• Save
Planning Process of "Vila Social"
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Planning Process of "Vila Social"

on

  • 255 views

This presentation shows the flow of the planning process which was implemented in the NGO "Vila Social" of Balneário Camboriú, SC - Brazil.

This presentation shows the flow of the planning process which was implemented in the NGO "Vila Social" of Balneário Camboriú, SC - Brazil.

Statistics

Views

Total Views
255
Views on SlideShare
255
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Planning Process of "Vila Social" Planning Process of "Vila Social" Presentation Transcript

    • Felipe VarelaAIESEC no Vale de Itajaí
    • Tópico Fluxo de Planejamento Analise FOFA Completar FOFA da Vila Social Local Focus Areas – LFAs LFAs da Vila Social Measures of Success - MoSDefinição das MoS da Vila Social Deliverables Definição dos Deliverables Modelo de Negócio de Canvas Desenvolver um Modelo
    • Onde Onde Qual é nosso queremosestamos? contexto? estar?Situação Analise Analise Atual e Externo da VisãoAnalise Pre - Planejamento
    • Opiniões dosPre - Planejamento Novas Ideias Expertos Como Quem vai Quando? chegar ai? nos ajudar? Plano Timeline Parceiros
    • A Análise SWOT ou Análise FOFA (em português)é uma ferramenta utilizada para fazer análise decenário (ou análise de ambiente), sendo usado comobase para gestão e planejamento estratégico de umacorporação ou empresa, mas podendo, devido a suasimplicidade, ser utilizada para qualquer tipo deanálise de cenário, desde a criação de um blog àgestão de uma multinacional.
    • Matriz FOFA (SWOT): Forças: Fraquezas:Vila Social, BC/SC Infraestrutura multidisciplinar Instabilidade financeira Experiência no Mercado. Falta de Foco Redes de Contatos Equipe Desmotivado (Não há CEBAS equipe) Abertura de Ideias Desorganização Desânimo da LíderOportunidades: FO: • Fazer do prédio um lugar de difusão eCrescimento do 3 Setor discussão constante sobre a criança.Espaço na OAB • Criar programas e serviços adequados àsLançamento do Livro necessidades das famílias.Moda da Responsabilidade Social • Gerar Alianças Estratégicas paraFalta de Políticas Públicas incrementar o alcance e o impacto da ONGNova visão sobre a criança e a família (cooperação e doações)Ameaças:Política PartidistaCriança não é prioridadeSolidariedade irrealIndiferença/Descrença das pessoas nosistema
    • Visão LFAs Plano FinalMoS Legado
    • Visão Define o que a organização quer ser ou como quer que seja o mundo onde se desenvolve (uma visão ideal do mundo). É de longo prazo e se concentra no futuro. Pode ser emotiva, e uma fonte de inspiração.
    • Visão Vila Social Somos uma organização socialmente responsável, com mais de 20 anos de experiência, onde a criança é o centro, que oferece abrigo e contra turno escolar, para promovê-la e valorizá-la.
    • Local Focus Areas São as áreas de foco ou atividades centrais que uma organização define para a sua implementação durante umperíodo de gestão determinado. A eleição das LFAs implica que todas as atividades de uma organização devem estar alinhadas com esses objetivos, de um jeito que ajudem ao logro dos mesmos.
    • Desenvolvimento das Crianças Sustentabilidade Posicionamento
    • MoS Q2 Q3 Q4 Total Anual Crianças 40 0 0 40 Atendidas Equipe 10 0 0 10 Dinheiro e R$ 105000 R$ 105000 R$ 105000 R$ 315000outros recursos Eventos de 2 5 7 14Posicionamento Metas de Sucesso da Vila Social.
    • Uma entrega ou deliverable é, na terminologia do gerenciamento deprojeto, um objeto tangível ou intangível produzido como resultadoda execução do projeto. Uma entrega pode ser criada a partir demúltiplas entregas menores.Uma entrega é normalmente uma coisa aceitável ou propósito quepode ser resultado da execução de uma tarefa. Coisa no sentidode tangível (item, artigo, entidade) e Propósito no sentido deintangível (ponto, ideia, objetivo, intenção) Fonte: Wikipédia
    • Plano Modelo de NegócioEstratégia Estrutura
    • Modelo de Negócio Definição:tégia Estrutura Um modelo de negócio descreve os fundamentos de como uma organização cria, entrega e captura valor.
    • Modelo de Negóciotégia The Estrutura Business Model Canvas
    • Modelo de Um modelo de negócio pode ser Negócio melhor descrito por meio de 9 blocos básicos de construção quetégia mostram a lógica de como uma Estrutura organização tenta alcançar seus objetivos. Os 9 blocos cobrem as quatro principais áreas de uma organização: clientes, oferta, infraestrutura e viabilidade financeira.
    • Modelo de Negóciotégia Estrutura Um modelo de negócio es como uma planta para uma estratégia a ser implementada a través da estrutura, os processos e os sistemas da organização.
    • Modelo de CS: Customer Segment (Segmento de Clientes) Negóciotégia Estrutura
    • Modelo de CS: Customer Segment (Segmento de Clientes) Negócio Clientes são o coração de todo modelo detégia Estrutura negócios. Uma organização deve fazer uma decisão consciente sobre quais segmentos servir e quais ignorar. Uma vez que essa decisão é feita, o modelo de negócio pode ser cuidadosamente desenhado em torno a um forte entendimento das necessidades específicas dos clientes (público- alvo)
    • Modelo de CS: Customer Segment (Segmento de Clientes) Negóciotégia Estrutura Para quem estamos criando valor? Quem são os nossos clientes mais importantes?
    • Modelo de VP: Value Proposition (Proposta de valor) Negóciotégia Estrutura
    • Modelo de VP: Value Proposition (Proposta de valor) Negócio Este bloco descreve a união de produtos e serviços que criam valor para um segmento específico detégia clientes. Estrutura A Proposta de Valor é a ração de porquê os clientes escolhem uma organização sobre outras. É uma agregação dos benefícios que uma organização oferece a seus clientes.
    • Modelo de VP: Value Proposition (Proposta de valor) Negócio Que valor entregamos para os clientes?tégia Estrutura Quais problemas dos clientes estamos ajudando resolver? Quais necessidades dos clientes estamos satisfazendo? Que pacotes de produtos e serviços estamos oferecendo para cada Segmento de Clientes?
    • Modelo de CH: Channels (Canais) Negóciotégia Estrutura
    • Modelo de CH: Channels (Canais) Negócio O bloco dos Canais descreve como a organização se comunica e alcança seu Segmento de Clientes paratégia Estrutura a sua Proposta de Valor. entregar Os canais são um ponto sensível dos clientes, e tem um importante rol na experiência deles. Algumas das funções dos canais são: - Incrementar o conhecimento entre os clientes dos produtos e serviços da organização. - Ajudar a os clientes para avaliar a PV da organização. - Entregar uma PV a os clientes. - Prover suporte pós-venda para os clientes.
    • Modelo de CH: Channels (Canais) Negócio A través de quais canais quer ser contatados nossos clientes?tégia Estrutura Como estamos alcançando eles atualmente? Nossos canais estão integrados? Qual funciona melhor? Quais são mais eficientes em base ao custo? Nossos canais estão integrados com as rutinas de nossos clientes?
    • Modelo de CR: Customer Relationships (Relacoes com Negócio Clientes)tégia Estrutura
    • Modelo de CR: Customer Relationships (Relacoes com Negócio Clientes)tégia Que tipo de relação espera cada cliente que Estrutura tenhamos com eles? De que jeito temos estabelecido essas relações? Que custo tem para nós? Essas relações estão integradas com o resto de nosso modelo de negócio?
    • Modelo de R$: Revenue Stream (Fontes de Ingressos) Negóciotégia Estrutura
    • Modelo de R$: Revenue Stream (Fontes de Ingressos) Negócio Por que tipo de valor estão dispostos a pagar nossos clientes?tégia Estrutura Por que pagam atualmente? Como pagam? Como preferem pagar? Quanto aporta cada fonte de ingressos em comparação ao total?
    • Modelo de KR: Key Resources (Recursos Chaves) Negóciotégia
    • Modelo de KR: Key Resources (Recursos Chaves) Negócio Esse bloco descreve os ativos mais importantestégia requeridos para fazer funcionar o modelo de negócio. Estrutura Esses recursos permitem a uma organização criar e oferecer uma Proposta de Valor, alcançar mercados, manter relações com os segmentos de clientes, e gerar ingressos. Os recursos chaves podem ser físicos, financeiros, intelectuais ou humanos. Também, podem ser próprios ou alugados ou adquiridos de um Parceiro Chave.
    • Modelo de KR: Key Resources (Recursos Chaves) Negócio Que recursos chaves precisa nossotégia Estrutura modelo de negócio? Nossos Canais de Distribuição? Relações com clientes? Fontes de Ingressos?
    • Modelo de KA: Key Activities (Atividades Chaves) Negóciotégia
    • Modelo de KA: Key Activities (Atividades Chaves) Negócio São as coisas mais importantes que uma organização tem fazer para segurar o funcionamento do modelo de negócio e operar som sucesso.tégia Estrutura Que atividades chaves requere nosso modelo de negócio? Produção? Resolução de Problemas? Manter uma rede de Parceiros?
    • Modelo de KP: Key Partnerships (Parcerias Chaves) Negóciotégia
    • Modelo de KP: Key Partnerships (Parcerias Chaves) Negócio Descreve a rede de fornecedores e parceiros que permitem que o modelo de negócio funcione.tégia Estrutura As organizações gestam parcerias por muitas rações, e essas parcerias estão sendo a pedra angular de muitos modelos de negócios. As organizações criam alianças para otimizar o modelo, reduzir riscos ou adquirir recursos. Podemos distinguir os seguintes tipos de parcerias: - Alianças estratégicas entre no-competidores - Coopetição: parceria estratégica entre competidores - Joint Ventures, para criar novos mercados - Relações comprador-fornecedor, para segurar abastecimentos confiáveis.
    • Modelo de KP: Key Partnerships (Parcerias Chaves) Negócio Quem são os nossos Parceiros Chaves?tégia Estrutura Quem são os nossos Fornecedores Chaves? Que recursos chaves estamos adquirindo de nossos Parceiros Chaves? Que Atividades Chaves desenvolvem nossos Parceiros?
    • Modelo de C$: Cost Structure (Estrutura de Custos) Negóciotégia
    • Modelo de C$: Cost Structure (Estrutura de Custos) Negócio Esse bloco descreve os custos mais importantes de uma organização enquanto trabalha sob um modelo de negócio particular.tégia Estrutura Os custos podem ser calculados relativamente fácil após a definição dos Recursos Chaves, Atividades Chaves e Parceiros Chaves. Quais são os mais importantes custos inerentes em nosso modelo? Que Recursos/Atividades Chaves são mais caros?
    • Modelo de Negóciotégia LÓGICA Estrutura EMOÇÕES Eficiência Valores
    • Modelo de Negóciotégia Estrutura Efficiency Values
    • Creche PróximaEmpresas Comunicação Recreação Informal Crianças Governo Contra Formal (2-12 anos) Turno Escolar Aberta ONGs Segurança Escolas / Mães ReuniõesFaculdades Trabalhadoras Pessoais Tranquilidade Educadores & Recreadores Doações Mensalidades Salários Abrigo Manutenção Eventos Parcerias
    • Estrutura Organizacional Presidente ConsultorRH Finanças RP
    • A estrutura organizacional se desenha segundo os objetivos estratégicos (LFAs) e tem o propósito de dar um ordenamento àimplementação das atividades que facilitarão o logro dos objetivos estratégicos definidos. Depois, cada área funcional deve executar as atividades correspondentes para contribuir a alcançar los LFAs.
    • Presidente Director Desenvolvimento Sustentabilidade Posicionamento das Crianças Gestão deContra Turno Cresce Finanças PR & Marketing Talentos Vendas & Educadoras Educadoras Adm. de Pessoas Parcerias Desenvolvimento Distribuição de Recreadores Recreadores Organizacional Funciones na Vila Social, segundo os 3 Serviços de LFAs Suporte