Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Apresentacao fkl sustentar_ago11 florence 17_00
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Apresentacao fkl sustentar_ago11 florence 17_00

  • 512 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
512
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Os Governos Locais e a Gestão Local Sustentável A Sustentabilidade em Cidades SUSTENTAR 2011 4º Fórum Internacional pelo Desenvolvimento Sustentável Belo Horizonte – Minas Gerais 24 de agosto de 2011 Florence Karine Laloe Diretora Regional Interina/Diretora Executiva no Brasil Secretariado para América Latina e Caribe ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade www.iclei.org/lacs/portugues
  • 2. CONTEÚDO
    • ICLEI – Quem somos
    • Desafios Globais
    • Ações e Soluções Locais
    • Exemplos de Programas, Metodologias, Ferramentas ICLEI
    • Construção Sustentável e Cidades
  • 3.
    • ICLEI:
    • QUEM SOMOS
  • 4. Ação Local move o mundo
    • Como um planeta de cidadãos, a missão do ICLEI é a de construir e servir a um movimento mundial de governos locais para alcançar melhoras tangíveis para a sustentabilidade global, com especial atenção às condições ambientais, através de ações cumulativas.
    1 UN 200 países 200 países 200 countries
  • 5. Papéis do ICLEI
    • Buscando Soluções
    Conectando líderes Acelerando a ação
  • 6. Ajudando as cidades para o Futuro
    • O ICLEI apoia cidades e governos locais na busca pela sustentabilidade
    • O ICLEI oferece apoio para:
    • Compromisso político e representação em Convenções e Conferências Internacionais
    • Participação em programas e eventos
    • Transformação para infraestrutura urbana resiliente e de baixo carbono
  • 7. As redes de cidades
    • 1,200 membros em 70 países
    Verdes 100+ XXL - 11 megacidades de mais de 10 milhões XL - 12 super cidades de 5-10 milhões L - 90 cidades grandes de 1-5 milhões Inovadoras Verdes M – 460 cidades de 100,000 - 1 milhão Criativas Verdes S - 650 governos locais de menos de 100,000
  • 8. O grupo ICLEI
  • 9. Escritórios ICLEI Secretariado Mundial Cities Climate Center Bonn , Alemanha Secretariado para Europa Freiburg , Alemanha Escritório para África Joanesburgo , África do Sul Secretariado para América Latina e Caribe Nova sede em breve! Escritório para o Japão Tóquio , Japão Escritório dos EUA Oakland , Calif. Escritório de projeto para China Beijing , China Secretariado da Oceania Melbourne , Austrália Centro Int. de Treinamento Freiburg , Alemanha Escritório para Coréia do Sul Seul , Coréia Escritório para Sul da Ásia Nova Deli , Índia Escritório ICLEI-Brasil São Paulo, Brasil Secretariado para Sudeste da Ásia, Quezon , Filipinas Escritório do México Cidade do México , México .
  • 10. América Latina 8% 18,6% Membros ICLEI América do Norte 15% 14% Europa 40% 21% África 9% 8% Oriente Médio 1% 0,4% Ásia-Pacífico 27% 38% Número de Membros População representada por Membros
  • 11.
    • 2- Desafios Globais
    • População Mundial
    • Entre 8 e 10.5 bilhões entre 2040 e 2050
    • Maior parte do crescimento nas regiões urbanas dos países em desenvolvimento
    • 2/3 em 2050 da população urbana (hoje é de ~50%)
    • Até 2050, a mesma capacidade urbana que foi construída nos últimos 4000 anos terá que ser construída
  • 12. 2- Desafios Globais
  • 13.
    • 2- Desafios Globais
    • Pegada ecológica
    • Hoje: 1 ano e 6 meses para que a Terra regenere o que usamos em 1 ano
    • Até 2030, se os desafios de população e consumo forem mantidos, precisaremos de 2 Terras para esta regeneração
    • Emissões de CO2 são as que mais contribuem para a pegada ecológica
    • Resultados: desmatamento, stress hídrico, redução das espécies, etc.
  • 14. 2- Desafios Globais
  • 15. 2- Desafios Globais
  • 16.
    • 2- Desafios Globais
    • Água e biodiversidade
    • Stress hídrico
    • Como resultado das mudanças climáticas, quase ½ da população global viverá em áreas com alto stress hídrico em 2030 (World Water Forum)
    • Mínimo de 40% da economia global e 80% das necessidades dos mais pobres dependem dos recursos biológicos
    • Perda da biodiversidade nunca foi tão grande como hoje
  • 17. Impactos das Mudanças Climáticas
  • 18. 3- Governos Locais/Ações Locais 100 das maiores cidades produzem 30% do PIB global 86% do PIB em países da OCDE são produzidos em cidades e em áreas urbanas 75% do consumo de energia 0.12% da Terra 50% da população
  • 19.
    • 3- Ações Locais
    • As Cidades precisam de uma transformação rápida e radical
    • Estratégia de 8 objetivos:
    • Políticas sustentáveis integradas
    • Cidades eficientes no uso de recursos naturais
    • Biodivercidades
    • Cidades carbono-neutras e de baixo carbono
    • Comunidade Resiliente
    • Infraestrutura Verde
    • Economia Urbana Verde
    • Comunidades Felizes e Saudáveis
    • + Financiamento
  • 20.  
  • 21. O que fazemos
    • Agenda Local 21
      • RedAL21 e Segurança Cidadã
    • Mudanças Climáticas e Energia
      • Mobilização de governos locais pelo clima
      • Políticas Estaduais pelo Clima – PEClima
      • Biogás para Energia – REEEP
      • Energias renováveis locais
      • Cidades pela Proteção do Clima™- CCP
    • Compras Públicas Sustentáveis – CPS
    • Construções Sustentáveis - PoliCS
    • Ação Local pela Biodiversidade (LAB)
    • Projetos de Proteção ao Solo
    • SWITCH – Gestão das Águas Urbanas
  • 22. EXEMPLOS DE AÇÕES
  • 23.
    • Tomé, Chile
    • Inventário, Plano de Ação
    • São Paulo, SP
    • Política Municipal de Mudanças Climáticas, aproveitamento do gás metano em Aterros Sanitários
    • Betim, Minas Gerais
    • Programa de coleta seletiva, Inventário, CRER-Energias Renováveis
    • Buenos Aires, Argentina
    • Programa de Ciclovias e coleta seletiva
    • Belo Horizonte, Minas Gerais
    • Construções Sustentáveis, Energias Renováveis/Eficiência Energética
    • Estado de Minas Gerais
    • Compras Públicas Sustentáveis
  • 24.
    • Austin, Texas
    • Redução de resíduos (meta de 0 de resíduos até 2040)
    • Santa Cruz, California / Miami Dade County
    • Estudos e medidas de adaptação
    • Albuquerque
    • Economia de USD 900.000 ao ano com LED em semáforos
    • Boston
    • Regulamento para construções sustentáveis
  • 25.
    • 4- Exemplos de Metodologias e Ferramentas ICLEI
    • Protocolo IEAP para Inventários de Emissões de Gases de Efeito Estufa
    • HEAT+ (software para cálculo de emissões de gases de efeito estufa)
    • SWITCH – gestão de águas urbanas (kit de capacitação)
    • EcoProcura
    • EcoBudget
    • Manuais para aproveitamento do biogás (resíduos sólidos e efluentes)
    • Metodologias e ferramentas para adaptação (i.e. ADAPT – para planejamento e dados)
  • 26. 5- Construção Sustentável e Cidades
    • Impactos ambientais da construção civil: alto consumo de recursos naturais (energia, água, petróleo), emissões de CO2 e outras substâncias tóxicas e elevadíssima geração de resíduos.
    • Impactos sociais: prejuízo à saúde de trabalhadores e usuários de edifícios.
    • Operação de edifícios no Brasil é responsável por 18% do consumo total de energia do país e 50% do consumo de energia elétrica.
    • Quantidade de resíduos de construção e demolição no Brasil é estimada em 450 kg/hab./ano ou 80 milhões de toneladas por ano, impactando o ambiente urbano e as finanças municipais.
    • Setor de construção civil gera 17 mil toneladas de entulho por dia na região metropolitana de São Paulo.
  • 27. O que é Construção Sustentável ?
    • Uma construção é sustentável quando:
    • Minimiza o consumo de recursos naturais;
    • Maximiza a reutilização de recursos naturais;
    • Utiliza recursos renováveis, recicláveis ou reciclados;
    • Cria um ambiente saudável e não tóxico;
    • Busca a qualidade na criação do ambiente construído;
    • Leva em conta a variável ambiental, considerando entorno e edificação com elementos que devem atuar juntos;
    • Considera o ciclo de vida dos produtos, serviços e materiais utilizados;
    • Considera a disposição final dos resíduos da construção;
    • Busca soluções inteligentes e criativas, incentivando inovações tecnológicas e de serviços;
    • Respeita a legislação trabalhista.
  • 28. Critérios para Construções Sustentáveis
    • ESTÁGIOS DE CONSTRUÇÃO
      • PROJETO: localização, orçamento, dimensionamento, desenho, escolha de materiais, definição dos padrões de consumo de energia, água, circulação, ventilação, etc.
      • PROCESSO DE LICENCIAMENTO
      • IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO: escolha de materiais e sistemas construtivos, definição de fornecedores, etc.
      • CONSTRUÇÃO: Compras de materiais, contratação de serviços, fiscalização.
  • 29. Critérios para Construções Sustentáveis
    • DIRETRIZES GERAIS
      • Projeto (design e especificação de materiais, arquitetura bioclimática)
      • Escolha de fornecedores (materiais e serviços, certificação, restrições a materiais)
      • Canteiro de obras (geração e disposição de resíduos)
      • Consumo de energia e água (definição de padrões de eficiência e redução de desperdício)
      • Uso de energias renováveis (design, detalhamento)
      • Uso de materiais de construção mais sustentáveis (design, detalhamento)
  • 30. Critérios para Construções Sustentáveis
    • OUTRAS CONSIDERAÇÕES
      • Análise de ciclo de vida de materiais utilizados
      • Respeito à legislação trabalhista (responsabilidade social do empreiteiro/construtor)
      • Integração das equipes de projeto e construtores
      • Localização adequada e respeito ao entorno (implantação da obra, harmonia com a paisagem urbana, inclusão social, acessibilidade...)
      • Qualidade do ar interior (prioridade para ventilação e iluminação naturais sempre, bom isolamento acústico e térmico)
  • 31. Critérios para Construções Sustentáveis
    • OUTRAS CONSIDERAÇÕES
      • Gerenciamento de resíduos (efluentes e sólidos)
      • Gerenciamento da água servida – reciclagem, aproveitamento de água de chuva, permeabilidade do solo
      • Redução da dependência do automóvel (ciclovias, bosques, áreas para pedestres, equipamentos urbanos amigáveis e seguros para pedestres, crianças e idosos)
      • Sistema de gestão ambiental do edifício – educação ambiental, “empoderamento”, co-responsabilização, monitoramento do uso
  • 32. Critérios para Construções Sustentáveis
    • EXEMPLOS DE BOAS PRÁTICAS EM MUNICIPALIDADES
      • Freiburg : Design eficiente/ecologicamente orientado
      • Barcelona: Uso de energias renováveis (solar, co-geração, biodigestores)
      • São Paulo: Abolir materiais que afetam a camada de ozônio (CFCs) ou agravam o efeito estufa (COVs, PVC) / Programa Madeira é Legal
      • Santa Monica, EUA : Uso de materiais biodegradáveis e solventes à base de água
      • Londres: Previsão e implementação de sistema para reciclagem
      • Porto Alegre : Uso de materiais nativos e reciclados/reaproveitados
  • 33.
    • Duração: 2008 – 2010
    • Objetivo: Estabelecer um compromisso dos governos locais na América do Sul para o desenvolvimento e implementação de políticas de construção sustentável e eficiência energética com um foco no estímulo de tecnologia de baixa emissão de carbono.
    • Impactos Esperados: - Reduzir pressão sobre recursos naturais e ecossistemas; - Fortalecer a cooperação entre diferentes departamentos e níveis de governos; - Consolidação e fortalecimento do mercado de produtos sustentáveis.
    Seminário sobre construção sustentável organizado pelo ICLEI e GVces no âmbito do projeto PAVS em julho 2007 “ Promovendo Políticas de Construção Sustentável na América do Sul”
  • 34.
    • Governos-piloto:
    • Prefeitura de Belo Horizonte (Brasil)
    • Prefeitura de Buenos Aires (Argentina)
    • Prefeitura de Montevidéu (Uruguai)
    “ Promovendo Políticas de Construção Sustentável na América do Sul” Governos participantes: Prefeitura de São Paulo (Brasil) Prefeitura de Porto Alegre (Brasil) Implementador: Patrocínio: Fundo de Programas Estratégicos (SPF)
  • 35. Manual de Construções Sustentáveis Objetivo : Promover a redução do consumo e água, energia, a redução/reciclagem dos resíduos sólidos e das emissões de gases de efeito estufa nas edificações públicas Disponível gratuitamente no site: www.iclei.org/lacs/portugues Ganhe conhecimento!!
  • 36.
    • CONSUMO SUSTENTÁVEL
    • Responsabilidade do Consumidor
    • Comprar somente o necessário
    • Promover a inovação
    • Abordagem do ciclo de vida
    • CONSUMIDORES DE GRANDE ESCALA
    • Governos
    • Empresas
    • Universidades
    • Instituições (hospitais, escolas, clubes, creches, penitenciárias, etc)
    • DEVEM:
        • Liderar pelo exemplo
        • Induzir mudança de comportamento
        • Fortalecer mercado para inovações
        • Agir com transparência
    Compras Sustentáveis
  • 37. Fundamento Econômico: Compras Públicas Sustentáveis
    • Fundamento econômico :
      • Estado é importante agente econômico = agente de transformação do paradigma atual
        • 10 a 20% PIB países em desenvolvimento (IPEA)
        • 15% do PIB no Brasil
          • Corresponde a 60 bilhões de reais por ano, segundo MPOG
          • Ex. Estado de São Paulo 17 bilhões de reais ano
        • 14 a 18% do PIB em EUA, UK, Europa
          • Ex. poder de compra EUA (350 bilhões de dólares por ano)
      • Efeito positivo na economia nacional
        • Usa forças do mercado ao invés de comando e controle;
        • Estimula parcerias na busca pela proteção ao meio ambiente;
        • Fomenta novos negócios (incentivo SP – dormentes);
        • Efeito replicador (USP X Prefeitura de SP)
  • 38. Secretariado para América Latina e Caribe (LACS) Escritório de Projetos para o Brasil Av IV Centenário, 1268, sala 215 Portão 7A do Parque Ibirapuera CEP 04030-000 São Paulo, SP Tel: +55 11 5084 3079 Fax: +55 11 5084 3082 Email: [email_address] www.iclei.org/lacs/portugues Email: [email_address] Website internacional: www.iclei.org ICLEI - LACS Como nos encontrar: OBRIGADA!