• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aula 3: Nódulos e Massas Pulmonares
 

Aula 3: Nódulos e Massas Pulmonares

on

  • 23,284 views

Curso de Radiologia Torácica promovido pelo Programa de Residência em Pneumologia do HUJBB/UFPA.

Curso de Radiologia Torácica promovido pelo Programa de Residência em Pneumologia do HUJBB/UFPA.

Statistics

Views

Total Views
23,284
Views on SlideShare
22,901
Embed Views
383

Actions

Likes
3
Downloads
188
Comments
0

3 Embeds 383

http://residenciapneumologiahujbb.wordpress.com 378
https://residenciapneumologiahujbb.wordpress.com 4
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula 3: Nódulos e Massas Pulmonares Aula 3: Nódulos e Massas Pulmonares Presentation Transcript

    • UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ HOSPITAL UNIVERSITÁRIO JOÃO DE BARROS BARRETO RESIDÊNCIA MÉDICA EM PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA CURSO DE RADIOLOGIA TORÁCICA AULA 3: NÓDULOS E MASSAS PULMONARES PALESTRANTE: Dra Adriana Barreto Preceptoria da Pneumologia
    • Nódulo Pulmonar Solitário
      • O nódulo pulmonar solitário (NPS) constitui uma opacidade focal com morfologia arredondada ou ovalada, envolta por parênquima pulmonar normal e medindo até 3,0 cm.
    • Causas de Nódulo Pulmonar Solitário
      • Granulomas
      • Neoplasia pulmonar
      • Hamartoma
      • Metástases
      • Pseudo-lesões (mamilo, vasos )
      • Alterações congênitas
      • Processos vasculares
      • Infecções
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário
      • Pseudo-lesões
    • Pseudo-lesões
    • Nódulo Pulmonar Solitário
      • Observar os seguintes aspectos do nódulo:
      • Tamanho da lesão
      • Margens e contornos do nódulo
      • Estabilidade
      • Presença de calcificações: central, concêntrica, em pipoca, difusa, pontilhada e periférica
      • Presença de broncograma aéreo
      • Presença de cavitação
    • Nódulo Pulmonar Solitário
      • Tamanho da lesão
      • Nódulos pequenos (< 10 mm) têm maior chance de serem de etiologia benigna.
      • Nódulos grandes (próximos a 30 mm) tem maior probabilidade de serem malignos.
    • Nódulo Pulmonar Solitário Contorno do nódulo Sugestivo de malignidade: nódulos irregulares, espiculados ou lobulados A presença de margens espiculadas tem um valor preditivo positivo para malignidade de aproximadamente 90%
    • Nódulo Pulmonar Solitário Contorno do nódulo
    • Nódulo Pulmonar Solitário Estabilidade do nódulo
    • Nódulo Pulmonar Solitário Presença de calcificações: central, concêntrica, em pipoca, difusa, pontilhada e periférica
    • Nódulo Pulmonar Solitário
    • Nódulo Pulmonar Solitário Presença de calcificação periférica
    • Nódulo Pulmonar Solitário Cavitação: Nódulos cavitados com paredes irregulares grossas (> 16 mm) sugerem câncer em aproximadamente 90% dos casos. Nódulos cavitados, com paredes finas (< 4 mm) e mal definidas são benignos em até 95% dos casos.
    • Nódulo Pulmonar Solitário Broncograma aéreo: a presença de broncograma aéreo também é outra característica indicativa de câncer, estando presente em aproximadamente 30% dos nódulos malignos e apenas em 6% dos benignos.
    • Radiologia do tórax
      • Lesão pulmonar x lesão extra-pulmonar
    • Radiologia do tórax
      • Lesão pulmonar x lesão extra-pulmonar
    • Radiologia do tórax
      • Lesão pulmonar x lesão extra-pulmonar
    • Radiologia do tórax
      • Lesão pulmonar x lesão extra-pulmonar
    • Radiologia do tórax
      • Lesão pulmonar x lesão extra-pulmonar
    • Massa Pulmonar Lesão bem circunscrita, maior que 3,0 cm Causa mais freqüente: câncer de pulmão
    • Massa Pulmonar
    • Pseudo-lesões
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
      • Causas:
      • Metástases hematogênicas e granulomas (mais frequentes).
      • Outras causas: silicose, neoplasias pulmonares primárias, vasculites e infecções.
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
      • Pseudo-lesões: sobreposição de estruturas, alterações ósseas, cutâneas ou de partes moles.
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
    • Metástases Pulmonares Causas de metástases pulmonares múltiplas: mama, rim, laringe, tireóide, cólon e útero Causas de metástases pulmonares únicas: mama, rim, melanoma, sarcoma e cólon
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos
    • Nódulos Pulmonares Múltiplos Metástases de neoplasia de testículo
    • Metástase Única
    • Metástase Única
    • Massas Pulmonares Múltiplas
    • Massas Pulmonares Múltiplas Metástases de tumor de adrenal
    • CURSO DE RADIOLOGIA TORÁCICA Próxima aula: Atelectasias e Pneumotórax