Your SlideShare is downloading. ×

Gri 24 05 sustentar

149

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
149
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • NA notes: GRI is a global network organization. This is the essence of GRI since its beginning in 1997, when representatives from business, civil society, accountants, auditors and others got together around a project: how to develop globally accepted sustainability reporting guidelines through a multi-stakeholder process?
  • NA notes: This is the way we see the GRI network. In its main components and they will shape the organization and “Due process”. The ones with a (*) are literally mentioned in all GRI internal documents. This means that decision making processes will have to take them specially into account. Academia, Governments and many others are under “mediating institutions” which are the other players in the reporting field.
  • Transcript

    • 1. Global Reporting Initiative Gláucia Terreo Ponto Focal GRI no Brasil
    • 2. O que é relatório de Sustentabilidade?Ambiental Econômico Social
    • 3. Tangíveis contabilizados: “Efeito Iceberg” balanço patrimonial e demonstração de resultados Respeito aosMarca Direitos HumanosReputação Respeito aoCredibilidade Meio ambienteQualidade de Boa relação comgestão a comunidade•Qualidade de •Boa relação comgovernança os trabalhadores
    • 4. GRI G3: EstruturaElementos estruturantes: Indicadores de Desempenho: Visão e Estratégia EC: Forma de gestão e indicadores Perfil Organizacional Econômicos - 9 no total 7 essenciais e 2 adicionais Escopo do Relatório EN: Forma de gestão e indicadores deEstrutura e Governança meio ambiente – 30 no total 17 essenciais e 13 adicionaisPrincípios Orientadores LA: Forma de gestão e indicadores de relações trabalhistas – 14 no total 9 essenciais e 5 adicionais HR: Forma de gestão e indicadores de direitos humanos – 9 no total 6 essenciais e 3 adicionais SO: Forma de gestão e indicadores de sociedade – 8 no total 6 essenciais e 2 adicionais PR: Forma de gestão e indicadores de Responsabilidade pelo produto: 9 no total 4 essenciais e 5 adicionais
    • 5. Processo de elaboração do relatório Preparação Conexão Definição Monitoramento Comunicação • Imagine seu • Classifique os • Selecione os • Comprove os métodos • Finalização do relatório grupos de temas materiais e sistemas relatório e • Desenvolva stakeholders • Supervisione as apresentação. • Decida sobre o um plano de • Dialogue com conteúdo do atividades e registre • Prepare-se para o ação os stakeholders relatório dados ciclo seguinte. • Reunião • Fixe metas e • Assegure-se da inicial objetivos qualidade das informaçõesReferência: Publicação CAMINHOS da GRI.
    • 6. Perguntas chaves paradefinir indicadores:1 – Qual o negócio da empresa? Qual é missão da empresa?Quais são os objetivos para os próximos 3, 5, 10....20 anos?2 - Aponte os impactos 1) positivos e 2)negativos do negócios e dosobjetivos estratégicos. (Faça duas listas – uma para negativas eoutra para positivas)3 - Quais são os públicos (stakeholders) afetados por esses impactos?Quais indicadores GRI se relacionam com os impactos? (Relacione as listas anteriores com stakeholdersdepois com os temas-ex. ambiental – e finalmente com os indicadores GRI).
    • 7. Níveis de AplicaçãoDiretrizes para Relatório de Sustentabilidade GRI G3Nível de aplicação G3 C C+ B B+ A A+ G3 Perfil do Relatar sobre os itens: Relatar sobre todos os Mesmo requisito como Relatório 1.1 itens do nível C, mais: nível B. 2.1-2.10 1.2 3.1-3.8, 3.10-3.12 3.9, 3.13 4.1-4.4, 4.14-4.15 4.5-4.13, 4.16-4.17 Relatório externamente verificado Relatório externamente verificado Relatório externamente ver ficadoPadrão de divulgação G3 Formas de Não requisitado Divulgação da forma de Divulgação da forma gestão gestão para cada de gestão para cada categoria de categoria de indicadores. indicadores. G3 Indicadores de Relatar no mínimo 10 Relatar no mínimo 20 Relatar cada Indicador Desempenho & Indicadores de Indicadores de de Desempenho Indicadores dos Desempenho, incluindo Desempenho, pelo essencial do G3 e suplementos pelo menos um de cada menos um de cada Suplementos setoriais área: social, econômico segmento: econômico, Setoriais*, respeitando e ambiental ambiental, direitos o princípio da humanos, trabalho, materialidade, através: sociedade, a) respondendo o responsabilidade pelo Indicador ou b) produto explicação da sua omissão. * Suplementos Setoriais na versão final
    • 8. G3 e G3.1- Setoriais Piloto - de acordo com G2 Piloto - de acordo com G3
    • 9. Relatórios GRI no Brasil* 19/10/2011
    • 10. • Cerca de 5000 empresas divulgam informações ESG• 95% empresas do Global Fortune 250 divulgam informações ESG hoje. 80%em 2008 e 50% em 2005.• 82.000 multinacionais e 45.000 empresas listadas – a maioria ainda não divulga.• Campanha Relate ou Explique para criar massa críticaCopenaghen, 16 Feb 2012
    • 11. Tendências- Relate ou Explique – Aviva Investors, UNPRI, Bolsa de Johanesburgo e São Paulo, Dinamarca, Noruega, França etc- Relate ou Explique na cadeia de suprimentos – Natura e Unilever- Relatório Integrado (IIRC) – www.theiirc.org- G4- Visão 2050 WBCSD
    • 12. Secretario Ger al da ONU Ban Ki-Moon 16/02/12 Nova Ior que :“Vamos trabalhar juntos por uma política global para que as companhias divulguem informações sobre seu desempenho socioambiental – ou expliquem porque não divulgam.Copenaghen, 16 Feb 2012
    • 13. April 24, 2012 Amsterdam - SC Meeting - Update from 13
    • 14. April 24, 2012 Amsterdam - SC Meeting - Update from 14
    • 15. PROPOSTA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA PARA RIO+20 – ENCAMINHADAPARA O CNO DA RIO+20Relatórios de sustentabilidade•De forma voluntária, diversas empresas têm rotineiramente divulgado ações que reflitam suaspreocupações e responsabilidades no campo socioambiental. A prática de publicação de relatórios desustentabilidade pelas empresas é voltada não apenas aos acionistas das empresas, mas aos maisdiversos públicos, dentre os quais a mídia, seus funcionários, o Governo, os consumidores e a sociedadecivil em geral, demonstrando ser uma estratégia tanto de imagem quanto de posicionamento estratégico.Esses relatórios, cumpre destacar, permitem não só divulgar, mas incentivar e disseminar experiênciassustentáveis. Acabam por estimular e difundir a adoção de boas práticas.•Com o intuito de ampliar essa prática, os países poderiam acordar na Rio+20 uma iniciativa para queempresas estatais, bancos de fomento, patrocinadoras de entidades de previdência privada, empresas decapital aberto e empresas de grande porte divulguem, de forma completa, objetiva e tempestiva,relatórios sobre suas atividades que, além dos aspectos econômico-financeiros, incluam,obrigatoriamente, e de acordo com padrões internacionalmente aceitos e comparáveis, informaçõessobre suas atuações em termos sociais, ambientais e de Governança Corporativa. Tal medida poderiacontribuir significativamente para a inclusão desses temas na agenda estratégica de grandesorganizações, favorecendo a transição para uma Economia Verde Inclusiva.•A iniciativa poderia ser elaborada a partir de experiências internacionais existentes, como a iniciativa“Relate ou Explique” (Report or Explain) da Global Reporting Initiative, que não prescreve metodologiaspara relatórios ESG (econômico-financeiro, social, ambiental e de governança) e deixa espaço para queas organizações escolham como desenvolverão suas práticas a partir de normas e leis vigentes (locais) epadrões voluntários locais e/ou internacionais.
    • 16. THE BRAZILIAN SUBMISSION TO RIO+20P7. The Inclusive Green Economy PactP7. A. Sustainability ReportsSeveral corporations have voluntarily adopted the practice of regularly publicizing actions thatreveal their concern and sense of responsibility with regard to sustainability. This corporatepractice of publishing sustainability reports is not only directed at company shareholdersbut also at a variety of other target audiences, including their employees, the media, thegovernment, consumers, and civil society in general. Thus it constitutes both an image strategyand strategic positioning by the company. Such reports do not only publicize, but also encourageand disseminate sustainable experiences and, in that way, stimulate and disseminate theadoption of good practices.An initiative designed to expand this practice could be agreed to at the Rio+20Conference, whereby state-run companies, development banks, sponsors of private pensionfunds, open capital companies and large corporations could publish complete, timely andobjective reports on their activities that, in addition to the usual economic-financial aspects, mustinclude information on their social and environmental performance and corporate governance.Such a measure would make a significant contribution to getting these issues firmly included onthe strategic agendas of major organizations and, thus, help to foster an inclusive greeneconomy.
    • 17. Parágrafo 24- Reconhecemos a necessidade de estabelecer um processo que visa desenvolver um sistema global confiável e robusto global para a contabilidade e relato de sustentabilidade.- Reconhecemos a necessidade de um compromisso global sobre relatórios de sustentabilidade corporativa que promova e incentive grandes empresas privadas e públicas a de abordarem as questões de sustentabilidade na condução de suas atividades, integrando as informações de sustentabilidade dentro de seus ciclos de relatórios.-- A Global Reporting Initiative, idéia lançada na Rio em 1992, pode servir como um ponto de referência útil a este respeito.
    • 18. http://www.kpmg.com/PT/pt/IssuesAndInsights/Documents/corporate-responsibility2011.pdfhttps://www.globalreporting.org/resourcelibrary/Carrots-And-Sticks-Promoting-Transparency-And-Sustainbability.pdf
    • 19. Global Reporting Initiative
    • 20. GRI: a network organizationCopenaghen, 16 Feb 2012
    • 21. Atividades GRI no BrasilPatrocínioCopenaghen, 16 Feb 2012 21
    • 22. Faça parte da GRI! Como?• Utilize as diretrizes e• informe a GRI• Seja um OS• Participe das consultas G4 !!!• Registre-se para receber informações no site• www.globalreporting.org• terreo@globalreporting.org• 011 – 6083-1661

    ×