Your SlideShare is downloading. ×
0
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Apresenta20062007final
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresenta20062007final

484

Published on

HGO

HGO

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
484
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TELEAULA ALUNO : JoseRafael Ovelheiro Carreiro HGO EB23 ALCABIDECHE ANO LECTIVO 2006/2007
  • 2. O que foi proposto : <ul><li>PEI onde se propõe uma clara articulação entre a professora de apoio, os docentes e o Conselho Executivo da escola. </li></ul><ul><li>Selecção de uma turma e de um corpo docente que assegure a metodologia envolvida no apoio ao aluno. </li></ul><ul><li>Disponibilidade no horário dos professores para a preparação de aulas, construção de materiais, exploração de tecnologias e para reuniões de articulação e planeamento </li></ul><ul><li>Fixação da turma a uma sala, permitindo a utilização eficaz de equipamentos, vistos como uma mais valia para todos os alunos </li></ul>
  • 3. CONTEÚDOS: <ul><li>1 bloco semanal de 90minutos de Língua Portuguesa, Inglês e Matemática </li></ul><ul><li>Construção de um projecto de trabalho denominado de –complemento curricular – elaborado pelos professores das disciplinas e apoiado pela professora de apoio no HGO </li></ul>
  • 4. METODOLOGIA Trabalho de projecto com avaliação por portfolio AVALIAÇÃO Transversal –baseada na participação do aluno nas aulas e trabalhos de pesquisa, elaborados em suporte de papel e disponíveis também on-line através da criação de um blog do aluno
  • 5. CORREU BEM … <ul><li>O Rafael: </li></ul><ul><li>frequentou as aulas, resolveu as fichas de avaliação, fez os trabalhos propostos e outros, tendo obtido aproveitamento nos três períodos </li></ul><ul><li>Efectuou as respectivas pesquisas, elaborando um trabalho apresentado em power point sobre as “alterações climáticas” para a disciplina de Ciências Naturais. </li></ul><ul><li>participou no projecto europeu, a desenvolver pelas escolas dos hospitais “ viagem à Antártida “ através de actividades de pesquisa, produção de textos e elaboração de um filme sobre a terra do “ Garcia” personagem criado pelo HGO, para o projecto. </li></ul>
  • 6. <ul><li>Participou nas actividades culturais da secção de Pediatria e na de Humanização do Hospital: Natal, Carnaval, Dia da mãe, Dia da criança, Hora da música, Hora do conto etc., que só foram possíveis devido ao bom relacionamento e articulação de trabalho com as educadoras, estagiárias, voluntárias… e restante pessoal do Hospital. </li></ul><ul><li>Foi elaborado um PROJECTO DE TRABALHO interdisciplinar, (que funcionou como actividades de complemento curricular) para o Rafael e os alunos do MCRA. Este projecto desenvolveu-se através de uma sessão de vídeo-conferência semanal e com a participação num Blog do grupo – o Blog da malta .Através deste projecto os alunos conheceram , relacionaram-se e trabalharam com colegas de vários escalões etários e com problemáticas semelhantes. Para além disso trocaram experiências de vida/saberes que contribuíram para o enriquecimento pessoal de todos os envolvidos, e que foi muito gratificante. </li></ul>E AINDA …
  • 7. <ul><li>Do Rafa para Os Amigos do Alcoitão </li></ul><ul><li>Olá! Chamo-me Rafael, mais conhecido por Rafa, tenho 14 anos e o meu signo é Aquário. Gosto de falar no MSN, jogar Solitário, Damas e outros jogos! Também gosto de ouvir música (vários tipos de música). A minha disciplina favorita é Matemática, as piores são o Inglês e o Português. Não gosto de ler… Tenho uma irmã mais velha, também gosto de jogar com ela Playstation, ver televisão (Os Morangos com Açúcar). E o mais importante: sou do Benfica! Mais qualquer coisa é só perguntarem! </li></ul>
  • 8. Oi Malta, Sou um rapaz de 15 anos, normal, igual a qualquer outro. Acho que sou um pouco tímido, pelo menos, quando não conheço as pessoas. Tenho cabelo e olhos castanhos (dizem que tenho pestanas dignas de uma miúda); sou um pouco míope, uso óculos desde os 9 anos. Sim, é verdade, já comecei a fazer o bigode, mas só porque estavam sempre a gozar comigo, e não preciso de fazer todos os dias, felizmente, porque era uma grande seca... Só poderia ser benfiquista, claro... mas não curto a confusão do estádio em dias de jogo, prefiro ver os jogos calmamente (às vezes), em casa, com um balde de pipocas à frente. Acho que sou um tipo bué de romântico, gosto de ver o mar, o pôr-do-sol e ler poemas de amor e pensar em miúdas giras. Não sou muito comilão, mas sou guloso, gosto de gelados, de bolo de chocolate e de hamburgers. Sou dorminhoco e um pouco preguiçoso, não gosto muito de praticar desporto. Ler, só BD, por exemplo, do Astérix. Músicas, curto. Sou um &quot;pouco&quot; despistado (em casa não sabem, a quem fui sair, mais ninguém é assim!). O meu sonho era ter uma quinta (lá perto da terra dos meus avós, no Mogadouro) para me dedicar à agricultura (biológica, claro!), mas com alfaias (tractores, semeadores, etc. do mais moderno) e à pecuária - uma criação de vacas leiteiras , toda controlada por computadores, com música clássica (para produzirem mais leite), tal como vi na TV, mas tudo isto, quando for cota , claro! Até lá tenho ainda muito para fazer. Garcia
  • 9. Costa da Caparica - suas gentes e seus costumes &quot;As migrações sazonais provenientes de Ílhavo e do Algarve estão na base das gentes da Costa da Caparica. Nos finais do século XVII, surge uma cultura e uma gastronomia próprias assentes nos recursos provenientes da pesca e nos produtos agrícolas cultivados nas hortas locais de terras muito férteis. Com um trajecto rico em histórias e tradições, a Costa da Caparica é muito conhecida pelas suas belas praias, excelente gastronomia, riqueza de património cultural e ambiental, actividades ligadas à faina piscatória e as excelentes condições oferecidas para lazer e recreio. Todos os anos, de 20 a 28 de Janeiro, decorrem as festas da Costa da Caparica, agora cidade da Costa da Caparica. Faz parte destas festas a organização de um concurso anual de caldeiradas , em que participam muitos restaurantes da zona, acorrendo apreciadores desta iguaria dos mais variados cantos do país&quot; Naturalmente que qualquer menção à gastronomia não poderia ficar completa sem uma referência à doçaria. O doce que a tradição e a memória colectiva apresentam como genuíno da Costa de Caparica é conhecido como &quot; Claudino &quot;, espécie de folhado com doce de ovo, sendo tradicionalmente fabricado pelo antigo Costa Nova, pastelaria que fez história na vila da Costa. O nome deste estabelecimento estava intimamente ligado à proveniência de muitos dos residentes da Costa de Caparica, naturais de Ílhavo, sendo um dos principais ingredientes dos claudinos justamente o referido doce de ovos. Rafa // Posted by a malta @  11.1.07   2 comments    
  • 10. 16 Outubro 2006 Porto Brandão - A Lenda Oi malta! Conforme combinámos, aqui vai a lenda do &quot;Porto Brandão&quot;, uma pequena localidade na margem sul do Tejo, perto de Almada (local com História e que já foi muito importante). Se quiserem saber mais sobre o porto Brandão usem o Link seguinte: http:// pt.wikipedia.org / wiki / Porto_Brandão Segundo a lenda, Brandão, jovem robusto, com cerca de vinte anos, operário da construção naval, namorava, às escondidas, a filha do dono do estaleiro. Este só ambicionava a riqueza e o poder. Para conseguir os seus intentos, prometeu casar a sua filha Paulina com um poderoso comerciante que se encontrava na Índia, e, às escondidas de todos, preparou a partida de Paulina num navio. Mas Brandão apercebeu-se de tudo. Quando o barco estava para sair, dirigiu-se, silenciosamente, numa pequena embarcação a remos, para o navio, a fim de raptar a noiva. Contudo Brandão não teve sorte, foi descoberto e dado como ladrão. Tentou resistir, mas o comandante do barco mandou-o matar e lançar o corpo às águas do Rio Tejo. Cheia de medo e banhada em lágrimas, Paulina assistiu a este triste episódio. Depois de ver o corpo do seu namorado desaparecer nas águas do rio, decidiu acompanhá-lo na morte, atirando-se também ao Tejo. Alguns dias depois, foram os seus corpos achados em praias diferentes: o de Paulina apareceu numa praia que recebeu o nome de Praia de Paulina ou Porto da Paulina, hoje chamado Lazareto, e o de Brandão na que ainda hoje se designa por Porto Brandão. Rafa // posted by a malta @  16.10.06   4 comments    
  • 11.  
  • 12. P ODIA TER CORRIDO MELHOR, SE… <ul><li>Os professores da escola tivessem sido preparados, antecipadamente (conhecessem o aluno e a sua realidade) para assim se terem sentido mais motivados e mais à vontade. </li></ul><ul><li>Tivesse existido , tal como previa o PEI, tempo disponível no horário dos mesmos ( dentro da componente não lectiva)para a formação técnica e preparações desejadas. </li></ul><ul><li>Todos os testes tivessem sido enviados por e-mail e não por correio normal, permitindo assim um maior adaptação aos ritmos do aluno. </li></ul><ul><li>Não tivessem existido tantos “ acidentes de percurso” dignos de um verdadeiro CSI - Alcabideche : rapto misterioso de um microfone, roubo de uma câmara, estropiação de um pobre “ rato”,recusa de funcionamento de umas tais “ canetas de mimio”, falta de “ papel” e tinta ,“falência fraudulenta” de uma caixa de correio electrónico… etc., etc. </li></ul>
  • 13. FESTA DOS 15 ANOS Do RAFAEL, NA BIBLIOTECA … BOAS FÉRIAS PARA TODOS, E ATÉ ...

×