Sociedade e Tecnologia <ul><li>‘ Revolução’ tecnológica: transformação radical dos conceitos científicos de uma determinad...
<ul><li>Transição de sociedade industrial (máquinas eram prolongamentos do homem na produção) para uma sociedade tecnológi...
Interpretações da Tecnologia <ul><li>A sociedade tecnológica é alvo de estudos de vários teóricos. A seguir, é apresentado...
A microeletrônica, a revolução da microbiologia e a revolução energética são bases da produção tecnológica Schaff (1995) O...
<ul><li>Sociedade industrial: a ciência e a técnica tinham como função multiplicar ou substituir a ‘força’ humana e animal...
A Sociedade Tecnológica <ul><li>Contexto atual: é fruto dos acontecimentos do pós-guerra e é caracterizado pela rapidez, m...
<ul><li>Tecnologia: elimina barreiras físicas e temporais (ex.: globalização). </li></ul><ul><li>O avanço tecnológico prop...
Nova linguagem <ul><li>Multilateralidade: a construção de uma mensagem é coletiva, na medida em que o autor, para formá-la...
<ul><li>Nova cultura audiovisual: nova sensibilidade e forma de perceber e se expressar. </li></ul><ul><li>Consequência: d...
<ul><li>Função da escola: formar nos alunos uma lógica e uma percepção capazes de levá-los a participar na construção de u...
Implicações sociais <ul><li>Novas tecnologias: atingem de forma diferentes os cidadãos. Alguns interagem com elas desde qu...
<ul><li>Surgimento de novas e diferentes vagas, exigindo qualificação tecnológica e reciclagem permanente. </li></ul>Novas...
<ul><li>Perfil do profissional que interessa ao mercado de trabalho: capacidade analítica, condições de atuar em equipe e ...
O papel da escola na sociedade atual <ul><li>Papel social da escola: perspectiva funcionalista – é responsável por grandes...
<ul><li>Ciência e técnica devem fazer parte do cotidiano escolar. Os meios técnicos de informação devem estar à disposição...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apres

447 views

Published on

Published in: Travel, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
447
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apres

  1. 1. Sociedade e Tecnologia <ul><li>‘ Revolução’ tecnológica: transformação radical dos conceitos científicos de uma determinada época. Apesar da expressão ‘revolução’, não representa um processo de ruptura social. </li></ul><ul><li>Tecnologia: resultado e expressão das relações sociais (FRIGOTTO, 1992.). Fruto do conhecimento científico avançado aplicado à produção e à cultura. </li></ul><ul><li>As mudanças ocasionadas pela ciência e pela técnica nas últimas décadas atingem todos os setores da sociedade, transformando os instrumentos de comunicação e trabalho. </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Transição de sociedade industrial (máquinas eram prolongamentos do homem na produção) para uma sociedade tecnológica (máquinas possuem a capacidade de lidar com o conhecimento e a informação, sendo consideradas prolongamento do pensamento humano) </li></ul><ul><li>A Escola pode adotar duas posturas: tentar entender as mudanças do mundo, tentando produzir conhecimento pedagógico sobre ele, ou, ‘dar as costas’ para a realidade. </li></ul><ul><li>Microeletrônica: vem gerando uma nova conformação do desenvolvimento humano, novas relações econômicas, culturais, de trabalho e de comunicação. </li></ul>
  3. 3. Interpretações da Tecnologia <ul><li>A sociedade tecnológica é alvo de estudos de vários teóricos. A seguir, é apresentado um quadro que sintetiza suas opiniões. </li></ul>A tecnologia só resolverá os problemas do mundo se for posta a serviço da humanidade Fromm (1984) Preocupa-se com a desigualdade de distribuição dos benefícios da tecnologia Morais (1978) Afirma que a tecnologia, sozinha, não é capaz de acabar com as desigualdades sociais do capitalismo. Sugere a criação do homem tecnológico, que domina a ciência e técnica, ao invés de ser dominado por elas Ferkiss (1972) Defende um avanço orientado. A tecnologia deve favorecer o crescimento econômico e social Marcuse (1967)
  4. 4. A microeletrônica, a revolução da microbiologia e a revolução energética são bases da produção tecnológica Schaff (1995) O homem passa a ser robotizado pela máquina, e passa a assimilar seu comportamento e dinâmica Borheim (1995) Tecnologias: produtoras e produtos da subjetividade humana Parente (1993) A atualidade é uma transição entre a civilização baseada na escrita e na lógica por ela fundadas e a civilização informática Levy (1993) A tecnologia representa transformações qualitativas na relação homem-máquina. Interfere no campo da força humana mental, podendo substituí-la Silva, J. (1992) O processo de tecnologização é inerente à busca do ser humano por formas de construção do seu mundo Frigotto (1992)
  5. 5. <ul><li>Sociedade industrial: a ciência e a técnica tinham como função multiplicar ou substituir a ‘força’ humana e animal. Tecnologia era coadjuvante. </li></ul><ul><li>Novas tecnologias: democratização do acesso aos seus benefícios pode configurar a exclusão como característica inerente ao sistema capitalista </li></ul><ul><li>Principal preocupação dos estudiosos: as idéias humanitárias de justiça social e de igualdade devem fundamentar o uso da tecnologia no mundo. </li></ul>
  6. 6. A Sociedade Tecnológica <ul><li>Contexto atual: é fruto dos acontecimentos do pós-guerra e é caracterizado pela rapidez, mutabilidade e presença maciça da tecnologia nos meios de comunicação, nos negócios e na produção de riquezas materiais e de conhecimento. </li></ul><ul><li>Velocidade crescente de troca e produção de conhecimento. O caráter dialético e mutável das coisas se torna patente a todo instante. </li></ul><ul><li>Desenvolvimento tecnológico: ganhou mais força a partir da segunda metade do século XX.O pós-guerra acelerou o processo de inovação tecnológica e influenciou as mudanças nas relações sociais. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Tecnologia: elimina barreiras físicas e temporais (ex.: globalização). </li></ul><ul><li>O avanço tecnológico proporcionou algumas vantagens para o desenvolvimento e manutenção do sistema capitalista (maior rapidez na produção, minimização de custos, etc.) </li></ul><ul><li>Tecnologias da comunicação: provocam mudanças de comportamento em função da linguagem por elas utilizadas (ex.: individualização dos processos de comunicação, atividades a distância, observar um fato sob diversos pontos de vista, etc.) </li></ul>
  8. 8. Nova linguagem <ul><li>Multilateralidade: a construção de uma mensagem é coletiva, na medida em que o autor, para formá-la, recebeu mensagens e influências de vários lugares e de diferentes maneiras. Por sua vez, cada interlocutor fará uma interpretação, baseado em seu próprio código. </li></ul><ul><li>Produção de uma nova linguagem: a audiovisual. Funda-se na imagem, que é uma forma mais rápida de comunicação (ex.: videoclipes, games, computadores, televisão – linguagem imagética e icônica). </li></ul><ul><li>Nova forma de comunicação: representa a superação do modelo estático da sociedade da imprensa, baseado na palavra escrita, onde o autor e o limite do texto são nítidos e definidos (bilateral = emissor/receptor) </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Nova cultura audiovisual: nova sensibilidade e forma de perceber e se expressar. </li></ul><ul><li>Consequência: dificuldade de expressão verbal e escrita e de leitura e interpretação, que são ferramentas elementares para a construção do conhecimento. </li></ul><ul><li>Linguagem audiovisual: baseia-se fundamentalmente em falar mais do que escrever, ver mais do que ler e sentir antes de compreender. Os jovens têm mais facilidade em lidar com essa linguagem. </li></ul><ul><li>Por que compreender a nova linguagem? É por meio dela que o conteúdo da dominação é transmitido. A mídia (e as novas linguagens) assume um papel de formadora de hábitos e atitudes das novas gerações, o que anteriormente era papel da família e da escola. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Função da escola: formar nos alunos uma lógica e uma percepção capazes de levá-los a participar na construção de uma sociedade que produza e utilize as tecnologias de forma mais crítica e democrática. </li></ul><ul><li>Neste contexto é papel dos adultos aprender a ler os meios de comunicação sob a ótica do jovem, para ajudá-lo a compreender os problemas da sociedade de forma organizada e profunda. </li></ul>
  11. 11. Implicações sociais <ul><li>Novas tecnologias: atingem de forma diferentes os cidadãos. Alguns interagem com elas desde que nascem. Outros têm acesso apenas às tecnologias mais comuns da comunicação. </li></ul><ul><li>Consequência: exclusão social. </li></ul><ul><li>Inovações Tecnológicas: têm produzido transformações na organização social, no trabalho, no cotidiano. Introduzem na sociedade mudanças relevantes no conhecimento, na cultura e nas relações de poder. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Surgimento de novas e diferentes vagas, exigindo qualificação tecnológica e reciclagem permanente. </li></ul>Novas tecnologias e mercado de trabalho <ul><li>O sistema educacional deve ser transformado, para preparar os futuros profissionais. </li></ul><ul><li>Atributos do trabalhador do futuro: raciocínio lógico, habilidade para aprender novas qualificações, conhecimento técnico geral, responsabilidade com o processo de produção e iniciativa para resolução de problemas (Fonte: pesquisa UFRJ). </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Perfil do profissional que interessa ao mercado de trabalho: capacidade analítica, condições de atuar em equipe e em várias áreas, cultura ampla com formação generalista, noção de línguas estrangeiras, capacidade de buscar novas técnicas, atualização constante em relação aos avanços tecnológicos. (Fonte: pesquisa CIEE) </li></ul><ul><li>Educador: deve estar atento Às características do mundo atual, a fim de contribuir para a concretização do papel fundamental da educação e da escola, formando cidadãos críticos e atuantes na sociedade. </li></ul>
  14. 14. O papel da escola na sociedade atual <ul><li>Papel social da escola: perspectiva funcionalista – é responsável por grandes transformações em nível individual e social. Na perspectiva reprodutivista – apenas reproduz as determinações da sociedade, suas desigualdades e a aceitação delas. </li></ul><ul><li>No Brasil, a partir da década de 70: perspectiva dialética – a escola é capaz de reproduzir e transformar ao mesmo tempo. Seu trabalho é essencialmente político. </li></ul><ul><li>Escola: influencia e é influenciada pelas demais manifestações sociais. </li></ul><ul><li>A escola não pode se responsabilizar sozinha por transformações da estrutura social, mas pode realizar um trabalho crítico em relação ao uso e aplicação das novas tecnologias (escola transformadora). </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Ciência e técnica devem fazer parte do cotidiano escolar. Os meios técnicos de informação devem estar à disposição da escola. </li></ul><ul><li>Escola: deve desmistificar a linguagem tecnológica e iniciar seus alunos no domínio do seu manuseio, interpretação e criação. </li></ul>

×