• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A Energia Solar em Belo Horizonte Estudo de Caso: Aquecimento Solar e Geração Fotovoltaica - Elizabeth Duarte
 

A Energia Solar em Belo Horizonte Estudo de Caso: Aquecimento Solar e Geração Fotovoltaica - Elizabeth Duarte

on

  • 102 views

 

Statistics

Views

Total Views
102
Views on SlideShare
94
Embed Views
8

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

1 Embed 8

http://www.slideee.com 8

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A Energia Solar em Belo Horizonte Estudo de Caso: Aquecimento Solar e Geração Fotovoltaica - Elizabeth Duarte A Energia Solar em Belo Horizonte Estudo de Caso: Aquecimento Solar e Geração Fotovoltaica - Elizabeth Duarte Presentation Transcript

    • A Energia Solar em Belo Horizonte Estudo de Caso: Aquecimento Solar e Geração Fotovoltaica Profa. Elizabeth Marques Duarte Pereira Centro Universitário UNA Belo Horizonte, 08/05/2014
    • Capital Brasileira da Energia Solar Belo Horizonte é considerada a capital nacional do aquecimento solar, referência à:  grande número de instalações de aquecimento solar de uso coletivo,  número de empresas locais  capacidade de prestação de serviços e de geração de conhecimento na área.
    • Essa posição foi alcançada pelo alinhamento de diversos fatores e atores: 1. As empresas mineiras contaram com apoio sólido e continuado da CEMIG, através de financiamento de projetos de demonstração, monitoramento de instalações prediais e Programa de Eficiência Energética/ANEEL. 2. Apoio técnico do setor acadêmico, através de ações de capacitação de recursos humanos, desenvolvimento de projetos de pesquisa, ensaios de equipamentos e simulação de sistemas. Os resultados obtidos geraram informações vitais ao aprimoramento do aquecimento solar em Minas Gerais. Como consequência constatou-se um aumento da confiança do mercado na tecnologia, visto que tais dados eram produzidos e divulgados por instituições imparciais e de reconhecidamente competentes na qualidade dos serviços prestados.
    • Um ponto a se destacar: Os sistemas de aquecimento solar não enfrentavam no Estado de Minas Gerais a concorrência do gás canalizado, como no Rio de Janeiro e São Paulo. Dessa forma, a confluência de conhecimento acadêmico, atuação do setor privado, apoio técnico da CEMIG e particularidades do mercado mineiro geraram condições profícuas ao desenvolvimento da tecnologia no estado.
    • Aquecimento Solar x Gás • Gasmig atualmente destina cerca de 95% de sua produção ao segmento industrial, mas pretende diversificar o seu mercado e garantir maior estabilidade financeira. • O plano de negócios para o quinquênio 2013/17, prevê elevados investimentos na Malha de Distribuição de Gás Natural Centro-Sul de Belo Horizonte, para atendimento aos segmentos residencial e comercial.
    • A Entrada do Gás em BH Segundo Marcelo Sant’anna, gerente de Projetos Residenciais da Gasmig, em 2013 os investimentos atingiram cerca de R$ 56 milhões, sendo R$ 9 milhões para o segmento residencial no bairro de Lourdes. No final de 2013, pelo menos 1,2 mil clientes rforam atendidos pelo GN , incluindo o bairro Santo Agostinho. A partir de 2014, a projeção de fornecimento é de 8 mil novas residências e estabelecimentos comerciais por ano. Portanto, no final de 2017, o número de clientes atendidos seria de 35 mil a 40 mil, na capital mineira.
    • Bairro Santo Agostinho Hoje
    • Bairro Belvedere Solar – Hoje E amanhã ? GASMIG : obras do anel de aço estão concentradas no Belvedere e no Sion, na rua Grão Mogol, entre as avenidas do Contorno e Uruguai.
    • Setor Residencial aquecimento solar central BH Solar: cerca de 3.000 prédios com SAS
    • Setor Comercial e Público Hospital Life Center / BH Hospital João XXIII / BH
    • Clubes e Academias em BH
    • Estudo de casos: Aquecimento Solar • Sistema de 4.000 litros • Área Coletora: 45 m² • Fração Solar: 75% • Investimento Inicial: – R$ 35.000,00 • Custo kWh: R$ 0,55 • Pay back: – 41 meses • TIR: – 2,1% • Sistema de 4.000 litros • Área Coletora: 45 m² • Fração Solar: 75% • Investimento Inicial: – R$ 35.000,00 • Custo kWh: R$ 0,42 • Pay back: – 52 meses • TIR: – 1,5%
    • Habitações de Interesse Social CEMIG/COHAB-MG
    • Experiência no PMCMV Aldeia Tangará/ SP Juazeiro / Ba Sistemas Isolados Sistemas interligados à rede
    • Estádios Solares Mineirão Solar Potência: 1,42 MWp 10% da demanda de energia do estádio
    • Energia Solar Fotovoltaica Brasil Tauá / Ceará: 1MW - 4.680 painéis fotovoltaicos US11,2 milhões (6 meses para entrada em operação) Arena Pernambuco: 1MW - 3652 painéis 30% da energia consumida pelo estádio
    • Energia Solar Fotovoltaica Geração Distribuída Resolução Normativa nº 482/2012 Geração distribuída de pequeno porte que inclui a microgeração (até 100 kW) e a minigeração (de 100 kW a 1 MW) 1. Sistema de Compensação de Energia Elétrica ( ANEEL, 18/12/2012) A energia ativa injetada por unidade consumidora com microgeração ou minigeração distribuída é cedida à distribuidora local e posteriormente compensada com o consumo de energia elétrica ativa dessa mesma unidade consumidora ou de outra unidade consumidora de mesma titularidade. Esse sistema é também conhecido pelo termo em inglês net metering. . Nele, um consumidor de energia elétrica instala pequenos geradores em sua unidade consumidora (por exemplo, painéis solares fotovoltaicos, geradores a biomassa e pequenas turbinas eólicas) e a energia gerada é usada para abater o consumo de energia elétrica da unidade. Quando a geração for maior que o consumo, o saldo positivo de energia poderá ser utilizado para abater o consumo em outro posto tarifário ou na fatura do mês subsequente. Os créditos de energia gerados continuam válidos por 36 meses. Há, ainda, a possibilidade de o consumidor utilizar esses créditos em outra unidade (desde que as duas unidades consumidoras estejam na mesma área de concessão e sejam do mesmo titular - CPF)
    • Estudo de casos - BH Residência Unifamiliar
    • Estudo de casos: Aquecimento Solar • Investimento Inicial: – R$ 20.000,00 • Custo kWh: R$ 0,55 • Pay back: – 96 meses (8 anos) • Custo kWh: R$ 0,42 • Pay back: – 132 meses (11 anos) Vida útil estimada : 25 anos
    • Desafios para BH Belo Horizonte foi eleita por um júri internacional a Capital Brasileira da Hora do Planeta, evento organizado todos os anos pelo WWF em diversos de países para conscientizar a sociedade em relação a suas consequências para o aquecimento global. De acordo com o parecer técnico do júri internacional, composto por especialistas, Belo Horizonte "apresenta uma estratégia de baixo carbono integrada, guiada por uma visão forte e construída através de ações concretas". Entre os exemplos citados para a vitória da capital mineira estão a Usina Solar Fotovoltaica do Mineirão e o fato da energia solar térmica ter se desenvolvido de forma adequada na cidade.
    • Muito obrigada pela atenção! elizabeth.pereira@una.br Tel: 3319-9288