Your SlideShare is downloading. ×
A galinha voadora
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A galinha voadora

918
views

Published on

Patrícia era uma galinha como todas as outras, só que ela agora tinha um sonho. …

Patrícia era uma galinha como todas as outras, só que ela agora tinha um sonho.
O desejo de voar, viajar e conhecer o mundo.

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
918
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1 A galinha Voadora Fernando Smith Patrícia era uma galinha como todas as outras, só que ela agora tinha um sonho. O desejo de voar, viajar e conhecer o mundo.
  • 2. 2 Prefácio: A galinha voadora surgiu da ideia que na vida de cada um de nós existem sonhos que muitas vezes pensamos que não podem ser alcançados. Todos os dias, temos que lidar com pessoas que dizem que não vamos conseguir, além de que lutamos com nossas limitações e contradições, e como queremos ver para crer, está fabula é uma lição sobre a nossa fé, para alcançar o que achamos ser impossível. A vida sem sonhos se torna insuportável, viajar é a coisa melhor da vida, porque saímos do nosso mundinho para explorar outros mundos, como nosso querido personagem Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry, que nos ensina lições do universo. Morrer para o velho para mim ficou bem representado pela personagem Íbis borboleta, que revela em si nossas limitações e nossa lentidão em aprender, e somente quando rompemos esta casca velha de preconceitos e limitações podemos de fato voar, e quem não lembra um pouco disto no Best Seller Fernão Capelo Gaivota de Richard Bach.
  • 3. 3 São livros que me inspiraram a escrever esta obra e que me ofereceram elementos universais sobre a arte de viajar. A Galinha Patrícia nos mostra que não precisamos viver esta vida monótona, e infeliz, olhando para baixo, ciscando as mesmas coisas, sabendo que nosso fim é voltar a terra. Nada é casual neste livro, mesmo que alguns estranhem alguns animais com nome de gente, a origem do nome Patrícia é Egípcio, significa "da pátria" no latim. Patrícia precisa se desapegar do seu território, deixar sua gente para trás e seguir em frente, viajar e conhecer outras terras, o apego ao seu lugar de nascimento pode ser um atraso na aprendizagem sobre novas culturas. A borboleta Íbis aqui representa esta busca, Íbis significa A Alma (ou Ambição) representa o “eu verdadeiro”, a “essência”, aquilo que impulsiona, o motivo pelo qual se está neste mundo, os seus objetivos e anseios. Pombo Ferdinando é nosso professor e instrutor, aquele nos mostra que através do nosso empenho e determinação podemos alcançar aquilo que almejamos, algo que reflete meu pensamento por isto ao invés do
  • 4. 4 meu nome Fernando optei por Ferdinando que tem a mesma raiz. O nome Fernando surgiu na Península Ibérica como forma variante do nome latino Ferdinando, que por sua vez tem origem germânica, mais precisamente do gótico Ferdinand. Possivelmente significa: "pronto/preparado para a viagem" (fardi "viagem" e nand "pronto. Em resumo este livro totalmente simbólico e traz uma mensagem para todas as idades, nos convida a despertar para aquilo se melhor existe em cada um de nós.
  • 5. 5 Capítulos: I: vidinha monótona II: Eu tenho um sonho III: Encontro com Íbis a borboleta IV: instruções de voo com Ferdinando V: Todo sonho é possível basta crer.
  • 6. 6 I Vidinha monótona Patrícia: Oh vida, estou cansada disto tudo. Todo dia a mesma coisa! É só ciscar, ciscar, todo dia milho, milho, comer minhocas. Sua amiga marta galinha percebeu seu ar pensativo e foi logo perguntando: Porque você está tão pensativa Patrícia, vive a parar no tempo e fica a pensar?
  • 7. 7 Patrícia- Nada não! Estou apenas pensando na vida. Marta Galinha- Por causa disto que já quase não bota, todo mundo está falando que seus ovos estão bem mirrados.
  • 8. 8 Risos, có,có,có,có. Patrícia percebeu o sarcasmo da sua amiga, mas nem se importou foi se afastando e a deixou só. Patrícia - Que adianta viver assim? Meus filhos viram ovo frito ou bolo, e eu um dia vou pra panela. Acho que a vida deve ser muito mais que isto, estou cansada! Patrícia olhou para o céu e avistou um pássaro que voava com majestade e no seu olhar despertou um novo e forte sentimento. Sentimento de liberdade, então ela descobriu o que queria da vida.
  • 9. 9 Patrícia- Os pássaros são livres, exploram o céu, viajam o mundo, eu gostaria muito de poder um dia voar como eles... Oras, mas eu também sou uma ave, eu tenho asas oque me impede de voar?
  • 10. 10 Então Patrícia voltou para casa feliz e agora com um sonho, que fazia com que sua vida agora tivesse mais razão e sabor. Patrícia passou a noite pensando e sonhando sobre tudo isto e pela manha se sentia bem mais feliz.
  • 11. 11 II Eu tenho um sonho Acordou cedo e foi para sua rotina diária como sempre, e frango Jorge percebeu que ela estava diferente. Frango Jorge- Como você está animada Patrícia, com uma bicar de muita disposição. Isto que frango Jorge disse chamou a atenção de todas as galinhas que ficaram a pensar. (Humm ela deve estar de galinhagem com algum frango... Nem bota ela bota ) pensava algumas delas E patrícia não se conteve e acabou contando o que escondia no seu coração.
  • 12. 12 Patrícia- Eu estou sim frango Jorge, me sinto diferente porque agora tenho um grande sonho que fez com que minha vida a partir de hoje se tornasse mais feliz. Todos se admiraram com as palavras de patrícia, mas ninguém ousou perguntar nada, nunca levaram ela a sério, achavam que ela não passava de uma galinha problemática.
  • 13. 13 Patrícia galinha foi ciscando, ciscando e se afastou um pouco do grupo, mas Lúcia galinha a seguiu morrendo de curiosidade. Lúcia galinha: Mas me conta Patrícia eu fiquei curiosa sobre seu grande sonho, sonha o que ir pra uma grande fazenda e sair daqui? Patrícia- Não Lúcia eu estou cansada desta vida ingrata, a vida é muito mais que botar ovos e viver de ciscar, o meu sonho é de um dia poder voar.
  • 14. 14 Lucia a galinha que era muito fofoqueira ficou estática e disse. Lucia- você deve estar ficando louca voar é para pássaros, você é uma galinha você nunca vai conseguir voar. E Lúcia se afastou apressada para contar a fofoca para todos, ainda rindo de tudo isto...
  • 15. 15 E Patrícia ficou a pensar, eu sei que eu sou uma galinha, mas eu sou também uma ave, e agora eu tenho este sonho, será que alguém teria um sonho que não fosse possível realizar?
  • 16. 16 III Encontro com Íbis a borboleta Patrícia foi se afastando dali, encontrou uma falha na cerca e saiu do celeiro, caminhou muito pensando em todas estas coisas, chegando perto da estrada, nunca tinha ido tão longe, bem perto do mar.
  • 17. 17 Patrícia caminhou e pensou muito em tudo e o que precisaria fazer para conseguir realizar o seu sonho. No caminho encontrou uma bela borboleta azul e ficou tão admirada com sua beleza que fez o que nunca tinha feito antes,a cumprimentou. Patrícia- ola borboleta eu me chamo Patrícia e você? Íbis- a borboleta ficou muito surpresa, pois nunca havia falado com uma galinha, mas respondeu.
  • 18. 18 Borboleta íbis- Ola dona galinha eu me Chamo íbis prazer em conhecer. Patrícia – Você é tão linda, suas cores me encantam. Borboleta Íbis- Muito obrigado, obrigada Patrícia- deve ser muito bom voar, ficar pousando nas flores, sentindo o perfume delas? Borboleta íbis- É muito bom sim, mas nem sempre foi assim.
  • 19. 19 Patrícia- como assim não entendi? Você não foi sempre borboleta? Borboleta Íbis- Vou te contar um segredo, mas só porque fiquei muito surpresa de você falar comigo, isto nunca aconteceu e acho que é um sinal. Estou tendo um pressentimento muito bom.
  • 20. 20 Patrícia- pode falar saberei honrar este momento e lhe ser grata pra sempre. Borboleta Íbis- Eu acredito na sua fidelidade e promessa, você é diferente. Patrícia- Aceito seu elogio eu agradeço de todo meu coração.
  • 21. 21 Borboleta Íbis- Sabe,eu nem sempre fui uma borboleta, antes eu era uma lagarta, eu vivia a me arrastar na terra, nas arvores e nas folhas.
  • 22. 22 Mas um dia eu fui dormir, e foi como se eu tivesse dormido por muitos anos, dias ou meses, nem sei explicar. Patrícia- Nossa que grande mistério! Borboleta Íbis- Quando acordei foi como se eu saísse de dentro de mim, rompeu-se uma casca velha e me senti muito leve e sai voando e vivendo uma nova vida.
  • 23. 23 Patrícia ficou muito emocionada com esta historia e resolveu contar também seu segredo. Patrícia – Eu vou te contar também um segredo meu, acho que você vai me entender, porque você já passou por isto. Borboleta íbis- Pode falar Patrícia- Eu tenho um sonho, eu tenho muita vontade de voar, de viajar e conhecer o mundo, estou tão cansada desta vida monótona e tenho me sentido infeliz.
  • 24. 24 Borboleta Íbis- Bom eu não tenho preconceito sobre seu sonho, porque eu já fui uma lagarta e nem asas eu tinha. Já você é uma ave e possui asa, o que te impede de realizar este sonho, se é oque você quer lute por ele, mesmo que nunca consiga pelo menos você tentou. Patrícia- Nossa, suas palavras me deixaram radiante de felicidade, e vou sempre lembrar disto. Borboleta Íbis- obrigado agora eu tenho que ir a gente se vê por ai qualquer hora. Patrícia- tchau, um lindo dia pra você.
  • 25. 25 Patrícia foi embora muito feliz e pensando em tudo aquilo e teve a certeza que seu sonho não era tão impossível assim.
  • 26. 26 IV Instruções de voo com Ferdinando No outro dia todas as aves riam por todos os cantos, já sabiam o que se passava em sua cabeça, e se afastavam dela. Patrícia então decidiu não mais dar ouvidos a ninguém e novamente foi para o lado da estrada, porque foi lá perto que encontrou a borboleta Íbis e agora mais do que nunca precisava de novos amigos.
  • 27. 27 Foi quando resolveu atravessar a estrada e ir perto do mar, porque teve uma ideia. Patrícia- Já sei, eu vou mais adiante tentar falar com um daqueles pombos perto da praia, talvez eu consiga fazer amizade com algum deles e consiga algumas instruções de voo. Então ela se aproximou de um bando de pombos.
  • 28. 28 E quando teve uma oportunidade lançando um punhado de milho que tinha no seu papo, puxou assunto com um pombo e ofereceu um almoço. Patrícia- Oi seu pombo servido almoçar Pombo Ferdinando- Aceito sim senhora galinha, obrigado pela gentileza.
  • 29. 29 Patrícia- Então fique a vontade, você é meu convidado, qual seu nome? Pombo Ferdinando- Eu me Chamo Ferdinando, mas o que a senhora faz por aqui, porque está tão afastada, esta perdida, Precisa de ajuda? Patrícia- Não seu pombo Ferdinando, estou fazendo uma pesquisa, acho que você poderia me ajudar. Pombo Ferdinando- pode falar então, quem sabe eu possa mesmo, pois já sou grato pelo almoço. Patrícia- Eu preciso de algumas instruções de voo, você pode me ajudar? Pombo Ferdinando- A senhora esta pensando em voar é?
  • 30. 30 Patrícia- Estou sim, gostaria de fazer uma viagem e só seria possível se eu conseguisse esta façanha. Pombo Ferdinando- bom eu não conheço nenhuma galinha que voe, mas não vou te desanimar, como você foi muito gentil vou te dar algumas dicas, me segue. Galinha Patrícia- Beleza vou sim Pombo Ferdinando- primeira coisa você precisa é ser o mais leve possível, talvez fazer um regime, perder um pouco de peso, depois ter bastante força nas asas e bater elas com vontade. Precisa muito treino, comece em lugares baixos, que não venha a se machucar.
  • 31. 31 Só depois,comece almejando lugares mais altos, os sonhos se conquista aos poucos sem cobrar muito de si. Ferdinando Levou Patrícia em cima de um telhado de uma casa, e deu lhe todas as orientações necessárias, Patrícia ficou muito grata, foi o começo de uma bela amizade.
  • 32. 32 Patrícia- Muito obrigada seu pombo Ferdinando, suas dicas foram muito importantes, agora tenho que voltar para o celeiro já está anoitecendo. Pombo Ferdinando- ok e se precisar de qualquer coisa é só me procurar Adeus. Ferdinando saiu voando e deu tchau, Patrícia ficou emocionada de olhar tal cena, com que graça e leveza ele fazia isto e pensou; eu ainda vou conseguir fazer isto um dia.
  • 33. 33 V Todo sonho é possível basta crer. Patrícia voltou para casa, e as coisas já não eram as mesmas, por isto ela se afastava para alguns lugares e ficava até o cair da noite treinando e cada dia melhorava e já dava uns voos rasantes.
  • 34. 34 Até que um dia algo aconteceu, fez um voo bem alto saltando do telhado e planou com leveza.
  • 35. 35 Soube aproveitar tudo que lhe era favorável, o impulso do vento, as instruções de Ferdinando, já conhecia bem seu corpo, suas limitações e voou alto por cima de todas as galinhas que ficaram admiradas. Patrícia conseguiu voar, mesmo assim ainda tinha muito a descobrir, agora todas as galinhas deixaram de olhar para o chão e gritavam seu nome, mas agora ela não podia perder tempo dando explicação pra ninguém.
  • 36. 36 Tinha muito agora pela frente, viagens a fazer, muitos lugares para conhecer, então voou bem alto e sumiu da vista de todos para realizar todos os seus sonhos.
  • 37. 37 Copyright: Fernando Smith. Todos os direitos reservados. Biblioteca Nacional Registro: 649.501 livro: 1.249 folha: 364

×