Como selecionar o paciente para cirurgia            ou RXT/QT ?             Jefferson Luiz Gross           Núcleo de Pulmã...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?            Cirurgia  principal chance de cura.• Estádio  determinant...
Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão   Paciente com Câncer de Pulmão  Candidatos ao Tratamento Cirúrgico           LIM...
Câncer de Pulmão                               Estadiamento                 Distribuição dos pacientes conforme o estadioF...
Distribution of Selected Cancers by Race and Stage at Diagnosis, United States.From Siegel, R. et al.CA Cancer J Clin 2012...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?      Cirurgia  principal chance de cura.             Limitação pelo e...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• Estadiamento   – TC de tórax   – PET-CT   – RNM do cérebro
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  potenciais candidatos a cirurgia   – N2   – T4• Resultados d...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?                       Andre F. J Clin Oncol, 2000.
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  potenciais candidatos a cirurgia   – N2   – Heterogeneidade ...
Cirurgia “up front” na doença localmente avançada                   Papel da Cirurgia Primária para N2N2 como achado intra...
Cirurgia “up front” na doença localmente avançada                   Papel da Cirurgia Primária para N2N2 como achado intra...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT                   N2 clínico                                       Esta...
Estadiamento invasivo do mediastino• Estadiamento dos linfonodos mediastinais:   –   Tomografia computadorizada.   –   PET...
Diagnóstico no Câncer de Pulmão              Mediastinoscopia    Avaliação dos Linfonodos Mediastinais (N)               M...
Diagnóstico no Câncer de Pulmão                     Mediastinoscopia          Avaliação dos Linfonodos Mediastinais (N)• S...
Diagnóstico no Câncer de Pulmão          Mediastinoscopia       Mediastinoscopia + bxN2                             N0
Diagnóstico no Câncer de Pulmão         Estadiamento invasivo do mediastino              Detterbeck FC et al. CHEST 2007;1...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  N2 “bulky”  RXT + QT
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?        EC III  N2 “bulky”  RXT + QT
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• Estadiamento  – Excluir metástases  – Definir estádio dos linfonodos ...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?      Limitação pela função cardio-pulmonarPacientes com câncer de pulm...
Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão    Avaliação fisiológica dos pacientes candidatos à            cirurgia de ressec...
Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão  Avaliação pré-operatória                                       Câncer de pulmão ...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT        Limitação da cirurgia pela função pulmonar•    Hosp A C Camargo•...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT    Limitação da cirurgia pela função pulmonar    Motivo da não operação...
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT    Limitação da cirurgia pela função pulmonar      Tratamento dos não  ...
RXT+QT
Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT     Limitação da cirurgia pela função pulmonar• Avaliação funcional car...
24   como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt

493
-1

Published on

Published in: Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
493
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt

  1. 1. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT ? Jefferson Luiz Gross Núcleo de Pulmão e Tórax Hospital AC Camargo São Paulo
  2. 2. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT? Cirurgia  principal chance de cura.• Estádio  determinante da tratamento. Carcinoma de células não-pequenas I e II III A III B IV Cirurgia ??? Irressecável Quimioterapia (RXT e QT)
  3. 3. Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão Paciente com Câncer de Pulmão Candidatos ao Tratamento Cirúrgico LIMITAÇÕESEstadiamento Função Cardio- Clínico Pulmonar
  4. 4. Câncer de Pulmão Estadiamento Distribuição dos pacientes conforme o estadioFreqüência (%) EC I EC II EC III EC IV Hospital AC Camargo
  5. 5. Distribution of Selected Cancers by Race and Stage at Diagnosis, United States.From Siegel, R. et al.CA Cancer J Clin 2012;62:10-29.Copyright ©2012 American Cancer Society
  6. 6. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT? Cirurgia  principal chance de cura. Limitação pelo estádio. Carcinoma de células não-pequenas I e II III A III B IVCirurgia ??? Irressecável Quimioterapia (RXT e QT) Seleção Seleção  Cirurgia  Cirurgia RXT/QT RXT/QT
  7. 7. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• Estadiamento – TC de tórax – PET-CT – RNM do cérebro
  8. 8. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  potenciais candidatos a cirurgia – N2 – T4• Resultados de cirurgia primária para N2:
  9. 9. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT? Andre F. J Clin Oncol, 2000.
  10. 10. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  potenciais candidatos a cirurgia – N2 – Heterogeneidade do N2 • Achado pós-operatório • Identificado no intra-operatório • N2 identificado no estadiamento pré-operatório • N2 “bulky”
  11. 11. Cirurgia “up front” na doença localmente avançada Papel da Cirurgia Primária para N2N2 como achado intra-operatório. – Cefolio RJ, et al. Ann Thor Surg, 2008.
  12. 12. Cirurgia “up front” na doença localmente avançada Papel da Cirurgia Primária para N2N2 como achado intra-operatório. – Cefolio RJ, et al. Ann Thor Surg, 2008. Single N2 Multiple N2 p = 0.028
  13. 13. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT N2 clínico Estadiamento do Mediastino Selecionar o paciente para cirurgia
  14. 14. Estadiamento invasivo do mediastino• Estadiamento dos linfonodos mediastinais: – Tomografia computadorizada. – PET-CT. – Mediastinoscopia. – Ultrassonografia endobrônquica. – Ecoendoscopia. – Linfadenectomia videomediastinoscópica. – Mediastinotomia paraesternal (Chamberlaim). – VATS. Considerar FP e FN.Implicações na decisão de tratamento e no prognóstico.
  15. 15. Diagnóstico no Câncer de Pulmão Mediastinoscopia Avaliação dos Linfonodos Mediastinais (N) Métodos invasivos– Métodos não invasivos (CT / PET-CT) • Orientação para LN suspeitos • Localização dos LN suspeitos • Mediastinoscopia (2,4,7) Escolha do melhor exame invasivo • EBUS (2,4,5,6,7) • EUS-NA (5,7,8,9) •Mediastinotomia (5,6)
  16. 16. Diagnóstico no Câncer de Pulmão Mediastinoscopia Avaliação dos Linfonodos Mediastinais (N)• Seleção dos pacientes para estadiamento invasivo:• PET-CT VPNRoberts, 2000 96%Gupta, 2000 98%Poncelet, 2001 94% VPP: 43% a 63%Kernstine, 2002 95%Graeter, 2003 98% Estadiamento invasivo para confirmar o N⊕ no PET-CT
  17. 17. Diagnóstico no Câncer de Pulmão Mediastinoscopia Mediastinoscopia + bxN2 N0
  18. 18. Diagnóstico no Câncer de Pulmão Estadiamento invasivo do mediastino Detterbeck FC et al. CHEST 2007;132:202S-20S.Método n S E FP FN Prev.Mediastinoscopia 6505 78 100 0 11 39EUS 1003 84 99,5 0,7 19 61TBNA 1339 78 99 1 28 75EBUS 918 90 100 0 20 68VATS 419 75 100 0 7 44Chamberlaim 45 86 100 0 11 77
  19. 19. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• EC III  N2 “bulky”  RXT + QT
  20. 20. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT? EC III  N2 “bulky”  RXT + QT
  21. 21. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT?• Estadiamento – Excluir metástases – Definir estádio dos linfonodos mediastinais – Definir extensão do comprometimento dos linfonodos mediastinais – Determinar ressecabilidade.
  22. 22. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT? Limitação pela função cardio-pulmonarPacientes com câncer de pulmão – candidatos à ressecção cirúrgica. 20% Sem função pulmonar para ressecção Função pulmonar OK 80%
  23. 23. Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão Avaliação fisiológica dos pacientes candidatos à cirurgia de ressecção pulmonar • Estimar o risco de mortalidade cirúrgica. • Identificar pacientes funcionalmente incapazes para a ressecção pulmonar proposta.Câncer de pulmão Ressecção cirúrgica : Chance de cura Funcionalmente incapaz .
  24. 24. Tratamento Cirúrgico do Câncer de Pulmão Avaliação pré-operatória Câncer de pulmão ressecável Espirometria Difusão de CO > 60% do predito < 60% do predito Mapeamento Vent / Perf. Cirurgia VEF1 predito VEF1 predito pós-op > 40% pós-op < 40% ErgoespirométricoAblação RXT estereotáxica VO2 max VO2 max RXT > 15 ml/Kg/min < 15 ml/Kg/min RXT/QTDatta D, et al. Chest 2003;123:2096.
  25. 25. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT Limitação da cirurgia pela função pulmonar• Hosp A C Camargo• 1990 a 2001.• n: 218• Estadio favorável à ressecção cirúrgica Operados 187 (85,8%) Não operados 31 (14,2%) . Santos, LS. Dissertação (Mestrado). Fundação Antonio Prudente, 2003.
  26. 26. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT Limitação da cirurgia pela função pulmonar Motivo da não operação n % Baixa reserva pulmonar 20 9,2% Baixa reserva cardíaca 01 0,4% Recusa 10 4,6% .Santos, LS. Dissertação (Mestrado). Fundação Antonio Prudente, 2003.
  27. 27. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT Limitação da cirurgia pela função pulmonar Tratamento dos não % operados (n:31) Radioterapia 81,8% Quimioterapia 28,8% . p<0,01Santos, LS. Dissertação (Mestrado). Fundação Antonio Prudente, 2003.
  28. 28. RXT+QT
  29. 29. Como selecionar o paciente para cirurgia ou RXT/QT Limitação da cirurgia pela função pulmonar• Avaliação funcional cardio-pulmonar.• Definir reserva funcional adequada para a ressecção proposta• Opções de tratamento para os não aptos à cirurgia: – RXT – RXT+QT – RXT estereotáxica – Quimioterapia – Ablação percutânea .
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×