Biomassa/Biogás<br />Trabalho realizado por:<br />David Ferreira Nº7 <br />João Alves Nº10<br />João Vilaça Nº12<br />
Introdução<br />    No mundo construído do Homem para o Homem, tudo se constrói em torno de uma das fontes de energia mais...
Vantagens e desvantagens<br />Vantagens:<br />É Barata;<br />È uma fonte de energia inesgotável;<br />Ajuda a desenvolver ...
Uso racional da energia<br />    Hoje em dia, com a tendência do uso de combustíveis e de outros produtos que poluem imens...
Biomassa solida<br />Tem como fonte os produtos e resíduos da agricultura, incluindo substâncias vegetais e animais, os re...
Biomassa liquida<br />Tendo em conta que as emissões de CO2 dos biocombustíveis líquidos são neutras para o aumento do efe...
Biogás<br />       Os biocombustíveis gasosos são originados nos efluentes agro-pecuários, da agro-indústria e urbanos (la...
Conclusão<br />     Como já foi possível mostrar, existem várias maneiras de preservar o nosso planeta, e garantir a vida ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Matéria orgânica em decomposição - 10º A

6,446

Published on

Published in: Travel, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
6,446
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Matéria orgânica em decomposição - 10º A

  1. 1. Biomassa/Biogás<br />Trabalho realizado por:<br />David Ferreira Nº7 <br />João Alves Nº10<br />João Vilaça Nº12<br />
  2. 2. Introdução<br /> No mundo construído do Homem para o Homem, tudo se constrói em torno de uma das fontes de energia mais rentáveis, que são os combustíveis fósseis. Mas, como estas fontes são extremamente poluentes, e estão a por em causa a estabilidade nos ecossistemas, o Homem teve necessidade de criar alternativas, que não fossem tão poluentes, e que tivessem uma boa rentabilidade. Assim surgiram as energias renováveis, que nos últimos anos têm sofrido uma subida a nível de utilização.<br /> Uma destas energias renováveis designa-se por biomassa, um recurso inesgotável que tem sido alternativa, principalmente, ao petróleo e ao gás butano. E é sobre essa energia em especifico que iremos abordar neste trabalho, falando sobre as suas utilidades e quais as suas fontes.<br />
  3. 3. Vantagens e desvantagens<br />Vantagens:<br />É Barata;<br />È uma fonte de energia inesgotável;<br />Ajuda a desenvolver regiões menos desenvolvidas economicamente, pois cria postos de trabalho entre outras coisas;<br />E uma alternativa competitiva na utilização de combustíveis fosse.<br />Desvantagens:<br />Provoca poluição ambiental;<br />É um grande perigo para a camada do ozono;<br />São necessárias grandes áreas de terreno para produzir biomassa em quantidades rentáveis;<br />Baixa rentabilidade;<br />Altera os ecossistemas.<br />
  4. 4. Uso racional da energia<br /> Hoje em dia, com a tendência do uso de combustíveis e de outros produtos que poluem imenso, e que apesar da boa rentabilidade e vantagem económica para o produtor, é extremamente poluente. Por isso existe uma necessidade de criar alternativas, de igual rentabilidade e económicas para que a necessidade de consumir produtos com um impacto ambiental elevado, diminua. E actualmente existem já várias alternativas como as energias renováveis, que trazem muitas vantagens para o nosso mundo, e que cujas desvantagens são diminutas, e de impacto ambiental reduzido. <br /> Nós enquanto Homem responsável pelos nossos actos, devemos agir e criar construir opções para que a vida no mundo seja possível. Como tal existem várias medidas que tendem a ajudar à sustentabilidade do nosso planeta, como: Investir mais nas energias renováveis (construir zonas de produção de energia eólica, barragens, aproveitamento das forças de ondas e marés, utilização de combustíveis biodegradáveis, etc.); aplicar métodos para poupar água potável, de modo a poupar água uma vez que grande da água disponível no nosso planeta não é potável; aplicar a política dos três Rs (reduzir, reciclar e reutilizar), pois também é um método de reutilizar a energia<br />
  5. 5. Biomassa solida<br />Tem como fonte os produtos e resíduos da agricultura, incluindo substâncias vegetais e animais, os resíduos da floresta, resíduos das indústrias conexas e a parte biodegradável dos resíduos industriais e urbanos.<br /> Grande parte da biomassa sólida tem origem em resíduos feitos de madeira. Muitos são obtidos nas operações de retirada de lenha das florestas ou de processos da indústria madeira. Na desflorestação, para além dos troncos das árvores utilizados na indústria do mobiliário e construção, são recolhidos resíduos de madeira de menor qualidade.<br /> Em muitos locais, outros produtos, como a palha ou o feno são utilizados para na produção de energia, a partir da biomassa. Os resíduos de pós-colheita estão usualmente disponíveis a nível local e em grandes quantidades.<br />
  6. 6. Biomassa liquida<br />Tendo em conta que as emissões de CO2 dos biocombustíveis líquidos são neutras para o aumento do efeito de estufa, a utilização de biocombustíveis tem um menor impacto ambiental em comparação com os combustíveis fósseis. Mas como tem menores níveis de produtividade na sua produção e eficiência na combustão e/ou a utilização de espécies para fins de alimentação origina alguns problemas, principalmente nos biocombustíveis da chamada primeira geração, ou seja, da 1ª colheita de resíduos.<br /> Os biocombustíveis de primeira geração tem origem nas matérias vegetais produzidas pela agricultura, como a beterraba, o trigo, o milho, o girassol e a cana-de-açúcar, que entram em concorrência com culturas alimentícias.<br /> O biocombustíveis de segunda geração (fabricados a partir dos 1os) tem origem na celulose e noutras fibras vegetais presentes na madeira ou nas partes não comestíveis dos vegetais.<br /> Os principais biocombustíveis líquidos são: Biodiesel, Etanol, ETBE (derivado do etanol), Metanol (derivado do biometanol).<br />
  7. 7. Biogás<br /> Os biocombustíveis gasosos são originados nos efluentes agro-pecuários, da agro-indústria e urbanos (lamas das estações de tratamento dos efluentes domésticos) e ainda nos aterros de RSU (Resíduos Sólidos Urbanos).<br /> Estes têm resultado na degradação biológica anaeróbia da matéria orgânica contida nos resíduos anteriormente referidos, sendo constituído essencialmente por Metano (CH4). Podendo também ser obtidos pela conversão termoquímica da biomassa sólida em processos de gaseificação.<br />Biogás por fermentação<br /> O biogás pode ser pela fermentação da biomassa animal e vegetal, sem a acção do oxigénio. Neste caso, uma simbiose de grupos de bactérias realiza a decomposição química dos compostos de Carbono (C), em produtos finais gasosos: Metano (CH4) em percentagens que variam entre os 50% e os 70% sendo o restante essencialmente Dióxido de Carbono (CO2) e pequenas quantidades de outros gases como o Nitrogénio (N), sulfureto de hidrogénio (H2S) e o hidrogénio (H). Na prática, esta situação acontece, por exemplo, em aterros ou ETARs. <br />Biogás por gaseificação<br /> A conversão termoquímica da biomassa sólida em gases combustíveis tem lugar durante a gaseificação ou durante a combustão lenta, com pouco oxigénio. Das cadeias de carbono na biomassa originam-se os gases combustíveis, monóxido de carbono (CO), hidrogénio (H2) e, em pequenas quantidades, o metano (CH4).<br />
  8. 8. Conclusão<br /> Como já foi possível mostrar, existem várias maneiras de preservar o nosso planeta, e garantir a vida futura. E existe cada vez mais necessidade de agir, e uma das hipóteses é a utilização de energias renováveis, entre elas a biomassa, que já é utilizada em vários sítios e em maior quantidade no nosso planeta.<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×