Gerenciamento de Projetos PMBOK cap11 risco

6,496 views
6,238 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,496
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
419
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gerenciamento de Projetos PMBOK cap11 risco

  1. 1. PMBOK 4ª Edição III 11. Gerenciamento de riscos do projeto
  2. 2. Gerenciamento de riscos do projeto <ul><li>O risco do projeto é um evento ou condição incerta que, se ocorrer, terá um efeito positivo ou negativo sobre pelo menos um objetivo do projeto, como tempo, custo, escopo ou qualidade . </li></ul><ul><li>Um risco pode ter uma ou mais causas e, se ocorrer, um ou mais impactos. </li></ul>
  3. 3. Gerenciamento de riscos do projeto <ul><li>11.1 Planejar o gerenciamento de riscos </li></ul><ul><li>11.2 Identificar os riscos </li></ul><ul><li>11.3 Realizar a análise qualitativa dos riscos </li></ul><ul><li>11.4 Realizar a análise quantitativa dos riscos </li></ul><ul><li>11.5 Planejar as respostas aos riscos </li></ul><ul><li>11.6 Monitorar e controlar os riscos </li></ul>
  4. 4. 1. Planejar o gerenciamento dos riscos <ul><li>Indica como conduzir as atividades de gerenciamento dos riscos de um projeto. </li></ul><ul><li>Riscos mais comuns tem consequencias que impactam o escopo, cronograma, custo, e/ou qualidade. </li></ul><ul><li>A causa pode ser um requisito, premissa, restrição, ambiente e/ou condição que tenha efeito sobre os itens acima. </li></ul>
  5. 5. 1. Planejar o gerenciamento dos riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.1 Declaração do escopo do projeto </li></ul><ul><li>.2 Plano de gerenciamento dos custos </li></ul><ul><li>.3 Plano de gerenciamento do cronograma </li></ul><ul><li>.4 Plano de gerenciamento das comunicações </li></ul><ul><li>.5 Fatores ambientais da empresa </li></ul><ul><li>.6 Ativos de processos organizacionais </li></ul>
  6. 6. 1. Planejar o gerenciamento dos riscos <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>.1 Análise e reuniões de planejamento </li></ul><ul><li>Os participantes dessas reuniões podem incluir o gerente de projetos, membros da equipe do projeto selecionados e partes interessadas, qualquer pessoa da organização que tenha responsabilidade no gerenciamento das atividades de execução e planejamento de riscos. </li></ul>
  7. 7. 1. Planejar o gerenciamento dos riscos <ul><li>Saída </li></ul><ul><li>.1 Plano de gerenciamento de riscos </li></ul><ul><li>Metodologia. </li></ul><ul><li>Funções e responsabilidades. </li></ul><ul><li>Orçamentação. Tempos. Categorias de risco. </li></ul><ul><li>Definições de probabilidade e impacto de riscos. </li></ul><ul><li>Matriz de probabilidade e impacto. </li></ul><ul><li>Revisão das tolerâncias das partes interessadas. </li></ul><ul><li>Formatos de relatório. Acompanhamento. </li></ul>
  8. 8. Estrutura Analítica dos Riscos EAR Projeto Técnico Externo Organizacional Gerencial Requisitos Tecnologia Qualidade Complexidade Interfaces Desempenho Confiabilidade Fornecedores Subcontratados Mercado Cliente Ambiente Regulatórios Dependências Recursos Financiamento Priorização Estimativas Planejamento Controle Comunicação Onde aparecem os riscos
  9. 9. Matriz de probabilidade e impacto.
  10. 10. 2. Identificar os riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.1 Plano de gerenciamento de riscos </li></ul><ul><li>.2 Estimativas de custos das atividades </li></ul><ul><li>.3 Estimativas de duração das atividades </li></ul><ul><li>.4 Linha de base do escopo do projeto </li></ul><ul><li>.5 Registro de partes interessadas </li></ul><ul><li>.6 Plano de gerenciamento dos custos </li></ul><ul><li>.7 Plano de gerenciamento do cronograma </li></ul><ul><li>.8 Plano de gerenciamento da qualidade </li></ul><ul><li>.9 Documentos do projeto </li></ul><ul><li>.10 Fatores ambientais da empresa </li></ul><ul><li>.11 Ativos de processos organizacionais </li></ul>
  11. 11. 2. Identificar os riscos <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>.1 Revisões da documentação </li></ul><ul><li>.2 Técnicas de coleta de informações </li></ul><ul><li>.3 Análise de listas de verificação </li></ul><ul><li>.4 Análise das premissas </li></ul><ul><li>.5 Técnicas de diagramas </li></ul><ul><li>.6 Análise SWOT / FOFA </li></ul><ul><li>.7 Opinião Especializada </li></ul>
  12. 12. 2. Identificar os riscos <ul><li>Saída </li></ul><ul><li>. 1 Registro dos riscos </li></ul><ul><li>Lista de riscos identificados. </li></ul><ul><li>Lista de respostas possíveis. </li></ul><ul><li>Causas-raiz do risco. </li></ul><ul><li>Categorias de risco atualizadas. </li></ul>
  13. 13. 3. Realizar a análise qualitativa dos riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.1 Registro dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Plano de gerenciamento de riscos </li></ul><ul><li>.3 Declaração do escopo do projeto </li></ul><ul><li>.4 Ativos de processos organizacionais </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>. 1 Avaliação probabilidade e impacto dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Matriz de probabilidade e impacto </li></ul><ul><li>.3 Avaliação qualidade dos dados sobre riscos </li></ul><ul><li>.4 Categorização de riscos </li></ul><ul><li>.5 Avaliação da urgência dos riscos </li></ul><ul><li>.6 Opinião Especializada </li></ul>3. Realizar a análise qualitativa dos riscos
  15. 15. <ul><li>Saída </li></ul><ul><li>.1 Registro de riscos (atualizações) </li></ul><ul><li>A classificação relativa ou a lista de prioridades dos riscos do projeto. Riscos agrupados por categorias. Causas dos riscos. Lista de riscos que exigem resposta a curto prazo. Lista de riscos para análise e resposta adicionais. Listas de observação de riscos de baixa prioridade. Tendências dos resultados da análise qualitativa de riscos. </li></ul>3. Realizar a análise qualitativa dos riscos
  16. 16. 4. Realizar a análise quantitativa dos riscos <ul><li>É realizada nos riscos que foram priorizados pelo processo Análise qualitativa dos riscos por afetarem potencial e significativamente as demandas conflitantes do projeto, analisa o efeito desses eventos de risco e lhes atribui uma classificação numérica. </li></ul><ul><li>Apresenta uma abordagem quantitativa para a tomada de decisões na presença da incerteza. </li></ul><ul><li>Usa técnicas como a simulação de Monte Carlo e a análise da árvore de decisão. </li></ul>
  17. 17. 4. Realizar a análise quantitativa dos riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.1 Registro dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Plano de gerenciamento dos riscos </li></ul><ul><li>.3 Plano de gerenciamento dos custos </li></ul><ul><li>.4 Plano de gerenciamento do cronograma </li></ul><ul><li>.5 Ativos de processos organizacionais </li></ul>
  18. 18. 4. Realizar a análise quantitativa dos riscos <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>.1 Técnicas de coleta e apresentação de dados </li></ul><ul><li>.2 Técnicas de modelagem e análise quantitativa de riscos </li></ul><ul><li>.3 Opinião especializada </li></ul>
  19. 19. 4. Realizar a análise quantitativa dos riscos <ul><li>Saída </li></ul><ul><li>.1 Atualizações do registro dos riscos </li></ul><ul><li>Análise probabilística do projeto. Probabilidade de realização dos objetivos de custo e tempo. </li></ul><ul><li>Lista priorizada de riscos quantificados. Tendências dos resultados da análise quantitativa de riscos. </li></ul>
  20. 20. 5. Planejar respostas aos riscos <ul><li>O planejamento de respostas a riscos é o processo de desenvolver opções e determinar ações para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaças aos objetivos do projeto. </li></ul><ul><li>As respostas a riscos planejadas precisam ser adequadas à importância do risco, econômicas ao enfrentar o desafio, rápidas, realistas dentro do contexto do projeto, acordadas por todas as partes envolvidas e ser de propriedade de uma pessoa específica. </li></ul><ul><li>É frequentemente necessário selecionar a melhor resposta a riscos a partir de diversas opções. </li></ul>
  21. 21. 5. Planejar respostas aos riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.2 Registro dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Plano de gerenciamento dos riscos </li></ul>
  22. 22. 5. Planejar respostas aos riscos <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>.1 Estratégias para riscos negativos ou ameaças evitar, aceitar(assumir), controlar (mitigar) ou transferir. </li></ul><ul><li>.2 Estratégias para riscos positivos ou oportunidades </li></ul><ul><li>buscar (criar), explorar, compartilhar ou melhorar. </li></ul><ul><li>.3 Estratégia de respostas de contingências </li></ul><ul><li>.4 Opinião Especializada </li></ul>
  23. 23. 5. Planejar respostas aos riscos <ul><li>Saídas </li></ul><ul><li>.1 Atualizações dos registro dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Decisões contratuais relacionadas a riscos </li></ul><ul><li>.3 Atualizações do plano de gerenciamento do projeto </li></ul><ul><li>.4 Atualizações dos documentos do projeto </li></ul>
  24. 24. 6. Monitorar e controlar riscos <ul><li>Entradas </li></ul><ul><li>.1 Registro dos riscos </li></ul><ul><li>.2 Plano de gerenciamento do projeto </li></ul><ul><li>.3 Informações sobre o desempenho do trabalho </li></ul><ul><li>.4 Relatórios de desempenho </li></ul>
  25. 25. 6. Monitorar e controlar riscos <ul><li>Ferramentas e técnicas </li></ul><ul><li>.1 Reavaliação de riscos </li></ul><ul><li>.2 Auditorias de riscos </li></ul><ul><li>.3 Análise das variações e tendências </li></ul><ul><li>.4 Medição do desempenho técnico </li></ul><ul><li>.5 Análise das reservas </li></ul><ul><li>.6 Reuniões de andamento </li></ul>
  26. 26. 6. Monitorar e controlar riscos <ul><li>Saídas </li></ul><ul><li>Atualizações para </li></ul><ul><li>.1 Registro de riscos </li></ul><ul><li>.2 Ativos de processos organizacionais </li></ul><ul><li>.3 Plano de gerenciamento do projeto </li></ul><ul><li>Solicitações de mudanças </li></ul><ul><li>.3 Ações corretivas </li></ul><ul><li>.4 Ações preventivas </li></ul><ul><li>.5 Atualizações dos documentos do projeto </li></ul>

×