Scrum - Essa é a jogada!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Scrum - Essa é a jogada!

on

  • 1,462 views

Slides da minha apresentação sobre #SCRUM em 28/set na @ufpa_oficial, II Semana Acadêmica do CBCC com a galera do @tasafo ;)

Slides da minha apresentação sobre #SCRUM em 28/set na @ufpa_oficial, II Semana Acadêmica do CBCC com a galera do @tasafo ;)

Statistics

Views

Total Views
1,462
Views on SlideShare
759
Embed Views
703

Actions

Likes
0
Downloads
18
Comments
0

12 Embeds 703

http://fmelina.blogspot.com 248
http://fmelina.blogspot.com 248
http://fmelina.blogspot.com.br 171
http://localhost 18
http://a0.twimg.com 6
http://paper.li 3
http://fmelina.blogspot.ru 3
http://www.fmelina.blogspot.com.br 2
http://fmelina.blogspot.com.ar 1
http://fmelina.blogspot.fi 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://www.linkedin.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Scrum - Essa é a jogada! Scrum - Essa é a jogada! Presentation Transcript

  • M
    S
    R
    U
    C
    Essa é a jogada!
    @FernandaMelina
    CSM, CSPO
    fmelina.blogspot.com
  • Síntese da Apresentação
    Scrum
    • Origem;
    • Princípios;
    • Características;
    • Cenários mais comuns;
    • Mudança de paradigmas;
    • Resistência à mudanças.
  • O que é o Scrum?
  • Scrumé um framework ágil para gerenciamento de projetos baseado em times pequenos e auto-organizados; forte visibilidade; e rápida adaptação.
  • Em 1995, Ken Schwaber formalizou a definição de Scrum e ajudou a implantá-lo no desenvolvimento de softwares em todo o mundo.
  • Ken Schwaber, é um dos criadores do Scrum, fundador da Agile Alliance e da Scrum Alliance, além de signatário do Manifesto Ágil.
  • Desde então, Schwaber e outros tem estendido e aplicado Scrum em diversas organizações por todo o mundo, principalmete em TI.
  • em SCRUM o cliente define as prioridades
  • o time se auto-organiza e determina a forma de entregar as funcionalidade de maior priorização
  • ROI
    //
    Return On Investment
    Scrum permite agregar “valor ao negócio” mais elevado num período de tempo mais curto
  • NÃO necessita que as equipes estejam
    co-localizadas
  • NÃO é comando-controle
  • NÃO é a bala de prata
  • Scrum é:
    • Tranparência
    • Inspeção
    • Adaptação
  • ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    Manifesto Ágil
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
    ?
  • Ágil significa ser somente ligeiro?!
  • indivíduos einterações ao invés
    de processos e ferramentas.
  • software executável ao invés
    de documentação.
  • colaboração do cliente ao invés
    de negociação de contratos.
  • respostas rápidas às mudanças
    ao invés de seguir planos.
  • SCRUM Framework
    Sprint Planning 2
    Sprint Planning 1
  • 3 papéis
    Scrum Master
    Team
    Product Owner
  • Scrum Master
    • Responsável pela aplicação dos valores e práticas do Scrum;
    • Remove impedimentos;
    • É um facilitador (líder servidor);
    • Assegura que a equipe está totalmente funcional e produtiva;
    • Permite a cooperação entre os diversos papéis e  funções;
    • Protege o time das interferência externas.
  • “The sheepdog for the team” – Ken Schwaber
    Scrum Master
  • Scrum Master
    • Quem pode ser SM?
    • Pode assumir outros papéis?
    • Quais qualidades necessárias?
    • Qual autoridade que possui?
    • Quais as suas obrigações?
    • É o resposável por orçamento, benefícios, datas?
  • Product Owner
    • Define as funcionalidades do produto;
    • Decide a data de entrega e o conteúdo;
    • Responsável pelo ROI do produto;
    • Prioriza as funcionalidades conforme o valor de negócio;
    • Ajusta as funcionalidades e suas prioridades a cada Sprint;
    • Aceita ou rejeita os resultados.
  • “The single wringable neck” – Ken Schwaber
    Product Owner
  • O Time
    • Entre 5-9 pessoas;
    • Multifuncional;
    • Dedicados ao projeto;
    • Auto-organizado.
  • O Time
  • Time-Boxes
    • Release Planning;
    • Sprint Planning;
    • Sprint;
    • Daily Meeting;
    • Sprint Review;
    • Retrospectiva.
  • Release Planning
    Deverá abordar:
    • Quantidade e a duração dos Sprints;
    • Quantidade de pessoas ou times deverão participar do projeto;
    • Número de Releases;
    • Valor a ser entregue em cada Release;
    • Data de liberação do(s) Release(s).
  • Sprint Planning
    Durante a reunião:
    • Product Owner explica as funcionalidades de maior prioridade para o Scrum Team;
    • O Scrum Team faz perguntas que sejam suficientes para que eles possam, depois da reunião, definir quais atividades eles irão mover do Product Backlog para o Sprint Backlog.
  • Sprint
  • Sprint
    • São ciclos (tipicamente mensais);
    • Representa um Time-Box dentro do qual um conjunto de atividades deve ser executado;
    • Metodologias ágeis de desenvolvimento de software são iterativas, chamadas de Sprints em Scrum.
  • Daily Meeting
    OnCast
  • Daily Meeting
    O que você fez ontem?
    O que você vai fazer hoje?
    Tem alguma coisa te atrapalhando?
  • Sprint Review
    • A equipe apresenta os resultados obtidos durante o Sprint;
    • Objetiva a melhoria do produto;
    • Normalmente assume a forma de uma demonstração de novas funcionalidades;
    • Informal;
    • O time inteiro participa;
    • Todo mundo é convidado.
  • Retrospectiva
    Bom Ruim Melhorar
  • Retrospectiva
    Representa o espírito de inspeção e adaptação. É uma reunião do time para melhoria do processo, mas caso todos estejam de acordo o PO pode participar.
    Perguntas?
    • O que foi bom na última Sprint?
    • O que deve ser melhorado?
    • O que está no controle?
  • Cenários mais Comuns
    • Interpretação errônea sobre agilidade;
    • Achar que ser agil é apenas colocar um quadro na parede e fazer reuniões diárias;
    • Esquecer que tem a ver acima de tudo com atitudes, comportamentos;
    • Não gostar de trabalhar colaborativamente;
  • Cenários mais Comuns
    • Acomodação;
    • “Isso não é meu trabalho!”;
    • Resistência às mudanças;
    • Receio porque o scrum aponta onde está o erro, e a equipe deve se auto-organizar para resolvê-lo de maneira mais adequada;
  • Cenários mais Comuns
    • Scrum master muito técnico. Não resolve os impedimentos pois está sempre resolvendo algum bug do sistema, codificando, etc ...
    • Product Owner ausente;
    • ScrumBut: muito comum nas empresas que não conseguem implementar Scrum de fato.
  • Mudança de Paradigmas
    O que é um Paradigma?
  • Mudança de Paradigmas
    Paradigma (grego parádeigma, -atos) 1. Algo que serve de exemplo geral ou de modelo. = PADRÃO
  • Mudança de Paradigmas
  • Mudança de Paradigmas
  • Resistência à mudanças
    É que eu quero evitar a fadiga!
  • Resistência à mudanças
    • Medo do novo;
    • Medo de não se adaptar à nova proposta;
    • Zona de Conforto;
    • Síndrome do Estudante;
    • As coisas sempre funcionaram deste jeito!
  • O que falta para as organizações alcançarem o sucesso em implantação de SCRUM?
  • liderar
    enfrentar seus receios
    aprender a melhorar com os próprios erros
    quebrar seus paradigmas
  • “Louco é aquele que faz a mesma coisa todos os dias sempre esperando um resultado diferente!”    
  • tasafo.org
    @fernandamelina
    fmelina.blm@gmail.com
    fmelina.blogspot.com
    Belém – Pará - Brasil
  • tasafo.org
    @fernandamelina
    fmelina.blm@gmail.com
    fmelina.blogspot.com
    Belém – Pará - Brasil
  • tasafo.org
    @fernandamelina
    fmelina.blm@gmail.com
    fmelina.blogspot.com
    Belém – Pará - Brasil