GISVM

1,157 views
1,092 views

Published on

Artigo sobre o GISVM publicado na edição 58 da Revista InfoGEO

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,157
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

GISVM

  1. 1. 36 Infogeo 58 37 GEOLIVRE Muito tem se falado em virtualização, princi- palmente com o aumento do poder de processa- mento dos computadores, mas virtualização nada mais é que o processo que, através do compar- tilhamento de hardware, permite a execução de vários sistemas operacionais em uma única má- quina, seja ela um servidor ou desktop. GISVMVirtualizando seu ambiente GIS OGISVMfoi desenvolvido pensandoem quemestádando osprimeiros passosno mundoGIS GISVM Desktop GISVM Server S.O. Linux Ubuntu 8.04 Desktop S.O. Linux Ubuntu 9.04 Server Edition Samba Pacote LAMP Server (Linux, Apache, MyS- QL and PHP) PostgreSQL/PostGIS Samba Java/Tomcat/GeoSer- ver Tomcat Java Server Apache/PHP/MapSer- ver PostgreSQL/PostGIS, ZigGIS and FDO ready SQuantum GIS Mapserver gvSIG Geoserver KOSMO Deegree uDIG Webmin FWTools: OpenEV, GDAL/OGR, Proj4, OGDI OpenOffice Além dos aplicativos que já vêm instalados no pacote standard do Ubuntu Linux Ricardo Miguel Moreira de Pinho Engenheiro civil, especialista municipal em GIS Autor do projeto GISVM.com. ricardo.pinho@gisvm.com Cada máquina virtual criada no processo é um ambiente operacional completo, seguro e total- mente isolado, como se fosse um computador independente. Num ambiente virtualizado, uma única máquina pode armazenar diversos sistemas operacionais, permitindo que se opere com muito mais agilidade e menor custo. GISVM O Geographic Information System Virtual Machine (GISVM) é uma máquina virtual cria- da na plataforma VMWare, baseada no sistema operacional Ubuntu Linux, sendo a mistura dos seguintes ingredientes: GIS, software livre e virtualização. Exemplo de funcionamento de uma máquina virtual GISVM Desktop O GISVM foi desenvolvido pensando em quem está dando os primeiros passos no mundo GIS. Além de ser prático, permite ser utilizado quando e como quiser, sem complicações, podendo ser executado até mesmo de um CD/DVD ou pen- drive. É um conjunto completo de aplicações Open- Source GIS, que foram selecionadas de forma a disponibilizar ferramentas para as principais necessidades de um usuário de GIS, e pode ser facilmente adaptado ás necessidades pessoais, permitindo que o usuário adicione novos dados ou aplicações. Nele é possível encontrar uma distribuição muito popular do Linux, com diversos aplicati- vos úteis, incluindo o OpenOffice, um servidor de banco de dados relacional (PostgreSQL) com suporte espacial (PostGIS), dois servidores de mapas free (GeoServer e MapServer), além de serviços de rede e configurações que facilitam a comunicação de dados entre a máquina virtual e a máquina física, de tal forma que o GISVM pode funcionar como uma simples máquina na sua rede de computadores. O GISVM está disponível em inglês e portu- guês, em duas modalidades: GISVM Server e GIS- VM Desktop. Veja abaixo os itens instalados em cada versão: FERNANDO SILVEIRA DE QUADRO Analista de Sistemas – Geoprocessamento Softplan/Poligraph www.fernandoquadro.com.br fernando.quadro@softplan. com.br GISVM executando no Mac OS X O Quantum GIS e o GISVM Server no Windows Vista Como usar O GISVM é um computador virtual que é executado den- tro do seu computador físico. Para utilizá-lo é necessário ins- talar primeiramente um programa que seja capaz de execu- tar uma máquina virtual. Numa utilização comum do GISVM recomenda-se o VMWare Player, que é grátis e possui versões em Windows e Linux. Para poder usar o GISVM confortavelmente é necessário que alguns requisitos mínimos sejam atendidos, como 5 GB de espaço livre em disco rídigo, 1 GB de memória RAM e um processador Dual Core. Para utilizar o GISVM basta fazer o download no site oficial (www.gisvm.com) e descompactar o arquivo em lo- cal de preferência. Feito isso, é necessário abrir o VMware Player e selecionar o arquivo de extensão vmx na pasta onde foi descompactado. Dentre as vantagens do uso do GISVM, destacam-se: • Pronto para usar, pois é um “computador” que possui os aplicativos já instalados, diminuindo a perda de tempo com instalações e configurações; • Roda em qualquer ambiente por ser baseado em tec- nologia de virtualização, ou seja, é multi-plataforma. Isso significa que pode ser executado em computado- res com diferentes sistemas operacionais (Windows, Macintosh e Linux); • Apresenta um pacote completo que oferece ao utilizador uma gama de aplicações GIS; • É flexível e adaptável a diversas situações e necessida- des, pois além das ferramentas que oferece é possível customizá-lo e adaptá-lo. Um dos casos de maior sucesso do GISVM tem sido a sua utilização para o ensino. Os professores, a partir do GISVM, adaptam-no às necessidades da aula/matéria que preten- dem ensinar aos alunos, acrescentando-lhe os seus dados e exercícios. Depois, na aula, distribuem essa sua nova versão para todos os alunos, que assim passam a ter um ambiente de aprendizado pronto para uso, poupando muito tempo de aula em tarefas irrelevantes. Desktop x Server O GISVM foi inicialmente disponibilizado apenas na ver- são Desktop, isto é, com uma interface gráfica para interagir com o usuário. Essa é a versão mais completa em termos de variedade de aplicativos GIS. Nela é possível encontrar todo o tipo de aplicativos, seja de visualização, edição, análise e publicação. Na versão Servidor é disponibilizada apenas a interface de linhas de comando, sem qualquer interface gráfica. Nela é possível encontrar um maior número de aplicativos do tipo servidor, que funcionam como serviços que são executados em background. Essa versão funciona como um servidor GIS na sua rede, pronto a disponibilizar serviços. Uma das princi- pais razões para o seu lançamento foi permitir ser utilizado de forma interoperável com qualquer aplicativo GIS Destop que se tenha instalado no computador ou na rede local. O GISVM oferece ao usuário muito mais do que a possibili- dade de usar ou experimentar uma aplicação individual. Nele, o usuário pode usufruir de todo um conjunto de soluções e serviços GIS que poderá utilizar em conjunto, verificando o verdadeiro potencial do Free Open Source Software for GIS (FOSS4G).

×