O Amor
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O Amor

on

  • 525 views

Adriana Pra

Adriana Pra

Statistics

Views

Total Views
525
Views on SlideShare
507
Embed Views
18

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 18

http://pedagogia6651.blogspot.com 12
http://pedagogia6651.blogspot.com.br 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O Amor O Amor Presentation Transcript

  • O amor... Sentimento indispensável e inegável a existência humana... Quem o pode evitar? Nas esquinas, praças e ruas das cidades encontra-se eufórico à procura de corações ousados e disponíveis... Disponíveis para viver...sonhar.... e sentir... Muitos se encontram à espera de, ocupados com, ou ainda fugindo de... Mas quem o pode Evitar (por toda a vida)? É a verdade que nos conflita e nos constrange diariamente pelo simples fato de existir na essência da negação de nós mesmos , E de nossos vis sentimentos... O amor... É o sentimento mais aplicável e não teórico da humanidade, Real , disponível, e transformador O mais peculiar e intrigante, Quem não o teve que não o deseje ardentemente? Quem o tenha que não o deseje conservar eternamente? Os dias passam, as pessoas mudam, os interesses se desfazem, Mas, quem o pode impedir de Existir? O que fazer contra a sua grandeza? Como fugir de suas investidas? Se dele provêm liberdade, paixão e felicidade? A liberdade de sentirmos plenos e invencíveis, nem que seja por algumas horas ou por toda a eternidade... A paixão despertada pelo desejo e pela saudade... Ou a felicidade de nos tornarmos mais sensíveis e melhores quando a ele nos permitimos... O amor ....sentimento inexplicável, mas universalmente entendido É antes de tudo uma escolha (diária), Uma escolha de seres imperfeitos que buscam no amor a perfeição de viver dias melhores (para si e para o outro)... Vale a pena decidir-se (hoje e sempre) pelo o amor! Prof. Adriana Prá, 28.03.09