Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Departamento de Matemática
Escola de Ciências e Tecnologia
Licenciatura em Bio...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Poster - Quem faz mais refeições em casa e e qual a sua pegada ecológica?

52

Published on

SERÁ QUE AO FAZERES REFEIÇÕES EM CASA ESTÁS A CONTRIBUIR PARA UM AUMENTO OU UMA DIMINUIÇÃO DA PEGADA ECOLÓGICA? PARA SABERES A RESPOSTA A ESTA PERGUNTA, APROXIMA-TE E INFORMA-TE.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
52
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Poster - Quem faz mais refeições em casa e e qual a sua pegada ecológica?"

  1. 1. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Departamento de Matemática Escola de Ciências e Tecnologia Licenciatura em Biologia e Geologia Bioestatística Quem faz mais refeições em casa e qual a sua pegada ecológica? Jessica Silva nº33705 Filipe Marinho nº33706 Pedro Veiga nº 33698 SERÁ QUE AO FAZERES REFEIÇÕES EM CASA ESTÁS A CONTRIBUIR PARA UM AUMENTO OU UMA DIMINUIÇÃO DA PEGADA ECOLÓGICA? PARA SABERES A RESPOSTA A ESTA PERGUNTA, APROXIMA-TE E INFORMA-TE. 1– Introdução A pegada ecológica é uma estimativa do impacto que o nosso estilo de vida tem sobre o planeta . O estudo da variável alimentação tornase interessante para termos uma percepção da pegada ecológica de acordo com o local onde efectuamos as nossas refeições. Neste trabalho de pesquisa, a recolha de dados deu-se pelo método de inquérito, sendo o número da amostra de 397 inquiridos. Depois de analisarmos as variáveis da idade e do género construímos diversos gráficos que nos permitiram tirar conclusões. Figura 2 - Soma dos valores da pegada ecológica total. 3- Será que os inquiridos sabem que fazer refeições em casa influência a pegada ecológica? Das pessoas que responderam que comiam entre 14 a 18 vezes em casa por semana, 0% obteve um valor final de pegada ecológica considerado mau. Também é importante salientar que, cerca de 1% das pessoas que comem mais de 18 vezes em casa, tiveram um mau resultado na soma total dos valores da sua pegada ecológica. Por outro lado cerca de 16% das pessoas que obtiveram resultado muito bom na soma da sua pegada ecológica, comem menos de 10 vezes em casa. Por fim, é importante focar que a classe onde mais respostas se enquadraram foi na considerada por nós como BOM. Figura 3 - Gráfico que relaciona a pontuação da nossa questão com a pegada ecológica total. Figura 1 - Gráfico que relaciona a faixa etária dos inquiridos com a quantidade de refeições feitas em casa. Razoável 2- Pegada ecológica total Nesta variável fizemos uma escala de valores e classificamos essa escala quanto à soma que daria origem ao valor da pegada ecológica: 125 a 313 – Muito bom; 314 a 502 – Bom; 503 a 691 – Razoável; 692 a 880 – Mau; Referências Bibliográficas 1- http://conservacao.quercusancn.pt/content/view/46/70/, 7-06-2011; 2- MARTINS, Maria Eugénia Graça e outros, 2007, Análise de Dados: texto de apoio para os professores do 1.º ciclo/Maria Eugénia Graça Martins, Luísa Canto e Castro Loura, Maria de Fátima Mendes; ISBN 978-972-742-261-6; 4– Conclusão Conclui-se que as pessoas com idades compreendidas entre os 7 e 22 anos fazem mais refeições em casa por semana, e também que as mulheres dizem fazer mais refeições em casa do que os homens. Por fim podemos concluir que os inquiridos, deram respostas que coincidiam com a sua pegada ecológica em geral.

×