Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
O macaco de rabo cortado
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

O macaco de rabo cortado

  • 3,813 views
Published

 

Published in Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,813
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6

Actions

Shares
Downloads
54
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O MACACO DE RABO CORTADO
  • 2. Era uma vez um macaco com bata e sacola e fingia que ia para a escola. Ah…Ah…Ah… Ah…Ah…Ah… Olha um Um macaco macaco com com o rabo um rabo muito tão grande! comprido. Vou ao Ah…Ah...Ah… barbeiro. Macaco escondido com o rabo de fora.
  • 3. O macaco foi ao barbeiro e… Quero que me corte o rabo bem rentinho, se faz favor. É para já. Sente-se nesta cadeira, se faz favor.
  • 4. À esquina de uma rua… Macaco sem rabo é como um burro sem orelhas. Ah…Ah..Ah… Estás tão feio sem rabo. Se gozam comigo sem rabo, vou ao barbeiro.
  • 5. No barbeiro… Ó barbeiro, quero o meu rabo.Está no lixo e ocamião levou-o. Não me dá o meu rabo, eu levo-lhe uma navalha.
  • 6. O macaco foi a uma peixaria e… Macaco, que bela navalha!Dás-me essa navalha? Sim, minha senhora.
  • 7. De mãos a abanar é que é bom passear. Que estúpido que fui. Dei a minha navalha e não recebi nada em troca. Vou buscar a minha navalha.
  • 8. Mais tarde, o macaco queria de novo a navalha para si. Eu parti a sua navalha. Minha senhora, eu quero a minha navalha. Se não me dá a minha navalha, eu levo-lhe uma sardinha.
  • 9. Depois de sair da peixaria, o macaco encontrou uma padaria e…e… Ora viva, senhor macaco, pode-me dar essa sardinha, para comer com o meu pãozinho? Claro que sim, minha senhora.
  • 10. De mãos a abanar é que é bom passear. Que estúpido que fui. Dei a minha sardinha e não recebi nada em troca. Vou buscar a minha sardinha.
  • 11. Mais tarde, o macaco queria a sardinha. Vou tirar-lhe um Minha senhora , Não a tenho, saco de farinha. quero a minha porque a comi sardinha. com o meu pão. Não senhor macaco! Eu preciso da farinha.
  • 12. O macaco andou, andou e encontrou uma escola. Senhor macaco, por favor dê-me esse saco de farinha, para fazer bolinhos para os meus alunos. Sim senhora professora. Tome lá o saco da farinha e faça muitos bolinhos.
  • 13. De mãos a abanar é que é bom passear. Que estúpido que fui. Dei a minha farinha e não recebi nada em troca. Vou buscar a minha farinha.
  • 14. O macaco voltou à escola… Senhora professora, quero o meu saco de Mas… mas… eu já farinha, de volta. não tenho a farinha. Gastei-a toda.
  • 15. Oh não!!!! Se não me dá a Não me leveminha farinha, então nenhuma menina. levo-lhe uma menina.
  • 16. O macaco passou por uma lavandaria… Bom dia macaco. Pode-me dar essa menina? Assim terei alguém para me ajudar a lavar a roupa . Eu dou-lhe, senhora lavadeira.
  • 17. De mãos a abanar é que é bom passear. Que estúpido que fui. Dei a minha menina e não recebi nada em troca. Vou buscar a minha menina.
  • 18. E lá foi o macaco à lavandaria. Minha senhora , eu Mas a menina não quero de volta a está cá. Ela foi para minha menina. a escola.Então se ela não está cá, eu vou levar-lhe uma camisa. Não faça isso senhor macaco, porque o senhor da camisa não me vai pagar.
  • 19. O macaco andou….andou…andou e encontrou um mendigo a tocar viola. Senhor macaco, pode-me dar essa camisa, pois a minha está toda rasgada? Dou sim senhor mendigo. Olhe que é de boa qualidade e está bem lavadinha.
  • 20. De mãos a abanar é que é bom passear. Que estúpido que fui. Dei a minha camisa e não recebi nada em troca. Vou buscar a minha camisa.
  • 21. Senhor mendigo, dê-me a minha camisa, de volta, se faz favor. Senhor macaco, a sua camisa já está toda suja e rasgou-se. Senhor mendigo , não quero a camisa, suja e rasgada, por isso, vou levar a sua viola. Por favor, senhor macaco não leve a minha viola. Ela é o meu sustento. Como irei ganhar dinheiro?
  • 22. O macaco como já estava muito cansado, subiu para cima de um telhado e começou a cantar…
  • 23. Trabalho realizado pelo 3º A da Escola E.B.1/J.I. Cesário Verde Professora Maria José F. Diegues Apoio Técnico : Hugo F. Diegues