Escola de Propaganda e Marketing - Belem - Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Escola de Propaganda e Marketing - Belem - Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais

on

  • 1,235 views

O Curso de Redes Sociais tem como objetivo instruir os participantes sobre a importância dos novos meios de comunicacão da sociedade, e mostrar como utilizá-las como uma poderosa ferramenta de ...

O Curso de Redes Sociais tem como objetivo instruir os participantes sobre a importância dos novos meios de comunicacão da sociedade, e mostrar como utilizá-las como uma poderosa ferramenta de marketing.
Ao realizar o curso, os participantes estarão aptos a:
Entender o contexto da era digital de web 2.0
Planejar a gestão das redes sociais
Planejar a integração com o seu publico alvo.
Gerenciar conteúdos
Entender as principais redes sociais, como: Twitter, Facebook, YouTube e Blogs.

Desenvolver estratégias de Marketing Digital.

Statistics

Views

Total Views
1,235
Views on SlideShare
1,235
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
28
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Escola de Propaganda e Marketing - Belem - Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais Escola de Propaganda e Marketing - Belem - Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais Presentation Transcript

  • Fernando Souza@fernandosouzafernando.souza@pardal.ag Gestão de Redes Sociais
  • Fernando Souza 30 anos, Diretor de Criação da Pardal.agPublicitário, blogueiro, palestrante e empresário. Criador da marca Polvora! Comunicação No mercado digital desde 2002. Já desenvolveu trabalhos para: Microsoft, Ticket, Corinthians, Gerdau, Alpargatas, Banco do Brasil, Julio Okubo, CSU, Universidade São Camilo, Link Trade, InterSystems, Hospital Nove de Julho e Faculdade Mauá.
  • AgendaIntrodução e visão geral – Redes Sociais Twitter Linkedin Youtube Facebook Atividade Prática
  • Conceitos básicos Website, hotsite, host, ftp, servidor, spam, opt in, redes sociais, gadgets, widgets, adserver, webanalytics, pixel, tags, SEM, SEO, Geolocalização, Cloud Computing, hashtag, API
  • Social Media é mania ou revolução?
  • Todo mundo fala sobre Redes Sociais
  • MAS O QUE É UMA REDE SOCIAL? Uma estrutura (real ou virtual) projetada para permitir que usuários se encontrem, se comuniquem, compartilhem conteúdo e desenvolvam comunidades.
  • Mudança de paradigmas O que mudou com as redes sociais?
  • Social media é revolução, é mudança de paradigma!Tradicional Mensagem Canal Receptor Web social Canal Receptor + Propagador + Mensagem Produtor
  • “A revolução não acontece quando a sociedade adota novas ferramentas.Acontece quando a sociedade adota novos comportamentos” Clay Shirky
  • Estamos falando de PessoasRelacionamento e conversaçãona última potência
  • As pessoas usam as redes sociaispara compartilhar, idéias,experiências e perspectivas emvários formatos, textos, fotos,vídeos, áudios...
  • 96% da geração Yestá presente nasredes sociais
  • Mídia social superoua pornografiacomo a atividadenº 1 da internet
  • Consumo dos meiosA Penetração do meio internet já é maior que alguns meios tradicionaisTV Aberta Radio OOH Jornal Internet Revista TV Paga Cinema Fonte: TGI
  • Internet no Brasil Nº Usuários1 Penetração 71 milhões Banda Larga4 87% dos internautas navegam com banda larga Tempo online2 Redes sociais2 44,59 horas/mês 80,5% alcance Local acesso3 E-shoppers5 49% lan house 15,2 milhõesFontes: 1comScore, nov/09 | 2Ibope Nett/Ratings, jun/09 | 3Cetic.br, mar/08 | 4 IAB Brasil, ago/09 | 5 20º webshoppers, 2009 |6acesso de casa ou trabalho | 7 Datafolha, ago/09
  • Perfil dos InternautasO Brasil é o #1 emtime spend online:45 horas mensaise ¼ é utilizandoredes sociais. Fonte: ibope
  • Perfil dos InternautasBrasil4º PAÍS onde mais se lê BLOGS.5º PAÍS com o maior número deCONEXÕES À INTERNET. Fonte: ibope , Wave 5 e datafolha
  • Perfil dos InternautasO acesso às redes foi incorporado àrotina da maioria.60% usam as redeshá três ou mais anos
  • E as redes sociais são?• Novas;• Orgânicas;• Multimídia;• Colaborativas;• Participativas;• Segmentadas;• Diversificadas;• Tem muita gente;• Democráticas;• São perfeitas? Não sei, mas são boas...
  • E o que mudou com as redes sociais?• A relação entre as pessoas;• As pessoas estão mais exigentes;• Estão mais informadas;• Pesquisam mais;• Questionam mais;• Se agrupam por interesses;• Não há mais barreiras geográficas, demográficas ou raciais;• Se mobilizam;• E principalmente falam sobre sua marca!
  • É necessário entender o processo. Na prática, as redes sociais não revolucionaram a forma com que as pessoas se comunicam, apenas facilitaram a comunicação, aumentaram a velocidade e o alcance das informações. Com isso em mente, a tecnologia utilizadas torna-se secundária. Para aproveitar bem o poder das redes sociais, o que importa é entender o processo como as pessoas se comunicam.
  • 67% do total de vendasrealizadas offline tiveram suas características pesquisadas antes na internet FONTE: Google
  • É fato que...64% das empresas julgam as mídiassociais importantes para os negócios.2010 Deloitte - Mídias sociais nas empresas
  • É fato que...86% das empresas que não investem,pretendem investir nos próximos 3 anos.2010 Deloitte - Mídias sociais nas empresas
  • COMO ATUAR NAS REDES SOCIAIS?
  • Não entre nas Midias sociais, se • Não tem senso de humor • Não falar abertamente • Não terá tempo, ou uma equipe para cuidar • Quer deixar tudo no automático (robôs, scripts, etc) • Só querer vender • Acha que ferramenta é estratégia • Não tem autorização de toda a empresa
  • Planejando! Conhecer muito bem a empresa; Missão, valores, posicionamento e objetivos. Identificar os concorrentes; Definir qual o objetivo da empresa nas redes sociais; Venda, relacionamento, lançamento de produto, monitoramento, suporte a clientes e fornecedores, desenvolvimento de produtos...
  • Vou te contar!Já estão falando de sua marca/produto, você só precisa entender oque estão falando.
  • ENGAGEMarcas precisam encontraruma forma de alcançar seusconsumidores, mas impactá-los já não é mais suficiente.Marcas agora precisamse envolver com eles.
  • 14% Confiam na publicidade tradicional10% Influenciam o consumo dos demais 90%69% Gostariam de bloquear publicidade
  • Monitorar PúblicoConcorrentes Segmento
  • Já conheci o cenário...Com base na análise de seumonitoramento, inicia-se a fasede planejamento estratégico decomo sua marca irá entrar nasredes sociais;
  • ObjetivosQual o objetivo da sua marca?Qual a contribuição das mídias sociais para sua marca?
  • Não tem jeito, para se destacarem meio a milhões de pessoasque utilizam as redes sociais, épreciso estar em muitas delas
  • Cada rede tem umconteúdo eobjetivodiferente.Você deve entenderas redes sociais esuas possibilidades.
  • É impossível conhecer todase fazer parte da maioria, pois acada dia surge uma nova rede.
  • Escolha a que você tem maior afinidade...
  • Esteja nas redes sociais deverdade, não adianta criarcontas no Twitter, Facebook,YouTube e mantê-lasdesatualizadas ou nãoresponder os usuários.
  • Onde estarei?Quais os canais sociais apropriados para sua marca? – Vou criar um blog... – Conhecer bem as redes sociais que você vai utilizar.
  • Construção e reputação...Como eu quero que as pessoas vejam a minha marca? Quero ser divertido, sério, prestativo, amigão? Criar um perfil editorial é fundamental.
  • Lembre-se sempre• A empresa precisa ser transparente;• Ter habilidades sociais;• Não é uma brincadeira de ranking;• Para vender precisa se relacionar;• Ter ética e responsabilidade;• Saber ouvir;• Saber falar;• Não deixar tudo na responsabilidade do estagiário;• Achar que trabalhar com mídias sociais é pra qualquer um;• Mídias sociais não é coisa de adolescente ou “vagabundo”;
  • Estratégia de Diálogo Posso participar das conversas já existentes ou é melhor iniciar uma nova discussão?
  • Todos devem saberAo introduzir a marcanas redes sociais,todos os colaboradoresda empresa devemtomar conhecimentodesse fato.
  • ColaboradoresÉ necessário criar ummanual de conduta ouvamos apostar no bomsenso de cada um?
  • Colaboradores National Geographic Brasil
  • Ponta pé inicial - Conteúdo• Todos os canais devem iniciar com conteúdo relevante e clareza dos objetivos da empresa;• O discurso deve ser o mesmo em todos as redes sociais, mas é necessário adequar a linguagem em cada canal.• Atualização desse conteúdo é fundamental.• Não importa quantidade de redes e sim qualidade onde sua marca estiver.
  • Em busca de interação• A marca sempre deve ser convidativa, dê espaço para o usuário participar, estimule essa participação.
  • EngajamentoEngajar o usuário étarefa difícil, ofereçaalgo em troca.
  • Não há limites• Se o seu público precisa de algo que ainda não existe, crie. – Aplicativos; – Games; – Comunidades.
  • Social Game
  • Aplicativos• Emirates iLingual – São 400 frases em árabe, francês ou alemão.
  • Um capítulo a parte.• Social CRM. – O que é CRM? Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com cliente. Social CRM é a gestão do relacionamento com cliente 2.0, o novo comportamento dos clientes graças à Internet e às Mídias Sociais demanda uma nova estratégia, uma segmentação diferenciada, novos canais, mensagens customizadas e novos processos de negócio. A integração do CRM já existente com as redes sociais é fundamental, para que ocorra a integração e relacionamento esperado.
  • Evolução do CRM
  • Na Prática
  • Café
  • ResultadosComo mensurar os resultados?
  • Definição de métricas Visibilidade Engajamento Influência
  • Definição de métricas• Visibilidade: – Métricas quantitativas que demonstram o quanto sua marca está sendo vista nas redes sociais:
  • Definição de métricasVisitasQuantas visitas você tem, quantos retornam ao seu blog, comunidade?Seguidores:Quem são? Eles interagem tem relação direta com seu target?Membros nas comunidades;Quantos membros tem na comunidade? Não limite-se a oficial, quem mais fala da sua marca?Fãs:Quanto fãs sua marca tem no Facebook? Eles participam, além de sua página eles estão aonde?Assinantes de feeds:As pessoas assinam meus feeds? Quantos assinam? Qual a periodicidade disso?
  • Definição de métricas Analytics URL BuilderVocê não conseguirá se preparar para tudo, mas o exercício de pensar em problemas e soluçõesvai ajudar muito. http://goo.gl/ReXCb
  • Definição de métricasVisibilidade tem queser crescente se issonão acontecer,algo está errado.
  • Definição de métricasEngajamento: Métricas qualitativas que demonstram o envolvimento do usuário com a marca:
  • Definição de métricas Engajamento: Respostas e Comentários; Qual o tom da resposta? Parabéns e Excelente são ótimos, resultado de um bom trabalho, mas estimule o usuário participe da discussão. Tem comentários negativos?
  • Definição de métricas• Engajamento: Contribuições / Colaboração: • Enviam fotos, vídeos, colaboram com conteúdo? – Reviews; • Geram conteúdo sobre seu produto? – Membros ou fãs ativos: • Os usuários participam nas comunidades? Observe os mais engajados, retribua valorize essa dedicação.
  • Definição de métricas• Engajamento: – Downloads Aplicativos. Você tem algum aplicativo? Quantas vezes ele já foi baixado?
  • Definição de métricasEngajamento: Deve ser acompanhado dia a dia e estimulado a todo momento.
  • Definição de métricasEngajamento é envolvimento, transformeclientes em advogados da marca.
  • Definição de métricasInfluência:Métricas qualitativas que expressam opoder de influência e mobilizaçãoda sua marca no segmento.
  • Definição de métricasInfluência:Cliques e Retuites:Elas confiam em seu conteúdo e espalham a informação?Referência em outros sites:O que sua marca diz, serve como inspiração e conteúdo para outras pessoas?Prêmios:Sua empresa já ganhou algum prêmio por presença on-line?
  • Definição de métricasInfluência: Participação em listas: De forma espontânea o nome da sua marca está em listas relevantes do segmento que atua?
  • Definição de métricas TagCrowd - http ://tagcrowd.com/
  • Google Readerwww.google.com/readerFerramenta base do monitoramento
  • Samepointwww.samepoint.com Monitoramento através de RSS
  • Monitoramento através de RSS
  • Definição de métricas Classificar como positivo, negativo e neutro é BASICO!!
  • Negativo Neutro PositivoMonitoramentoDiário
  • Definição de métricasClassificar posts como negativos não adiantam nadase você não resolver os problemasVocê não conseguirá se preparar para tudo, mas oexercício de pensar em problemas e soluções vaiajudar muito.
  • Definição de métricas Pode-se escolher entre 12 tipos de busca, em: Blogs, Microblogs, Networks, Bookmarks, Comments, Events, Images, News, Videos, Audio, Questions ou todas elas.
  • Definição de métricas
  • Definição de métricas
  • Definição de métricas
  • Ferramentas que irãoauxiliar no dia a dia.• Google Analytics Cuidado: Em algumas• http://tweetstats.com• http://tweetlevel.edelman.com ferramentas você paga• http://twitteranalyzer.com por resultados que não• http://twitalyzer.com tem nenhuma relação• http://klout.com/ com sua empresa /• http://buzzvolume.com• http://socialmention.com marca• www.radian6.com• http://www.blogpulse.com
  • Vamos ver na prática#PumaFail
  • Blogs Existem mais de 200,000,000 de blogs e 54% deles postam novoconteúdo diariamente; 34% dos blogueiros postam opiniões sobre produtos e marcas
  • Pagamentos e Incentivos a autores de Mídias Sociais• Ao fornecer quaisquer formas de pagamento aos autores, tais como recompensas, incentivos, itens promocionais, presentes, amostras, ou itens para resenha, ser completamente transparente:Encorajar os blogueiros a revelarem a fonte de qualquer pagamento, diretamente, emqualquer post que escrevam sobre a empresa.Se você escolher pagar por posts ou resenhas, você deverá se assegurar de que estejaclaramente exposto, no post específico, de que se trata de uma propaganda.
  • Conselhos Sem Spam; Use ferramentas para monitorar; Seja claro nos relatórios; Não faça relatório de dados e sim de análises; Mais interação; Envie sua idéia para 5 amigos e veja o que eles acharam, antes de aplicá-la; Conheça as redes sociais, teste antes de usar para sua marca; Customize suas redes sociais (Twitter, Youtube, MySpace); Conheça a equipe que irá trabalhar com as mídias sociais; Use as Api’s disponíveis; Crie seu próprio aplicativo, se necessário; Não compre sua audiência; Não use robôs;Respeite os influenciadores, pois eles são adultos e profissionais.
  • #Entendam Não existe mais barreiras entre o real e virtual!
  • #Entendam Nem tudo é o que parece
  • "A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar." (John L. Beckley)
  • Tendência #1
  • Mobile, o novo motor da rede social Os usuários de rede social pelo celular acessam seu perfil 18% mais que a média de usuário comum de internet.
  • Desktop vs. Mobile (nº globais) Número de usuários no mundo (em milhões) Fonte: Morgan Stanley Research
  • Mobile (nº globais) » 180.000 APLICATIVOS DISPONÍVEIS PARA DOWNLOAD » 1 EM CADA 4 APLICATIVOS BAIXADOS É PAGO » APROXIMADAMENTE U$D 300 ILHÕES EM VENDAS (70/30)
  • Mobile (nº globais) » 180.000 APLICATIVOS DISPONÍVEIS PARA DOWNLOAD » 1 EM CADA 4 APLICATIVOS BAIXADOS É PAGO » APROXIMADAMENTE U$D 300 ILHÕES EM VENDAS (70/30)
  • Tendência #2
  • Geolocalização
  • Geolocalização
  • Tendência #3
  • Compartilhamento de fotosArtísticas / jornalísticas
  • Tendência #4
  • Social GPS
  • Outras redes
  • Essa rede é importante que seja utilizada juntamente às outras redes. Não esperemque o usuário pergunte, vá atrás dele em outras mídias sociais e diga coisas do tipo:Quer saber qual o melhor horário para tomar proteína? Pergunte-me: link formspring formspring.me/governospformspring.me/suplemente
  • Ning uma plataformaque permite que vocêcrie sua própria redesocial permitindoempresa cria uma redesocial relacionada a umtema de interesse.
  • Mais de 320,000 usuários registrados, os quais geram mais de 350,000 horas deconteúdo de vídeos ao vivo por mês.
  • Integração com as Redes Sociais Vídeos Negócios ApresentaçõesDiálogo Envolvimento Conteúdo Mapas Fotos
  • Integração com as Redes SociaisO mundo está mudando então seu site deve refletir essas novas necessidades• Mantenha o site atualizado• Delineie uma estratégia• Defina quem vai deselvolver seu site• Invista em um wireframe e arquitetura de informação• Insira FAQ• Teste em todos as versões de browsers• Mensure seu site• Colocar o endereço em TODA comunicação da empresa (cartões de visita, assinatura de email, folders, lojaTenha o GA instalado em seu site
  • Integração com as Redes SociaisNão basta ter um site,é preciso agora ter:Presença Digital
  • Cadastre sua Empresa
  • Incentive os Comentários
  • Disponibilize Documentos
  • Crie Apresentações
  • Cadastre-se
  • A Palavra ComunicaçãoVem Antes da PalavraDigital
  • Bagagem literária, não faz mal a ninguém• LI, Charlene and BERNOFF, Josh. Fenômenos Sociais nos Negócios: Groundswell. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.• CARR, Nicholas. A Grande Mudança - Reconectando o mundo, de Thomas Edison ao Google.. São Paulo: Landscape, 2008.• QUALMAN, Erik. Socialnomics: how social media transforms the way we live and do business. New Jersey: John Wiley & Sons, 2009.• ANDERSON, Chris. Free - O futuro dos preços. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.• RECUERO, Raquel. Redes Sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.• AMARAL, Adriana; RECUERO, Raquel; MONTARDO, Sandra (orgs.) Blogs.com: estudos sobre blogs e comunicação. São Paulo: Momento Editorial, 2009.• JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.• TAPSCOTT, Don. Wikinomics: como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio; trad. Marcello Lino. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.• SANTAELLA, Lucia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.• ANDERSON, Chris. A Cauda Longa. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.• LÉVY, Pierre. A ideografia dinâmica: rumo a uma imaginação artificial?; 2a ed. São Paulo: Boitempo, 2006.• LÉVY, Pierre. A Inteligência Coletiva. 4a ed. São Paulo: Loyola, 2003.• CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet. 1a ed. Rio de Janeiro: Jorge Zaher Editor, 2003.
  • Compreender mais a fundo asnecessidades e motivaçõesdo consumidor é a chave para areal compreensãoda mídia social.
  • Perguntas