Your SlideShare is downloading. ×
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Bibioteca Escolar - Tabela Matriz
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Bibioteca Escolar - Tabela Matriz

1,094

Published on

Biblioteca Escolar: pontos fortes, fraquezas, oportunidades/ameaças e desafios principais que o professor bibliotecário e a biblioteca escolar enfrentam no contexto da mudança.

Biblioteca Escolar: pontos fortes, fraquezas, oportunidades/ameaças e desafios principais que o professor bibliotecário e a biblioteca escolar enfrentam no contexto da mudança.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,094
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Conhecimento na área Biblioteca escolar Aspectos críticos que a Literatura Desafios. Acções Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças identifica a implementar - Qualificação do - Facilitam um - Disponibilidade - Formação - Aceitação, da -Formação Competências do professor conhecimento para a mudança contínua parte dos /actualização professor bibliotecário bibliotecário; profundo da contextualizada; docentes, alunos e permanente; - Forte vontade de escola, do seu - Cooperação funcionários, do - Promover a promover a contexto, do seu entre pares papel central da planificação mudança; currículo e das BE na escola e, baseada no - Competente em suas consequentement currículo e formas literacia da necessidades. e, do papel do de interacção do informação; - Promovem um professor mesmo pela - Postura modelo bibliotecário comunidade investigativa; construtivista do enquanto agente docente. - Abertura ao conhecimento fulcral do diálogo; desenvolvimento - Capacidade de e articulação envolvimento curricular. com a comunidade/estab elecer parcerias (entender o professor e o
  • 2. Conhecimento na área Biblioteca escolar aluno como parceiros) e co- responsabilidade; - Conhecimento de técnicas de marketing; - Ser líder na escola (pelo que deve integrar, por exemplo, o CP), ser visionário e partilhar a sua visão com os outros; - Assumir-se como co- educador, o que significa conhecer o ensino, colaborar com os professores da sala de aula; - Ser elo de ligação entre alunos, professores; - Ser gestor do
  • 3. Conhecimento na área Biblioteca escolar conhecimento disponível e criar contextos de aprendizagem efectivos, planificando, implementando, avaliando e divulgando o seu trabalho; - Ir de encontro às necessidades dos alunos; - ser proactivo face ao potencial do(s) contexto(s) on-line e colaborar com os responsáveis pelo seu desenvolvimento; - Capacidade de actualizar-se face ao novo/estar na vanguarda das literacias da informação.
  • 4. Conhecimento na área Biblioteca escolar - Aspectos relativos a política, planificação, - Novo quadro finanças e - Apesar do novo legal permitiu a orçamento, quadro legal, - Um prof. Bib. a afectação de recursos humanos continua a existir tempo inteiro e professores -Nova visão do (gestão da equipa) em algumas BE com formação bibliotecários às papel das e materiais (fundo escassez de horas adequada poderá BE; bibliotecas a documental, ....) para os prof.bib. promover de - Elementos que - Professores depender da - Gestão do gerirem a(s) modo mais compõem a bibliotecários estratégia de Organização e Gestão da espaço. BE(s); adequado a gestão equipa da BE sem integram CP; marketing BE - Afectação de - Indefinição dos recursos, formação para o desencadeada pela - A nível da RBE um professor orçamental espaço, desempenho das equipa da BE; existe apoio bibliotecário (frequentemente orçamentos, suas funções - dotação facilitado através qualificado e de não existe nas actividades; orçamental para a do uma equipa que escolas um -uma equipa BE. acompanhamento assegure as orçamento diversificada e das rotinas inerentes à específico para a com formação. coordenadoras gestão, que BE) concelhias. articule e trabalhe com a escola, professores e alunos. - BE enquanto - Elemento na - A presença do - Dificuldade de - Planificar o Gestão da Colecção - Conhecimento centro de recursos equipa disponível professor bib. em articulação entre trabalho de
  • 5. Conhecimento na área Biblioteca escolar do PEE a facilitar adequados aos e com reuniões dos as estruturas; identificação de a identificação de seus utilizadores; conhecimentos de diferentes - necessidades; necessidades para - A Rede das catalogação; departamentos; Indisponibilidade - Solicitar o a constituição Bibliotecas - Trabalho - a existência na de alguns actores trabalho adequada da Escolares, através articulado com as equipa de um educativos para o colaborativo (a colecção e a do seu site, diferentes funcionário com trabalho nível das promover uma propõe estruturas formação em colaborativo que diferentes gestão eficaz do documentação (essencialmente catalogação. se requer na estruturas); currículo: que auxilia o prof. com os definição, - Estabelecer a) Aquisição de Bib. Na tarefa de departamentos) da manutenção de regras para documentos livro gerir escola a permitir uma colecção(?). aquisição de e não-livro; adequadamente a uma gestão documentos; b) Gestão da sua colecção. adequada da - Definir modos informação de colecção de circulação de conteúdos documentos entre multidisciplinares Bibliotecas. educacionais -Organização e equipamento de acordo com os standards definidos, facultando condições de acesso e de trabalho individual ou em
  • 6. Conhecimento na área Biblioteca escolar grupo; -Disponibilização de um conjunto de recursos de informação, em diferentes ambientes e suportes, actualizada e em extensão e qualidade adequadas às necessidades dos utilizadores; - Prever formas de circulação de documentos entre BEs e a BM; - Documento de desenvolvimento e gestão da colecção; -definição de política comum de gestão da colecção (parceria entre BEs e BMs)
  • 7. Conhecimento na área Biblioteca escolar - Catálogo informatizado. A BE como espaço de - Algumas - é importante - Falta de - Reuniões de - Uma ameaça - Definir um conhecimento e palavras-chave de reforçar o disponibilidade Departamento, não óbvia, mas plano de actuação aprendizagem. Trabalho Ross Todd: cumprimento de dos docentes Conselho de que me parece articulado e colaborativo e articulado Knowledge space uma necessidade (tempo, por Docentes, importante, integrado; com Departamentos e (o trabalho prevista no exemplo, mas não Conselhos de parece-me estar - Participar em docentes. articulado e quadro legal: a só...) para a Turma são no facto de o momentos de colaborativo entre representação do articulação. momentos em que trabalho planificação a equipa da BE e prof.bib. no se pode propor a desenvolvido na conjunta; os docentes das Conselho articulação e BE ainda não ser - Dialogar diferentes áreas Pedagógico. propor a assumido como informalmente curriculares para colaboração com integrador do com os a construção de os docentes. processo de professores; melhores ensino- - Mostrar-se práticas), aprendizagem. disponível para Connections ( a colaborar nas exploração dos diferentes etapas diferentes do trabalho. recursos da BE na construção do conhecimento: o recurso-livro, o recurso-internet, …o desenvolvimento de competências
  • 8. Conhecimento na área Biblioteca escolar transversais que permitam a utilização de todos estes recursos na construção do conhecimento), Actions (a súmula do que as anteriores palavras-chave pressupõem). - Gestão dos currículos em articulação com o projecto de escola, departamentos, professores; - Colaboração com os professores para o desenvolvimento de boas experiências de aprendizagem
  • 9. Conhecimento na área Biblioteca escolar para os alunos. Formação para a leitura e - As novas - É a maior - Actualização - o apelo - Aula de porta - Plano de para as literacias tecnologias solicitação por dos fundos tecnológico pode fechada para o desenvolvimento competem com o parte de alunos e documentais a jogar a favor da mundo, de literacias livro com, mas este professores. depender da promoção de exclusivamente (integrando o PEE não pode perder o dotação competências e na sala de aula, e desenvolvido seu lugar na nossa cultura: orçamental e de hábitos de leitura: sem recurso a através de - A aprendizagem concursos que poderão os e- novas tecnologias trabalho da leitura e da incrementem o books não ter que concorrem, articulado com os escrita, o orçamento para a grande sucesso, junto dos alunos, diferentes desenvolvimento aquisição de mas há a procura com o livro (no docentes); do gosto pela livros, revistas, ... de blogs com seu formato - Metodologias leitura e pela - Ainda não é divulgação de tradicional, construtivistas escrita, a fácil levar a aula à leituras, há “A enquanto - Comunidades divulgação da BE para que se História do ferramenta de leitoras, literatura, o desenvolva a Dia”, ... trabalho/estudo). - Envolvimento desenvolvimento de actuação - Metodologias dos pais competências de pesquisa, recolha, curricular tradicionais tratamento e interdisciplinar divulgação de que promove o informação desenvolvimento competem, de das diferentes forma saudável, literacias. com as mais modernas tecnologias: a pesquisa, tratamento e
  • 10. Conhecimento na área Biblioteca escolar divulgação da informação nos jornais on-line, a e- literatura, o correio electrónico… - Envolve um elevado grau de actividade cognitiva e uma mudança na abordagem dos conteúdos; - Favorece uma melhor formação dos alunos numa sociedade que requer cidadãos dotados de destrezas para a consulta eficaz das diferentes fontes informativas, a selecção crítica das informações e a re-construção do conhecimento;
  • 11. Conhecimento na área Biblioteca escolar BE e os novos ambientes - Requer o - Melhoria da - Alguns docentes - Áreas - A efectivação da Tal como no digitais. desenvolvimento formação dos consideram que Curriculares não exploração dos ponto anterior: de competências alunos numa se “perde” muito Disciplinares, ambientes digitais - Plano de de literacia da sociedade que tempo na espaços de modo desenvolvimento informação em requer cidadãos utilização dos privilegiados para sistematizado, de literacias contexto dotados de recursos o articulado, (integrando o PEE curricular; destrezas para a digitais…. desenvolvimento integrado e eficaz. e desenvolvido - Promove consulta eficaz de diferentes através de mudanças no das diferentes competências trabalho papel do fontes transversais ao articulado com os professor informativas, a conhecimento e diferentes bibliotecário e selecção crítica promotoras do docentes); requer um grau das informações e desenvolvimento - Metodologias elevado de a re-construção das diferentes construtivistas cooperação com do conhecimento. literacias, - Potenciar e os professores na nomeadamente da melhorar as BE introdução dessas literacia da quanto aos níveis mudanças a nível informação. de utilização e do currículo; Também é neste incorporação na - Favorece uma espaço da NAC prática dos melhor formação que os profs se referidos dos alunos numa predispõem mais recursos; sociedade que a recorrer aos - Divulgar junto requer cidadãos novos ambientes dos dotados de digitais. departamentos o destrezas para a - Plano tipo de trabalho a consulta eficaz Tecnológico para desenvolver na
  • 12. Conhecimento na área Biblioteca escolar das diferentes renovação dos BE e a articulação fontes recursos com os docentes informativas, a informáticos; no processo de selecção crítica - parcerias. desenvolvimento das informações e curricular, a re-construção inclusive através do conhecimento; do apoio a - Novos meios de projectos. criar leitores através de websites interactivos (Web 2.0); - Envolvimento dos alunos na selecção dos sítios/possibilidad e de construção dos seus próprios sítios; - A importância das TICs na BE (base para a incorporação na educação de um uso adequado das TIC ao facilitar a
  • 13. Conhecimento na área Biblioteca escolar possibilidade de acesso igualitário aos recursos e à cultura, independentement e da condição socioeconómica do aluno e actuando como agente de compensação social). -Importância do PTE na BE (a nível de apetrechamento de recursos digitais e de desenvolvimento de metodologias que integrem os novos ambientes na rotina dos alunos). Gestão de evidências/ - Ênfase na auto- - Existência de - Modelo de - a presente - Os resultados Formação na avaliação. avaliação: fases um modelo de autoavaliação formação na não potenciarem a modalidade b-
  • 14. Conhecimento na área Biblioteca escolar de diagnóstico de autoavaliação pressupõe alguma modalidade b- reflexão sobre os learning para os situação, (RBE) formação em learning; procedimentos elementos da regulação do - Conhecimento avaliação para - a constituição de que visam equipa da BE. processo e do impacto da BE que se produza uma equipa com melhorar a sua avaliação final. no sucesso dos um trabalho docentes que performance. - Gestão da alunos; credível. detenham algum - Não se avaliação - Regulação - Dispersão de tipo de formação promover o (instrumentos, /reformulação do evidências em avaliação. benchmarking. público-alvo, plano de acção (registo de actas, diferentes tipos de visando melhoria; encontros, evidências a - benchmarking. requisições de recolher); diferentes - Considerar recursos, …) inputs, outputs e torna moroso o resultados (retirar trabalho de benefícios dos autoavaliação; resultados da - envolvimento da avaliação) escola no - avaliação do processo nem impacto do sempre é fácil, o envolvimento do trabalho acaba Prof. por recair numa Bibliotecário no só pessoa: o prof. desenvolvimento Bib. da leitura e literacias da informação
  • 15. Conhecimento na área Biblioteca escolar (demonstra a proficiência do prof. Bibliotecário na criação de melhores experiências de leitura para todos); - Avaliação do impacto nos resultados escolares dos alunos (o maior factor de sucesso da BE é o sucesso dos alunos que frequentam a BE); -registo de evidências e benchmarking.
  • 16. Conhecimento na área Biblioteca escolar Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias Necessidade de equipa com BE como: - Falta de formação nas equipas que - Integração plena da biblioteca no espaço formação e tempos - Centro de recursos ao serviço do constituem as BEs; escolar (físico e ideológico); adequados ao desenvolvimento curricular; - Disponibilidade dos docentes para a - Trabalho de planificação considerando o desenvolvimento de acções - Central para a aprendizagem/ Local mudança de paradigma; levantamento de necessidades efectuado a que promovam a BE como nível de escola e considerando o PEE; onde se desenvolve e efectiva a - Envolvimento dos docentes no pólo central da escola, - Formação de utilizadores; recurso por excelência para aprendizagem ao longo da vida; processo de mudança; - Trabalho com as diferentes turmas e o aprender a aprender; - Facilita aquisição e desenvolvimento - Apetrechamento adequado das BE anos de escolaridade que promova o Um professor bibliotecário de conhecimentos tecnológicos e o (questões financeiras, essencialmente); desenvolvimento de competências em cada BE e presença deste espírito criativo dos alunos; - Entender a BE como recurso que transversais ao currículo, nomeadamente, no CP; - Favorece a autonomia nos estudos; potencia o desenvolvimento de o (1) desenvolvimento de uma abordagem A articulação entre o PAA - Recurso subsidiário da instituição competências dos alunos (diferentes construtivista; a (2) concepção da da BE (desenvolvido a partir educativa ao apoiar, favorecer e literacias), local, por excelência de aprendizagem como um processo mútuo da identificação de enriquecer o desenvolvimento e a aprendizagem e de construção do (professores/alunos), em que os alunos necessidades do PEE e da programação docente. conhecimento e não apenas como um aprendem e são responsáveis pelo sua própria autoavaliação) e espaço lúdico. conhecimento produzido; a (3) pesquisa e o PAA da escola; selecção de informação em diferentes O estabelecimento de suportes (digital/papel); o (4) parcerias; desenvolvimento de conceitos com maior O trabalho colaborativo; profundidade, para que os alunos possam A utilização das TIC ao apropriar-se do conhecimento produzido e serviço do desenvolvimento responsabilizar-se por ele; a (5) análise de das diferentes literacias; experiências significativas, desenvolvendo Perspectivar o trabalho com a reflexão crítica sobre as experiências da os alunos considerando o vida e da prática diária dos alunos; a (6) desenvolvimento de promoção da comunicação entre grupos,
  • 17. Conhecimento na área Biblioteca escolar que facilite o entendimento da BE como competências que um recurso onde se privilegia o promovem o aprender a intercâmbio de experiências e a circulação aprender; de saber entre os agentes do processo; a A gestão adequada dos (7) utilização das tecnologias da recursos; informação ao serviço do ensino- Fundo documental adequado aprendizagem. e devidamente gerido e - O estabelecimento de parcerias com desenvolvido; entidades que promovam o A autoavaliação como desenvolvimento projectos de leitura, de reguladora do processo de diferentes literacias; crescimento da BE e, na - A organização e gestão adequada da Be continuidade, o aos seus utilizadores; benchmarking. - a definição de uma política de desenvolvimento e gestão da colecção; - a catalogação adequada de documentos da BE; - a autoavaliação como um processo regulador da actividade da BE, dos seus recursos e dos seus agentes.

×