Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho

on

  • 9,606 views

 

Statistics

Views

Total Views
9,606
Views on SlideShare
9,606
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
106
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho Document Transcript

  • 1. Prof. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda o----mundomundomundomundo----dadadada----fisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.com 34 EXERCÍCIOS EXTRAS 01. Num campo elétrico, uma carga de 2 C é levada de um ponto A a um ponto B muito afastado, tendo as forças elétricas realizado um trabalho de 100 J. Determine: a) a energia potencial elétrica da carga no ponto A; b) o potencial elétrico no ponto A. 02. Determine o potencial no ponto P, devido às cargas puntiformes Q1, Q2 e Q3, cujos valores são 2 µC, - 5µC e 8 µC, respectivamente. O meio é o vácuo. 03. Quando uma carga positiva é deslocada contra o sentido do campo elétrico, a sua energia potencial elétrica aumenta ou diminui? Explique. 04. (MAK-SP) Qual o trabalho necessário para levar uma carga de 500 . 10 -12 C de um ponto situado a 20 m de uma carga de 1000 µC a um ponto a 2 m dela? Considere as cargas no vácuo (ko = 9 . 10 9 Nm 2 C -2 ). 05. (Fuvest-SP) Um objeto de pequenas dimensões, com carga elétrica Q, cria um potencial igual a 1000 V, num ponto A, a uma distância de 0,1 m. Determine o valor: a) do campo elétrico no ponto A; b) do potencial e do campo elétrico num ponto B, que dista 0,2 m do objeto. 06. (FEI-SP) O diagrama representa o potencial elétrico em função da distância do ponto considerado até a carga fonte do campo. Sabe-se que o meio que envolve a carga fonte é o vácuo. Pedem-se: a) o valor da carga fonte Q; b) o potencial elétrico a 2 m da carga fonte. 07. Na figura, Q1 = Q2 = 2 . 10 -9 C. Qual é o potencial no ponto médio M? 08. (EFPE) Duas cargas elétricas – Q e + q são mantidas nos ponto A e B, que distam 82 cm um do outro. Ao se medir o potencial elétrico no ponto C, à direita de B e situado sobre a reta que une as cargas, encontra-se um valor nulo. Se |Q| = 3|q|, qual o valor em centímetros da distância BC? 09. Os pontos A, B, C e D estão no campo elétrico de uma carga puntiforme Q, fixa. Transportando-se uma carga de prova q de A a B pelo caminho I, as forças elétricas realizam um trabalho T. d (m) V (volts) 1 - 9 . 10 -3 P Q1 Q1M 4 cm - Q + q C 82 cm BA
  • 2. Prof. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda o----mundomundomundomundo----dadadada----fisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.com 35 Determine o trabalho realizado pelas forças elétricas para transportar a mesma carga q de: a) A a B, pelo caminho 2. b) B a A, pelo caminho 3. Q C BA D 1 2 3
  • 3. Prof. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda o----mundomundomundomundo----dadadada----fisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.com 36 GABARITO 01. Dados: Q = 2 C TAB = 100J a) O trabalho é motor, pois o TAB > 0. Portanto, o deslocamento é no sentido da força. TAB = EPA - EPB dB → ∞ → dB = 0, portando a EPB = 0 TAB = EPA → EPA = 100 J b) VA = EPA = 100 = 50 V 2 2 02. Dados: Q1 = 2 . 10 -6 C Q2 = - 5 . 10 -6 C Q3 = 8 . 10 -6 C ko = 9 . 10 9 Nm 2 /C 2 d1 = d2 = d3 = 9 cm = 9 . 10 -2 m VP = V1 + V2 + V3 V1 = kQ1 = 9 . 10 9 . 2 . 10 -6 = 2 . 10 5 V d 9 . 10 -2 V2 = kQ2 = 9 . 10 9 .(- 5) . 10 -6 = - 5 . 10 5 V d 9 . 10 -2 V3 = kQ3 = 9 . 10 9 .8 . 10 -6 = 8 . 10 5 V d 9 . 10 -2 VR = 2 . 10 5 – 5 . 10 5 + 8 . 10 5 = 5 . 10 5 V 03. Deslocada no sentido contrário ao campo elétrico, a carga positiva alcança regiões de potencial elétrico cada vez maior, o que acarreta um aumento da energia potencial elétrica. 04. Dados: q = 500 . 10 -12 C = 5 . 10 -10 C Q = 1000 . 10 -6 C = 10 -3 C d1 = 20 m d2 = 2 m ko = 9 . 10 9 Nm 2 C -2 V1 = k.Q = 9 . 10 9 . 10 -3 = 9 . 10 6 = 0,45 . 10 6 = 4,5 . 10 5 V d 20 20 V2 = k.Q = 9 . 10 9 . 10 -3 = 4,5 . 10 6 V d 2 T = q . U = q . (V1 – V2) = 5 . 10 -10 (4,5 . 10 5 – 4,5. 10 6 ) T = 5 . 10 -10 . (4,5 . 10 5 – 45 . 10 5 ) T = 5 . 10 -10 . (- 40,5 . 10 5 ) = - 202,5 . 10 -5 = - 2,025 . 10 -3 J 05. Dados: VA = 1000 V dA = 0,1 m = 10 -1 m dB = 0,2 m = 2 . 10 -1 m a) VA = ko .Q → 1000 = kQ → 10 3 . 10 -1 = kQ → kQ = 10 2 d 10 -1 EA = k |Q| = 10 2 = 10 2 = 10 2 N/C d 2 (10 -1 ) 2 10 -2 b) VB = kQ = 100 = 500 V d 0,2 EB = k|Q| = 100 = 100 = 25 . 10 2 = 2,5 . 10 3 N/C d 2 (2 . 10 -1 ) 2 4 . 10 -2 06. Dados: VP = - 9 . 10 3 V dP = 1 m ko = 9 . 10 9 Nm 2 /C 2 a) VP = k.Q → - 9 . 10 3 = 9 . 10 9 . Q → Q = - 1 . 10 -6 C dP 1 b) V = k.Q = 9 . 10 9 . (-1) . 10 -6 = - 4,5 . 10 3 V d 2
  • 4. Prof. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda oProf. Thiago Miranda o----mundomundomundomundo----dadadada----fisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.comfisica.blogspot.com 37 07. Dados: Ko = ko = 9 . 10 9 Nm 2 /C 2 d2 = d1 = 2 cm = 2 . 10 -2 m Q1 = Q2 = 2 . 10 -9 C V1 = V2 = 9 . 10 9 . 2 . 10 -9 = 900 V 2 . 10 -2 VM = V1 + V2 = 900 + 900 = 1800 V 08. Dados: |Q| = 3|q| dAC = 82 + x dBC = x VRC = 0 VRC = VA + VB = 0 VA = VB ko(- Q) = koq dA dB ko 3q = koq 82 + x x 3 = 1 . 82 + x x 3x = 82 + x 3x – x = 82 2x = 82 x = 41 cm 09. a) Independente do deslocamento 1 ou 2, o trabalho das forças elétricas é o mesmo, visto que o campo elétrico é um campo conservativo: T1 = T2 = T. b) De A a B o trabalho é motor. De B a A o trabalho tem o mesmo módulo, mas é resistente: T3 = - T. - Q + q C 82 cm BA x