São Paulo, 4 de julho de 2012Fernando Carvalho TabonePublicidade e Propaganda – ECANºUSP 6805440            Prova da disci...
perpetuador de seu zera, daí a aliança com Deus tratar de um novo zera, queherdaria a nova terra à qual Abrão estava sendo...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Exame da disciplina A Cultura do Israel Bíblico

416

Published on

Respostas para o exame final da disciplina A Cultura do Israel Bíblico, ministrada na FFLCH/USP, pela Profa. Suzana Chwarts. Contei com imensa colaboração da aluna Marian Gabani, estudante do curso de Letras com habilitação em Hebraico.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
416
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Exame da disciplina A Cultura do Israel Bíblico

  1. 1. São Paulo, 4 de julho de 2012Fernando Carvalho TabonePublicidade e Propaganda – ECANºUSP 6805440 Prova da disciplina Cultura do Israel Bíblico IQuestões1. Analise o conceito bíblico de zera‘ (semente, sêmen, descendência) e suasimplicações na formação do Israel bíblico.2. Discorra sobre o processo da formação de linhagem e sub-linhagem nosepisódios que envolvem Taré e Abraão, Abraão e Ló, Jacó e Esaú.3. Como a Bíblia Hebraica descreve as origens de Israel?Respostas 1. O zera é uma relação de consanguinidade que representa o conceitode linhagem na cultura do Israel Bíblico. Além da relação do sêmen, esteconceito está também relacionado à questão de propriedade territorial. Abraãodá início a uma nova linhagem ao decidir sair do seu local de origem, conformeorientação de Deus, partindo para uma nova região na qual deveria começartambém uma nova linhagem. O zera também está em grande parte restrito aohomem, pois seria do homem a origem do sêmen, configurando assim oconceito de patrilinhagem, que é extremamente presente na organização socialdo Israel Bíblico. É recorrente no antigo testamento bíblico a referência alinhagem a partir do homem, dizendo este é filho deste, que é filho deste, etc,predominando também a importância do primogênito. A própria orientação deDeus a Abraão a cerca da circuncisão é uma referência ao zera, pois seriacomo um sinal no órgão do homem que dá origem ao sêmen, à semente quedará sequência a linhagem. 2. Abraão ao sair do território pertencente ao seu pai Taré não seriamais herdeiro das terras de seu pai e portanto também deixaria de ser
  2. 2. perpetuador de seu zera, daí a aliança com Deus tratar de um novo zera, queherdaria a nova terra à qual Abrão estava sendo direcionado.Já a divisão de Abraão e de Ló, por outro lado, não implica na criação de umanova linhagem, mas de uma sublinhagem. Ló sai do território de Abraão devidoas condições da terra que não suporta mais a quantidade de gado e bens dosdois, partindo para uma outra terra, em direção oposta a Abraão, onde ascondições territoriais e físicas permitiriam o desenvolvimento de uma novasublinhagem. Abraão chega a chamar Ló de “irmão” e age para resgatá-lo, oque pode indicar que não houve o rompimento completo e a criação de umanova linhagem, mas apenas divisão dessa linhagem.Já entre Jacó e Esaú o que ocorre é a “transferência” do direito daprimogenitura de Esaú para Jacó. Esaú “vende” a Jacó sua posição deprimogênito por troca de comida, e portanto entrega seu direito a herança e aperpetuar o zera de Isaque. A linhagem de Esaú será uma sublinhagem quenão será zera‘ de Isaque. Diferentemente do que ocorre no episódio de Abraãoe Taré, em que a patrilinhagem é rompida para que se instaure uma novalinhagem, nos episódios de Abraão e Ló e Jacó e Esaú a patrilinhagem émantida, mas surge a partir dela uma nova sublinhagem, iniciada por Ló e porEsaú. 3. A bíblia hebraica reconhece não só Israel como um povo de origemmistas como também a ideia de que os povos da região são povos irmãos.Desde o relato pós dilúvio tem-se a ideia que os três filhos de Noé deramorigem a todos os povos da terra, mas as origens dos israelitas estãosupostamente na descendência de Sem: o povo arameu se forma a partir deNaor, irmão de Abraão; da sublinhagem formada a partir de Ló descendem osmoabitas e amonitas; Ismael, apesar de não perpetuar o zera de Abraão comoseu meio-irmão Isaque, toma uma mulher egípcia e dá origem às doze tribosdos ismaelitas; os filhos de Quetura, também de Abraão, formam os povos donorte, inclusive os midianitas; Esaú, irmão gêmeo do patriarca de Israel Jacó,casa-se com uma ismaelita, dando origem aos edomitas. Os israelitas são opovo da linhagem principal de Abraão, enquanto os outros povos têm suasorigens nas sublinhagens e em linhagens aparentadas.

×