LEVANTAMENTO ESTATÍSTICOSOBRE A CONDIÇÃO FEMININA         SEMCID/GODH
Levantamento Estatístico sobre a      Condição Feminina        Esta    apresentação     é    composta     por      dadosna...
PopulaçãoA sinopse do Censo de 2010 nos mostra que a populaçãofeminina é maioria da população brasileira, capixaba e naCap...
EscolaridadeAs estatísticas apontam para um crescimento naescolaridade da população brasileira. As mulheres são naatualida...
Escolaridade
Escolaridade
Escolaridade
Mercado de TrabalhoOs dados com recorte de gênero nos mostram umarelação desigual de rendimentos e ocupação de cargosde co...
Mercado de Trabalho
Mercado de TrabalhoRendimento médio do trabalho por sexo – Brasil, 2002-2008
Mercado de Trabalho
Mercado de Trabalho
Mercado de TrabalhoEvolução da taxa de participação (%) do emprego formal por gênero - Vitória (ES)
PARTICIPAÇÃO POLÍTICAEm termos de participação política, nota-se nos dadosnacionais, e mesmo nos internacionais, que as mu...
Participação Política
Participação Política
Participação Política
Participação Política
Participação Política
ViolênciasAs pesquisas utilizadas para registro dos dados sobre asmúltiplas violências contra a mulher foram realizadas pe...
Violência contra mulherDISTRIBUIÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES – CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER - 2008                 ...
Violência contra mulher
Violência contra mulher
Violência contra mulher
Violência contra mulherRAZÕES QUE LEVAM UMA MULHER A CONTINUAR A RELAÇÃO COM O AGRESSOR
Violência contra mulherDe acordo com a pesquisa Mulheres Brasileiras e Gênero nos Espaços Públicoe Privado da Fundação Per...
Violência contra mulher84% dos entrevistados que já agrediram mulheres responderam ter“dado tapas, empurrões, apertões ou ...
Violência contra mulher 58% das mulheres que foram obrigadas ou pressionadas a realizarfavores sexuais em troca de promoçã...
Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DE OCORRÊNCIAS, SEGUNDO A NATUREZA                                       2004  ...
Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DE OCORRÊNCIAS, SEGUNDO RELAÇÃO DA VÍTIMA COM O AUTOR                          ...
Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DAS OCORRÊNCIAS, SEGUNDO O SEXO DO AUTOR                                     20...
Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DAS OCORRÊNCIAS, SEGUNDO ENCAMINHAMENTO                                        ...
Violência contra mulher
Violência contra mulher
Violência contra mulher600          569500400                                  Tipo de Atendimento300                     ...
Violência contra mulher            Tipo de Violência300           262  (Gênero)250                                        ...
Obrigado!               Elaboração:Gerencia do Observatório de Direitos Humanos e          Segurança Cidadã/ SEMCID       ...
E-mail do Fórumhomenspelofimdaviolencia@gmail.com
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação Fórum pelo Fim da Violência Contra a Mulher

1,449 views

Published on

LEVANTAMENTO ESTATÍSTICO
SOBRE A CONDIÇÃO FEMININA -

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,449
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Fórum pelo Fim da Violência Contra a Mulher

  1. 1. LEVANTAMENTO ESTATÍSTICOSOBRE A CONDIÇÃO FEMININA SEMCID/GODH
  2. 2. Levantamento Estatístico sobre a Condição Feminina Esta apresentação é composta por dadosnacionais, estaduais e municipais sobre a condição feminina. Asbases de dados são principalmente IBGE(PNAD), IPEA, SPM, IJSN, NEI (UFES), DIEESE e CAVVID (PMV). Ressaltamos a ausência de alguns dados, principalmenteestaduais e municipais, explicados pelos poucos relatóriospublicados ou sistematizados e disponíveis para consulta.
  3. 3. PopulaçãoA sinopse do Censo de 2010 nos mostra que a populaçãofeminina é maioria da população brasileira, capixaba e naCapital. HOMENS MULHERES Brasil 93.406.990 97.348.809 Espírito Santo 1.731.218 1.783.734 Vitória 153.948 173.853Fonte: Sinopse do Censo Demográfico 2010/IBGE
  4. 4. EscolaridadeAs estatísticas apontam para um crescimento naescolaridade da população brasileira. As mulheres são naatualidade mais escolarizadas que os homens em todos osestados da federação. No entanto, este aumento daescolaridade não foi proporcional à redução de algumasiniquidades verificadas, por exemplo, no mercado detrabalho.
  5. 5. Escolaridade
  6. 6. Escolaridade
  7. 7. Escolaridade
  8. 8. Mercado de TrabalhoOs dados com recorte de gênero nos mostram umarelação desigual de rendimentos e ocupação de cargosde comando entre homens e mulheres, mesmo comníveis de escolaridade similares com tendência aoaumento entre as mulheres.
  9. 9. Mercado de Trabalho
  10. 10. Mercado de TrabalhoRendimento médio do trabalho por sexo – Brasil, 2002-2008
  11. 11. Mercado de Trabalho
  12. 12. Mercado de Trabalho
  13. 13. Mercado de TrabalhoEvolução da taxa de participação (%) do emprego formal por gênero - Vitória (ES)
  14. 14. PARTICIPAÇÃO POLÍTICAEm termos de participação política, nota-se nos dadosnacionais, e mesmo nos internacionais, que as mulheresocupam minoria dos cargos eletivos. Estãosubrepresentadas nos parlamentos brasileiros e temparticipação mínima em grande parte dos países.
  15. 15. Participação Política
  16. 16. Participação Política
  17. 17. Participação Política
  18. 18. Participação Política
  19. 19. Participação Política
  20. 20. ViolênciasAs pesquisas utilizadas para registro dos dados sobre asmúltiplas violências contra a mulher foram realizadas pelaFundação Perseu Abramo (Mulheres Brasileiras nos EspaçosPúblico e Privado), Instituto Patrícia Galvão (Percepções daSociedade sobre a Violência Contra a Mulher), SecretariaEspecial de Políticas para as Mulheres (Cartografia dasViolências contra a Mulher do Campo e da Floresta), Ministérioda Justiça (Mapa da Violência 2011), Instituto Jones dos SantosNeves (Ocorrências registradas na DEAM 2004-2006) e Centrode Atendimento às Vítimas de Violência e Discriminação(CAVVID).
  21. 21. Violência contra mulherDISTRIBUIÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES – CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER - 2008 4% 5% Zona Rural Zona Urbana N/I 91% Fonte: Central de Atendimento à Mulher – 180
  22. 22. Violência contra mulher
  23. 23. Violência contra mulher
  24. 24. Violência contra mulher
  25. 25. Violência contra mulherRAZÕES QUE LEVAM UMA MULHER A CONTINUAR A RELAÇÃO COM O AGRESSOR
  26. 26. Violência contra mulherDe acordo com a pesquisa Mulheres Brasileiras e Gênero nos Espaços Públicoe Privado da Fundação Perseu Abramo e SESC, realizada em 2010, no que dizrespeito à percepção sobre a Violência Doméstica:91% dos homens entrevistados responderam que bater emmulher é errado em qualquer situação;6% afirmaram que “uns tapas de vez em quando é necessário”;48% dos homens entrevistados têm um amigo ou conhecido quejá bateu em alguma mulher;8% dos entrevistados afirmam já ter agredido alguma mulher.Desses, 43% responderam ter agredido por mais de uma vez e15% agrediriam novamente;
  27. 27. Violência contra mulher84% dos entrevistados que já agrediram mulheres responderam ter“dado tapas, empurrões, apertões ou sacudido”;40% das mulheres responderam já ter sofrido alguma violência; 69% das entrevistadas que sofreram violência do tipo física tiveramcomo agressor o marido27% dessas mulheres ainda tem o vínculo de marido com osagressores; 65% das mulheres que foram forçadas a praticar atos sexuais quelhes desagradavam não contaram ou não pediram ajuda aninguém;49% das mulheres que foram agredidas com tapas, empurrões ouapertões não contaram ou não pediram ajuda a ninguém;
  28. 28. Violência contra mulher 58% das mulheres que foram obrigadas ou pressionadas a realizarfavores sexuais em troca de promoção, aumento de salário oupermanência no emprego não contaram ou não pediram ajuda aninguém;A razão predominante apontada pelas mulheres que sofreramalgum tipo de violência é o “controle de fidelidade” ;30% das entrevistadas com até a quarta série de escolaridade nãoconhecem a Lei Maria da Penha;15% das mulheres que sofreram violência física não conhecem oununca ouviram falar da Lei Maria da Penha.
  29. 29. Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DE OCORRÊNCIAS, SEGUNDO A NATUREZA 2004 2005 2006Natureza da Ocorrência Qtd % Qtd % Qtd %Agressão física 193 9,48 181 9,41 129 8,16Ameaça diversas 273 13,41 344 17,88 417 26,39Ameaça de morte 341 16,75 217 11,28 162 10,25Lesão corporal 414 20,33 418 21,73 389 24,62Difamação 185 9,09 93 4,83 26 1,65Outros 622 30,55 671 34,88 455 28,80Ignorado 8 0,39 - 0,00 2 0,13total 2.036 100 1.924 100 1.580 100Fonte: Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) de VitóriaElaboração: Instituto Jones dos Santos Neves
  30. 30. Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DE OCORRÊNCIAS, SEGUNDO RELAÇÃO DA VÍTIMA COM O AUTOR 2004 2005 2006Relação da vítima com o autor Qtd % Qtd % Qtd %Cônjuge 273 18,41 254 18,73 231 19,69Separado 287 19,35 261 19,25 267 22,76União consensual 284 19,15 290 21,39 275 23,44Conhecido 357 24,07 264 19,47 144 12,28Desconhecido 96 6,47 105 7,74 36 3,07Familiares 103 6,95 123 9,07 138 11,76Outros 83 5,60 59 4,35 82 6,99TOTAL 1.483 100 1.356 100 1.173 100Fonte: Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) de VitóriaElaboração: Instituto Jones dos Santos Neves
  31. 31. Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DAS OCORRÊNCIAS, SEGUNDO O SEXO DO AUTOR 2004 2005 2006Sexo do autor Qtd % Qtd % Qtd %Masculino 1.164 77,24 1.153 82,77 1.059 88,99Feminino 309 20,50 230 16,51 120 10,08ignorado 34 2,26 10 0,72 11 0,92TOTAL 1.507 100 1.393 100 1.190 100Fonte: Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) de VitóriaElaboração: Instituto Jones dos Santos Neves
  32. 32. Violência contra mulherNÚMERO E PERCENTUAL DAS OCORRÊNCIAS, SEGUNDO ENCAMINHAMENTO 2004 2005 2006Encaminhamentos Qtd % Qtd % Qtd %Não Representação 1.103 74,38 912 67,26 294 25,06CriminalTermo Circunstanciado 365 24,61 442 32,60 701 59,76Inquérito Policial 15 1,01 2 0,15 178 15,17TOTAL 1.483 100 1.356 100 1.173 100Fonte: Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) de VitóriaElaboração: Instituto Jones dos Santos Neves
  33. 33. Violência contra mulher
  34. 34. Violência contra mulher
  35. 35. Violência contra mulher600 569500400 Tipo de Atendimento300 CAVVID (jan – maio/2011)200100 9 17 7 21 0 Gênero Raça LGBT Paternidade Outros (Doméstica) Responsável Fonte: Centro de Atendimento às Vítimas de Violência e Discriminação - CAVVID
  36. 36. Violência contra mulher Tipo de Violência300 262 (Gênero)250 233200150100 50 35 26 8 5 0 Física Moral Psicológica Patrimonial Sexual Não declarada Fonte: Centro de Atendimento às Vítimas de Violência e Discriminação - CAVVID
  37. 37. Obrigado! Elaboração:Gerencia do Observatório de Direitos Humanos e Segurança Cidadã/ SEMCID Contato: 3314-5156
  38. 38. E-mail do Fórumhomenspelofimdaviolencia@gmail.com

×