Your SlideShare is downloading. ×
0
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Gb.15.extremos.globais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Gb.15.extremos.globais

182

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
182
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 3º Bimestre O globo em Mapas Aula 15 – Mapa-Mundi Político – comparações geográficas Montes mais altos - Maiores países - Rios mais longos
  • 2. Índia Etiópia Israel Venuzuela Chile Chile Saara Antártica No Brasil, 138 cidades estão a 0 m de altitude.
  • 3. 6 7 3 2 5 4 Everest (Nepal) 8.850 m1 Aconcágua (Argentina) 6.959 m McKinley (EUA) 6.194 m Kilimanjaro (Tanzânia) 5.895 m Elbrus (Rússia) 5.642 m Maciço Vinson (Antártica) 4.897 m Kosciuszko (Austrália) 2.228 m Como se escala o Everest? K2 mais perigosa
  • 4. Rússia Canadá China Estados Unidos Brasil Austrália Índia Argentina Cazaquistão Argélia 2.381.741 km² 2.724.900 km² 2.780.403 km² 3.287.263 km² 7.703.429 km² 9.372.614 km² 8.514.876 km² 9.984.670 km² 17.075.400 km² 9.572.900 km²
  • 5. Nilo Amazonas Yang-tzé Mississippi-Missouri Ienissêi Amarelo Obi Amur Lená Congo Clique nos números abaixo
  • 6. Com muita paciência! A subida rumo ao cume pode levar semanas, pois os alpinistas fazem escalas em vários trechos da montanha para se adaptar à altitude. E, além da paciência, também é preciso ter muita grana. Cada alpinista precisa desembolsar entre 40 mil e 60 mil dólares para escalar o Everest. Parte desse dinheiro fica com os governos da China e do Nepal, que cobram pedágios de até 10 mil dólares de cada pessoa que pretende chegar ao cume mais alto do mundo. Desde 1953, mais de 2 mil pessoas já conseguiram realizar essa façanha. E põe façanha nisso! O frio no alto da montanha pode chegar a 70 ºC negativos e o ar rarefeito deixa o corpo em pane: os músculos perdem força, o cérebro não soma 2 mais 2 e o pulmão corre o perigo de sofrer um edema. Mais de 200 pessoas já pagaram a aventura com a própria vida... Como se escala o Everest? Cemitérios do Monte Everest
  • 7. Por uma combinação de fatores como avalanches imprevisíveis e inclinação intensa. Com 8 611 metros, a segunda montanha mais alta do mundo - só perde para o Everest - é a campeã no quesito perigo. Para cada quatro alpinistas que chegam ao topo do K2, no Himalaia, um morre. "As condições são tão ruins que se passam anos sem que alguém chegue ao cume", diz Waldemar Niclevicz, único brasileiro a vencer o pedregulho. Saiba nais: www.mundoestranho.abril.com.br Por que o K2 é a montanha mais perigosa do mundo? O K2 (também conhecida como monte Godwin- Austen, Chogori ou Dapsang) é uma montanha da cordilheira de Karakoram, uma das cadeias dos Himalaia, na fronteira sino-paquistanesa (na região da Caxemira ocupada, no Baltistão). É o segundo pico mais alto do mundo, depois do Monte Everest. Tem uma altitude máxima de 8611 metros, mas é apenas a 22.ª montanha mais proeminente (4017 m de reascensão).
  • 8. Após analisar séries históricas de chuvas em mais de 400 estações localizadas na região amazônica, o município de Calçoene, no Amapá, com uma precipitação média anual de 4.165 mm, foi identificado como o local mais chuvoso do Brasil. O município, de apenas 7.000 habitantes, localiza-se no extremo norte do Brasil, na microregião do Oiapoque, e abrange uma área de aproximadamente 14.000 km2. No ano de 2000 foram registrados quase 7.000 mm de chuva.
  • 9. Aqui no Brasil, a maior temperatura já registrada foram os 44,7ºC da cidade de Bom Jesus, no Piauí, em 21 de novembro de 2005. Em 2010, a capital gaúcha Porto Alegre chegou a ser ponto mais quente do planeta na tarde de 3 de fevereiro, quando atingiu 41,7ºC. Município mais seco: Cabaceiras, PB (200mm de chuva por ano) Leia Mais: http://www.blogadao.com/as-maiores-e-menores- temperaturas-no-brasil-e-no-mundo/#ixzz2ZgG4MVnj Bom Jesus Cabaceiras A menor temperatura registrada no país foi na cidade de Caçador, em Santa Catarina: -14ºC.
  • 10. A Organização Mundial de Meteorologia reconheceu oficialmente o Vale da Morte, na Califórnia, Estados Unidos, como o lugar mais quente do mundo no mesmo dia em que a temperatura bateu recorde em El Azizia, na Líbia, segundou informou o Huffington Post. O calor pode ser uma esperança para quem espera o frio no hemisfério norte, mas em alguns lugares do mundo a temperatura chega à extremos em que é insuportável viver. De acordo com o Discovery Channel, é difícil definir realmente qual o lugar “mais quente” do mundo. “Os desertos mais quentes da Terra – como deserto do Saara, Gobi, Sonora e Lut – são tão remotos que é difícil ter acesso e manter um estação meteorológica nestes locais também é impraticável”, disse o pesquisador David Mildrexler. Ele afirmou ainda: “a maioria dos lugares mais quentes do mundo simplesmente não foram medidos diretamente por instrumentos de precisão”. A boa notícia é que não há uma temperatura definida de quanto os humanos não conseguem mais aguentar e o grande problema é mesmo lidar com a umidade. Por isso, o jornal inglês listou os 10 lugares mais secos do mundo e – espera-se – os mais secos. Confira: Vale da Morte, Califórnia: este deserto californiano já atingiu temperaturas de 134° Fahrenheit, o que equivale a 56,7° Celsius. No dia 14 de setembro, a Organização Mundial de Meteorologia reconheceu oficialmente o local como o mais quente do mundo ao registrar 57,8 °C. Dallol, Etiópia: Dallol é considerado o local inabitado mais quente do mundo e registra médias de temperaturas máximas acima de 41°C. Deserto Lut, Irã: temperaturas acima de 70,7 °C foram registradas no deserto iraniano. Tirat Tsvi, Israel: esta cidade, conhecida como o lugar mais quente da Ásia, já presenciou temperaturas acima de 53,9° C. Ghadames, Líbia: neste local, a temperatura pode chegar a 55 ° C facilmente. Wadi Halfa, Sudão: a cidade na fronteira do Sudão com o Egito já atingiu 52,8°C. Timbuktu, Mali: a cidade já registrou a sufocante temperatura de 54,4°C. Queensland, Austrália: caso visite o estado australiano de Queensland se prepare para temperaturas de até 68,9°C. Turfan, China: esta área fica a noroeste da província chinêsa de Xinjiang e já viu temperaturas acima de 50°C. Kebili, Tunísia: esta cidade tunisiana já registrou 55º C.
  • 11. Pico Serra Altitude (m) Neblina Imeri (AM) 3.014 31 de Março Imeri (AM) 2.992 Bandeira Caparaó (ES/MG) 2.890 Roraima Pacaraima (RR) 2.875 Cruzeiro Caparaó (ES) 2.861 Pontos mais altos Os relevos brasileiros caracterizam-se por baixas altitudes. Isso acontece devido ao Brasil estar situado sobre uma grande placa tectônica que não se choca com outras placas, dando origem aos chamados dobramentos modernos, resultantes do movimento de colisão entre placas, onde uma empurra a outra. Os pontos mais altos do relevo brasileiro são o Pico da Neblina e o de Pico 31 de Março. Confira a seguir a lista dos maiores picos brasileiros, assim como sua localização e altitude.

×