• Save
Aula de Captação de Recursos - parte 2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Aula de Captação de Recursos - parte 2

  • 17,731 views
Uploaded on

Segunda parte da aula de Elaboração de Projeto e Captação de Recursos no curso de pos-graduação Administração e Organização de Eventos do SENAC SP

Segunda parte da aula de Elaboração de Projeto e Captação de Recursos no curso de pos-graduação Administração e Organização de Eventos do SENAC SP

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
17,731
On Slideshare
17,646
From Embeds
85
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
12
Likes
55

Embeds 85

http://producaocultural.com 63
http://jornalcultural.vitoriauniversal.com.br 22

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Profª Flavia Amorim Aula 11/09
  • 2. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Resumo da aula anterior  O que é patrocínio? ●Diferencial de mercado – Por que patrocinar?  Tríade: Público, evento e patrocinador A importância e das mídias (estratégias) ●  A importância do planejamento Cotas (investimento e benefícios) ●  Patrocínio X Apoio Formatação do projeto ●  Conhecimentos sobre eventos e mercado Contrato de patrocínio ●  Conheça bem seu evento Plano de ação/Gestão de patrocínio ●  Razões para o patrocínio Relacionamento com o patrocinador ●  Benefícios para o patrocinador Identificação de fontes potenciais ●  Público e consumidor Estratégias de abordagem ●  Valor agregado e valor da experiência Flavia Amorim
  • 3. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Conteúdo ●Políticas de Patrocínio O que são? Exemplos ●Recursos Públicos Editais Convênios Leis de Incentivo ●Convênios ●Editais Políticas Exemplos ●Leis de Incentivo Cultura Esporte ●Avaliação: Discussão e Seminário Flavia Amorim
  • 4. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Políticas de Patrocínio Políticas são as orientações e o posicionamento (visão) de uma empresa acerca dos investimentos em um determinado setor ou atividade. “..o SEBRAE apresenta sua Política de Patrocínio que reflete o pensamento da Entidade acerca do papel do patrocínio e traça as diretrizes para sua atuação como patrocinador, compreendendo-o como ferramenta estratégica de marketing capaz de viabilizar resultados efetivos para seu público-alvo.” Políticas de Patrocínio do SEBRAE – Minuta 18/12/2008 A “Política de Patrocínio da Eletrobrás” estabelece que “entende-se como patrocínio o apoio financeiro ou não, concedido a ações de terceiros, para agregar valor a marca da Eletrobrás ou divulgar o nome da empresa, bem como seus produtos, serviços, programas, projetos, políticas e ações de responsabilidade social e ambiental”. www.eletrobras.com.br Flavia Amorim
  • 5. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Políticas de Patrocínio (formato) - Objetivo institucional (visão, missão, valores) - Objetivos Estratégicos - Segmentos de Interesse - Segmentos não atendidas - Localização da Empresa ou Área de Atuação - Público-Alvo - Filtros ou Avaliação de Projetos - Forma de Contato - Prazos - Formulários ou Modelos de Projeto Flavia Amorim
  • 6. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Políticas de Patrocínio (Exemplos) SEBRAE TAM Eletrobrás e Chesf Taurus Petróleo Flavia Amorim
  • 7. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 8. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 9. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 10. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 11. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 12. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Editais de Patrocínio www.festivalemusica.com.br Flavia Amorim
  • 13. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Flavia Amorim
  • 14. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos www.promoview.com.br Flavia Amorim
  • 15. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos www.cenacon.com.br Flavia Amorim
  • 16. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Recursos Públicos O investimento do poder público pode ser feito pela instância federal, estadual ou municipal. Cada uma delas tem mecanismos próprios de atuação. 1) A forma mais simples de o governo investir é quando ele mesmo abre um concurso ou edital para inscrição de projetos e premia aqueles que obtêm melhor avaliação com destinação direta de recursos. Divulgação em grandes jornais, site dos ministérios e nos sites das secretarias do estado e do município. Flavia Amorim
  • 17. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Recursos Públicos 2) Formação de convênios com organizações da sociedade civil. Isso acontece quando o poder público entende que alguma organização civil é capaz de exercer determinada função ou executar determinada ação de interesse coletivo. Então, ele repassa verba a essa organização para que ela realize o trabalho. Para formar um convênio, é preciso pertencer a uma organização e deve procurar os órgãos públicos do seu município, tais como a Secretaria de Cultura, a de Educação e o Conselho Tutelar. - Site do Governo Federal de Convênios Públicos: www.convenios.gov.br 3) A terceira forma de investimento público se dá por meio das leis de incentivo. Flavia Amorim
  • 18. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Editais de Patrocínio Correios Vivo Sebrae Oi Futuro Flavia Amorim
  • 19. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Convênios Flavia Amorim
  • 20. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Convênios Flavia Amorim
  • 21. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Trata-se de uma legislação que permite a pessoas físicas e jurídicas repassar um percentual de seu imposto devido a projetos culturais ou esportivos que julguem interessantes. Assim, parte do que seria pago ao governo é destinado diretamente aos projetos, sem intermediação. Federal – Lei Rouanet (Imposto de Renda) Estadual – PROAC (São Paulo) e outros Estados (ICMS) Municípios – Mendonça (São Paulo) e outros municípios (ISS, IPTU) * Não podem ser utilizadas para eventos exclusivamente corporativos, nem podem ser propostos pela empresa patrocinadora Flavia Amorim
  • 22. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Mecanismo Federal Permite que investimentos em projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura através da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) sejam deduzidos no Imposto de Renda devido. Podem abater estes investimentos a Pessoa Física que declara pelo Modelo Completo e a Pessoa Jurídica tributada pelo Lucro Real Pessoa jurídica tributada com base no lucro real: empresas enquadradas no artigo 14 da Lei nº 9.718/98. - São representadas, basicamente, pelas multinacionais e conglomerados dos setores bancário, industrial, de transporte aéreo,empresas de telecomunicações, dentre outras.. A Lei Rouanet permite que a Pessoa Jurídica deduza do IR de 30% ( art. 26) à 100% (art. 18), dependendo do segmento do projeto. *Lembrando que esse valor de investimento não poderá ultrapassar 6% (PF) 4% (PJ) do Imposto Devido Flavia Amorim
  • 23. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Artigo 18 Patrocínio Com apoio à cultura em real (R$) Sem apoio à cultura em real (R$) 1) Lucro líquido 10.000.000,00 10.000.000,00 2) Valor do Patrocínio 50.000,00 0 3) Contribuição Social - 9% de (1) 900.000,00 900.000,00 4) IR devido 15% de (1) 1.500.000,00 1.500.000,00 5) Adicional de IR (+10%) 971.000,00 6 976.000,00 6) Dedução de 100% do IR devido pelo art. 18 da Lei n. 8.313/91 - R$ 50.000,00 50.000,00 0,00 7) IR a ser pago 2.426.000,00 2.476.000,00 8) Total de impostos pagos (7+3) 3.326.000,00 3.376.000,00 Flavia Amorim
  • 24. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Artigo 26 Patrocínio Com apoio à cultura em real (R$) Sem apoio à cultura em real (R$) 1) Lucro líquido 10.000.000,00 10.000.000,00 2) Valor do Patrocínio 50.000,00 0 3) Novo Lucro Líquido 9.950.000,00 10.000.000,00 4) Contribuição Social - 9% de (3) 895.500,00 900.000,00 5) IR devido 15% de (3) 1.492.500,00 1.500.000,00 6) Adicional de IR (+10%) 971.000,00 976.000,00 7) Dedução permitida do IR devido, pela Lei n. 8.313/91, de 30% de 50.000.00 - Patrocínio 15.000,00 0,00 8) IR a ser pago 2.448.500,00 2.476.000,00 9) Total de impostos pagos (8+4) 3.344.000,00 3.376.000,00 Flavia Amorim
  • 25. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Observações: Além da dedução no imposto de renda o patrocinador poderá ter como benefício até 10% do produto cultural gerado – livros, cd, ingressos para espetáculos, etc. As despesas com mídia(divulgação) não devem ultrapassar 20% do valor total do projeto. ATENÇÃO!! Doação x Patrocínio Doação – não permite publicidade paga no evento – mas pode ser citado no produto (dedução de 40% + lançamento nas despesas operacionais) Patrocínio – permite a divulgação da marca em publicidade paga – interesse em marketing cultural Flavia Amorim
  • 26. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Mecanismos Estaduais Alguns estados brasileiros possuem legislação de incentivo à cultura, como é o caso do Acre, Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo Os incentivos estaduais baseiam-se no ICMS - Imposto sobre operações relativas à circulaçãode mercadorias sobre prestação de serviços e de comunicação de transportes interestadual e intermunicipal, tributo de competência dos Estados Federados. PROAC (Estado de São Paulo) – Incentivo de até 100% do valor do projeto para dedução de até 3% do valor devido do ICMS Flavia Amorim
  • 27. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Editais de Patrocínio Mecanismo Municipal Alguns municípios que possuem incentivo: São José dos Campos (SP), Americana(SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Contaem (MG), Cabedelo (PB), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Londrina (PR), Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ), Santa Maria (RS) e Vitória (ES). As leis municipais de incentivo à cultura concedem abatimentos no Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU e Imposto Sobre Serviços de qualquer natureza – ISS, nos limites do território de sua competência. Flavia Amorim
  • 28. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura Pesquisa Avançada – SALIC Flavia Amorim
  • 29. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Cultura •Artes plásticas, visuais e design; •Bibliotecas, arquivos e centros culturais; •Cinema; •Circo; •Cultura Popular; •Dança; •Eventos carnavalescos e escolas de samba; •Hip-hop; •Literatura; •Museu; •Música; •Ópera; •Patrimônio histórico e artístico; •Pesquisa e documentação; •Teatro; •Vídeo; •Bolsa de estudo para cursos de caráter cultural ou artístico, ministrados em instituições nacionas ou internacionais sem fins lucrativos; Projetos Especiais – primeiras obras, experimentações... •Restauração e Conservação … Flavia Amorim
  • 30. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte A Lei nº 11.438/06, ou simplesmente Lei de Incentivo ao Esporte, estabelece benefícios fiscais para pessoas físicas ou jurídicas que estimulem o desenvolvimento do esporte nacional, através do patrocínio/doação para projetos desportivos e paradesportivos. Podem contribuir para os projetos desportivos ou paradesportivos e obter os benefícios da Lei de Incentivo ao Esporte: • pessoa física – pode deduzir até 6% do imposto de renda devido. Essa dedução concorre com outros incentivos fiscais, sem, contudo, estabelecer limites específicos, o que poderá ser aplicado em sua totalidade no incentivo ao esporte. *A opção é do contribuinte. Flavia Amorim
  • 31. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte • pessoa jurídica tributada com base no lucro real – pode deduzir até 1% do imposto de renda devido. No caso das pessoas jurídicas, o benefício não compete com outros incentivos fiscais. Isso quer dizer que essa faixa de renúncia fiscal é exclusiva para o setor esportivo. São dedutíveis apenas os valores destinados a patrocínio/doação em favor de projetos desportivos e paradesportivos aprovados previamente pelo Ministério do Esporte. Flavia Amorim
  • 32. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Proponente: 1. fins não-econômicos: entidades que não possuem finalidade lucrativa; 2. natureza esportiva: para caracterizar a natureza esportiva, o estatuto da entidade deve dispor expressamente sobre sua finalidade esportiva; 3. um ano de funcionamento: a entidade deve exercer atividades há pelo menos um ano (artigo 9º, VI, do Decreto nº 6.180/07). Flavia Amorim
  • 33. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Tipos de Projeto Desporto de participação – Esporte como Lazer Desporto educacional - É o esporte como instrumento auxiliar no processo educacional (deve atender alunos regularmente matriculados na rede de ensino público) Desporto de rendimento – É o esporte como resultado. Tem como figura de destaque a presença do atleta ou do atleta em formação. Flavia Amorim
  • 34. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Não é permitido: ●aquisição de espaços publicitários; Não são permitidas despesas para aquisição de espaços publicitários em qualquer meio de comunicação. Estão autorizadas, porém, as despesas relativas à divulgação do projeto, tais como folhetos, cartazes e faixas, desde que devidamente justificada sua necessidade no projeto. • cobrança dos beneficiários; Para os projetos que prevêem a prática de atividade regular desportiva não será admitida a cobrança de valores dos beneficiários. Flavia Amorim
  • 35. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Flavia Amorim
  • 36. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Flavia Amorim
  • 37. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Flavia Amorim
  • 38. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Leis de Incentivo – Esporte Flavia Amorim
  • 39. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Bibliografia CESNIK, Fabio de Sá. Guia do incentivo à cultura. Barueri: Manole, 2007 NATALE, Edson. Guia brasileiro de produção cultural. São Paulo: Editora Zé do Livro,2006. Cartilha Lei de incetivo aos esportes: orientações gerais. Ministério dos Esportes. Disponível em: www.esporte.gov.br Manual de apoio à elaboração de projetos de democratização cultural. Instituto Votorantim. Disponível em: www.votorantim.com.br/democratizacaocultural Serviço Social da Indústria. O desafio de elaborar e viabilizar projetos culturais sob as diretrizes da tecnologia SESI cultura. Brasília : SESI-DN, 2007. Flavia Amorim
  • 40. Elaboração de Projeto e Captação de Recursos Muito Obrigada! SUCESSO!!! Flavia Amorim Produtora e Gestora Cultural www.producaocultural.com Flavia Amorim