Revolução de 30 e era vargas

1,043 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,043
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
41
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revolução de 30 e era vargas

  1. 1. Revolução de 30 Módulo 22
  2. 2. ►Os efeitos da crise de 29 A crise mundial que começou nos EUA atingiu o Brasil na economia e na política.
  3. 3. ► Efeitos econômicos ► Negativos ► Queda do preço do café ► Baixa nas exportações ► Falência de cafeicultores ► O governo comprou café e queimou para manter o preço ► Positivo ► Investimento dos cafeicultores falidos no setor industrial, alavancando a indústria brasileira.
  4. 4. ► Efeitos políticos ► Rompimento da política do café-com-leite ► Eleição de Getúlio Vargas ► Revolução de 30 ► “Façamos a revolução antes que o povo a faça.” ► (Antônio Carlos de Andrada, governador mineiro e líder do PRM)
  5. 5. REVOLUÇÃO DE 30 ► Os últimos anos do governo de Washington Luís, paulista e cafeicultor, foram marcados por uma acirrada disputa eleitoral. Ele apóia então seu conterrâneo Julio Prestes como sucessor dando ênfase a “política do cafépuro”. ► Os políticos mineiros apóiam então o gaúcho Getúlio Vargas, da Aliança Liberal, que passa a ter a preferência do eleitorado.
  6. 6. ► As eleições, fraudadas, deram o resultado do pleito favorável a Júlio Prestes. ► O assassinato de João Pessoa, candidato a vice pela Aliança Liberal, serve de pretexto para precipitar o confronto. ► O movimento de derrubada de Washington Luís e impedimento da posse de Júlio Prestes dá início a "Revolução" de 1930. ► Getúlio Vargas assumiu como presidente provisório
  7. 7. Revolução? ► Será mesmo a Revolução de 30 “revolucionária”? ► De modo geral, o acontecimento se assemelha mais a um Golpe de Estado.
  8. 8. Mudanças na sociedade brasileira após a “revolução” de 30 ► Autoridade do Estado foi ampliada ► Governo passou a intervir fortemente na economia ► A cafeicultura foi diminuindo a importância e a industrialização crescendo ► A vida urbana se tornou mais destacada ► Preocupação do Estado em criar leis trabalhistas e receber apoio do proletariado.
  9. 9. Governo Provisório de Vargas (1930-34) ► Decretos-lei. ► Nomeação de interventores. ► Atrelamento de sindicatos ao governo. ► Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio - a cargo de Lindolfo Collor, avô de Fernando Collor ► Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário mínimo, aposentadoria, férias, estabili dade...
  10. 10. “Revolução” Constitucionalista de 32 ► Revolução ►A Constitucionalista (SP – 1932): Revolução Constitucionalista de 1932 ou Revolução de 32 , foi o movimento armado ocorrido no Brasil entre Julho e Outubro de 1932 visando à derrubada do governo provisório de Getúlio Vargas e à instituição de um regime constitucional após a supressão da Constituição de 1891 pela Revolução de 1930.
  11. 11. Foi a primeira grande revolta contra o governo de Getúlio Vargas, e o último grande conflito armado corrido no Brasil. No total foram 85 dias de combates, com saldo oficial de 934 mortos, embora estimativas não oficiais reportem até 2.200 mortos. ►
  12. 12. ► Causas  Oligarquia paulista insatisfeita com exclusão do poder.  Classe média urbana insatisfeita com autoritarismo varguista. ► Símbolo da luta: MMDC (sigla retirada de estudantes mortos em manifestações, cujos sobrenomes eram Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo). ► Objetivo: Elaboração de uma constituição. ► Resultado: Derrota dos paulistas e vitória militar de Vargas, com convocação de eleições para a Assembléia nacional constituinte em 1933.
  13. 13. Soldados paulistas no Túnel da Mantiqueira
  14. 14. Período Constitucional 1934-1937 ►A constituição de 1934:  Voto secreto, obrigatório, direto.  Voto feminino (excluindo-se analfabetos).  Justiça eleitoral.  Confirmação de leis trabalhistas.  Mandato presidencial de 4 anos.  1º presidente eleito indiretamente: Getúlio Vargas.  Intervenção do Estado na exploração de minérios.
  15. 15. Período Constitucional 1934-1937 Formação de 2 correntes políticas antagônicas influenciadas pela conjuntura internacional. ► Integralismo ►  Grupo fascista.  Plínio Salgado (líder). Condenavam o capitalismo financeiro internacional (associado aos judeus) mas não a propriedade privada.  Totalitarismo, unipartidarismo e Estado centralizado forte.  Lema: “Deus, Pátria e Família”.  Saudação: ANAUÊ
  16. 16. ► ANL (Aliança Nacional Libertadora):  Aliança de esquerda reunindo comunistas, socialistas, democratas e simpatizantes de esquerda em geral.  Luís Carlos Prestes (líder).  Defendiam o não pagamento da dívida externa, reforma agrária e respeito às liberdades individuais (direito de greve, imprensa livre...), nacionalização de empresas estrangeiras e governo popular; ► Getúlio coloca a ANL na ilegalidade em (Jul/1935).
  17. 17. ► Nov/1935 - Intentona Comunista: tentativa de golpe por membros da ANL. Mal organizada, fraca ssou rapidamente. Seus líderes (incluindo Prestes) foram
  18. 18. Plano Cohen – O Golpe do Governo ► Plano Cohen foi um documento escrito pelo capitão Olímpio Mourão Filho - na época membro do Serviço Secreto integralista -, a pedido do líder Plínio Salgado, com o intento de simular, para efeitos de estudo, uma revolução comunista no Brasil. ► O Congresso é fechado e as eleições suspensas.

×