DST's
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

DST's

on

  • 627 views

 

Statistics

Views

Total Views
627
Views on SlideShare
627
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
35
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

DST's DST's Presentation Transcript

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis
  • O que são as doenças sexualmente transmissíveis? • Doenças sexualmente transmissíveis ou DST, são patologias antigamente conhecidas como doenças venéreas, ou seja, são doenças infecciosas que se transmitem essencialmente (porém não de forma exclusiva) pelo contato sexual. Elas podem ser causadas por parasitas, bactérias ou vírus.
  • Quais os tipos de doenças sexualmente transmissíveis? • DST causadas por bactérias e protozoários ex: clamídia, gonorréia, tricomoníase e sífilis. • DST causadas por vírus ex: HIV/AIDS, herpes genital, HPV, hepatite B, condiloma acuminado e citomegalovírus.
  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)
  • Diferença de AIDS para HIV • Diz-se que a pessoa é HIV positivo ou soropositiva quando ela tem o vírus, mas ainda não teve o sistema imunológico comprometido o que pode levar semanas ou até mesmo anos. Quando as defesas do organismo estão baixas e a pessoa já está pegando infecções perigosas, diz-se que ela tem Aids. Por isso, ser portador do vírus HIV é diferente de ter Aids.
  • • As três vias principais de transmissão do HIV são contato sexual, exposição a fluidos ou tecidos corporais contaminados e de mãe para feto durante o período perinatal. • Os principais são: febre alta, diarreia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer entre outras.
  • • Para evitar o contágio recomenda-se sempre o uso de camisinha, relação monogâmica, de preferência com parceiro comprovadamente HIV negativo e utilização de agulhas e seringas descartáveis. • Infelizmente a medicina ainda não encontrou a cura para a Aids. O que temos hoje são medicamentos que fazem o controle do vírus na pessoa com a doença chamados coquetéis anti-Aids.
  • • A transmissão da gonorreia se da pelo sexo anal, vaginal ou oral com parceiros infectados e pode também ser transmitida de mãe para filho no momento do parto quando o bebê entra em contato com a parede do útero. • Os principais sintomas são: inflamação local, infecção, dor ou ardor ao urinar e saída de secreção purulenta através da uretra.
  • • O tratamento é feito com azitromicina e uma série de outros antibióticos. O tratamento da gonorreia é simples, barato e está disponível gratuitamente na maioria dos postos de saúde. • A prevenção da gonorréia é feita essencialmente através do combate às doenças venéreas: uso de preservativo, evitar muitos parceiros e consultar-se com médicos especialistas periodicamente.
  • Outras DST’s: • Candidíase • Herpes Genital • Clamídia • Tricomoníase • Sífilis • Hepatite B • Condiloma Acuminado • Citomegalovírus.
  • Utilização • Os preservativos masculinos e femininos são contraceptivos de barreira que são considerados a forma mais segura e eficaz de proteção contras doenças sexualmente transmissíveis com novos parceiros. Contudo, estes não são 100% seguros, particularmente se forem usados incorretamente. Se usados corretamente, os preservativos masculinos têm uma eficácia de 98% e os preservativos femininos são 95% eficazes. Estes podem também providenciar uma barreira contra os fluidos corporais e rashes que possam resultar da disseminação de DSTs. Porém, é importante ter em conta que existem infecções que se podem transmitir facilmente pelo simples contato genital, como o herpes genital e as verrugas genitais que podem ser transmitidas se a área infectada não estiver protegida com o preservativo. Os preservativos são geralmente feitos de látex, mas também existem versões livres de látex se as alergias representarem um problema, apesar de poderem ser mais caros.
  • Conclusão • As doenças sexualmente transmissíveis podem levar a morte e a melhor forma de prevenir-se contras elas é através da educação sexual. • USE CAMISINHA!