Apresentacao Polilab ABPol Rio/UFRJ

  • 235 views
Uploaded on

Tendencias do mercado de plasticos no segemento automotivo 1999

Tendencias do mercado de plasticos no segemento automotivo 1999

More in: Business , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
235
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Tendências na transformação de plástico na indústria automobilística Fernando J. Novaes UFRJ - IMA Outubro 99
  • 2. Mudanças As mudanças no mercado automobilístico de 1992 até os dias atuais e a concorrência com os produtos importados a partir da abertura econômica iniciada em 1990 provocaram, entre outros, o lançamento de novos modelos de automóveis, os quais incorporam um grande número de novos componentes e materiais. De forma global, tais mudanças na composição dos veículos decorrem do processo constante de inovação tecnológica da indústria automobilística, que busca obter maior economia, leveza, resistência e segurança e adotando uma postura ecológica para seus produtos. Com isso a conseqüente necessidade de acompanhamento da indústria de transformação e fabricantes de polímeros.
  • 3. Crescimento da participação de plásticos nos veículos Vantagens • redução de peso • ausência de corrosão • escala - produtividade • balanço de propriedades • aparência, texturas • custos de reposição • novas tecnologias • reciclabilidade proteção ao meio ambiente
  • 4. Uso de componentes plásticos em automóveis Localização Quantidade de Plásticos - Kg EUA 120 - 90 Europa 100 - 70 Brasil 90 - 60
  • 5. Break Down Gol Geração II Proporção de plásticos utilizados no Gol Geração II - Total de Plásticos: 60 Kg roporç plá Geraç Plá Externas 15% Motor 9% Elétrico 8% Internas 63% Chassi 5% Fonte VW - Tear down Gol 95
  • 6. Break Down Gol Geração II Quantidade de plásticos utilizados no Gol Geração II - Total de Plásticos: 60 Kg plá Geraç Plá Peso (g) 40000 35000 30000 25000 20000 15000 10000 5000 0 ABS ABS / PC ABS SI PBT PC PEAD PEBD PMMA Poliacetal Poliam ida PP PPO / PS PS PVC SANTOPRENE Material Fonte VW - Tear down Gol 95
  • 7. Tendência na montadora • uso de ferramentas de CAE/CAD/CAM • design avançados - cores e texturas • prototipagem rápida • subconjuntos integrados • laterais, portas, tampas - montagem modular • redução de custo • novos materiais - associados a escala • termoplásticos elastômeros • parceria - negociação - OEM único • plásticos de engenharia • reciclagem - meio ambiente
  • 8. Fabricantes de Polímeros A evolução na fabricação de polímeros Expectativa Flexibilidade O que se tem Assistência ao cliente de bom! Competitividade Tecnologia - “grades tropicais “ O que não é Baixos recursos para aplicação em desenvolvimentos aplicaç tão bom! Alto custo Total integração no projeto integraç O que Melhoria tecnológica tecnoló Redução de custo Reduç gostaríamos! Parceria com moldador
  • 9. Moldadores - Visão anos 90 • Adotar Sistema de Gestão • Capacitação Humana e Tecnológica • Parceria
  • 10. Moldadores - Visão anos 00 • Lean Manufacturing - maximizar Produção e Processo • Redução de Custo - criatividade e qualidade para competir com mercados globais • Melhoria da Qualidade - melhoria contínua , estatística e técnicas gerenciais • Gestão de Suprimentos - kan ban, just in time, etc • Total Integração no Projeto - assistência total do tear no projeto • Melhoria Tecnológica - competitividade e inovação • Sustentabilidade - projetos sustentáveis, tripple bottle line • Meio Ambiente - proteção ao meio ambiente e reciclabilidade
  • 11. Tendências Peças de maior porte Melhoria de propriedades Otimização visual e sensitiva Uso de materiais alternativos Reciclabilidade
  • 12. "Quando existe avanço tecnológico sem avanço social, surge quase automaticamente, um aumento da miséria humana." Michael Harrington Rio de Janeiro - Outubro 1999 Fernando Jose Novaes fernando.novaes@polilab.com.br