Maria dalce 15 00

289 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
289
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Maria dalce 15 00

  1. 1. CÓDIGO FLORESTAL E ACAMPANHA “VETA DILMA”
  2. 2. • A Amda é entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1978, apartidária e tem como objetivo lutar pela proteção do meio ambiente natural, através da conciliação entre atividades econômicas necessárias ao bem estar humano e exploração dos recursos naturais.
  3. 3. • A mensagem diz “Licença, dona Dirma! A gente num intendi muito das coisas da lei mais intendi das nossa necessidade! I nóis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tá todo mundo achando qui isso vai sê mexido pra pior! A sinhora podi ajudá pra isso num acontecê? Nossa gente vai agardecê por toda vida! Eu juro!”.
  4. 4. • ALGUMAS MENTIRAS QUE ALGUNS RURALISTAS QUEREM QUE SE TORNEM VERDADES”:• 1. O PROJETO FOI AMPLAMENTE DISCUTIDO COM A SOCIEDADE E DE FORMA DEMOCRÁTICA.
  5. 5. • EM MINAS GERAIS POR EXEMPLO, HOUVE DUAS PSEUDO AUDIÊNCIAS PÚBLICAS: UMA EM UBERABA “PÁTRIA RURALISTA” E OUTRA EM BH.• MAS NÃO PARA OUVIR A SOCIEDADE. FORAM “EVENTOS” POLÍTICOS/RURALISTAS, COM ÔLHOS NAS ELEIÇÕES.
  6. 6. • 2. A MUDANÇA DO CÓDIGO É “QUEDA DE BRAÇO” ENTRE AMBIENTALISTAS E RURALISTAS.• SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA (SBPC), OAB, CNBB, INPA, FORAM ALUMGAS DAS INSTITUIÇÕES MAIS CONHECIDAS DO PAÍS QUE SE MANIFESTARAM CONTRÁRIA ÀS PROPOSTAS DE MUDANÇA.
  7. 7. • 3. TODO ESSE MOVIMENTO CONTRA AS MUDANÇAS DO CÓDIGO É CHEFIADO POR ONGS INTERNACIONAIS QUE NÃO QUEREM O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL E IMISCUEM-SE EM ASSUNTOS QUE NÃO LHE DIZEM RESPEITO.• NÃO SÃO SOMENTE ELAS QUE SE OPÕEM. AS NACIONAIS TAMBÉM E DEZENAS DE OUTRAS INSTITUIÇÕES.• POR “COINCIDÊNCIA”, VIVEMOS TODOS NO MESMO PLANETA E MEIO AMBIENTE NÃO TEM FRONTEIRAS.
  8. 8. • E ALÉM DISTO, ASSIM COMO TEMOS DIREITO E DEVER DE NOS PREOCUPARMOS COM O DESMATAMENTO EM OUTROS PAÍSES QUE ESTÁ DIZIMANDO ESPÉCIES ANIMAIS COMO TIGRES, ELEFANTES, ORANGOTONGOS, RINOCERONTES, ETC., ELAS TAMBÉM TÊM DE ATUAR NO BRASIL.
  9. 9. • 4. O MEIO AMBIENTE ATRAPALHA O CRESCIMENTO DO PAÍS.• A ATIVIDADE ECONÔMICA QUE MAIS PRECISA DE ÁGUA POR EXEMPLO (E É A QUE MAIS CONSOME) É A AGROPECUÁRIA. E NÃO EXISTE ÁGUA SEM FLORESTAS.• ALÉM DISTO, O DESCUMPRIMENTO DO CÓDIGO ATUAL MOSTRA QUE ELE NÃO FOI OBSTÁCULO Á EXPANSÃO DAS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS.
  10. 10. • 5. OS PEQUENOS PROPRIETÁRIOS SERÃO TRANSFORMADOS EM CRIMINOSOS, PERDERÃO SUAS TERRAS PORQUE NÃO MAIS PODERÃO PRODUZIR E ENGROSSARÃO AS PERIFERIAS URBANAS.
  11. 11. • A MIGRAÇÃO DO CAMPO PARA ÁREAS URBANAS ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA À EXAUSTÃO DOS RECURSOS NATURAIS SUPER EXPLORADOS, ATRAÇÃO PELO “URBANO” E POR ATIVIDADES MENOS PESADAS E MELHORES REMUNERADAS POR PARTE DOS JOVENS.• A LEI ATUAL JÁ CONTEMPLAVA E AS INSTITUIÇÕES QUE SE MOBILIZARAM CONTRA AS PROPOSTAS RURALISTAS NUNCA QUESTIONARAM A NECESSIDADE DE TRATAMENTO DIFERENCIADO PARA ELES.
  12. 12. • 5. OS AMBIENTALISTAS QUEREM ACABAR COM AS CULTURAS PLANTADAS EM ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (CAFÉ E EUCALIPTO EM MINAS, VINHEDOS NO RS, MACIEIRAS EM SC).
  13. 13. • A MAIOR PREOCUPAÇÃO COM ESSAS CULTURAS É O BOM USO DO SOLO E OS DANOS QUE A EROSÃO CAUSA AOS CURSOS D´ÁGUA.• O PERCENTUAL DE ÁREAS QUE TERIA DE SER “DESOCUPADO” É MUITO PEQUENO, DIANTE DE SUA IMPORTÂNCIA PARA PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE, COMO É O CASO DE MARGENS DE CURSOS D´ÁGUA E NASCENTES.
  14. 14. • NATURALMENTE ISTO NÃO PODE SER FEITO SEM COMPENSAÇÕES AOS PROPRIETÁRIOS RURAIS QUE REALMENTE NECESSITEM DISTO.• AS INSTITUIÇÕES QUE LUTAM EM DEFESA DE UM CÓDIGO TAMBÉM AMBIENTAL E NÃO SOMENTE ECONÔMICO, NÃO DESCONHECEM (PORQUE NÃO HÁ COMO FAZER ISTO INCLUSIVE) AS REALIDADES SOCIAIS/ECONÔMICAS.
  15. 15. • 7. O PL APROVADO NÃO INCENTIVA NOVOS DESMATAMENTOS• POUSIO – O PROJETO APROVADO PELO SENADO (QUE É “MENOR PIOR”) FIXOU PRAZO DE CINCO ANOS. A PRIMEIRA PROPOSTA DA CÂMARA FIXAVA EM 10. A APROVADA RETIROU PRAZO.• VEREDAS – RETIRA DA CATEGORIA DE APP, A FAIXA DE PROTEÇÃO DAS VEREDAS.
  16. 16. • Com a mudança na forma de cálculo das áreas de preservação ao longo dos rios (art.4o), o projeto deixa desprotegidos, segundo cálculos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), 400 mil km2 de várzeas e igapós. Isso permitirá que esses ecossistemas riquíssimos possam ser ocupados por atividades agropecuárias intensivas, afetando não só a biodiversidade como a sobrevivência de centenas de milhares de famílias que delas fazem uso sustentável.
  17. 17. • 8. NÓS, RURALISTAS, SOMOS TAMBÉM DEFENSORES DO MEIO AMBIENTE.• SEGUNDO O IBAMA, 85% DAS MULTAS APLICADAS POR INFRAÇÕES AO CÓDIGO OCORRERAM NO MS, PARÁ E RONDÔNIA – AGRONEGÓCIO E DESMATAMENTO.
  18. 18. • “E é importante entender que, se para todos a questão ambiental é fundamental, para os produtores rurais do Brasil e de todo o planeta há um componente a mais: os produtores não conseguem produzir satisfatoriamente sem água, os produtores não conseguem produzir satisfatoriamente sem o equilíbrio da biodiversidade, porque, senão, as pragas e as doenças tomarão conta da nossa produção. Nós não podemos produzir em áreas degradadas, porque isso diminui a nossa produtividade e dá prejuízo ao nosso bolso’• Trecho discurso Senador Kátia Abreu/CNA.
  19. 19. • A MONOCULTURA INENSIVA DESTRÓI TODA A BIODIVERSIDADE. OS PLANTIOS DE SOJA OCUPAM MILHARES DE HECTARES SEM QUE SE VEJA UMA ÁRVORE OU PÁSSARO.
  20. 20. • “A definição da data de 22 de julho de 2008 como marco zero para consolidação e anistia de todas irregularidades cometidas contra o código florestal em vigor desde 1965 é injustificável. Mesmo que fosse levada em conta a última alteração em regras de proteção do código florestal esta data não poderia ser posterior a 2001, isso sendo muito generoso, pois a última alteração em regras de APP foi realizada em 1989” – trecho documento elaborado por André Lima e Raul Vale e Tasso Azevedo.
  21. 21. • OS RURALISTAS PARECEM TER ESQUECIDO DO PRINCÍPIO DE QUE EM CONFLITOS, RARAMENTE OU NUNCA, UMA PARTE TEM INTEIRA RAZÃO, COMO QUEREM TER.• NÃO É POSSÍVEL IGNORAR QUE A CAMPANHA “VETA DILMA” TOMOU CONTA DO PAÍS E JÁ É CONSIDERADA UMA DAS MAIORES MOBILIZAÇÕES POPULARES DE NOSSA HISTÓRIA.
  22. 22. • A mensagem diz “Licença, dona Dirma! A gente num intendi muito das coisas da lei mais intendi das nossa necessidade! I nóis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tá todo mundo achando qui isso vai sê mexido pra pior! A sinhora podi ajudá pra isso num acontecê? Nossa gente vai agardecê por toda vida! Eu juro!”.

×