<br />ÁREAS<br />Palacete/Moradia, garagem e anexos - ABC (*) _________________________________  900 m2 <...
Palacete Hotel - For Sale
Palacete Hotel - For Sale
Palacete Hotel - For Sale
Palacete Hotel - For Sale
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palacete Hotel - For Sale

434 views
357 views

Published on

Asking Price €7.500.000

Published in: Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
434
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palacete Hotel - For Sale

  1. 1. <br />ÁREAS<br />Palacete/Moradia, garagem e anexos - ABC (*) _________________________________ 900 m2 <br />Terrenos envolventes, jardins e logradouros________________________________ 13.395 m2<br />Área total do Lote 14.295 m2<br />LOCALIZAÇÃO / CONFRONTAÇÕES<br />Lisboa/Oeiras/Paço D’Arcos<br />Confronta a Norte com a Rua Visconde de Porto Salvo, a Sul c/ lote 8 do Condomínio dos Arcos, e a Nascente com os prédios da Quinta da Terrugem. <br />ANÁLISE DO MEIO ENVOLVENTE<br />A envolvente próxima do Palácio apresenta-se algo heterogénea sob o ponto de vista de ocupação do solo uma vez que este situa-se numa zona de transição entre a área residencial de moradias caracterizada por uma baixa densidade ocupacional resultante dos grandes lotes de moradias unifamiliares, que a envolvem pelo Norte, Sul e Poente e a área de construção, mais densa, correspondente à Quinta da Terrugem localizada a Nascente.<br />O Palácio apresenta-se envolto por uma ampla área arborizada e ajardinada que integra o seu logradouro e pelas áreas arborizadas a Poente correspondentes ao lote de lazer e equipamento desportivo do condomínio. Por se situar numa encosta de declive moderado com exposição a Sul e Poente desfruta, para além de excelente insolação ao longo de todo o dia, de um desafogo de vistas e de um enquadramento panorâmico sobre toda a entrada da barra do Tejo, a Trafaria, a Costa da Caparica e toda a costa até ao Cabo Espichel.<br />DESCRIÇÃO FÍSICA E FUNCIONAL<br />Com jardins muito bem tratados e conservados, zonas de passeio pavimentadas, calcetada com cubos de vidraça e caldeiras com árvores a Norte formando o pátio principal de entrada e acolhimento ao edifício bem como o parque de estacionamento automóvel complementado por áreas de excelente enquadramento e arborizadas por espécies de grandes dimensões.<br />Os jardins, no sentido de resolver a pendente natural do terreno, apresentam-se organizados em vários níveis, constituindo patamares ou declives suaves, com áreas desniveladas quer a sul quer a norte sendo que a área a sul de menor cota corresponde a um laranjal.<br />Na transição deste laranjal para as áreas pavimentadas e relvadas situadas no patamar superior existe uma construção a sul/poente destinada a Casa de chá com magnífico enquadramento para o Farol do Bugio e no extremo oposto temos um miradouro com equipamentos de descanso/repouso.<br />Conta ainda com uma construção junto ao limite norte, na confrontação com a Rua Visconde de Porto Salvo, destinada a zona lúdica pombal/aves exóticas…<br />Relativamente às vedações periféricas do lote, é de referir que este encontra-se vedado em dois dos seus lados por muros altos, onde a transição com as traseiras dos edifícios aí construídos é feita por um alto muro de suporte em betão armado.<br />As áreas edificadas que constituem o Palácio compõem-se por uma grande moradia orientada a sul e sudeste, por uma garagem para 3 ou 4 carros ligada à moradia por um corredor interior e por um conjunto de dependências de um só piso destinadas a arrumos ou alojamento organizadas em torno de um pátio fechado e com ligação funcional coberta com a moradia na zona da sua área de serviço.<br />MORADIA - edifício principal:<br />Cave, com uma área bruta de 90 m2, cujo acesso é feito por duas escadas. A principal, que liga a área da garrafeira ao vestíbulo no piso superior e outra que liga o final de um extenso corredor onde se situa a zona de serviço, localizada no piso térreo da moradia.<br />Este piso é destinado a zona de: arrumos (2,2 m2 + 3 m2), Garrafeira (46 m2), Caldeiras (19,68 m2)<br />Piso Térreo, com uma área bruta de 721 m2, que dá acesso a um hall com 47 m2 (pé-direito 3,5 metros) onde se localiza a escada principal de acesso ao piso superior, composto por um conjunto de salas e de gabinetes , hall, uma sala de estar (53,63m2) aberta lateralmente sobre um terraço coberto (38 m2), uma sala de jantar (29 m2), biblioteca (58 m2) igualmente aberta lateralmente sobre um terraço (38 m2), arrumos (6 m2), bengaleiro (2 m2), lavabo social (7 m2) e a sala de festas (70 m2); espaço por onde se acede através de corredor com janelas e porta de ligação ao jardim (15 m2) e à garagem (68 m2), um espaço amplo servido por três portões de madeira pintada e com capacidade para 4 carros.<br />Na ala oposta, desenvolvida para nascente e com fenestração exclusivamente na fachada Norte, situa-se toda a zona de serviço da moradia composta por uma área de lavagens (8 m2), cozinha (38 m2), despensa (3 m2) e que comunica com o corredor onde se situa o quarto de empregada (18 m2), a escada de acesso quer à cave quer ao piso superior e que conduz às restantes áreas de serviço, localizadas em construção de um só piso organizada em torno de um páteo central fechado e por onde se faz a entrada de serviço.<br />Estas áreas de serviço, com várias ligações ao páteo exterior de serviço situado a Norte e a Nascente da Moradia, compõem-se de 2 arrecadações (12 m2 e 14 m2), de um forno, de uma sala de pessoal (14 m2), três quartos para pessoal (13 m2, 11 m2 e 9 m2) e, finalmente, por uma casa de banho para o pessoal (4,5 m2).<br />O piso superior ao qual se acede por escadaria de proporções amplas, de degraus revestidos tal como todo o pavimento interior da moradia a madeira de mutene, conta com um corredor de distribuição para os diferentes compartimentos, que tal como o que se verifica no piso inferior, se alinham ao longo da fachada sul, e que são, designadamente, 4 quartos principais (46 m2, 42 m2, 26 m2 e 29 m2), todos com casas de banho privativas e roupeiros sendo que o principal dispõe de uma varanda (26 m2) privativa e o 2º maior de uma sala (17 m2) e de uma varanda igualmente privativa (9 m2).<br />Ao longo da fachada norte alinham-se os compartimentos secundários, mais 2 quartos (14 m2 e 14 m2) dispondo cada um de uma casa de banho de menores dimensões e igualmente na ala nascente dois compartimentos destinados a arrumos (8 m2 e 6 m2), 3 quartos de empregados (13 m2, 13 m2 e 9 m2), casas de banho e três pequenos arrumos, isto para alem da escada de serviço que conduz ao piso inferior ou a escada de acesso ao 2º andar.<br />No 2º andar, piso que correspondente ao aproveitamento do vão de cobertura, para alem de um lavabo ocupando a área de uma mansarda e de um compartimento (9 m2) situado junto à escada, destinado a arrecadação e onde se situa um depósito de água, existe uma ampla área (196 m2), sem qualquer compartimentação, iluminada e ventilada por 6 janelas abertas em outras tantas mansardas.<br />Está área é apenas pontuada pela grande parede central onde passam as fugas das lareiras mais centrais localizadas no piso inferior e por duas colunas de ferro, revestidas a madeira, que suportam duas grandes vigas metálicas que por sua vez servem de apoio a todas as vigas e elementos de madeira que constituem o suporte da cobertura, caracterizada por uma acentuada inclinação.<br />Este aproveitamento do vão da cobertura encontra-se actualmente em impecável estado de conservação, quer no que respeita às madeiras que constituem todo o suporte das 4 águas da cobertura e das várias mansardas que a pontuam, ao forro de omnilite que cobre toda a face inferior da cobertura entre os barrotes inclinados que a sustentam, á iluminação interior à linha das asnas e finalmente ao revestimento quer do pavimento, novamente o taco tradicional envernizado, quer das paredes e dos tectos das mansardas, ambos em estuque sem qualquer mancha de humidade.<br />A sua qualidade construtiva e a excelente manutenção de que tem vindo a ser alvo traduzem-se mos seus interiores impecavelmente tratados e mantidos, com integral respeito pela traça original do edifício, sem problemas com infiltrações ou repasses provocados por deficiências da rede de esgotos ou da rede de recolha das águas pluviais, ou, finalmente da rede de tubagens do aquecimento central ou dos radiadores instalados.<br />Apresenta madeiras interiores em Mutene, que no pavimento sob a forma de tacos tradicionais 7x21, quer nos rodapés altos em madeira quer, finalmente, nas portas maciças acabadas a verniz mate, de largura próxima de 1,00m, almofadas e com bandeira superior semicircular envidraçada. Alguns dos compartimentos contam com imponentes lareiras em pedra polida com desenho colonial britânico.<br />Os tectos são estucados e pintados a tinta plástica branca, com sancas de luz indirecta nas zonas mais nobres como vestíbulo ou alguns compartimentos/gabinetes, sendo o tecto da actual sala de reuniões do concelho todo trabalhado em gesso.<br />As janelas são integralmente em madeira pintada a tinta de esmalte, apresentam grandes dimensões particularmente as expostas a sul e sul poente e são protegidas com estores de bandas verticais instalados em galerias pintadas na cor branca tal como as paredes.<br />A cozinha, actualmente desactivada, mas com equipamento original preservado quer no mobiliário que na estantaria de arrumos, no pavimento e no revestimento das paredes encontra-se em excelente estado, tal como acontece com as casas de banho, impecavelmente mantidas com louças originais de porcelana inglesa bom como as torneiras.<br />Relativamente ao exterior será de referir que este alinha com os interiores no tocante não só a qualidade construtiva como também ao seu impecável estado de conservação.<br />As suas paredes exteriores foram, no edifício principal e na garagem, integralmente executadas com blocos maciços e aparelhados de pedra Lioz (nos anexos destinados ao pessoal os blocos são igualmente mas já não são aparelhadas e sim rústicos), as caixilharias das janelas e portas, assim como os três portões da garagem, são de madeira pintada a esmalte na cor verde, os vidros são, face à sua idade e aos caixilhos onde se encontram instalados, simples e incolores e aplicados ao caixilho de madeira pelo processo tradicional de massa.<br />O telhado encontra-se revestido a telha de canudo simples, tal como as paredes laterais das mansardas, com recolha de águas nos beirados por algerozes e tubos de queda em zinco pintado e apresenta uma sanca sob todo o seu beirado em madeira à cor natural que aparenta um bom estado.<br />Hall de entradaPreço de Venda: €7.500.000<br />

×