Your SlideShare is downloading. ×
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Explicação da célula animal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Explicação da célula animal

405

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
405
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Explicação: Célula Animal e Célula Vegetal . Profª:Maria do Socorro.
  • 2. Célula Animal ● Seja qual for o tipo de ser vivo que apresenta células como a dos animais, essas células têm uma série de características que as distinguem das plantas. Por exemplo, são desprovidas de parede celular e de cloroplastos, mas apresentam centríolos, estruturas ausentes nas plantas mais complexas.
  • 3. Partes de uma Célula Animal : ● ● Em praticamente todas as células podemos distinguir três partes: a membrana plasmática, o citoplasma e o núcleo. A membrana celular ou plasmática é uma estrutura que delimita a célula e a separa do meio onde se encontra, mas não isola completamente a célula, pois permite o intercâmbio de substâncias do interior ao exterior e viceversa. O citoplasma ocupa o espaço situado entre a membrana e o núcleo. Esse espaço está preenchido de um fluido, o hialoplasma (ou citosol), no qual se encontram os orgânulos celulares ou citoplasmáticos e o citoesqueleto (uma série de microfilamentos e microtúbulos que dão forma à célula).
  • 4. ● ● O núcleo é uma estrutura mais ou menos esférica que se encontra no interior da célula, delimitado por uma estrutura membranosa (o envoltório nuclear). Assim como a membrana celular, o envoltório nuclear permite o intercâmbio de determinadas substâncias entre o núcleo e o citoplasma. Cada uma das partes tem sua função. A célula é uma unidade biológica de funcionamento: realiza as três funções vitais (nutrição, relação e reprodução). Caso uma célula pertença a um ser pluricelular, ela pode ser especializada no desempenho de uma determinada função.
  • 5. Estrutura da Célula Animal : ● Membrana celular: É formada por uma camada dupla de fosfolipídios, com colesterol e proteínas. É uma capa dinâmica e flexível, na qual podem ser formadas vesículas para englobar substâncias; essas vesículas podem se unir a outras no interior da célula. Substâncias podem atravessar a membrana celular por simples difusão (como o gás oxigênio) ou mediante transporte ativo, com consumo de energia.
  • 6. ● ● Citosol: Fluido que ocupa o citoplasma; imersos nele encontram-se os orgânulos celulares. Núcleo: Delimitado por um envoltório nuclear, no interior do núcleo há o nucléolo e os filamentos de material genético.
  • 7. ● Retículo endoplasmático: Conjunto de membranas que formam sáculos e tubos conectados entre si com a membrana celular e o envoltório nuclear. Há dois tipos: o RE rugoso, que tem ribossomos, e o RE liso, sem eles. Transporta, armazena e modifica proteínas e lipídios pela célula.
  • 8. ● ● Complexo golgiense: Conjunto de cinco a dez sáculos achatados. Realiza secreção celular. Centríolos: Presentes em células animais e ausentes em plantas mais complexas, são formados por tubos de proteínas; estão relacionados à organização do citoesqueleto e aos movimentos (cílios e flagelos).
  • 9. ● ● Ribossomos: Pequenos orgânulos cuja função é produzir proteínas. Na ilustração, aparecem formando cadeias. Lisossomos:Lisossomos ou lisossomas são organelas citoplasmáticas que têm como função a degradação de materiais advindos do meio extra-celular, assim como a reciclagem de outras organelas e componentes celulares envelhecidos.
  • 10. ● ● ● Microtúbulos: "Além da função estrutural, os microtúbulos têm outras funções. Eles formam um substrato onde proteínas motoras celulares podem interagir e assim, são usados no transporte intracelular. " Mitocôndrias: Encarregadas de realizar respiração celular, um conjunto de reações químicas mediante as quais a célula obtém energia. Algumas células animais também possuem estruturas relacionadas com movimento (cílios ou flagelos), que não existem em plantas mais complexas.
  • 11. ● Peroxissomos: São organelas que foram originadas do Retículo Endoplasmático e ele está presente em todas as células eucarióticas. ● Funções: ● -> Oxidação de substâncias como aminoácidos e ácidos graxos. ● -> Desdobra a H2O2 e transformar em H2 + 1/2O. ● -> Gliconegênese a partir de lipídios. ● -> Fotorespiração. ● -> Catabolismo de bases gerando uréia, ácido úrico e amônia. ● -> Detoxificação álcool em acetoaldeído. ● -> Geração de calor. ● -> Produção de ácido biliares
  • 12. Componentes : ● Flávia Juliane ● Vicência Maria ● Mariana Andrade ● Jonh Ricary ● Maria Clara

×