Your SlideShare is downloading. ×
0
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Aula 13
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula 13

2,528

Published on

Published in: Business, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,528
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. a Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Des Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Ano lectivo ’07/08 de Rio Maior|Gestão do Desporto | Escola Superior d Gestão do Desporto I Aula13 (27 Mai’08) Ano lectivo ’07/08
  • 2. Fases e entregáveis 1 Relatórios Entregáveis e Fase Data prevista Revisões Periódicas Revisão Periódica 1 11 Mar.’08 Definição do 1 conceito Relatório e apresentação 08 Abr.’08 Definição do conceito Revisão Periódica 2.1 22 Abr.’08 Definição do 2 Revisão Periódica 2.2 06 Mai.’08 serviço Relatório Definição do serviço 27 Mai.’08 Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 3. Sumário 2 _Financiamento do Projecto _As fontes de financiamento _Crédito bancário _Capital de risco _A importância do Plano de Negócio Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 4. Com que então quer desenvolver o seu próprio emprego! 3 Quer ser Empreendedor Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 5. Alguns conceitos importantes 4 Empresa _Conjunto de recursos de capital, humanos e tecnológicos organizados com vista ao exercício de uma determinada actividade económica com fins lucrativos Empresa privada _Empresas cujo capital é detido maioritariamente por agentes económicos privados, e cujo objectivo final de actividade é a realização de lucros Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 6. Alguns conceitos importantes 5 Sociedade _Em termos económicos, é um contrato em que se reúnem uma ou mais entidades para o exercício uma determinada actividade com fins lucrativos Sociedade unipessoal _ Sociedade constituída por um único sócio Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 7. Alguns conceitos importantes 6 Capital Social _São os fundos fornecidos pelos sócios ou accionistas da sociedade para o desempenho da sua actividade. Estes recursos financeiros são, normalmente em dinheiro. _O capital social tem carácter de permanência na empresa Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 8. Alguns conceitos importantes 7 Resultado líquido _Denominação utilizada para designar os lucros ou os prejuízos (caso seja negativo) de uma empresa, num determinado período de tempo, geralmente o exercício económico que, em regra, coincide com o ano civil. _O resultado líquido corresponde ao lucro obtido pela empresa já após a dedução dos impostos que sobre ele incidem Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 9. Alguns conceitos importantes 8 Capital _Recurso financeiro necessário ao investimento _O capital pode ser: _Próprio - quando pertence à entidade investidora _Alheio - quando esta se financia junto de um terceiro No último caso existe, quase sempre, um custo implícito: (ie: juros a pagar pelo financiamento) Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 10. Financiamento do Projecto 9 As fontes de financiamento Capital próprio Privadas Públicas _”O meu/nosso dinheiro” _Crédito bancário _Subsídios vários _Amigos _Capital de Risco _Programas de apoio vários _Familiares _Publicidade _Patrocínio _Donativo /Mecenato _Receita (vendas) Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 11. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 10 _Empréstimos (Financiamento a Médio e Longo Prazo) _Leasing ou locação financeira _Conta Corrente _Garantia bancária _Cash advance Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 12. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 11 Empréstimos (Financiamento a Médio e Longo Prazo) O que é? Vantagens Linha de crédito destinada ao Opção de financiamento flexível que investimento em capital fixo, por prazo se ajusta às necessidades da Empresa e plano de reembolso adequado à Adequação dos planos de amortização natureza do investimento à libertação de meios do investimento, com possibilidade de estabelecer um período de carência Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 13. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 12 Leasing ou locação financeira O que é? O que financia? Operação de financiamento através da Mobiliário e imobiliário qual uma das partes (a Locadora) cede a Veículos ligeiros e pesados de outra (Locatário/Cliente) o direito de passageiros ou mercadorias utilização de um determinado bem móvel Máquinas de diversos tipos ou imóvel, durante um período de tempo pré-determinado, obtendo como Material informático contrapartida o pagamento de uma renda Apetrechamento desportivo Equipamento médico O Locatário tem a opção de compra do bem no final do contrato, mediante o Lojas e estabelecimentos comerciais pagamento do Valor Residual (definido Escritórios contratualmente) … Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 14. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 13 Conta Corrente O que é? Vantagens É um crédito por conta no qual o Flexibilidade na utilização e liquidação Banco disponibiliza, através de conta dos fundos paralela (conta caucionada), Encargos financeiros sobre o valor e determinada importância, dentro de período correspondentes à utilização um limite de tempo acordado e efectuada mediante certa remuneração Montantes Prazos Definidos caso a caso Definidos caso a caso Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 15. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 14 Garantias Bancárias O que é? Vantagens A garantia bancária é um documento Substituição dos depósitos necessários emitido pelo Banco, consubstanciado para assegurar determinado contracto, numa operação de crédito por desenvolver um negócio ou obter assinatura, pela qual o Banco se fundos, constituindo assim um constitui garante perante terceiros importante auxílio de tesouraria (Beneficiário) de obrigações assumidos pelo seu Cliente (Ordenador), e honra Instrumento facilitador e acelerador esses compromissos no caso do seu das exportações/importações, perante incumprimento as exigências dos fornecedores e/ou importadores estrangeiros Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 16. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Crédito Bancário 15 Cartões de Crédito (Cash-Advance) O que é? Vantagens Transferência de dinheiro, até ao Possibilita de imediato o dinheiro que limite do saldo disponível no cartão de precisa para uma despesa inesperada crédito, para a conta à ordem, vendo aumentar de imediato o saldo disponível na sua conta (não carece de aprovação de crédito) Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 17. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Capital de Risco 16 Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 18. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Capital de Risco 16 _O Capital de Risco pode ser definido como uma forma de investimento que preconiza o sucesso empresarial e o lucro _É uma das principais fontes de financiamento para jovens empresas, “start-up’s” e investimentos de risco com elevado potencial de rentabilização _O Capital de Risco assume integralmente os desafios do mercado, ao não ser recompensado pelos juros do capital investido mas sim pelo sucesso da empresa financiada _É a única forma de financiamento que assume o sucesso do negócio como o sucesso do seu próprio investimento
  • 19. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Capital de Risco 17 Sociedades de Capital de Risco e os Business Angels _São investidores que financiam projectos “vencedores”, normalmente contra uma participação minoritária na respectiva empresa _São, ou devem ser, tudo menos um parceiro silencioso. Intervêm na gestão da empresa, implementando soluções profissionais, desenvolvendo estratégias de eficiência na produção e distribuição, marketing e promoção com o objectivo de valorizar o investimento financeiro efectuado. _Os seus resultados estão directamente dependentes dos lucro obtidos Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 20. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Capital de Risco 18 _O Capital de Risco é um investimento de curto ou médio prazo no capital da empresa, por natureza, é um investimento temporário _Mecanismos de desivestimento: _Venda da participação aos seus antigos titulares, tanto de forma espontânea como pré-negociada logo no momento do investimento (Contratos-promessa) _Venda da participação a terceiros, quer a investidores tradicionais como a outros investidores de Capital de Risco Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 21. Financiamento do Projecto As fontes de financiamento – Apoio públicos 19 i.e. _Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) _Sistema de Incentivos à Inovação (SI Inovação) _Instituto do Emprego e da Formação Profissional _Apoios à contratação – Programa de estimulo à oferta de emprego _Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) _Programas de apoio às PME Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 22. 20 Quando se pensa em angariar financiadores um Plano de Negócio precisa-se Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 23. Plano de Negócios 21 _Um Plano de Negócios é um Plano base, essencial para a estruturação e defesa de uma nova ideia de negócios _Um Plano de Negócios deverá incluir um sumário, um objectivo, a identificação dos factores-chave para o projecto ser bem sucedido e análises de mercado e análises financeiras que sustentem devidamente a ideia que se pretende desenvolver Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 24. Plano de Negócios 22 Um Plano de Negócios será difícil de avaliar Simples e/ou implementar a Objectivo Plano Acções Resultados menos que cumpra Realista alguns requisitos na Completo sua “construção” Afinação Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I
  • 25. Plano de Negócio – Uma estrutura possível 23 1. Sumário Executivo (máximo 1-2 páginas) 2. A História da Empresa e/ou dos Promotores 3. Mercado Subjacente (Clientes e Concorrência) 4. A Equipa de projecto 5. O Projecto /Produto /Ideia (Estratégia de Desenvolvimento) 6. Estratégia Comercial (Política de: Preço, Distribuição, Publicidade) 7. Projecções Financeiras (Vendas; Cash Flow; Break-Even) 8. Sistemas de Gestão e Controlo do Negócios 9. Investimento Necessário Escola Superior de Desporto de Rio Maior|Gestão do Desporto I

×