Otm história

13,832 views

Published on

Otm história

  1. 1. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 1º UNIDADE: 1 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Introdução aos Estudos Históricos ● Estudo sobre o ofício do historiador: a dimensão interpretativa da História – a diversidade de interpretações; correntes historiográficas: o positivismo, o marxismo, os Annales e a Nova História; as fontes históricas. 2. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Relações entre História, tempo e espaço. ● Analise da evolução política e social do Oriente Próximo na Idade Antiga. ● Conhecimento das principais teorias acerca da chegada do Homem à América. 3. Relações de Poder ● Análise das concepções de História que destacam atuações individuais em detrimento de outros grupos. ● Identificação das principais características das legislações na antiguidade oriental relacionando-as com a manutenção da ordem e do privilégio de determinado grupo social. 4. Identidade e Cidadania ● Compreensão da História como uma construção coletiva resultante da ação de todos os homens. ● Estabelecer diferenças entre o papel das mulheres e dos homens na Pré-História e na Idade Antiga nas diversas instâncias da vida social 5. Cultura e Memória ● Compreensão da importância das diversas fontes históricas como fundamentais para a preservação da memória coletiva. ● Relações entre memória social e História. ● Compreensão das mudanças nas relações entre o homem e a natureza e suas repercussões para a vida social.
  2. 2. ● Identificação das principais invenções da Pré-História e seus reflexos nas relações sociais. ● Analise das principais características das religiões antigas e suas influencias no cotidiano das civilizações da Antiguidade ● Estudo da produção arquitetônica da Idade Antiga e o significado dessas construções para a população. ● Análise dos princípios éticos do judaísmo. 6. Trabalho e Relações de Produção ● Estudo das principais conseqüências da Revolução Neolítica. ● Identificação das principais características do Modo de Produção Asiático.
  3. 3. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 1º UNIDADE: 2 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Análise dos principais acontecimentos políticos ocorridos nas cidades-estados gregas. ● Compreensão dos principais acontecimentos que modificaram a estrutura política romana. ● Estudo dos principais aspectos que levaram a decadência do Império Romano do Ocidente. 2. Relações de Poder ● Estudos dos estilos arquitetônicos gregos e seu uso como representação de poder. ● Análise das formas de dominação política e econômica em diferentes cidades-estados gregas. ● Reconhecimento das divergências de interesse entre patrícios e plebeus e sua importância para a organização da estrutura política romana. 3. Identidade e Cidadania ● Compreensão da cidadania a partir da visão ateniense relacionando com as idéias de liberdade e igualdade da atualidade. ● Identificação dos grupos sociais que dispunham de direitos políticos na Grécia Antiga. ● Divergências da prática democrática na Grécia Antiga e a democracia atual. ● Estudo da participação das mulheres na vida social e política em Esparta, Atenas e Roma. 4. Cultura e Memória ● Identificação das contribuições da civilização grega e romana para a construção da cultura ocidental. ● Estudo da literatura grega e suas relações com o processo de formação das cidades- estados. ● Análise da religião grega e romana destacando o politeísmo e o antropocentrismo. ● Estudo dos principais filósofos gregos e suas influências para a formulação do
  4. 4. pensamento ocidental. ● Análise da cultura Helenística e sua importância para a preservação da cultura grega. ● Compreensão dos princípios do cristianismo. ● Identificação das semelhanças entre as arquiteturas gregas e romanas. 5. Trabalho e Relação de Produção ● Identificação das principais características do modo de produção escravista e suas relações para o crescimento econômico de Grécia e Roma.
  5. 5. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 1º UNIDADE: 3 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Análise dos principais motivos que levaram a formação do feudalismo na Europa. ● Análise do processo de expansão do Islamismo relacionado a interesses políticos, econômicos e religiosos. 2. Relações de Poder ● Análise do fortalecimento da Igreja Católica mostrando que o poder que o poder político se confundia com o religioso. ● Compreensão da estrutura política feudal dando destaque a descentralização política. ● Análise do fortalecimento do Islamismo e sua influência política no mundo muçulmano. 3. Identidade e Cidadania ● Compreensão dos conceitos de civilização e barbárie. ● Identificação dos aspectos positivos e negativos das civilizações dando destaque as relações de poder e desigualdade social. ● Destaque da influência religiosa medieval na formação da Identidade individual e coletiva. 4. Cultura e Memória ● Identificação dos principais elementos da cultura romana e bárbara. ● Estudo das principais diferenças da cultura ocidental e oriental no período medieval. ● Estudo das principais características do cristianismo e islamismo. 5. Trabalho e Relações de Produção ● Identificar as principais características do Modo de Produção Feudal.
  6. 6. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 1º UNIDADE: 4 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidade Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Análise do processo de centralização política destacando a aliança entre monarquia, aristocracia e burguesia. ● Compreensão dos fatores que levaram a retomada da vida urbana na Europa no período Medieval. 2. Relações de Poder ● Análise do monopólio da Igreja sobre o saber que passa a ser questionado dando origem a novas concepções de mundo. 3. Identidade e Cidadania ● Análise da participação de novos grupos sociais nas decisões políticas das cidades. ● Estudo sobre a importância da identidade nacional no processo de formação das monarquias nacionais. 4. Cultura e Memória ● Identificação dos principais aspectos da arte bizantina e muçulmana. ● Análise da Influência muçulmana nas diversas áreas da cultura ocidental. ● Identificação das influencias árabes na cultura brasileira. ●Identificação das principais produções culturais e científicas da Idade Média. 5. Trabalho e Relações de Produção ● Estudo das obrigações dos servos e camponeses medievais e sua posição na sociedade estratificada medieval. ● Compreensão das diferenças entre servos e escravos. ● Análise da influência da atividade burguesa no enfraquecimento do poder dos senhores feudais.
  7. 7. Componente Curricular: História Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 2º UNIDADE: 1 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Compreensão do contexto sócio político da Itália no final da Idade Média. ● Análise das idéias dos principais protestantes e sua relação com o pensamento moderno. ● Estudo dos principais fatos do movimento reformista e a Contra-Reforma realizada pela Igreja Católica. ● Análise da ascensão política da burguesia e sua presença no período absolutista. ● Análise do processo de centralização política destacando a unificação monetária, do exercito nacional e a unidade do direito. 2. Relações de Poder ● Análise das principais obras dos pensadores renascentistas e sua relação com o poder e as bases do pensamento político moderno. ● Análise dos fatores que levaram as criticas ao poder da Igreja Católica. 3. Identidade e Cidadania ● Análise do controle do Estado sobre a vida do cidadão. ● Estudo sobre a importância da identidade nacional no processo de formação das monarquias nacionais. 4. Cultura e Memória ● Reflexão sobre o conceito de Renascimento evitando a visão preconceituosa que o termo sugere. ● Estudo das principais produções artísticas, literárias e científicas do período renascentista. ● Análise das mudanças culturais ocorridas no Renascimento e seus reflexos para a modernidade. 5. Trabalho e Relações de Produção ● Análise do movimento reformista em defesa do acúmulo dos lucros da burguesia.
  8. 8. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 2º UNIDADE: 2 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Análise dos conceitos conquista, invasão e descobrimento. ● Estudo dos principais acontecimentos que levaram a expansão marítima e o processo de colonização. ● Análise do Tratado de Tordesilhas e seus reflexos para a organização territorial brasileira. ● Identificação dos principais aspectos da prática mercantilista dos países europeus que foram adotados no Brasil. ● Análise dos principais acontecimentos que levaram a invasão do Brasil pelos holandeses. ● Análise das conseqüências das ações das bandeiras para a expansão dos limites territoriais brasileiro. ● Estudo das conseqüências da descoberta do ouro no Brasil nos diversos aspectos da esfera social. 2. Relações de Poder ● Análise da relação do poder político dos impérios americanos pré-colombianos e sua relação com a religião. ● Identificar os principais elementos do “pacto colonial” 3. Identidade e Cidadania ● Estudo dos conceitos: selvagem e civilização. ● Debate sobre o conceito de “democracia racial”. ● Debates sobre a escravidão negra no Brasil no período colonial, estabelecendo relações com a situação atual e as políticas públicas no elaboradas para promoção da igualdade racial. 4. Cultura e Memória ● Estudo das principais culturas americanas antes da chegada dos europeus. ● Análise da visão européia da cultura ameríndia como inferior.
  9. 9. ● Identificar as principais contribuições culturais dos holandeses no Brasil. ● Estudo das principais características do Barroco e sua relação com o contexto econômico brasileiro. 5. Trabalho e Relações de Produção ● Análise da importância do trabalho escravo para e economia brasileira. ● Identificar as principais produções econômicas brasileira nas diversas regiões do país comparando-as com as atividades atuais das mesmas.
  10. 10. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 2º UNIDADE: 3 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Estudo dos conceitos de Despotismo Esclarecido e suas aplicações no Brasil ● Análise dos principais movimentos de resistência contra Portugal e contra a escravidão no Brasil no século XVIII estabelecendo semelhanças e diferenças entre elas. ● Análise dos acontecimentos que levaram a Inglaterra à Revolução Industrial 4. Relações de Poder ● Identificação dos princípios iluminismo associados aos interesses da burguesia. ● Análise da ação repressora do pacto colonial para evitar a rebeldia dos colonos. ●Reconhecimento dos interesses da burguesia sendo defendidos pelos partidos políticos britânicos formados pela elite estabelecendo comparações com os interesses defendidos atualmente pelos partidos políticos brasileiros. 2. Cultura e Memória ● Análise das principais idéias dos pensadores iluministas. ● Estudo das principais características do estilo neoclássico. ● Identificação das principais produções científicas do período da Revolução Industrial 5. Identidade e Cidadania ● Análise do conceito de liberdade e democracia da Idade Moderna relacionando-os com as práticas atuais. ● Identificação da estrutura social brasileira do século XVIII, marcada pela desigualdade e escravidão dentro de uma proposta de política liberal. ● Análise da importância da organização dos trabalhadores industriais do século XVII tendo em vista a melhoria das condições, redução da exploração capitalista e ampliação da cidadania. ● Identificação dos preconceitos sofridos pelas mulheres e a dificuldade da construção da cidadania feminina no século XVIII estabelecendo relações com os avanços conquistados nos últimos anos
  11. 11. 3. Trabalho e Relações de Produção ●Estudo dos principais acontecimentos que levaram a mudança da mão de obra escrava para a assalariada no processo de Revolução Industrial. ●Análise da inclusão do trabalho feminino e infantil no processo de produção nas Indústrias. ● Análise das condições de trabalho durante o processo de Revolução Industrial estabelecendo comparações com a situação do trabalhador atualmente
  12. 12. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 2º UNIDADE: 4 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ●Análise da influência das idéias liberais no processo de libertação das antigas colônias européias. ●Estudo do conceito de Revolução ●Análise das causas e conseqüências da Revolução Americana, Inglesa e Francesa 4. Relações de Poder ●Identificação dos principais aspectos do monopólio político e econômico exercido pela metrópole que estimularam as lutas pela emancipação das colônias ●Estudo da hegemonia política e economia exercida pela burguesia no século XVIII, seus projetos políticos e suas dissidências internas. ●Análise das alianças políticas ocorridas em cada fase da Revolução Francesa relacionando com as realizadas atualmente. ●Associação do governo de Napoleão à consolidação do poder político da burguesia. 2. Cultura e Memória ● Estudo da importância cultural francesa para a Europa no século XVIII, levando em consideração o pensamento iluminista e sua influencia no processo de emancipação das colônias americanas. ●Análise de imagens envolvendo o conflito entre os diversos grupos sociais franceses e ingleses no século XVIII 5. Identidade e Cidadania ●Debates sobre a questão do negro no Brasil atualmente. ●Compreensão da organização política francesa no século XVIII destacando a classificação de partidos de direita e esquerda atualmente. ●Debates da importância da participação popular para a organização política de um país. ●Análise dos princípios Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão relacionando com a isonomia e liberdade presentes na Constituição Brasileira.
  13. 13. 3. Trabalho e Relações de Produção ●Estudo do conceito de plantation ●Diferenciação da situação do negro nas colônias do Sul e do norte dos Estados Unidos no século XVIII
  14. 14. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 3º UNIDADE: 1 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Relativização dos conceitos de moderno e tradicional. ● Discussão do conceito de resistência a partir da luta travada pelos próprios escravos e pelo movimento abolicionista. ● Identificação das mudanças e permanências na passagem do Império para a República. ● Identificação da heterogeneidade de visões quanto ao modelo de república que deveria ser implantado no Brasil. 2. Cultura e Memória ● Compreensão da construção dos conceitos de moderno, modernização, modernismo e modernidade e da sua influência no imaginário, nas práticas e pensamentos do cotidiano do final do século XIX e início do século XX. ● Relação entre ciência e indústria e o uso das novas tecnologias: as descobertas de Einstein, na Física, e as de Freud, no campo da Psicologia. ● Discussão sobre as unificações italiana e alemã tendo em vista a questão da identidade cultural desses povos. ● Compreensão do Romantismo como um movimento de contestação ao racionalismo. ● Caracterização dos movimentos literários e artísticos do século XIX com destaque as suas relações com o contexto histórico: a pintura realista e sua inspiração na vida cotidiana; a literatura: Stendhal (O vermelho e o negro), Balzac (A comédia humana) e Flaubert (Madame Bovary), na França; Thomas Mann (Os Buddenbrooks), na Alemanha; Dostoievski (Os irmãos Karamazov), na Rússia. os impressionistas e o rompimento com os padrões acadêmicos. ● Reconhecimento de algumas características da era imperialista: o crescimento das cidades e a formação de um mercado e de uma cultura de massas. ● Caracterização das trajetórias e contribuições culturais dos diferentes grupos de
  15. 15. imigrantes que se fixaram no Brasil. 3. Trabalho e Relações de Produção ● Caracterização da Segunda Revolução Industrial e suas repercussões dentro e fora da Europa. ● Diferenciação dos principais tipos de empresas monopolistas surgidos no século XIX. ● Reflexão sobre os fatores que favoreceram a imigração européia para o Brasil. ● Caracterização da indústria e da classe operária brasileira do início do século XX. 4. Relações de Poder ● Compreensão dos movimentos revolucionários do século XIX (1820, 1830 e 1848) na Europa, quanto a suas motivações, reivindicações e idéias. ● Reflexão sobre o posicionamento da burguesia frente aos movimentos revolucionários do século XIX (1820, 1830 e 1848) na Europa: o temor diante dos movimentos que partiam para a radicalização e ameaçasse a dominação burguesa; as alianças entre burguesia e conservadores para impedir ampliações dos direitos políticos e sociais. ● Exemplos de imperialismo na Ásia, África e Oceania. ● Análise sobre o crescimento econômico dos Estados Unidos no final do século XIX e sua política intervencionista na América. ● Identificação dos principais fatores que favoreceram o enfraquecimento do Império e a proclamação da República no Brasil. ● Relação entre abolicionismo e republicanismo. ● Caracterização do regime republicano implantado no Brasil em 1889: a permanência do modelo econômico agrário exportador; o sistema eleitoral elitista controlado pelos coronéis; a sociedade patriarcal, antidemocrática e com forte mentalidade escravista. 5. Identidade e Cidadania ● Percepção do impacto da Segunda Revolução Industrial sobre o meio ambiente. ● Discussão sobre a ideologia da superioridade racial presente no pensamento europeu do século XIX como uma das bases da dominação imperialista nas áreas ocupadas. ● Discussão em torno do significado a Lei Áurea.
  16. 16. ● Reflexão sobre a política de incentivo à imigração como expressão do projeto das elites de “branquear” o país, imprimindo-lhe uma aparência européia, identificando nesse processo o acirramento do preconceito racial no Brasil. ● Discussão sobre a conquista de alguns direitos trabalhistas encampados pelos movimentos operários do início da República, como a jornada de trabalho de 8 horas e o descanso semanal remunerado.
  17. 17. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 3º UNIDADE: 2 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Compreensão dos Estados Nacionais como construções históricas, apresentando exemplos extraídos do mapa político da Europa antes e depois da Primeira Guerra Mundial. ● Localização no tempo dos principais acontecimentos da Primeira Guerra Mundial. ● Discussão do conceito de revolução, a partir da Revolução Bolchevique de 1917. ● Discussão do conceito de resistência a partir dos movimentos de contestação à República Oligárquica. ● Análise do debate historiográfico a respeito do ocorrido em 1930 no Brasil: Revolução de 30 ou Movimento de 30? ● Estudo da noção de simultaneidade a partir da inserção do governo Vargas no contexto mundial. 2. Cultura e Memória ● Compreensão da Belle Époque como um período de extrema euforia e otimismo em relação ao futuro da civilização burguesa. ● Análise do uso das invenções tecnológicas nos combates da Primeira Guerra Mundial: os tanques de guerra e os aviões. ● Caracterização do movimento modernista no Brasil: a Semana de Arte Moderna de 1922. ● Contextualização do surgimento do Jazz. ● Reflexão sobre o uso do esporte e da propaganda como forma de disseminação de idéias políticas. ● Caracterização dos elementos da produção cultural da Era Vargas: a popularização do rádio; a função cultural e o uso político do rádio 3. Trabalho e Relações de Produção
  18. 18. ● Análise sobre o processo de mobilização da população para a composição dos exércitos e a produção econômica interna dos países envolvidos na Primeira Guerra Mundial. ● Estudo sobre a Crise de 1929 e o New Deal. ● Identificação dos efeitos da Grande Depressão nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, enfatizando o Brasil. ● Estudo da política de industrialização na Era Vargas. ● Estudo das Leis trabalhistas da Era Vargas. 4. Relações de Poder ● Identificação dos principais fatores que levaram à Primeira Guerra Mundial e suas conseqüências. ● Identificação das circunstâncias que favoreceram a Revolução Bolchevique de 1917. ● Caracterização do regime político-econômico e ideológico implantado na Rússia durante os primeiros anos após a Revolução Bolchevique de 1917 (de Lênin à Stalin). ● Estudo sobre os movimentos de contestação à República Oligárquica: Canudos, Contestado e o Cangaço, no campo; A Revolta da Vacina e o Movimento Operário, na cidade; A Revolta da Chibata e o Tenentismo, nos meios militares. ● Caracterização dos regimes totalitaristas: existência de um partido único, monopolizado pelo Estado; ideologia assentada no autoritarismo estatal; intervenção do Estado nas instâncias político-econômica e social; culto ao chefe; aniquilamento das oposições, por meio da força e dos instrumentos de propagando política. ● Relação entre o fascismo italiano e o nazismo alemão. ● Exemplo de fascismo em outros países: o franquismo na Espanha; o salazarismo em Portugal; o integralismo no Brasil. ● Caracterização do Estado Novo do ponto de vista político-econômico e social: a Constituição de 1937; o intervencionismo do Estado na economia; a legislação social: o Estado como “benfeitor” dos desfavorecidos. 5. Identidade e Cidadania ● Promoção de uma cultura de paz, desenvolvendo atitudes de repúdios às guerras e outras formas de violência, e de valorização do diálogo, da tolerância e da justiça.
  19. 19. ● Discussão sobre a participação popular, inclusive das mulheres, na Revolução Bolchevique de 1917. ● Relação da guerra de Canudos e o Cangaço a partir do quadro sócio-econômico e político do Sertão nordestino no início do regime republicano. ● Compreensão da importância dos direitos humanos em contraposição a experiência vivida pelos grupos sociais, povos e pessoas que tenham sofrido a opressão do totalitarismo, a perseguição política e a restrição dos direitos humanos. ● Estudo sobre o direito de voto feminino no Brasil.
  20. 20. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 3º UNIDADE: 3 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Reconhecimento dos principais acontecimentos da Segunda Guerra Mundial. ● Reflexão sobre o significado da derrota do Eixo para os vencedores, os vencidos e o resto do mundo. ● Discussão dos blocos conceituais dominação/resistência e mudanças/permanências com bases nos processos de descolinzação da África e da Ásia. ● Discussão dos processos históricos que levaram a implantação do socialismo na China e em Cuba. ● Identificação das mudanças e permanências nos países após a implantação do socialismo: os casos da China e de Cuba. 2. Cultura e Memória ● Reflexão sobre o papel da produção cultural, ciência, esportes e propaganda como estratégias ideológicas utilizadas pelos Estados Unidos e União Soviética durante a Guerra Fria. ● Relação entre a construção de Brasília e a idéia de modernidade: o plano piloto de Lúcio Costa e os projetos arquitetônicos de Oscar Niemayer; a concepção de cidade compatível com a modernização. ● Contextualização do surgimento da Bossa Nova. ● Estudo sobre as principais manifestações artísticas e culturais no Brasil (1945-1964): o Movimento de Educação de Base; o Movimento de Cultura Popular; o Centro Popular de Cultura. ● Analise sobre os movimentos deflagrados em 1968: os movimentos contra a sociedade de consumo, contra a violência, contra o autoritarismo; a participação de intelectuais, de estudantes e das chamadas minorias.
  21. 21. a dimensão social das manifestações culturais. 3. Trabalho e Relações de Produção ● Caracterização da economia socialista na União Soviética: a intervenção do Estado na economia; a NEP; os Planos Qüinqüenais. ● Estudo sobre o Plano Marshall. ● Caracterização da política econômica do governo Dutra: a liberação das importações, o desequilíbrio na balança comercial e a inflação. ● Estudo sobre o varguismo: as ligações estreitas com os trabalhadores assalariados; o discurso nacionalista contra à entrada de capitais estrangeiros; ● Análise critica do Plano de Metas realizado no governo Juscelino Kubitschek: a consagração do modelo desenvolvimentista nacionalista e a entrada do capital estrangeiro. ● Identificação das dificuldades do governo Jânio Quadros frente à crise financeira. ● Caracterização das Reformas de Base propostas pelo governo João Goulart no âmbito econômico. 4. Relações de Poder ● Identificação dos resultados da Segunda Guerra Mundial na configuração do mundo bipolar. ● Significação da Guerra Fria como continuidade das disputas imperialistas e das políticas intervencionistas das grandes potências. ● Estudo sobre os conflitos militares durante a Guerra Fria: o caso da Guerra do Vietnã e da Guerra da Coréia. ● Identificação dos fatores que levaram aos processos de descolonização na África e na Ásia. ● Análise sobre o governo sandinista: o apoio estadunidense aos adversários do governo instalado na Nicarágua em 1979. ● Estudo sobre a experiência socialista chilena (1970/1973). ● Estudo sobre o governo Dutra: a aproximação com os Estados Unidos; o rompimento das relações diplomáticas com a União Soviética; a ilegalidade do PCB. ● Relações entre o segundo governo Vargas e as elites brasileiras. ● Análise do discurso modernizador de Juscelino Kubitschek: “cinqüenta anos de
  22. 22. progresso em cinco anos de governo”. ● Reflexão sobre a política externa, marcada pela ambigüidade, do Governo Jânio Quadros. ● Estudo sobre a instabilidade política durante o governo de João Goulart: a acusação de querer estruturar uma República Sindicalista. 5. Identidade e Cidadania ● Compreensão e valorização das normas que regulam a convivência dos grupos humanos, a importância do diálogo e das formas democráticas como mecanismos de resolução de conflitos. ● Reconhecimento dos direitos universais das pessoas e das nações. ● Promoção da paz social, da democracia e do respeito à pessoa humana. ● Promoção de atitudes de repúdio ao racismo e à segregação racial, usando como exemplo o regime apartheid, na África do Sul. ● Reflexão sobre os problemas socioeconômicos comuns às populações menos favorecidas de diferentes partes do globo. ● Estudo sobre a luta pela terra no Brasil: o caso das Ligas Camponesas.
  23. 23. Componente Curricular: História ENSINO MÉDIO ANO 3º UNIDADE: 4 ORIENTAÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS 1. Temporalidades Históricas e Processos Históricos ● Relações entre passado e presente. ● Localização no tempo e relação entre as ditaduras militares na América Latina: Guatemala (1963); El Salvador (1961); Nicarágua (1979); Panamá (1968); Jamaica (1976); Honduras (1963); Haiti (1956); República Dominicana (1963); Venezuela (1958); Colômbia (1953); Equador (1971); Peru (1968); Bolívia (1971); Paraguai (1954); Chile (1973); Argentina (1976); Uruguai (1978); Brasil (1964). ● Identificação e ordenamento dos principais acontecimentos políticos do Brasil entre 1964 e 1988. ● Discussão do conceito de processo histórico a partir da distensão política proposta pelo governo Geisel e assumida também por Figueiredo. ● Discussão do conceito resistência a partir da atuação dos movimentos sociais contra a ditadura militar no Brasil. ● Compreensão da cronologia da história política recente do Brasil e inseri-la no contexto das mudanças internacionais. 2. Cultura e Memória ● Análise das principais produções culturais do Brasil do período da ditadura militar, relacionado-as com as condições da época: a música de protesto; a Jovem Guarda; o Tropicalismo; o Cinema Novo. ● Estudo sobre a censura à imprensa durante os governos militares no Brasil: os espaços alternativos criados pela imprensa para fazer suas críticas. ● Caracterização do processo de “retomada” da produção cinematográfica nacional. ● Análise da mídia como grande formadora de opinião pública. 3. Trabalho e Relações de Produção
  24. 24. ● Descrição do modelo de desenvolvimento econômico proposto pelos governos militares no Brasil: a concentração de renda e abertura ao capital externo. ● Estudo sobre o controle exercido pelos governos militares em relação aos sindicatos. ● Caracterização da economia brasileira durante os governos militares: o aumento da inflação e da dívida pública. ● Estudo sobre as grandes greves metalúrgicas. ● Estudo sobre as reformas de Gorbachev na União Soviética: a Perestroika. ● Identificação dos planos econômicos brasileiros contemporâneos: o Plano Cruzado; o Plano Bresser; o Plano Verão; o Plano Collor; o Plano Collor II; o Plano Real. ● Análise sobre o desemprego estrutural e as mudanças que têm marcado as relações de trabalho: a prática da terceirização, o enfraquecimento das entidades sindicais e o crescimento do trabalho informal. ● Identificação das principais características do processo de globalização: a formação e a composição dos blocos econômicos. ● Debate sobre o processo de privatização levantando seus vários aspectos e implicações. 4. Relações de Poder ● Compreensão do contexto que tornou possível o golpe civil-militar de 1964: a aliança política com participação de grupos da burguesia, da classe média e das forças militares. ● Caracterização do regime político implantado no Brasil em 1964. ● Identificação da participação das diversas instituições contra os governos militares: os sindicatos, a Ordem dos Advogados do Brasil, a União Nacional dos Estudantes, a Associação Brasileira de Imprensa, os grupos da Igreja que se posicionaram contra a repressão. ● Estudo sobre a atuação dos partidos políticos durante a ditadura militar no Brasil: o Movimento Democrático Brasileiro (único partido de oposição legalmente reconhecido) e os muitos outros que atuavam na clandestinidade. ● Análise sobre o processo de redemocratização do Brasil: a campanha Diretas Já; o governo Sarney; a Constituição de 1988.
  25. 25. ● Estudo sobre as reformas de Gorbachev na União Soviética: a Glasnost. ● Compreensão dos processos de reunificação da Alemanha, do fim da União Soviética e desmembramento da Iugoslávia. ● Análise sobre os governos brasileiros contemporâneos: o governo Fernando Collor; o governo Fernando Henrique Cardoso; o governo Lula da Silva. ● Compreensão das origens dos conflitos no Oriente Médio, especialmente a guerra entre israelenses e palestinos. ● Problematização da nova ordem mundial: hegemonia estadunidense ou mundo multipolar? 5. Identidade e Cidadania ● Valorização dos ideais de democracia e justiça social. ● Valorização da justiça e do repúdio às situações de desrespeito à vida humana, enfatizando a questão da tortura. ● Questionamento das visões preconceituosas e imagens estereotipadas dos povos do Oriente Médio. ● Difusão do respeito à diversidade cultural. ● Discussão da temática fome, estimulando uma prática solidária, superando o individualismo, a indiferença e a omissão. ● Promoção do conceito de desenvolvimento sustentável, elencando atitudes de responsabilidade com o meio ambiente e com o bem-estar de cada um e da coletividade.

×