
esde 2004, o Sistema Fiep vem priorizando os
temasdainovação,desenvolvimentosustentável
e educação, contribuindo para...
O
s Campos Gerais contam com quatro aeroportos
públicos. Eles estão em Ponta Grossa, Arapoti,
Castro e Telêmaco Borba.
O S...
A
região possui quatro aeroportos privados. Eles
estão localizados em duas cidades. Em Ponta
Grossa está o Aeroporto Iberá...
26
Winner Chemical
A
Winner Chemical iniciou suas atividades em
julho de 1994, em Ponta Grossa, desenvolvendo,
produzindo ...
A
identidade com a produção leiteira é histórica
em Castro. Desde a chegada dos primeiros
imigrantes holandeses que trouxe...
A
Sociedade Rural dos Campos Gerais tem sua
sede instalada no Centro Agropecuário de
Ponta Grossa. Entidade sem fins lucra...
C
riada em 1969, pelo Governo Estadual com o
objetivo de ampliar as ofertas de cursos de nível
superior no Centro-Sul do P...
P
onta Grossa conta com o campus da Universidade
Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A
instituição oferece cursos regul...
A
s empresas dos Campos Gerais contam com o
Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas
Empresas (Sebrae). O escritór...
P
arte integrante do Sistema Federação das Indústrias
do Estado do Paraná (FIEP), o Serviço Nacional de
Aprendizagem Indus...
A
Associação Comercial, Industrial e Empresarial
de Ponta Grossa foi fundada em 18 de junho de
1922, tornando-se uma das m...
O
s Campos Gerais têm a riqueza também no
cooperativismo.JuntoaoSistemaOrganizaçãodas
Cooperativas do Estado do Paraná (Oc...
A
Exposição Feira Agropecuária e Industrial de
Ponta Grossa (Efapi) é realizada em setembro,
na semana de aniversário da c...
A
Águia Participações S/A é uma holding que
atua em três diferentes atividades: Soluções em
Movimentação e Armazenagem, Re...
O
mês de agosto marca o calendário de eventos
seguido pelos melhores criadores de gado de
leite no País. É nesta época que...
E
ntre os meses de novembro e dezembro, a Prefeitura
dePontaGrossa,comapoiodopoderprivado,realiza
a Munchenfest – Festa Na...
C
omapropostadecontribuircomodesenvolvimento
socioeconômico da região, o Ponta Grossa
Convention & Visitors Bureau (PGC&VB...
A
‘Cidade de Pedra’ ou Parque Estadual de Vila
Velha fica a aproximadamente 18 km de Ponta
Grossa. É o principal atrativo ...
É
entre os municípios de Castro e Tibagi que está o
Parque Estadual do Canyon Guartelá. O Canyon
é o sexto maior do mundo ...
A exuberância das
cachoeiras gigantes
C
om mais de 100 cachoeiras catalogadas,
Prudentópolis tem cinco na lista das maiore...
D
istante apenas 26 km do centro de Ponta Grossa,
no distrito de Itaiacoca, está o Buraco do Padre. A
furna tem em seu int...
64
M
ais de um século se passou desde a chegada do
imigrante italiano Carlos Moro a Ponta Grossa
e o legado de trabalho tr...
O
turismo religioso em Piraí do Sul garante todos os
anos um bom número de visitantes. Desde 1881,
o município realiza a F...
A
cidade de Jaguariaíva tem o passado retratado
no presente, com o Palacete Conde Francisco
Matarazzo (atual sede do Museu...
P
onta Grossa conta com uma lista de imóveis
tombados pelo Patrimônio Cultural do Paraná, mas
uma casa em especial chama a...
A
riqueza dos atrativos naturais e culturais de Irati
atrai turista o ano todo. É em meio à mata nativa
que estão as mais ...
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)

867 views
792 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
867
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Livro Terra de Riquezas *(primeira edicao)

  1. 1. Campos Gerais Land of Wealth Terrade Riquezas Edição 2010
  2. 2. Campos Gerais Land of Wealth Terra de Riquezas 1ª Edição Ponta Grossa/PR 2010
  3. 3. E23c Editora Diário dos Campos Campos Gerais: Terra de Riquezas / Editora Diário dos Campos, ABC Projetos. -- Ponta Grossa : Ed. Diário dos Campos, 2010. Bibliografia 1. Ponta Grossa (PR) - História. 2. Campos Gerais - História - Paraná I. Título CDU – 94(816.2)
  4. 4. These fields are undeniably one of the most beautiful regions I’ve already gone through since I came to America, its land is less flat and not as monotonous as our plains in Beauce, but the ondulations of the land don’t get to be so marked that it limits the skyline. As far as the eye can reach, extensive landscapes unveil, small woods where stands the majestic Araucaria here and there in the lowlands, the tone of your uploaded foliage contrasting with the light green and lush of the grass. Occasionally it shows rocks on hillsides, where it turns a curtain of water that will be lost in the river valley, a large number of mares and cows graze in the fields and give life to the landscape, one sees few houses, but all well cared for with orchards planted as well as apple and peach trees. The sky there is not as bright as the area of the tropics, but may be worth more to the weakness of our sight. Auguste Saint-Hilare, french naturalist, describing his passage through the Campos Gerais in 1822. Esses campos constituem inegavelmente uma das mais belas regiões que já percorri desde que cheguei à América; suas terras são menos planas e não se tornam tão monótonas como as nossas planícies de Beauce, mas as ondulações do terreno não chegam a ser tão acentuadas de maneira a limitarem o horizonte. Até onde a vista pode alcançar, descortinam-se extensas paisagens; pequenos capões onde sobressai a valiosa e imponente araucária surgem aqui e ali nas baixadas, o tom carregado de suas folhagens contrastando com o verde claro e viçoso do capinzal. De vez em quando apontam rochas nas encostas dos morros, de onde se despeja uma cortina de água que se vai perder no fundo dos vales; uma numerosa quantidade de éguas e bois pastam pelos campos e dão vida à paisagem, veem-se poucas casas, mas todas bem cuidadas, com pomares lantados de macieiras e pessegueiros. O céu ali não é tão luminoso quanto na zona dos trópicos, mas talvez convenha mais à fragilidade da nossa vista Auguste Saint-Hilare, naturalista francês, sobre sua passagem pelos Campos Gerais, em 1822 “ “ ” ”
  5. 5. Campos Gerais Terra de riquezas Land of wealth O livro“ Campos Gerais Terra de Riquezas” é uma amostra da potencialidade dos 23 municípios dos Campos Gerais, cidades que juntas formam uma das regiões mais promissoras do Paraná. Com 160 páginas, a publicação traz aspectos sociais, culturais, turísticos, urbanos, históricos, geográficos e, principalmente, econômicos. São dados de relevância, cuidadosamente levantados e apurados, que visam apresentar o potencial regional para empresários, investidores e pessoas que queiram conhecer a região, composta por cidades que se destacam na agricultura, pecuária, indústria, comércio, turismo e prestação de serviço. Omaterialébilíngue,justamenteporservoltado à atração de grandes investimentos para os Campos Gerais, que de rota dos tropeiros hoje é o maior entroncanmento rodoferroviário do Sul do País. O projeto, desenvolvido pelo jornal Diário dos Campos e pela ABC Projetos, recebe o apoio de entidadesligadasatodosossetoreseconômicos, bem como de órgãos governamentais e do ramo empresarial. The book “Campos Gerais - Land of Richness” is a sample of the potential of its 23 municipalities, cities that together represent one of the most promising regions of Paraná State. In 160 pages, the publication brings social, cultural, tourist, urban, historical, geographical, and especially economic aspects of the region. These are relevant data, carefully collected and compiled, which aim to present the potential for regional entrepreneurs, investors and individuals who want to know the region, composed of cities that stand out in agriculture, livestock, industry, commerce, tourism and service. The information is bilingual, precisely because its goal to attract large investments to the Campos Gerais, a region that started as a drover’s route to become today’s largest road junction in the South of the country. The project, developed by the Diáro dos Campos newspaper and ABC Projetos, receives support from entities linked to all economic sectors, as well as government agencies and the business segment. 05
  6. 6. I mensos campos limpos, vastas matas ciliares e capões isolados com floresta de araucária. Assim foram descritos os Campos Gerais pelo geólogo, Reinhard Maack,em1948.Compostapor23municípios,aregiãoera ocupada por índios até o século XVIII. Foram as pastagens que atraíram os tropeiros que iam do Rio Grande do Sul para São Paulo e Minas Gerais, para negociar gado e muar. As famílias de Pedro Taques de Almeida e José Góis de Morais foram as primeiras a pedir lotes de terras, em 19 de março de 1704, à Coroa Portuguesa. As áreas eram doadas pelo regime de sesmarias e o objetivo era justamente o de colonizar várias extensões. A doação originou as povoações ao longo do Caminho das Tropas, passagem obrigatória para os comerciantes que saiam do Sul rumo ao Sudeste brasileiro. Com os povoados surgiram pequenos ranchos. As casas comerciais não demoraram a aparecer. Nasceram então as freguesias e vilas como Palmeira, Ponta Grossa, Piraí do Sul, Castro e Jaguariaíva. Porém, somente no século XIX é que as vilas começaram a se desligar das grandes propriedades. Chegaram os russos-alemães e com eles as colônias. Ucranianos, poloneses, italianos e sírio-libaneses também foram vindo por incentivo do imperador, Dom Pedro I, bem como os holandeses, russos, alemães, ucranianos, negros, caboclos e japoneses. Vast grasslands, far-reaching riparian forests and woods with isolated forest of Araucaria.That is the description of the Campos Gerais Region given by the geologist, Reinhard Maack, in 1948. Composed of 23 Cities/Municipalities, the region was occupied by Indians up to the XVIII century. The pastures were what attracted the drovers coming from Rio Grande do Sul on their way to São Paulo e Minas Gerais, in order to negotiate cattle and mules. OnMarch19th,1704thefamiliesofPedroTaquesdeAlmeida and José Góis de Morais were the first to ask the Portuguese Crown for pieces of land. The areas were donated by the system of allotments and the goal was mainly to settle the various extensions. Such donations gave birth to the villages along the Path of the Troops, an obligatory halt for traders leaving the south towards the Southeast of Brazil. Inthevillagestheresmallhutsstartedtoappear.Commercial houses were not slow to come into sight. That is how villages and towns such as Palmeira, Ponta Grossa, Piraí do Sul, Castro e Jaguariaíva emerged. However, it was only during the XIX century that the villages begun to detach from the large estates. Followed by the arrival of the Russian-German so did the colonies. Ukrainian, Polish, Italian and Syrian-Lebanese also started to arrive due to request of the emperor Dom Pedro I, as well as the Dutch, Russians, Germans, Ukrainians, African Descendents, Dutch, Japanese and shifting cultivators. CAMPOS GERAIS Um caminho repleto de histórias A Path Full of Stories 06
  7. 7. D oze etnias e um sonho: fazer dos Campos Gerais uma terra de riquezas. A vontade de ver a região se desenvolver e crescer aliada às belezas naturais aqui existentes e ao solo propício à agropecuária, concedeu a 23 municípios o título de terra de gigantes, terra que hoje abriga grandes propriedades rurais, uma série de cooperativas agrícolas e de crédito, um comércio em evidência e multinacionais como a Tetra Pak, Masisa do Brasil, Beaulieu, Norske Skog Pisa, BRF – Brasil Foods, Makita, Stora Enso, e tantas outras. Empresas que conhecendo a história das cidades enxergaram a oportunidade de crescimento e trilharam o caminho da prosperidade. Os Campos Gerais contam com uma área de 29.522 km². Estão localizados no segundo planalto paranaense. A população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009, é de 901.431 habitantes. O estudo Brasil em Foco 2010, do instituto de pesquisa Target Marketing, aponta a existência de 268.087 domicílios na região. Do total, 208.319 estão no centro urbano e 59.768 no meio rural. O emprego tem sustentação nas 36.511 empresas regionais. São 3.957 indústrias, 16.660 estabelecimentos comerciais(14.962doramovarejistae1.698doatacadista), 14.577 prestadores de serviços e 1.317 agribusiness. Os dados são da Target Marketing. Twelve ethnicities and one single dream: to turn the Campos Gerais Region into a land of wealth. The desire to see the region develop and grow, alongside with the local natural beauty and the existing soil conducive to farming, awarded 23municipalitiesthetitleoflandofgiants,aplacethattoday harbors great rural properties, a wide number of agricultural and credit cooperatives, a booming trade and multinational companies like Tetra Pak, Masisa Brazil, Beaulieu, Norske Skog Pisa, BRF - Brazil Foods, Makita, Stora Enso, among many others, which by acknowledging the history of these cities, envisioned an opportunity to develop and trod the path of prosperity. Covering an area of 29.522 km², the Campos Gerais Region is located on the second plateau of Parana. According to the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), in 2009 the estimated population was of 901.431 inhabitants. The Brasil em Foco 2010 project study, carried out by the Target Marketing Research Institute, points the existence of 268.087 households in the region. Of the total, 208.319 are in the inner city and 59.768 in rural areas. Employment is supported by 36.511 regional businesses. Also according to Target Marketing data, there are 3.957 industries,16.660premises(14.962intheretailandwholesale of 1.698) 14.577 service providers and 1.317 agribusiness. CAMPOS GERAIS A prosperidade nasce aqui Prosperity Starts Here 08
  8. 8. 10 O s Campos Gerais têm potencial para consumir em 2010, R$ 9,20 bilhões. O consumo urbano representa R$ 8,17 bilhões. Os moradores do meio rural deverão gastar o equivalente a R$ 1,03 bilhão. O maior gasto da população regional será com manutenção do lar (aluguel, energia elétrica, água, condomínio, entre outros). Serão mais de R$ 2,16 bilhões. A alimentação no domicílio implicará no desembolso de R$ 1,10 bilhão. Os gastos com veículo próprio farão girar R$ 471,89 milhões. ComaalimentaçãoforadolarserãoconsumidosR$325,51 milhões. Outro setor que irá faturar alto é de vestuário confeccionado. A estimativa aponta para um gasto de R$ 300,32 milhões. Na compra de medicamentos deverão ser aplicados R$ 211,66 milhões. Com eletrodomésticos e equipamentos o consumo será de R$ 174,64 milhões. O ramo de mobiliário e artigos do lar deverá ficar com R$ 111,92 milhões. As despesas com viagem levarão a população a movimentar R$ 147,41 milhões. Cifras milionárias também deverão girar nas lojas de calçados, R$ 115,57 milhões. Com bebidas deverão ser gastos R$ 111,29 milhões. Os números estão no estudo Brasil em Foco 2010, da Target Marketing. The Campos Gerais Region has potential to consume in 2010 an amount of R$ 9, 20 billion. Urban consumption represents R$ 8, 17 billion. Rural area residents should spend over R$ 1, 03 billion. The regional population biggest expense will be with home maintenance (rent, electricity, water, condo, etc.) representing over R$ 2, 16 billion. Grocery shopping will result in the disbursement of $ 1.10 billion, while expenses with purchasing cars will result in another R$ 471, 89 million spent. Eating out will generate R4 325, 51 million spent. Another sector that will experience huge profit is the readymade clothes one, being the estimative a total of R$ 300, 32 million spent, whilst medicines purchasing should amount to R$ 211, 66 million spent. With appliances and consumption equipment the amount spent will be of R$ 174, 64 million. Furniture line and household items should amount to R$ 111, 92 million. Traveling expenses will make the population spend R$ 147, 41 million. Millionaire figures will also be present in shoe stores, over R$ 115, 57 million spent. The beverage business should earn over R$ 111, 29 million. All information quoted is part of the Brasil em Foco 2010 study-project, carried out by Target Marketing. CAMPOS GERAIS Wealth Stamped on Consumption Riqueza estampada no consumo
  9. 9. 12 T ransportar sonhos, aproximar pessoas e promover a integração. Muito mais que oferecer serviços de qualidade para a cidade de Ponta Grossa, a Viação Campos Gerais, concessionária do transporte coletivo, contribui com o desenvolvimento local. Isso acontece porque em toda sua história, a VCG observa e acompanha o mercado e as novas tecnologias. Atenta às mudanças, a empresa está constantemente em busca de alternativas para melhor atender aos usuários. Prova disso, são os investimentos na Bilhetagem Eletrônica e, mais recentemente, o Monitoramento da Frota via satélite. A partir das tendências no setor, a empresa busca mecanismos capazes de auxiliarem no processo de evolução continuada. Isto porque, o foco é os 90 mil passageiros transportados todos os dias, em uma frota de 200 ônibus, que percorrem diariamente um pouco mais de uma volta ao redor da Terra. A busca pela eficiência é pautada em três pilares: trabalho, honestidade e empreendedorismo. Estes são os valores que a companhia propaga entre os seus 1200 colaboradores. A gestão contempla ainda uma Política de Qualidade com padrões de desempenho do serviço, que engloba também a Responsabilidade Social Empresarial. Tudo isso para manter-se na sua missão que é oferecer alternativas eficientes de mobilidade para Ponta Grossa e região. Transporting dreams, bringing people closer and promote integration. More than merely offer services with quality to the city of Ponta Grossa, the Viação Campos Gerais, concessionaire of public transportation, contributes to local development. This is because throughout its history, the VCG observes and monitors the market and new technologies. Aware of the changes, the company is constantly looking for alternatives to better serve its users. Proof of this are investments in Electronic Ticketing and, more recently, the Fleet Monitoring Satellite. From the trends in the industry, the company is seeking mechanisms to assist in the process of continued evolution. This is because the focus is the transportation of 90 thousand passengers daily, in a fleet of 200 buses, which run every day a little more than a lap around the Earth. Thesearchforefficiencyisbasedonthreepillars:work,honesty and entrepreneurship. These are the values the company spreads among its 1200 employees. The management also includes a quality policy with the standards performance of service, which also includes the Corporate Social Responsibility. All this to carry out in its mission of providing efficient alternatives for mobility in Ponta Grossa and the sorrounding region.
  10. 10. 14 A balança comercial dos Campos Gerais em 2009 foi de US$ 1,28 bilhão. As indústrias exportaram o equivalente a US$ 1,48 bilhão e importaram US$ 204,82 milhões. No primeiro semestre de 2010, as exportações superaram US$ 650,84 milhões. As importações corresponderam a US$ 152,94 milhões. Os principais mercados compradores da produção regional são os Estados Unidos, China, e Alemanha, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). A arrecadação de impostos e contribuições estaduais e federais também mostra a força da economia na região. Em 2009, a delegacia da Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa arrecadou nos Campos Gerais R$ 1,10 bilhão. Do total, R$ 463,67 milhões foram através dos tributos previdenciários e R$ 644,23 milhões dos fazendários. Nos seis primeiros meses de 2010, o volume total arrecadado foi de R$ 584,94 milhões. Com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), a Receita Federal arrecadou R$ 109,16 milhões em 2009. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), arrecadado na região também indica o desempenho dos negócios. A arrecadação, em 2009, foi de R$ 472,25 milhões. De janeiro a junho de 2010, foram R$ 232,39 milhões. OValor Bruto da Produção Agropecuária (VBPA) municipal – soma do que foi produzido no setor – foi de R$ 4,70 bilhões em 2009. TheCamposGeraistradebalancein2009wasUS$1.28billion. Industries exported the equivalent of US$ 1,48 billion and imported an amount of US$ 204,82 million. During the first semester of 2010, exportations exceeded US$ 650,84 million, while importations reached US$152,94 million. According to the Ministry of Development, Industry and Foreign Trade (MDIC), the main purchasing markets of regional production are the United States, China, and Germany. The collection of taxes and federal and state contribution alsoshowsthestrengthoftheeconomyintheregion.In2009 Brazil’s Federal Revenue Service collected in the Campos Gerais Region an amount of R$ 1,10 billion. Of the total, R$ 463,67 million come through social security taxes and R$ 644,23 million out of farming. During the first semester of 2010, the total collected amount was of R$ 584,94 million. With the Excise Tax (IPI), the Internal Revenue Service collected R$ 109, 16 million in 2009. The Tax on Goods and Services (ICMS), collected in the region also indicates the performance of the region’s business. The inflow in 2009 was R$ 472,25 million. From January to June 2010, it reached R$ 232,39 million. The Municipal gross value of agricultural production - a total sum of what was produced in the sector – was of R$ 4,70 billion in 2009. CAMPOS GERAIS força da economia The Economy Power
  11. 11. 16 D as propriedades rurais da região saem mais de 160produtosagropecuários.Aslavourasocupam em torno de 1 milhão de hectares a cada ano. As principais culturas são soja, trigo, milho, feijão e batata. Além da diversidade da produção, os Campos Gerais se destacam pelas produtividades. O milho tem um dos melhores rendimentos do País. Na safra 2010, alguns produtores regionais obtiveram 9 mil quilos por hectare. A bacia leiteira é referência nacional pela qualidade, produção e produtividade. Castro é o maior produtor brasileiro com 175 milhões de litros produzidos em 2009. As florestas são plantadas por empresas visando madeira, papel e energia. Os Campos Gerais têm polos madeireiro e metalmecânico consolidados. O Valor Bruto da Produção da Agropecuária (VBPA), em 2009, foi de R$ 4,70 bilhões, segundo o Departamento de Economia Rural do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Deral/Seab). OutoftheRegion’sruralpropertiesmorethan160agricultural products come out. The plantations occupy around one million hectares each year. The main crops are soy, wheat, corn, beans and potatoes. Beyond the production diversity, the Campos Gerais Region also stands out for its productivity. Corn has one of the best profits in the country. In the 2010 crop, some regional producers obtained 9 thousand kilos per hectare. The dairy chain is a national reference for its quality, production and productivity. Castro is the biggest producer in the entire country with 175 million liters produced in 2009. The forests are planted by companies aiming for wood, paper and energy. The Campos Gerais Region also has consolidated its wood and metal mechanic poles. The Gross Value of Production (GVPA)ofagriculturein2009wasofR$4,70billion,according to the Department of Rural Economy of the regional center of Ministry of Agriculture and Supply (DERAL / Seab). CAMPOS GERAIS diversidade na agropecuária The Agriculture Diversity
  12. 12. 29.522 km² área regional; maior entroncamento rodoferroviário do Sul do País 901.432habitantes, população estimada em 2009 pelo IBGE R$ 9,20 milhões potencial de consumo em 2010, segundo a Target Marketing R$ 463,67 milhões arrecadação previdenciária em 2009 R$ 644,23milhões arrecadação fazendária em 2009 R$ 109,16 milhões IPI arrecadado em 2009 R$ 472,25 milhões ICMS arrecadado em 2009 US$ 1,48 bilhão exportações em 2009 US$ 204,82 milhões importações em 2009 R$ 4,70 bilhões valor bruto da produção agropecuária em 2009 R$ 11,92bilhões PIB em 2007, segundo o IBGE 3 cooperativas agropecuárias: Capal, Batavo e Castrolanda 3 cooperativas de crédito: Unicred, Sicredi e Sicoob 5 empresas entre as maiores do País: Cooperativa Castrolanda, Batavo, Cooperativa Capal, Stora Enso e Rodonorte, conforme a Revista Exame: Melhores e Maiores de julho/2010 CAMPOS GERAIS O que marca a região 18
  13. 13. What Marks the Region 29.522 km²regional area; largest road junction in the South of the country 901.432inhabitants, estimated population in 2009 according to IBGE data R$ 9, 20 million consumer potential in 2010, according to Target Marketing R$ 463, 67 million collected in pension tributes in 2009 R$ 644, 23 million collected in farming tributes in 2009 R$ 109, 16 million Excise Tax (IPI) collected in 2009 R$ 472, 25million on Tax on Goods and Services (ICMS) collected in 2009 US$ 1, 48 billion in exportations in 2009 US$ 204, 82million in importations in 2009 R$ 4, 70 billion on gross value of agricultural production in 2009 R$ 11, 92billion of Gross Domestic Product in 2007, according to IBGE 3 agricultural cooperatives: Capal, Batavo and Castrolanda 3 credit unions: Unicred, Sicredi and Sicoob 5companiesrankingamongthelargestonesinthecountry:CooperativaCastrolanda, Batavo, Cooperativa Capal, Stora Enso and Rodonorte, according to a July 2010 Exame Magazine Poll: The Biggest and Best. CAMPOS GERAIS 19
  14. 14. 20 D esde 2004, o Sistema Fiep vem priorizando os temasdainovação,desenvolvimentosustentável e educação, contribuindo para melhorar a qualidade de vida da comunidade. Em sete anos, essas prioridades se traduziram em dezenas de projetos que deram capilaridade à atuação da Fiep e reforçaram sua representatividade. Nos últimos anos, a Fiep desenvolveu estudos e encontros, como o Congresso da Indústria, que deram uma visão de longo prazo a sua atuação. Assim foram viabilizados projetos voltados para a inovação, como o Centro Internacional de Inovação (C2i), e iniciativas nas áreas técnica e educacional do Senai e do Sesi. As ações se articulam com os projetos educacionais. Em cinco anos, o Colégio Sesi já se tornou a maior rede de ensino médio do Estado, com 6 mil alunos em 37 municípios – incluindo Ponta Grossa, Irati e Carambeí, nos Campos Gerais –, enquanto os cursos do Senai se firmaram como a principal porta de entrada de jovens na profissão industrial. O Sistema Fiep também incluiu em sua estratégia ações para o desenvolvimento de toda a comunidade, hoje reunidas na iniciativa Cidades Inovadoras. Entre os projetos, destacam-se o Movimento Nós Podemos Paraná, que tem como meta antecipar o cumprimento dos Objetivos do Milênio no Estado e possui agentes em todos os municípios dos Campos Gerais, as Redes de Desenvolvimento Local – que estão presentes em Ponta Grossa nas Vilas Santana e Barreto, Jardim Paraíso e Vila Madureira –, e o Cidades 2030, que lançou aos municípios o desafio de elaborar planos de desenvolvimento, como o Curitiba 2030. Dessa forma, em pouco tempo a Fiep ampliou sua atuação para fortalecer a indústria e levar uma vida melhor para toda a comunidade. Since 2004, the Fiep System has prioritized the themes of innovation, sustainable development and education, helping enrich the life quality of the local community. Within a span of seven years, these priorities have been translated into dozens of projects which have widened the action of Fiep and strengthened its representativeness. In recent years, Fiep developed studies and meetings, such as the Industry Congress, which ended up giving a long term view to their activities. Thus projects focused on innovation as the International Center for Innovation were enabled (C2i), as well as initiatives in the technical and educational field through Sesi and Senai. Actions are articulated alongside with educational projects. In five years, the Sesi School has become the largest school chain in the state, with 6,000 students in 37 cities - including Ponta Grossa, Irati and Carambeí in the Campos Gerais - while the Senai courses are being consolidated as the main gateway for young people in the industrial work market. The Fiep System also included in their strategy actions for the development of the whole community, gathered nowadays in the Innovative Cities initiative. Among the highlighted projects, there are the Movimento Nós Podemos Paraná, which aims to advance the achievement of the MDGs in the state and has agents in all the municipalities of the Campos Gerais, The Networks of Local Development - which are present in Ponta Grossa in the Santana and Barreto villages, Jardim Paraíso and Vila Madureira - , and the Cities 2030 Project, which offered to municipalities the challenge to draw up development plans, similar to that of Curitiba 2030. By doing that, in a short period of time Fiep upsized its operations to strengthen the industry and lead a better life for the entire community. fiep
  15. 15. O s Campos Gerais contam com quatro aeroportos públicos. Eles estão em Ponta Grossa, Arapoti, Castro e Telêmaco Borba. O Santana está localizado na PR-151 e é administrado pela Prefeitura de Ponta Grossa. A pista tem dimensão de 1430x30 metros, é revestida de asfalto e tem resistência 8/F/B/X/U. A altitude é 789 metros. São realizados em média 150 pousos e decolagens por mês. O Avelino Vieira, em Arapoti, fica na estrada da Impacel e é de responsabilidade do município. A pista tem 1400x23 metros e suporta 5.700 quilos. A altitude é 805 metros. São 7 pousos e decolagens mensais. Não há iluminação noturna. OAeroportoTelêmacoBorba,noParqueLimeira,épúblico, mas administrado pela Klabin. A pista pavimentada tem 1800x30 metros e resistência 24/F/B/X/T. A altitude é 813 metros. São 67 pousos e decolagens por mês. Os três aeroportos não operam linha área regular e por instrumento. Os de Ponta Grossa e Telêmaco Borba contam com iluminação noturna. Na Colônia Castrolanda, o aeroporto é administrado pela Prefeitura de Castro. A pista de terra resiste a 2.500 quilos, com dimensão de 1420x30 metros. A altitude é 1010 metros. Não há operação no período noturno, linha área regular ou por instrumento. Mensalmente, são 18 pousos e decolagens. Campos Gerais count on four public airports. They are situated in Ponta Grossa, Arapoti, Castro and Telêmaco Borba. Santana airport is located at PR- state Road and is run by Ponta Grossa’s City Hall. The strip has 1430X30 meters dimension, it is covered with asphalt and has a resistance of 8/F/B/X/U. The altitude is of 789 meters. 150 landings and takeoffs are performed every month. Avelino Vieira airport, in Arapoti, is located at Impacel Road and is the city’s responsibility. The strip has 1400X23 meters andholds5.700kilos.Thealtitudeisof805meters.7landings and takeoffs are performed every month. There is no night lighting. Telêmaco Borba airport, in the Limeira Park, is public, but it is run by Klabin. The paved strip has 1800X30 meters and a resistance of 24/F/B/X/T. The altitude is of 813 meters. 67 landings and takeoffs are performed every month. The three airports don’t operate regular or instrumental airlines. Telêmaco Borba and Ponta Grossa airports count on night lighting. The airport in Colônia Castrolanda is run by the Castro City Hall; the strip is made of resistant land and holds 2.500 kilos, with 1420X30 meters dimension. The altitude is of 1010 meters. No night operations are held, nor are regular or instrumental airlines. There are 18 landings and takeoffs every month. Public Airports 22 Aeroportos públicos
  16. 16. A região possui quatro aeroportos privados. Eles estão localizados em duas cidades. Em Ponta Grossa está o Aeroporto Iberá. A pista tem 800x18 metros, é revestida de grama e suporta 5 mil quilos. Não há linha aérea regular, por instrumento e operação no período noturno. EmTibagi são três aeroportos. O Fazenda da Ilha tem pista de 800x18 metros e altitude de 857 metros. A resistência é de 5 mil quilos. O Pedra Branca tem 1000x20 metros de pista e resiste a 3 mil quilos. A altitude é 900 metros. Ambos são revestidos de grama e não operam linha aérea regular, por instrumento e no período noturno. Há também o Fazenda Iapó. Existe projetoparaseconstruirumaeroportointernacional de cargas emTibagi, que servirá toda a região dos Campos Gerais. O acesso a Tibagi é possível também pelas rodovias BR- 153 (Rodovia Transbrasiliana) e PR-340. Já, Ponta Grossa é o maior entroncamento rodoferroviário do Sul do País. There are four private airports in the area. They are located in two cities. Iberá airport is situated in Ponta Grossa. The strip has 8000X18 meters; it is coated with Grass and holds 5 thousand kilos. There are no regular, instrumental or night operations for airlines. Tibagi holds three airports. The strip of Fazenda da Ilha airport has 800X18 meters and altitude of 857 meters. It holds 5 thousand kilos. The Pedra Branca airport has a 3 thousand resistant strip of 1000X20 meters. The altitude is of 900 meters. Both strips are coated with Grass and don’t operate regular or instrumental airlines nor during the night. There is also the Fazenda Iapó airport. In Tibag there is a project to build an international cargo airport which will serve the whole Campos Gerais area. Tibagi is also reached through the BR-153 (Rodovia Transbrasiliana) federal road and PR-340 state road. While Ponta Grossa is the biggest motorway and railway junction in the south of the country. Private Airports 24 Aeroportos privados
  17. 17. 26 Winner Chemical A Winner Chemical iniciou suas atividades em julho de 1994, em Ponta Grossa, desenvolvendo, produzindo e comercializando produtos químicos para o mercado automobilístico. Atualmente, instalada em sede própria em um imóvel com mais de 17 mil m², conta com uma unidade produtora com mais de 5 mil m², com a infra estrutura necessária para atender seus clientes e as necessidades que forem criadas no mercado. Na linha de produção todas as etapas são cuidadosamente inspecionadas para que o produto final tenha a maior qualidade possível. A cada estágio são realizados testes de qualidade. A matéria prima é mantida em tanques de inox e, sem nenhum contato manual, é envasada. Os frascos são cuidadosamente inspecionados e fechados em modernas máquinas. Depois do produto acabado, uma nova amostra é retirada para novos testes. A Winner Chemical, possui um dos mais modernos laboratórios do país, com equipamentos de última geração como cromatógrafo a gás, espectrofotômetro, câmara de salt spray, câmara úmida para medir corrosão, aparelhos para determinaçãodopontodefusão,pontodecongelamento, de fugor, evaporadores rotativos, refratômetros e Karl Fischer, onde é possível realizar os testes mais avançados, sempre com a preocupação de oferecer um produto de excelente qualidade. Atuação: O desenvolvimento de produtos em aerossol, líquidos ou pastosos atende os mercados: automotivo (anti-congelantes, aditivos, descarbonizantes, impermeabilizantes, protetivos e lubrificantes); metalúrgico (fluídos de corte e desmoldantes); construção civil (poliuretano e adesivos de silicone); industrial (desengraxantes e lubrificantes). Em qualquer segmento, os profissionais estão preparados para buscarem soluções que vão desde a elaboração do produto até a embalagem. Meio Ambiente: Entre as premissas da Winner está o incremento de ações de conscientização ambiental. Para isso, a empresa investe em projetos de sensibilização tanto para o público interno, como para a comunidade. Uma das propostas que merece destaque é o “WINNER Reciclando o presente para melhorar o futuro”. Nele, os colaboradores são estimulados a fazerem a separação dos materiais recicláveis em casa, levando a Política Ambiental da unidade, além dos muros da empresa. Todo o material separado é encaminhado para uma associação de catadores de materiais recicláveis. Os participantes trocam os resíduos por cupons e concorrem a prêmios. Winner Chemical started its activities in July 1994, in Ponta Grossa, developing, producing and selling chemical products for the automotive market. Nowadays it is located in an area with more than 17 thousand m2 and its production area is over 5 thousand m2 with proper structure to support its clients and the necessities which come up in the market. In the production line each step is carefully inspected so that the final product has the highest quality possible. At each part there are quality tests. Raw materials are kept in stainless steel tanks and with no manual contact whatsoevertheyarefilledinthebottles. Thecansandbottles are carefully selected and closed in modern machines and after the product is finished, a sample is taken for further testing. Winner Chemical has one of the most modern labs in the country in its area, with modern equipments such as infrared, chromatograph, salt spray chamber, corrosion measurement chamber and equipments to measure flash point, freezing points, Karl Fischer and others, making it possible the most advanced tests, always concerned with offering the best possible quality to the client. Market: Development of aerosol, liquid and solid products for the different markets: automotive (anti-freeze, coolants, carburetor cleaners, greases and lubricants); metallurgy (cutting fluid and unmolding fluids), construction (PU Foams and Silicone adhesives) and for industry (cleaners and lubricants). In any of these areas, the professionals are ready to find solutions from formula development to packaging. Environment: Winner is also concerned about environmental awareness actions. For that the company is constantly investing in knowledge to the employees and also to the community. One of the main proposals for that is “ Winner: Recycling the present to improve the future” which is a program where the employees have the chance to separate different recyclable materials at home and take this material to the company which donates it to the cooperative of recycling materials. The employees exchange each kilo of recyclable material for a coupon and then there is a raffle with prizes.
  18. 18. A identidade com a produção leiteira é histórica em Castro. Desde a chegada dos primeiros imigrantes holandeses que trouxeram animais e implementos para a produção leiteira, a região é destaque na produção de leite em quantidade e qualidade. Em 2009 foram 173,5 milhões de litros. Volume que deu à cidade o título de maior bacia do País. O cuidado com os animais – da alimentação, conforto, reprodução à genética – e a alta tecnologia empregada em todas as fases da produção do leite, resultam nos altíssimos índices de produtividade. Para se ter ideia da riqueza produzida na região basta analisar a produção obtida pela Castrolanda. Em média, cada vaca produz 25 litros de leite por dia durante a sua lactação. Outro dado grandioso remete à qualidade do leite, em específico, à contagem bacteriana. A média das análises mensais dos produtores está na ordem de 11 mil UFC/ml (Unidade Formadora de Colônia), enquanto a legislação brasileiraaceitaaté750milUFC/ml.Éatecnologiautilizada em prol da produtividade leiteira em Castrolanda. O empenho dispensado pelos pecuaristas de leite é mostradoanualmentenoAgroleite,maioreventonacional da pecuária leiteira. O evento tornou-se referência ao concentrar as últimas aplicações práticas da tecnologia utilizada pela Castrolanda para o segmento e ao mesmo tempo, aponta tendências do setor lácteo. The identity of milk production is historical in Castro. Since the first arrival of Dutch immigrants they brought animals and implements for milk production, and the region stands out in milk production both in quantity and quality. In 2009 were 173.5 million gallons. Volume that gave the city the title of largest dairy hub of the country The animal care - food, comfort, reproduction genetics – and the high technology used in all stages of milk production, result in very high rates of productivity. In order to get an idea of the wealth produced in the region, just consider the amount produced by Castrolanda. On average, each cow produces 25 liters of milk per day during their lactation. Another point refers to the great quality of milk, in particular, the bacterial counts, the average monthly analysis of the producers, is the order of 11.000 CFU / ml (Colony Forming Unit), while the Brazilian law accepts up to 750.000 CFU / ml. This is the technology used in support of milk productivity in Castrolanda. The commitment discharged by dairy farmers is annually shown in Agroleite, the largest national event of dairy cattle. The event has become the latest focus reference to practical applications of the technology used in Castrolanda for the segment and at the same time, it throws light on dairy industry trends. Tecnologia na maior bacia leiteira Technology in the largest dairy 28
  19. 19. A Sociedade Rural dos Campos Gerais tem sua sede instalada no Centro Agropecuário de Ponta Grossa. Entidade sem fins lucrativos, foi fundada em 1973, por um pequeno grupo de produtores rurais. Atualmente, conta com mais de 200 sócios. São agricultores, pecuaristas e empresários do ramo rural. A instituição se destaca por atuar em defesa dos direitos da classe e por realizar eventos agropecuá rios, de forma a manter os produtores atualizados, e também por buscar o desenvolvimento do setor. É através de palestras, cursos e feiras, que a Sociedade Rural procura divulgar o agronegócio entre os associados e a comunidade. Um exemplo é a Exposição Feira Agropecuária e Industrial (Efapi), que visa mostrar para a população, visitantes e, principalmente, para o setor as últimas tendências do mercado, bem como fomentar negócios. A Efapi – composta por palestras técnicas – é o maior evento comandado pela Sociedade Rural, que pretende agregar a Feira do Paraná. Outra ação de destaque é o centro de equoterapia, coordenado pela entidade e tido como referência no Sul do País em tratamento neurológico. São em média 5 mil atendimentos a cada ano. O centro é mantido em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa e Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). The Rural Society of Campos Gerais has its headquarter in the Agricultural Center of Ponta Grossa. A nonprofit organization, it was founded in 1973 by a small group of farmers. It currently has over 200 members. They are farmers, ranchers and rural entrepreneurs in the industry. The institution stands for acting in defense of the farmers and holds events for farming, in order to keep producers up to date, and also pursue development of the sector. Through lectures, courses and fairs, the Rural Society seeks to promoteagribusinessbetweenmembersandthecommunity. One example is the Agricultural and Industrial Exhibition Fair (EFAPI), an event held by the entity that aims to show to the public, visitors, and especially to the sector the latest industry trends, as well as promote business. The EFAPI - composed of technical presentations - is the biggest event run by the Rural Society, which aims to aggregate it to the Paraná Fair. Anothercaseinpointisthecenterofhippoterapy,coordinated by the entity and taken as reference in the south of the country in neurological treatment. There are in average 5.000 treatments each year. The center is maintained in partnership with the Municipality of Ponta Grossa, Brazil’s Federal Revenue in Ponta Grossa and Association of Parents and Friends of Exceptional Children (Apae). Campos Gerais Rural Society 30 Sociedade Rural dos Campos Gerais
  20. 20. C riada em 1969, pelo Governo Estadual com o objetivo de ampliar as ofertas de cursos de nível superior no Centro-Sul do Paraná, a Universidade Estadual de Ponta Grossa cumpre, com competência, a sua missão de fomentar o ensino, a pesquisa e a extensão. Graças às ações de seus gestores, professores, técnicos e acadêmicos, em seus 40 anos de existência, a UEPG se impôs como o principal centro de produção de conhecimentos em sua Região Geoeducacional, que abrange mais de 30 municípios. Sediada em Ponta Grossa, cidade polo dos Campos Gerais, com mais de 300 mil habitantes, a UEPG exerce sua influência também em outras regiões do Estado e recebe alunos de todo Brasil. Ao ofertar diferentes cursos de graduação, presenciais e a distância, sequenciais, especialização, mestrados e doutorados, a UEPG se consolida como uma das mais destacadas instituições de ensino superior do Brasil. Com educação pública gratuita e de qualidade, a UEPG elencou inúmeras prioridades, entre as quais a de possibilitar a qualificação do seu corpo docente. Atualmente alcançou a marca de mais de 90 por cento de mestres e doutores, os quais se dedicam a importantes projetos que resultam na captação de recursos, para serem aplicados nas diversas atividades de pesquisa, com a participação de alunos e agentes universitários. Na área de extensão, dois grandes eixos pautam as atividades da instituição: a formação acadêmica integrada à realidade e o relacionamento transformador com a comunidade, através de projetos comunitários e culturais. A instituição mantém programas de intercâmbio acadêmico com universidades do exterior, através do Escritório para Assuntos Internacionais. Founded in 1969, by the State Government aiming to extend the offer of undergraduate courses in Paraná Center-South region, the State University of Ponta Grossa fulfills, with competency, its mission to promote teaching, research and extension. Thanks to its administratior, faculties, staff, and students,inits40yearsofexistence,UEPGhasimposedasthe main center of knowledge production in its geo-educational region, which comprehends more than 30 towns. Located in Ponta Grossa, a center city in the Campos Gerais region, over 300 thousand inhabitants, UEPG applies its influence also in other regions in the State and receives students from all over Brazil. Offering different undergraduateprograms:attendinganddistance,continous learning, specialization, master and doctorate courses, UEPG consolidates as one of the most distinguished higher education institutions in Brazil. With a public, no charge, education with quality, UEPG has several priorities including to make possible for its faculty memberstoimprovetheirprofessionaltechniques.Currently, it has achieved over 90 per cent of masters and doctors, that have dedicated themselves to important projects which result in finacial resources to be applied in several research activities, with students and employees participation. In extension programs, two big axis guide the institution activities: the student formation connected with reality and the transforming relationship with people, through community and cultural projects. The institution keeps student exchange programs with universities abroad, promoted by the Office of International Affairs. 32 uepg
  21. 21. P onta Grossa conta com o campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A instituição oferece cursos regulares técnicos de nívelmédioemAgroindústria,MecânicaeEletroeletrônica; superiores de graduação (Tecnologia em Alimentos, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Tecnologia em Automação Industrial e Tecnologia em Fabricação Mecânica); e de educação continuada, como especializações, cursos de extensão e formação pedagógica. Os cursos de especialização, mestrado e doutorado, contam com docentes altamente qualificados. Os alunos têm à sua disposição laboratórios totalmente equipados, infraestrutura bibliotecária, convênios, parcerias e bolsas de estudos. Os estudantes são incentivados a realizar pesquisas de ponta, apresentar trabalhos acadêmicos em congressos e workshops. Todos os programas de pós- graduação são autorizados e reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). OCampusestáinstaladonoantigoSeminárioRedentorista. A área total é de aproximadamente 19 mil m². São 206 servidores e cerca de 2 220 estudantes. A UTFPR foi fundada em 1909 como Escola de Aprendizes Artífices.Em1959,depoisdeumperíododetransformação, passou a se chamar Escola Técnica Federal do Paraná. Em 1978, foi denominada Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e, em 2005, passou à Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Ponta Grossa counts on Paraná’s Federal Technological University (UTFPR). The institution offers: high school regular technical courses in Agro industry, Mechanics and Electro mechanics; graduation courses (Food Technology, Technology in System Analysis and Development, Technology in Industrial Automation, and Technology in Mechanical Fabrication) and continued education courses such as specializations, extension courses and pedagogical formation. The specialization, masters and doctors courses count on highly qualified professors. The students have at their disposal fully equipped laboratories, library infrastructure, special agreements, partnerships and scholarships. The students are encouraged to carry out cutting-edge research, present academic research in congresses and workshops. All post-graduation courses are properly authorized by the Ministry of Education (MEC) The campus is located at the former Redeptorist Seminary. The total area is of approximately 19 thousand m². There are 206 servers and around 2.220 students. UTFPR was founded in 1909 as Craftsmen Apprentice School. After a transformation period, in 1959 it was renamed Paraná’s Federal Technical School. In 1978, it was named Federal Center of Technological Education (Cefet) and, in 2005 it became Paraná’s Federal Technological University. utfpr - A formação tecnológica The Technological Research 34
  22. 22. A s empresas dos Campos Gerais contam com o Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). O escritório em Ponta Grossa atende mais 17 municípios da região: Arapoti, Carambeí, Castro, Guamiranga, Imbaú, Imbituva, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Reserva, São João do Triunfo, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. Em cinco cidades, Telêmaco Borba, Jaguariaíva, Castro, Irati e Ortigueira (estas duas últimas atendidas por outro escritório) o Sebrae conta com pontos de atendimento, que funcionam nas associações comerciais. Eles servem como opção de atendimento aos empreendedores que estão mais distantes de Ponta Grossa. O Sebrae é uma entidade sem fins lucrativos, criada na década de 1960, com o objetivo de auxiliar donos de pequenos negócios. São 27 unidades e 750 postos de atendimento no Brasil. No Paraná estão cinco regionais e 11 escritórios, que alcançam todos os municípios paranaenses através do atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros na área comercial. O Sebrae ajuda as pessoas que querem abrir um negócio e os empreendedores que procuram melhorar sua atividade. Com o apoio e o conhecimento que adquirem junto à instituição os empresários tornam suas empresas mais competitivas no mercado. TheCamposGeraiscompaniescountontheBrazilianService of Support to Micro and Small Enterprises (Sebrae). Its Ponta Grossa office supports more than 17 cities/municipalities in the region: Arapoti, Carambeí, Castro, Guamiranga, Imbaú, Imbituva, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Reserva, São João do Triunfo, Telêmaco Borba, Tibagi and Ventania. In five cities, Telêmaco Borba, Jaguariaíva, Castro, Irati e Ortigueira (the latter two served by another office) Sebrae has points of service, operating in trade associations, which serve as a call option to entrepreneurs that are further from Ponta Grossa. Being a non-profit organization, Sebrae was created in 1960 with the aim of helping small business owners. There are 27 unitsand750servicecentersinBrazil.InParanátherearefive regional offices and 11offices, but it extends to all of Paraná’s municipal districts by serving them through itinerant service points and partners in the commercial area. Sebrae helps people who wish to open their own business as well as entrepreneurs seeking to improve their activity. With the support and knowledge acquired at the institution, entrepreneursmaketheirbusinessesmorecompetitiveinthe market. 36 Sebrae - O apoio às empresas da região Supporting the Region’s Companies
  23. 23. P arte integrante do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) estão presentes na região para ajudar na preparação da mão de obra. O Senai possui unidades em Ponta Grossa, Jaguariaíva, Telêmaco Borba e Irati. Nestas cidades oferece cursos técnicos e profissionalizantes. No Senai de Ponta Grossa são formados técnicos em Eletromecânica, Manutenção Automotiva, Segurança do Trabalho,InformáticaeAutomaçãoIndustrial.EmTelêmaco Borba, técnicos em Celulose e Papel, Eletrotécnica, Automação Industrial e Mecânica Industrial. A unidade de Jaguariaíva forma técnicos em Eletromecânica, Mecânica, Celulose e Papel e Automação Industrial. Já, em Irati, são formados técnicos em Eletrotécnica e a partir de 2011 em Logística. Em setembro foi inaugurado o pólo de atendimento do Sesi/Senai em Castro, oferecendo qualificação e aperfeiçoamento em Metalmecânica, Elétrica, Têxtil e Vestuário e Seguraça, além de exames laboratoriais e programas de saúde e segurança determinados pela legislação. O Senai é um dos polos de criação e dispersão de conhecimento direcionado a base industrial. O foco é no aprendizado em diversas modalidades profissionais. Oferece consultoria e apoio empresarial conforme as necessidades locais. O Sesi apóia o desenvolvimento social das indústrias e de seus funcionários. An integrant part of the Federation of Industries of Paraná (FIEP),theNationalServiceofIndustrialLearning(Senai)and the Social Service for Industry (Sesi) are present in the region to assist in coaching the local workforce. Senai has units in Ponta Grossa, Jaguariaíva Telemaco Borba and Irati. In these cities it offers courses as well as technical courses and vocational education. In the Ponta Grossa unit of Senai, Electromechanical technicians are trained, as well as Automotive Maintenance, Safety, IT and Industrial Automation. The Telemaco Borba unit coaches technicians in Pulp and Paper, Electronics, Industrial Automation and Industrial Mechanics. The unit in Jaguariaíva forms technicians in Electromechanical, Mechanics, Pulp & Paper and Industrial Automation. While in Irati technicians are trained in Electrothecnical courses and from 2011 on also in Logistics. In September it was opened the Sesi / Senai service hub in Castro, offering qualification and improvement in Metalworking, Electrical, Textiles and Clothing and Security Industry, as well as laboratory tests and health and safety programs determined by the legislation. Senai is one of the poles of creation and spreading of knowledge towards industrial base. The main focus is on learning in different professional ways, and it provides counseling and business support in accordance with the local needs. Sesi supports the social development of the industries and its workforce. 38 sesi e senai - Ajudam a preparar mão de obra Helping prepare the workforce
  24. 24. A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa foi fundada em 18 de junho de 1922, tornando-se uma das mais tradicionais associações comerciais do Sul do País. Em pouco tempo o grupo idealizador da entidade recebia o apoio e a colaboração de muitos empresários. Criada para ser o órgão representador e atender as solicitações dos produtores locais, durante os seus 88 anos conseguiu se afirmar na estrutura econômica, política, cultural e social de Ponta Grossa. A entidade se destacou tanto pelo importante papel de representação da classe empresarial, quanto pela sua dedicação a assuntos comunitários. Com a evolução natural a entidade ganhou uma postura maisparticipativaemrelaçãoaosfatosocorridosnacidade. A entrada da entidade nas discussões mais diversas e nos assuntos de maior relevância a consolidou como uma das grandes forças motoras de Ponta Grossa. A ACIPG tem lutado e engajado causas em benefício não somente a Ponta Grossa, mas também dos Campos Gerais, por isso tem elaborado projetos que buscam tornar a cidade e região mais atrativa economicamente, seja com o aumento da sua representatividade empresarial, social e política. Assim, a ACIPG pretende prosseguir na construçãodinâmicaeparticipativadesuaprópriahistória, integrada à história da comunidade local, deixando claro que o associativismo é fator determinante para o desenvolvimentosocial,econômicoeculturalnosdiversos setores da sociedade em que atua. Com a implantação de seu Plano de Voo (plano de metas 2010-2012) e de seu Programa Decolar (planejamento estratégico 2010-2012) a ACIPG continua sua revolução silenciosa em busca do desenvolvimento econômico que gera desenvolvimento social. The Commercial Industrial and Business Association of Ponta Grossa was founded in June 18 of 1922 and became one of the most traditional commercial association in the south of Brazil. In a short time, the group creator of the entity has received the support and collaboration of many business men. Created to be a representative organ and respond to the local producer’s requests, and during its 88 years it succeeded in the economic, political, cultural and social structure of Ponta Grossa. The entity stood out both for the important role of representing the business class as for the dedication to community matters . With the natural evolution the entity won a more participatory attitude with respect to the facts happened in the city. The entry of the entity in all sort of discussions and in the issues of greater relevance made the ACIPG become one of the greatest driving forces of Ponta Grossa. The ACIPG has fought and engaged causes not only for the Ponta Grossa’s benefits, but also to the Campos Gerais, that’s why has elaborated projects that purpose to make our city and region economic more attractive, either with the raise of its business, social and political representative. Thus, the ACIPG intends to go on in the dynamic and participative construction of its own history, integrated into the local community history, making it clear that the association is a determinant factor to the social, economical and cultural development in the various sectors of society that operates. With the Flight Plane (Plan targets 2010 - 2012) and the Take Off Program (strategic planning 2010 – 2012) implementation, the ACIPG continues in the silent revolution searching the economic development that generates social development. 40 acipg - Uma Revolução Silenciosa A silent revolution
  25. 25. O s Campos Gerais têm a riqueza também no cooperativismo.JuntoaoSistemaOrganizaçãodas Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar) estão registradas 24 cooperativas de sete de ramos de atuação: agropecuário, crédito, educacional, infraestrutura, saúde, transporte, turismo e lazer. Em Arapoti estão a Capal Cooperativa Agroindustrial, Sicredi Capal e a Cooperativa de Eletrificação Rural (Ceral). Carambeí abriga a Batavo Cooperativa Agroindustrial e a Cooperativa Central de Laticínios do Paraná (CCLPL). EmCastroestãoaCastrolanda,CooperativaAgrícolaUnião Castrense (Unicastro), Cooperativa Escola dos Alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Olegário Macedo (Ceagron) e a Cooperativa de Eletrificação Rural Castrolanda (Eletrorural). Ponta Grossa conta com a Coopagrícola, Cooperponta, Sicredi Campos Gerais, Unicred Campos Gerais. Também a Unimed, Uniodonto, Cooperativa Ponta-Grossense de Serviços de Transportes Rodoviários (Coopon), e a Cooperativa Paranaense de Turismo (Cooptur). Em Prudentópolis está a Sicredi Centro Sul. Palmeira tem a Cooperativa Mista Agropecuária Witmarsum, Cooperativa Escola dos Alunos do Colégio Agrícola Getúlio Vargas (Coopagev) e a Cooperativa de Eletrificação Witmarsum (CERWIT). Telêmaco Borba tem a Sicoob Centro Leste. Em Irati está a Cooperativa Escola Alunos do Colégio Florestal Estadual Presidente Costa e Silva (Cooperflor). The Campos Gerais Region is also known for its cooperatives wealth. Alongside with Ocepar, or Sistema Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Organization System of Paraná State Cooperatives) are registred 24 cooperatives which cover seven different areas of work: agricultural, credit, education, infrastructure, health, transport, tourism and leisure. Located in Arapoti there is the Capal Agroindustrial Cooperative, Sicredi Capal and the Rural Eletricity Cooperative (or Ceral). Carambeí harbors the Batavo Agroindustrial Cooperative and the Central Cooperative of Paraná’s Dairy Products (or CCLPL). Castro has Castrolanda, União Castrense Agriculture Cooperative (or Unicastro), State Cooperative School Center forProfessionalEducationOlegárioMacedo(orCeagron)and the Castrolanda Rural Eletricity Cooperative (or Eletrorural). Ponta Grossa shelters several cooperatives such as Coopagrícola, Cooperponta, Sicredi Campos Gerais, and UnicredCamposGerais,aswellasUnimed,Uniodonto,Ponta Grossa’s Road Transport Services Cooperative (or Coopon), and the Paraná State Tourism Cooperative (Cooptur). In Prudentópolis is located the South Center Region unit of Sicredi. Palmeira harbors the Agricultural Mixed Cooperative Witmarsum, Cooperative Agricultural School Getulio Vargas (or Coopagev) and the Witmarsum Eletricity Cooperative (or CERWIT). Telêmaco Borba is home of the East Center Sicoob branch, whereas Irati has the Cooperative School Students of the State Forest College President Costa e Silva (or Cooperflor). Cooperatives: strength of the region 42 Cooperativismo: força da região
  26. 26. A Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Ponta Grossa (Efapi) é realizada em setembro, na semana de aniversário da cidade. O evento propicia a realização de negócios, principalmente nos setores da agricultura e da pecuária. Comércio, indústria e prestadores de serviços participam como expositores. Em 2010 a Efapi chegou a sua 33ª edição. A média de público nos seis dias de feira, no Centro Agropecuário Municipal, é superior a 100 mil pessoas. Os visitantes acompanham a exposição de produtos, serviços e animais, em área total de 28 hectares. A feira recebe palestras, rodeio, leilões de gado e ovinos e provas de baliza e tambor. Há praça de alimentação, restaurante e parque de diversão. O local é dotado de boa infraestrutura para receber eventos. O Centro de Eventos – em área ao lado do Centro Agropecuário - também recebe parte da Efapi. Lá, acontecem os shows musicais. A primeira edição da feira aconteceu em 1969, no antigo Colégio Agrícola Augusto Ribas. Entre os anos de 1995 e 1997, a Efapi não foi realizada por falta de espaço. Em 1998 voltouaacontecer,mas,destavez,noCentroAgropecuário Municipal, construído para receber eventos. Em 2005 e 2006 foi novamente suspensa voltando com força total em 2007. Realizada pela Sociedade Rural dos Campos Gerais com o apoio da prefeitura municipal, a Efapi vem a cada ano se estruturando para receber a Feira do Paraná. The Ponta Grossa Industrial and Agricultural Exposition Fair (Efapi) takes place during the city anniversary week in September. The event spawns business deals mainly in the agricultural and cattle breeding sectors. Retailers, industries and servicers take part as expositors. Efapi reaches its 33ª edition in 2010. The average audience in the first six days of the event, in the Centro Agropecuário Municipal, is over 100 thousand people.Thevisitorsenjoytheexpositionofproducts,services, animals, in a total area of 28 hectares. The fair holds lectures, rodeo, cattle and ovine auctions, pole bending and barrel racing competitions. There is a food court, a restaurant and an amusement park. The site has good infrastructure to receive the events. The Centro de Eventos – located next to the Centro Agropecuário – also holds part of the Efapi. The musical concerts take place there. Thefair’sfirsteditionhappenedin1969,intheformerColégio Agrícola Augusto Ribas. Efapi didn’t happen between 1995 and 1997 due to lack of a proper venue. In 1998 it was held again. However, this time, in the Centro Agropecuário Municipal which was especially built to receive the events. Efapi was again suspended in 2005 and 2007, but returned at full power in 2007. Carried out by the Campos Gerais Rural Society with the City Hall support, Efapi has been enhancing its structure in order to receive the Feira do Paraná. 44 efapi - Um evento de negócios A Business Event
  27. 27. A Águia Participações S/A é uma holding que atua em três diferentes atividades: Soluções em Movimentação e Armazenagem, Reflorestamento e Fabricação de Painéis de Madeira e Fabricação de Resina para Indústria de tintas, selantes e adesivos. A Águia Sistemas iniciou suas atividades em 1973 e hoje, além da atuação internacional, é líder do setor de estruturas de movimentação e armazenagem no mercado nacional. Com um mix de produtos que complementam todaa infra-estruturade logística,oferece aosseusclientes soluções adequadas para as mais diversas situações de movimentação e armazenagem de materiais. A Águia Florestal dedica-se ao plantio de florestas desde 1974 atingindo a autossuficiência em 1992. Desde 1993 atuando no mercado externo com a produção de madeira aplainada, painéis colados e vigas coladas para a indústria moveleira e construção civil de vários países, inicia agora uma nova linha de produtos voltados à construção civil brasileira com elementos estruturais em madeira colada. A serragem e a casca do pinus são aproveitadas para gerar energia térmica para as outras empresas do grupo. A Águia Química é líder no mercado de resinas sintéticas, atendendo fabricantes de tintas no Brasil e exterior. No mercado de tintas e vernizes, atende clientes dos segmentos de impressão, moveleiro, industrial, imobiliário, automotivo, demarcação, impermeabilização, entre outros. Com um portfólio completo de resinas, a empresa oferece soluções customizadas com foco nas necessidades específicas de cada cliente. Além disso, atua também na distribuição de uma linha completa de produtos químicos. Águia Holdings S/A is a holding company that operates in three different activities: Solutions for Moving and Storage, Forestry and Wood Panels, Manufacture of Resin as well as Manufacturing Industry for paints, sealants and adhesives. Águia Systems began operations in 1973 and today, in addition to international operations, is an industry leader in handling and storage facilities within the domestic market. With a mix of products that complement the entire infrastructure of logistics, it offers its customers solutions for a wide range of situations involving handling and storage of materials. TheForestdivisionisdedicatedtotheplantingofforestssince 1974,reachingself-sufficiencyin1992.Since1993ithasbeen working in the foreign market with the production of planed wood, glued panels and beam aiming the furniture industry and construction in various countries, and now is starting a new line of products focused on the Brazilian construction with structural elements of wood bonded. The sawdust and pine bark are used for generating thermal energy for other group companies. Águia Chemicals is the market leader in synthetic resins, serving paint manufacturers in Brazil and abroad. In the market for paints and varnishes, it serves customers in the segments of printing, furniture, industrial, real estate, automotive, marking, sealing, among others. With a complete portfolio of resins, the company offers customized solutions with a focus on the specific needs of each client. Moreover, it also acts on the distribution of a full line of chemical products. 46 ÁGUIA PARTICIPAÇÕES HOLDING
  28. 28. O mês de agosto marca o calendário de eventos seguido pelos melhores criadores de gado de leite no País. É nesta época que a Cooperativa Castrolanda, em Castro, realiza o Agroleite Internacional. Conhecida como vitrine da tecnologia do leite no Brasil, o Agroleite é considerado o mais completo evento da cadeia leiteira para a apresentação de produtos, novas tecnologias e serviços pelas empresas expositoras. Centraliza num só local toda a cadeia produtiva leiteira. A feira recebe, no Parque Dario Macedo, criadores, produtores, órgãos governamentais e institutos de pesquisa e extensão rural e representantes da indústria de laticínios, insumos e equipamentos. Durante o Agroleite são realizados eventos também de caráter técnico, como seminário internacional, simpósios, julgamentos de raças, dias de campo, leilões de animais, Torneio Leiteiro, Troféu Agroleite (premia criadores destaque no ano), Clube de Bezerras e Trekker Trek (competição de tratores). Criada em 2001 a feira recebeu nestes 10 anos 436 mil visitantes e movimentou mais de R$ 88 milhões em negócios.Em2010,na10ªedição,registroumovimentação financeira recorde. Em apenas cinco dias, a exposição gerou R$ 28 milhões. Em 2009 foram R$ 10,5 milhões. O Agroleite recebeu o maior número de visitantes em 2010. Pelo parque circularam 49 mil pessoas. Em 2009 foram 42 mil visitantes. The month of August marks the calendar of events followed by the best breeders of dairy cattle in Brazil. It is during this season that the Castrolanda Cooperative, in Castro, holds the Agroleite International Fair. Known as the showcase of milk technology in Brazil, The Agroleite Fair is considerated to be the most complete dairy chain event as far as dairy products, new technologies and services by the exhibitors are concerned. Centralizing in one place all the dairy production chain. Taking place at the Dario Macedo Park, the Fair showcases dairyfarmers,producers,governmentagencies,researchand agricultural extension institutes, as well as representatives of the dairy industry, supplies and equipment. DuringtheFairarealsocarriedouteventstechnicalinnature, such as international seminar, symposia, trials races, field days, livestock auctions, Dairy Tournament, the Agroleite Award (which awards dairy farmers that have stood out during the year), Club Calves and Trekker Trek (a tractor competition). Holding its first edition in 2001, the Fair received during the last ten years over 436 thousand visitors and generated over R$ 88 million in business. During its 10ª edition in 2010, it reported record financial transactions. In only five days the Fair generated R$ 28 million, while in 2009 it recorded R$ 10, 5 million. The Fair received its largest number of visitors in 2010. 48 agroleite - A cadeia do leite The Dairy Chain
  29. 29. E ntre os meses de novembro e dezembro, a Prefeitura dePontaGrossa,comapoiodopoderprivado,realiza a Munchenfest – Festa Nacional do Chope Escuro. O evento tem duração de 10 dias e a média de público é de mais de 100 mil pessoas a cada ano. É a maior festa alemã do Paraná e está entre as maiores da região Sul. As edições são abertas com o tradicional desfile das candidatas a rainha, autoridades, carros enfeitados e blocos organizadores. Se inicia na Avenida Vicente Machado - principal da cidade - e segue até o Centro de Eventos, local construído para a festa. Assim como a população, algumas lojas se preparam para a chegada da Munchen, enfeitando suas vitrines. No Centro de Eventos, a festa toma conta dos dois palcos externos: o maior para eventos de renome nacional e internacional, e outro para bandas regionais; do pavilhão principal, área onde se apresentam bandas alemães e populares; da praça de alimentação, com mais de 20 barracas, e um restaurante alemão; e do parque de diversões. Afestanasceuem1990,poriniciativadomestrecervejeiro, Jan Strassburger. A ideia era celebrar a Cerveja Original, produzida na fábrica da Cervejaria Antártica na cidade. A bebidafoisubstituídapelochopeescurodotipoMunchen, também fabricado no Município. A primeira edição foi realizada no pátio de manobras da RFFSA, hoje Parque Ambiental Governador Manoel Ribas, região central. Ponta Grossa City Hall, with the support of the private Power carries out Munchenfest between the months of November and December. The event lasts for ten days and the audience average is of 100 thousand people every year. It is Paraná’s biggest German party and it is among the biggest ones in the south of Brazil. TheopeningscountonthetraditionalparadewiththeQueen Candidate, authorities, decorated cars and organized crews. The parade begins on Avenida Vicente Machado – the main one in the city – and goes on until the Centro de Eventos, a venueespeciallybuiltfortheparty.Aswellasthepopulation, some retailers get ready for the beginnig of Munchen by decorating their storefronts. At the Centro de Eventos, the party takes over both of the external stages: being the biggest one dedicated to national andinternationalrenownedevents,andtheothertoregional bands. The main pavillion is where German and popular bands perform. The food court has over 20 stands and a German restaurant. The party also holds an amusement park. The party first started in 1990, as an initiative of the brew master, Jan Strassburger. The Idea was to celebrate the Original Beer, which was produced by the local Antártica Brewery. This drink was then replaced by the Munchen style dark drafts, also produced in the city. The first edition of Munchen took place at the RFFSA maneuver site which is currently the Governador Manoel Ribas Environmental Park, downtown. 52 MUNCHENFEST Uma festa para a família A family Party
  30. 30. C omapropostadecontribuircomodesenvolvimento socioeconômico da região, o Ponta Grossa Convention & Visitors Bureau (PGC&VB) trabalha para aumentar o número de visitantes nos Campos Gerais. Fundado em 2006, o PGC&VB procura ajudar na promoção e organização do destino turístico, para tornar a visita do turista mais agradável, proporcionando ao mesmo encontrar nos municípios boa infraestrutura hoteleira, sinalização e informações sobre passeios e entretenimento. O Convention, entidade sem fim lucrativo – atua para ‘vender’ a região para organizadores de eventos, pois acredita que atraindo eventos ajudará a movimentar a economia regional, gerar mais empregos e renda nas cidades. Para tanto, produz materiais de divulgação como site na internet, impressos e showcase (com os principais dados dos Campos Gerais), que são mostrados nas feiras de turismo, nas visitas a realizadores de eventos e entidades de classe e nos famtours (traz jornalistas, guias de turismo, operadores de viagens, entre outros para conhecer a região). Realizaaçõescomocampanhasparamobilizarapopulação e oferece treinamento e qualificação aos profissionais do setor turístico, visando atender os visitantes de maneira satisfatória, para que eles levem uma boa imagem dos lugares por onde passaram e assim ajudem a divulgar o destino turístico Campos Gerais. With the proposal to contribute to the socioeconomic development of the region, the Ponta Grossa Convention & Visitors Bureau (PGC&VB) works aiming to increase the number of visitors in the Campos Gerais Region. Founded in 2006, the PGC&VB seeks to help as for the promotion and organization of tourist destination, in order to make the tourists stay more enjoyable, providing them with good hotel infrastructure, signaling and information on tours and entertainment. TheConvention,anon-profitentity-servesto‘sell’theregion for event organizers, for it believes that by attracting events it will help stirring the regional economy, generate more job opportunities and boost the income of the region’s cities. In order to achieve that, it produces promotional materials such as websites, printed information and showcases (with major data of Campos Gerais), which are exposed in tourism fairs, visits to the directors of events and entities, as well as in famtours (bringing journalists, guides tourism, tour operators, and others to explore the region). It also performs actions such as campaigns to mobilize the population and provides training and qualification for professionals in the tourism sector, aiming to receive visitors inasatisfactorymanner,sothattheyhaveagoodimpression of the places they visit and by that help promoting the Campos Gerais Region as a pleasant touristic destination. 54 CONVENTION BUREAU Turismo e Negócio Tourism & Business
  31. 31. A ‘Cidade de Pedra’ ou Parque Estadual de Vila Velha fica a aproximadamente 18 km de Ponta Grossa. É o principal atrativo natural do Município. Atrai visitantes do mundo todo pelas figuras gigantes majestosamente esculpidas pela ação da natureza: vento e chuva. Não é preciso muita imaginação para logo enxergar a taça, o camelo, o índio, a noiva, a garrafa, a bota, a esfinge, entre tantas outras. Os arenitos resultaram do depósito de areia há cerca de 340 milhões de anos, no período em que a região era coberta por um lençol de gelo. O parque ficou dois anos fechado para revitalização e foi reaberto à visitação em 2004. Com uma área de 3.122 ha, o parque possui vários cursos d’água que deságuam no Rio Tibagi. É rico em vegetação de campo e capões de mato e fauna. É habitat de várias espécies como lobo guará, jaguatirica, quati, gato do mato, cateto, veado, tatu, pica-pau, perdiz, entre tantas outras. Vila Velha é famosa também por abrigar Furnas (enormes crateras com vegetação e água no seu interior) e a Lagoa Dourada, que recebeu este nome porque ao pôr do sol suas águas ficam douradas. Cercado por lendas, o parque foi tombado pelo Departamento de Patrimônio Histórico e Artístico do Estado, em 1966. The “City of Stone” or Vila Velha State Park is located approximately 18 km away from Ponta Grossa. It is the city’s major natural attraction. It attracts visitors from all over the world due to its giant shaped figures majestically sculpted by the action of nature itself with wind and rain. It doesn’t require much imagination to see in the shaped rocks figures suchasthecup,acamel,theIndian,theBride,abottle,aboot, the sphinx, among many others. The sandstones resulted from the accumulation of sand more than 340 million years ago, during the time in which the region was covered by an ice glare. The park remained closed for two years, period in which it was revitalized, reopening for visitation in 2004. Covering an area of 3.122 ha, the park harbors several watercourses which flow into the Tibagi River. It is also rich in vegetation and clumps of bush and fauna, as well as being the habitat of several species such as the maned wolf, ocelot, coati, jungle cat, collared peccary, deer, armadillo, woodpeckers, and grouse, among many others. Vila Velha is also famous for harboring the Furnas (huge craters with vegetation and water inside) and the Lagoa Dourada (Golden Pond), which received such name due to the fact that during sunset its water shines a golden hue. Associated to a countless number of legends, the Park was listed by the Department of Historical and Artistic Patrimony of the State, in 1966. 56 PARQUE DE VILA VELHA A cidade de pedra City of Stone
  32. 32. É entre os municípios de Castro e Tibagi que está o Parque Estadual do Canyon Guartelá. O Canyon é o sexto maior do mundo em extensão (cerca de 40 km) e o maior do Brasil. Tem abertura máxima de um quilômetro. É o único com vegetação nativa, segundo o Guiness, Livro dos Recordes. O parque foi criado no ano de 1992 para garantir a preservação dos ecossistemas típicos. Abriga belíssimas cachoeiras e formações rochosas. O nome Guartelá quer dizer‘guarda-te-lá’. E é caminhando pelas sinuosas trilhas que se descobrem lugares impressionantes como a Cachoeira da Ponte de Pedra, com cerca de 200 metros de altura, e o Rio Iapó, que corta o canyon com grandes corredeiras. Parte da história dos indígenas, jesuítas e tropeiros está registrada nas pinturas rupestres feitas nas formações rochosas. O Guartelá também foi passagem dos tropeiros que seguiam do Rio Grande do Sul para São Paulo, para vender gado. Inicialmente, o Guartelá foi chamado de Campos de São João ou Passagem de São João. A temperatura varia entre 17° (mínima) e 30º (máxima) no verão, e 5° (mínima) e 22° (máxima) no inverno. Pesquisadores afirmam que há quase 400 milhões de anos a região foi coberta por uma geleira e mais tarde se transformou em oceano. Não há confirmação científica. O parque pode ser visitado de quarta-feira a domingo, inclusive nos feriados nacionais, das 8 às 18 horas. Between the cities of Castro and Tibagi is located the Canyon Guartelá State Park, the world’s sixth in extension (approximately 40km) and the biggest one in Brazil, with a maximum aperture of a mile and the only with native vegetation, according to the Guiness Book. The park was created in 1992 in order to assure the preservation of its typical ecosystems. It harbors astounding waterfalls and rock formations. The name Guartelá means ‘guarda-te-lá’ (‘keep yourself pure there’), and by walking its sinuous trails one discovers impressive locations such as the Ponte de Pedra Waterfall, around 200 meters high, and the Iapó River, which cuts the canyon with its majestic rapids. A great amount of the history of the Jesuits, Indians and Drovers is registered on the rock paintings they have left on the formations. The Guartelá was also passage for the drovers who headed towards Rio Grande do Sul and São Paulo state to sell cattle. Initially the canyon was called Campos de São João or Passagem de São João. The temperature varies from 17 degrees celsius (minimum) and 30 (maximum) in summer, and 5 (minimum) and 22 (maximum) in winter. Researchers have claimed that about 400 million years ago the region was covered by a glacier and later became Ocean, although there has been no scientific confirmation of that. The park can be visited from Wednesdays to Sunday, including during national holidays, from 8 A.M. to 6 P.M. 58 CANYON GUARTELÁ 6º maior do mundo The 6⁰ Biggest in the world
  33. 33. A exuberância das cachoeiras gigantes C om mais de 100 cachoeiras catalogadas, Prudentópolis tem cinco na lista das maiores cataratas e cachoeiras do Brasil. No município, a maior é o Salto São Francisco, com 196 metros de altura (corresponde a um prédio de 60 andares). É o mais alto do Sul do País. A queda está em região de tríplice fronteira, entre Guarapuava, Prudentópolis e Turvo, sendo na Área de Preservação Ambiental da Serra da Esperança. Está a120 km do centro da cidade, seguindo por Guarapuava. A Cachoeira São Sebastião, com 130 metros de altura, é excelente para a prática do rapel e do canyoning (espécie de alpinismo), já que tem pouco volume de água. Do alto do salto se enxerga a Cachoeira Mlot, também entre os gigantes, com 114 metros de altura. OSaltodaJacutinga,com85metrosdealtura,estáemárea propícia para caminhadas e contemplação da natureza. É preciso percorrer cerca de 3 km de trilha dentro do rio para chegar à base da cachoeira. O local é de difícil acesso e fica em propriedade particular, na localidade de Papanduva de Baixo. A Cachoeira do Rio Branco, com 64 metros de altura, está no Rio dos Patos. É uma das mais visitadas na região e procuradas para o rapel. Tem significativo volume de água. Uma escadaria com mais de 478 degraus leva à base do salto. Outras duas cachoeiras na região também aparecem no ranking nacional: o Salto da Cotia, em Castro, e o Salto Santa Rosa, em Tibagi. With over 100 catalogued waterfalls, Prudentópolis has five of them in the list of the biggest waterfalls in Brazil. In the County, the biggest one is the Salto do São Francisco one, reaching 196 meters high (corresponding to a 60 storey building), being the highest in the South of Brazil. The fall is located at a triple border region, among Guarapuava, Prudentópolis and Turvo, inside the Serra da Esperança Environmental Preservation Area. It is 120km away from the city’s downtown, on the way to Guarapuava. The São Sebastião Waterfall, which reaches 130 meter high, is tailored for the preactice of abseiling and canyoning, since ithasalowvolumeofwater.Fromitssummitonecanseethe Mlot Waterfall, another giant, with 114 meters high. The Jacutinga Waterfall, with 85 meters high, offers an appropriate place for hiking and nature contemplation. Only after hiking for 3 km over a trail inside the river one can reach the waterfall base. The site is hard to approach and on private property, in the town of Papanduva de Baixo. Situated in the Patos River is the Rio Branco Waterfall, reaching 64 meters high and one of the most visited around the region for those want to go rappelling. With significant water volume, a stairway with more than 478 stairs leads to its base. Othertwowaterfallsoftheregionalsomakeittothenational ranking: the Salto da Cotia, in Castro, and the Salto Santa Rosa, in Tibagi. The Exuberance of the Giant Waterfalls 60
  34. 34. D istante apenas 26 km do centro de Ponta Grossa, no distrito de Itaiacoca, está o Buraco do Padre. A furna tem em seu interior uma imponente cascata de 43 metros de altura, formada pelo Rio Quebra Perna. É mais um atrativo de beleza rara dos Campos Gerais, que permite aos aventureiros a prática da escalada. Em propriedade pertencente à Águia Florestal, o local tem fácil acesso. Do estacionamento é preciso andar cerca de 1km. Parte da caminhada é feita por um bosque, com paisagens impressionantes. O acesso é pela PR-513, sendo estrada de terra. O ponto turístico foi chamado de Buraco do Padre por ter relação com a história dos jesuítas, que passaram por ali para converter almas para o Cristianismo. Era costume dos padres se dirigirem ao alto do platô para se concentrarem, meditarem e até mesmo descansarem. Algumas crenças envolvem o local. Uma delas diz que em noites estreladas era possível ver bolas de fogo caindo do céu, o que indicava ouro enterrado próximo do local. Diz a história ainda que os jesuítas fugiram dali por causa da influência que o Marques de Pombal exercia sobre o rei. Ele teria aconselhado-o a expulsar os padres do Brasil em função do alto grau de conhecimento que tinham, o que representava uma ameaça já que os jesuítas poderiam amotinar os índios contra a Coroa, originando uma rebelião. Situated in the district of Itaiacoca, only 26 km away from Downtown Ponta Grossa, is the ‘Buraco do Padre’ (The Priest’s Cave). The cavern has in its inside a grand waterfall of 43 meters high, formed by the Quebra Perna River. It is one more attractive of singular beauty in the Campos Gerais region, one that allows adventure seekers to practice rock climbing. Located inside the property owned by Águia Florestal, the place has easy access. From its parking lot to the cave itself, no more than 1 km of walking is taken, and part of it is taken through a grove with impressive view. The access is through a dirt road by highway PR-513. It is called The Priest’s Cave due to its relation to the history of the Jesuits, who passed there during their mission of converting souls to Christianity. It was usual for the priests to approach the top of the plateau to focus, meditate or even rest. Some legends also surround the site. One of them states that during starry nights it was possible to see fire balls falling from the sky, which would mean there was gold buried near that region. In addition it is said that the Jesuits had to run away from the site due to the influence the Marques de Pombal held over the King. He would have advised him to cast out the priests from Brazil mainly because of the high level of knowledge they had, being that a threat for they could incite the Indians against the Royalty, spawning a riot. The Priest’s Cave 62 Buraco do Padre
  35. 35. 64 M ais de um século se passou desde a chegada do imigrante italiano Carlos Moro a Ponta Grossa e o legado de trabalho trazido pelo patriarca continua vivo entre os seus descendentes que dirigem a empresa Antônio Moro e Cia Ltda. Com relevantes serviços prestados à cidade de Ponta Grossa e região, a Antônio Moro se destaca no ramo de construção de estradas, pavimentação, terraplanagem e saneamento. Ao longo das três últimas décadas, a Moro pavimentou e restaurou o equivalente a 1.432.473 quilômetros, além dos incontáveis quilômetros de asfalto construídos dentro do município de Ponta Grossa. Na década de 80, no ápice das obras de pavimentação e de recuperação de estradas pelo Paraná, a Antônio Moro e Cia Ltda foi ranqueada entre as 541 maiores empresas do ramo da construção civil no Brasil. O ranking, feito pela revista “O Dirigente Construtor”na edição“Os maiores da construção”, colocou a Antônio Moro na 123ª posição nacional. Novos Rumos – Expansão Com o mesmo espírito empreendedor, em 1982 expandiu os negócios do grupo, constituindo a empresa Patrimonial Empreendimentos Imobiliários Ltda., a qual colocou no mercado o Loteamento Jardim Lagoa, constituído de 108 lotes com toda a infra-estrutura: asfalto, redes de água, esgoto, rede elétrica e iluminação pública. Atualmente com investimentos na ordem de milhões o grupo constituiu o Condomínio Villa Vicenza, formado por 111 lotes. Loteamento fechado, de alto padrão, com toda a infra-estrutura com: quadra poliesportiva para basquete, futsal e vôlei, quadra de tênis de saibro, campo de futebol gramado, uma sala de fitness, além de pista para corridas e caminhadas, piscinas, 2 salões de festas, salão de jogos e sala de cinema. Podendo ainda os moradores usufruir do campo oficial de golfe, o qual é independente do Condomínio. Valorizando assim ainda mais Ponta Grossa e contribuindo para o crescimento socioeconômico da Região dos Campos Gerais. Over a century has passed since the arrival of the Italian immigrant Carlos Moro to Ponta Grossa and the legacy of the work brought by the patriarch remains alive among his descendents running the Antônio Moro Inc. With a wide range of services provided to the city of Ponta Grossa and the Region, Antônio Moro Inc stands out in the business of road construction, paving, earthmoving and sanitation. Throughout the last three decades, Moro paved and restored the equivalent to 1.432.473 kilometers, in addition to countlesskilometersofasphaltpavedwithintheMunicipality of Ponta Grossa. During the 1980’s, at the climax of the paving and recovery of roads throughout Paraná, Antônio Moro Inc was ranked among the 541 biggest companies in the field of civil construction in Brazil. The mentioned ranking, carried out by the magazine “O Dirigente Construtor” (“The Head Builder”) in an issue named “Os maiores da construção” (“The Big Shots in Construction”) placed Antônio Moro on the 123ª position in the country. New Directions– Expansion Holding the same entrepreneurial will, in 1982 expanded the business scope of the group, representing the Real Estate Asset Company Inc., which offered the real state market the Lagoa Dourada Subdivision, consisting of 108 lots with completeinfrastructure:pavedroads,watersupplynetworks, sewage, electricity and public lighting. Presently, with investments of millions the group also breaks ground for the Villa Vicenza Condo, consisting of 111 lots. One closed subdivision of higher standard, also providing full infrastructure such as: basketball, soccer and volleyball courts, tennis clay courts, soccer field, a fitness room, tracks for running and walking, swimming pools, 2 ballrooms, playroom and cinema. Residents may also take advantage of an official golf course, which is independent of the Condo. Thereby enriching Ponta Grossa even more and also contributing to the socioeconomic growth of the Campos Gerais region.
  36. 36. O turismo religioso em Piraí do Sul garante todos os anos um bom número de visitantes. Desde 1881, o município realiza a Festa de Nossa Senhora das Brotas, santa que em 8 de setembro de 2004 foi conclamada padroeira do Caminho das Tropas e da Rota dos Tropeiros, pelo bispo dom Sérgio Arthur Braschi. O título foi dado porque os tropeiros descansavam e pernoitavam no local do santuário. Brotas é padroeira da agricultura e da pecuária. A festa, acontece sempre no dia 27 de dezembro, é uma das mais tradicionais da região e uma das mais concorridas no Estado, segundo a prefeitura. A história da santa teve início em 1808. O frei, Antônio Sant’ana Galvão, em viagem missionária no Sul, seguindo pela estrada dos tropeiros, chegou a Piraí. Decidiu então ficar por alguns dias no povoado. Antes de partir entregou uma estampa de Nossa Senhora das Barracas à Ana Rosa Maria da Conceição, que tempo depois a perdeu durante uma viagem. Anos mais tarde, passando por uma região em que havia ocorrido um incêndio, a mulher encontrou a estampa entre as cinzas e a vegetação. A imagem estava apenas chamuscada. A notícia de que aquilo era um milagre correu. Como o povoado já não lembrava mais que o nome era Nossa Senhora das Barracas foi, então, chamada de Brotas. O santuário atual foi erguido em 1985, tem o formato de uma coroa, em homenagem à santa. Every year religious tourism in Piraí do Sul assures a great deal of visitors. Since 1881, the city hosts the Nossa Senhora das Brotas Fest, a saint who in September 8th 2004 was urged by Bishop Don Sérgio Arthur Braschi the Patroness of the troop’s route and the drovers’ path. Thetitlewasgivenduetothefactthatthedroversusedtorest and stay overnight at the site of the sanctuary. Brotas is the patroness of agriculture and farming. The Fest, which always takes place on December 27th, is one of the most traditional festivities in the region and one of the most crowded in the State, according to the City Hall. The Saint’s history started back in 1808 when during a missionary trip through the South following the drover’s path, the Friar Antônio Sant’ana Galvão arrived in Piraí. He then decided to stay for a few days in the village and before leaving gave Ana Rosa Maria da Conceição a painting made in fabric of Nossa Senhora das Barracas, painting which she unfortunately lost afterwards during a trip. Yearslater,whilepassingbyaregioninwhichafirehadtaken place, the woman found the painting among the ashes and the vegetation. The painting was barely scorched and the news of that being a miracle spread around the region. As the village dwellers couldn’t recollect that the proper name was Nossa Senhora das Barracas, they then called her Brotas. The current sanctuary was assembled in 1985 and it is shaped after a crown as homage to the saint. The Patroness of the Troop’s Route 66 A padroeira do Caminho das Tropas
  37. 37. A cidade de Jaguariaíva tem o passado retratado no presente, com o Palacete Conde Francisco Matarazzo (atual sede do Museu Histórico Municipal Conde Francisco Matarazzo) e com o Condomínio Matarazzo (complexo industrial que abrigou o Frigorífico da IRFM na cidade). Ambos da década de 1920, possuem sua arquitetura no estilo Manchesteriano Britânico, em voga na época, que utilizava tijolos maciços de forma aparente. O Condomínio Matarazzo, encontra-se preservado e conta a história da evolução da própria indústria de Jaguaríaiva. Seus diferentes blocos arquitetônicos foram construídos conforme a necessidade de expansão do empreendimento.Atualmente,olocaldálugaraempresas, pequenas indústrias e setores da própria administração pública. O palacete foi construído para servir de pouso à família Matarazzo, em suas vindas à Jaguaríaiva. A edificação de 1924 possui suas características arquitetônicas originais, como os assoalhos e forros conservados, mantendo ainda apresençadeduasluxuosaslareirasearmáriosembutidos, diferenciais de casas de época. Na parte superior há um mirante com uma bela vista para a cidade. Com o fechamento das Industrias Reunidas Francisco Matarazzo em Jaguaríaiva, o Palacete foi vendido e mais tarde, doado à Prefeitura Municipal. A edificação está aberta à visitação. Informações pelo telefone (43) 35357950. (fonte: Arquivo Municipal) Jaguariaívacityhasitspastportrayedinthepresent,withthe Count Francisco Matarazzo Mansion (current headquarter of the Municipal Historical Museum Conde Francisco Matarazzo) and the Condominium Matarazzo (industrial complex that housed the IRFM Fridge in the city). Both from the 1920s, its architectural is British-Manchesterian style which was in vogue at the time and used apparent solid bricks. The Condominium Matarazzo, is preserved and tells the story of the evolution of Jaguariaíva industry itself. Its different architectural blocks were built according to the need for expansion of the enterprise. Currently, the site gives place to enterprises, small industries and sectors of public administration. The mansion was built to serve as lodging to the Matarazzo family, in their visits to Jaguariaíva. The 1924 building has its original architectural features, such as preserved floors and ceilings, while still maintaining two luxurious fireplaces and built-in cabinets, differentials of houses of that time. At the top floor there is a gazebo with a beautiful view of the city. With the closing of the Reunidas Francisco Matarazzo industries, the mansion was sold and later donated to the City. The building is open to visitors. For information call (43) 35357950. Matarazzo Mansion 68 Palacete Matarazzo
  38. 38. P onta Grossa conta com uma lista de imóveis tombados pelo Patrimônio Cultural do Paraná, mas uma casa em especial chama a atenção e desperta a curiosidade dos moradores não só da cidade, mas da região. Localizada na região central, a Mansão Vila Hilda foi construída em 1926, por Alberto Thielen. O casarão de 600 m², com dois pavimentos, tem arquitetura francesa neoclássica e art-nouveau. As pinturas no interior da mansão retratam, principalmente, paisagens e motivos europeus. O nome é uma homenagem a Hilda Thielen, esposa do comerciante Alberto, fundador da Cervejaria Adriática, em Ponta Grossa. O casarão foi propriedade dos Thielen até 1968, ano em que foi comprado pela Prefeitura de Ponta Grossa. A mansão abrigou a Biblioteca Municipal até 1988. Em 1990 foi tombada como Patrimônio Cultural do Paraná. Passou por restauração onde se conservou suas características originais. Atualmente, é ocupada pela Secretaria de Cultura e Turismo de Ponta Grossa. O casarão é marcado por histórias. Alguns frequentadores do local contam que a falecida proprietária continua na casa, assombrando os que ali estão. Relatam ainda que é possível ouvir sons de músicas ecoando da mansão durante a noite, já que ela serviu de cenário para muitas festas. AVila Hilda pode ser visitada, de segunda à sexta-feira, das 12 às 18 horas. Ponta Grossa shelters countless properties listed by Paraná’s State Heritage, nonetheless one in particular draws the attention and arises curiosity not only of the city’s dwellers, but also of the city’s visitors. Located downtown, the Chateau Vila Hilda was built in 1926 by Alberto Thielen, founder of the brewer Adriática, also in Ponta Grossa. The mansion covers an area of 600 m², with twofloorsanditsarchitectureisdominantlyFrench-oriented neoclassic and art-nouveau. The interior wall paintings portrait mainly countryside landscapes and European motives. The Chateau’s name was giving as homage after Alberto’s wife, Hilda Thielen. The Chateau remained as the Thilen’s property up to 1968, year in which it was purchased by Ponta Grossa’s City Hall and harbored the City’s Library until 1988. In 1990 it was listed as Paraná’s State Heritage, following a restoration in order to preserve its original characteristics. It is currently headquarter of Ponta Grossa’s Department of Culture and Tourism. The Chateau is also surrounded by countless stories. Some of its visitors claim that the former owner’s wife remains there, haunting the ones that visit the site. They also allege that is possible to hear music echoing through the place during the night, since the Chateau used to be the scenery of numerous parties. The Chateau Vila Hilda is open for visitation Mondays to Fridays, from noon to 6:00 P.M. 70 VILA HILDA - Uma mansão histórica One Historical Chateau
  39. 39. A riqueza dos atrativos naturais e culturais de Irati atrai turista o ano todo. É em meio à mata nativa que estão as mais belas cachoeiras, como a de Itapará, que em tupi-guarani quer dizer pedra colorida. Já, a propriedade de Belarmino Camilo abriga a Caverna do Canhadão. Para se chegar até ela é preciso percorrer 30 km por estrada de cascalho e 1 km a pé no meio da mata. As paisagens dificilmente são esquecidas pelos visitantes. Na área urbana de Irati está o Parque Aquático e de Exposições Santa Teresinha. Conta com um lago artificial, miniestação ferroviária, quadras esportivas, playground e pistas de caminhada. É um ótimo ponto de lazer, além de sede de grandes festas e eventos municipais. Outro ponto que encanta pela beleza é a Casa da Cultura, que guarda em seu acervo parte da história da cidade. Já o turismo religioso é focado na imagem de Nossa Senhora das Graças, padroeira do município, com 22 metros de altura. É a maior do mundo. Ela foi erguida em 1957, a partir de 70 peças esculpidas por Ottaviano Papaiz, artista plástico de Campinas, em São Paulo. A religiosidade é muito forte na vida da população. São diversas edificações de capelas e igrejas, com destaque para a Igreja Nossa Senhora da Luz, Igreja São Miguel e Igreja Imaculado Coração de Maria. Irati’sCulturalandNaturalwealthbringstouristsoverallyear long. Amid native bush one can find outstanding waterfalls, such as the Itapará one, which means colorful stone in tupi- guarani language, whereas the Belarmino Camilo property shelters the Canhadão Cave. In order to get there one must travel 30 miles through a gravel road and walk 1km in the woods, although its landscapes make it all worthwhile. In Irati’s urban area there is the Santa Teresinha Aquatic Park and Exhibition Center. The park offers an artificial pond, a mini rail station, sports courts, playground and walking trails; making it a wonderful leisure destination as well as a spot of major festivals and municipal events. Another amazing place which stands out for its beauty is the Casa da Cultura,where one can find a wide collection of information as for the city’s history. The religious tourism is focused on the statue of city’s patroness Nossa Senhora das Graças, reaching 22 meters high, being the world’s biggest,assembled in 1957 from 70 pieces sculpted by the Campinas based artist Ottaviano Papaiz. Religiousness is extremely strong among the population. There are several chapels and churches around the city, especially the Nossa Senhora da Luz Church, the São Miguel Church and the Imaculado Coração de Maria Church. The Greatness of Nossa Senhora das Graças 72 A grandeza de Nossa Senhora das Graças

×