GTI/ERP 07/12 Tecnologias e Sistemas Empresariais

1,012 views

Published on

Conteúdo: Código de Barras, RFID, GPS, IA, Nota Fiscal Eletrônica, BI, Data warehouse, EDI, SCMS, CRM.

Aula 5 da Disciplina de Gerenciamento de Tecnologia da Informação e ERP do MBA em Gestão de Negócios da Faculdade Estácio do Recife.

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,012
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
52
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

GTI/ERP 07/12 Tecnologias e Sistemas Empresariais

  1. 1. Gerenciamento de Tecnologia da Informação e ERPAula 5 – Tecnologias e Sistemas Empresariais FELIPE AUGUSTO PEREIRA felipe.pereira@live.estacio.br | @felipeunu Recife, 2012 1
  2. 2. Conteúdo• Código de Barras• RFID• GPS• IA• Nota Fiscal Eletrônica• BI• Data warehouse• EDI• SCMS• CRM 2
  3. 3. CÓDIGO DE BARRAS E RFID 3
  4. 4. Código de Barras• Representação gráfica de dados numéricos ou alfanuméricos (de acordo com o tipo)• Leitura ótica 4
  5. 5. Código de Barras• Utilização em diversos segmentos – Itens comerciais, documentos, ingressos, crachás de funcionários, etc.• Simbologia – Mapeamento entre mensagens e código de barras – Codificação de cada caractere, marcadores de início e término, margens de silêncio (quiet zone) 5
  6. 6. Código de Barras Vários Padrões (ex: EAN 13, EAN 8, ITF-14, GS1-128, GS1 Databar, Data Matrix, Componente Composto) 6
  7. 7. Código de Barras• Exemplo padrão UPC – Cada dígito possui o mesmo espaço horizontal (07 unidades) – Cada número possui um padrão diferente 7
  8. 8. Estrutura Numérica (EAN-13)• 13 dígitos – Prefixo da organização responsável pelo controle e licenciamento da numeração no país (3 dígitos) – Identificação do fabricante ou proprietário da marca (4, 5 ou 6 dígitos) – Identificação do produto (5, 4 ou 3 dígitos) – Dígito verificador (1 dígito) 8
  9. 9. Especificações de Aplicação (EAN-13)• Localização (na embalagem)• Posição (horizontal ou vertical)• Magnitude (dimensão do símbolo, dependente do design da embalagem, espaço disponível e qualidade de impressão)• Margens de silêncio (à esquerda e direita do símbolo)• Truncagem (redução da altura das barras, não recomendado)• Moldura de suporte (linha contornando, facilita leitura)• Cores (contraste entre barras e fundo) 9
  10. 10. RFID• Identificação por radiofrequência• Identificação automática através de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente 10
  11. 11. RFID 11
  12. 12. RFID x Código de Barras RFID Código de BarrasTaxa de leitura Diversas tags ao mesmo Leitura individual tempoDireção de leitura Não há necessidade Os scanners devem estar direcionadosIntervenção Humana Não há necessidade O trabalhadores precisam scannear as etiquetasCapacidade de Capacidade de ler, escrever, Somente leituraLeitura/Escrita modificar e atualizarDurabilidade Alta, maior proteção Fácil de danificar e removerSegurança Alta, difícil replicação Baixa, fácil reprodução 12
  13. 13. RFID – Exemplos de Aplicações• Hospitalares (chip implantado com informações de pacientes)• Veículos (pedágios e estacionamentos)• Indústrias (identificação de equipamentos, máquinas e produtos químicos)• Comercial (leitor RFID em celulares para informações sobre produtos)• Bibliotecas (empréstimo, devolução, auto-atendimento, etc.)• Segurança (dispositivos de acesso a locais e veículos)• Identificação animal (rastreabilidade)• Manutenção (informações sobre objetos) 13
  14. 14. Atividade 1 (em trio)• Selecione uma empresa e apresente: – Nome – Produtos/serviços• A empresa faz uso de códigos de barras? Para quê?• A empresa faz uso de RFID? – Em caso afirmativo, para quê? – Em caso negativo, haveria oportunidade para utilizar? Para quê? 14
  15. 15. GPS 15
  16. 16. GPS• Sistema de Posicionamento Global• Posicionamento (latitude, longitude e altitude) e horário via satélite• Qualquer local do globo com 4 ou mais satélites “visíveis” 16
  17. 17. GPS 17
  18. 18. GPS - Aplicações• Rastreamento• Navegação terrestre, aérea e marítima• Mapeamento de regiões• Sincronização de horários 18
  19. 19. Atividade 2 (em trio)• Cite possíveis aplicações da tecnologia GPS para a empresa selecionada e explique os benefícios obtidos. 19
  20. 20. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL 20
  21. 21. Inteligência Artificial (IA)• Ciência cognitiva – Sistemas especialistas, lógica difusa, redes neurais, etc.• Robótica – Movimento, percepção visual, táctil, etc.• Interfaces naturais – Processamento de linguagem, síntese de voz, interfaces sensoriais, etc. 21
  22. 22. Inteligência Artificial – Redes Neurais www.icmc.usp.br/~andre/research/neural/index.htm 22
  23. 23. Inteligência Artificial – Robótica www.robotshop.ca 23
  24. 24. Inteligência Artificial – Síntese de Voz 24
  25. 25. Atividade 3 (em trio)• Cite possíveis aplicações da inteligência artificial para a empresa selecionada e explique os benefícios obtidos. 25
  26. 26. NOTA FISCAL ELETRÔNICA 26
  27. 27. NF-e – Nota Fiscal Eletrônica• Iniciativa nacional de documento fiscal eletrônico• Arquivo eletrônico com informações fiscais• Assinatura digital• Repositório nacional na Receita Federal• Cenário – Multiplicidade de rotinas de trabalho, burocracia, baixo grau de troca de informações e falta de compatibilidade entre dados de contribuintes 27
  28. 28. NF-e – Benefícios• Vendedor – Redução de custos (impressão, papel, armazenagem de documentos) – Simplificação de obrigações (ex: dispensa de AIDF - Autorização para Impressão de Documentos Fiscais) – Redução de tempo de paradas de caminhões em postos fiscais – Incentivo a B2B 28
  29. 29. NF-e – Benefícios• Comprador – Ganho de tempo e redução de erros (eliminação de redigitação de notas fiscais no recebimento de mercadorias) – Incentivo a B2B• Sociedade – Redução de consumo de papel – Incentivo ao e-commerce e novas tecnologias – Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre empresas – Oportunidades de negócios e serviços ligados às NF-e 29
  30. 30. NF-e – Benefícios• Governo – Aumento da confiabilidade da NF – Melhoria no controle fiscal – Redução da sonegação (aumento de arrecadação) – Suporte ao SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) 30
  31. 31. NF-e – ProcessoEmitente gera a NF-e NF-e é enviada para a Fazenda Fazenda protocola recebimento Emitente emite DANFE Destinatário armazena arquivo eletrônico 31
  32. 32. DANFE (Documento Auxiliar da NotaFiscal Eletrônica)• Representação gráfica simplificada da NF-e• Não é nota fiscal, nem a substitui• Possui chave da NF-e, que permite sua consulta 32
  33. 33. DANFE• Número do DANFE – 42100484684182000157550010000000010053005306• Número formatado – 42-10/04-84.684.182/0001-57-55-001-000.000.001-005.300.530-6• 42- código do estado emissor ( 42=SC)• 42-10/04 ano/mês• 42-10/04-84.684.182/0001-57 CNPJ• 42-10/04-84.684.182/0001-57-55- modelo do documento• 42-10/04-84.684.182/0001-57-55-001- série da NF• 42-10/04-84.684.182/0001-57-55-001-000.000.001- número da NF• 42-10/04-84.684.182/0001-57-55-001-000.000.001-005.300.530- número a ser utilizado pelo contribuinte emissor da nota fiscal• 42-10/04-84.684.182/0001-57-55-001-000.000.001-005.300.530-6 dígito verificador base 11 33
  34. 34. Implantação• Ambiente de Homologação• Ambiente de Produção 34
  35. 35. Atividade 4 (em trio)• A empresa selecionada emite notas fiscais? Em caso afirmativo, ela armazena os arquivos XML?• A empresa selecionada armazena os arquivos XML das notas fiscais que são emitidas contra ela? 35
  36. 36. BUSINESS INTELLIGENCE E DATAWAREHOUSE 36
  37. 37. Business Intelligence (BI)• Técnicas e ferramentas para auxiliar a tomada de decisões a partir de informações – Cruzamento de dados, visão em cenários, análise de indicadores de desempenho, curvas de tendências, etc.• Aplicações em diversas áreas funcionais da administração 37
  38. 38. Business Intelligence (BI) Fonte: http://etl-tools.info/ 38
  39. 39. ELETRONIC DATA INTERCHANGE 39
  40. 40. Electronic Data Interchange (EDI)• Intercâmbio Eletrônico de Dados• Troca estruturada de dados por meio eletrônico• Evita redigitação de dados• Comunicação de pedidos de compra, notas fiscais de venda, faturas/duplicatas, ocorrência de transporte, etc. 40
  41. 41. EDI – Solicitação de Compra TradicionalDistribuidor Distribuidor Fábrica Fábrica• Sistema de • Um e-mail é • Ao receber e- • Caso haja Gestão de enviado para a mail, operador estoque, o estoque do fábrica com um digita o pedido distribuidor é Distribuidor relatório do distribuidor atendido, caso indica a contendo os para atender à contrário inicia- necessidade de itens e sua demanda. se a produção. compra de itens quantidades  Dados são digitados manualmente  Há perda de tempo e risco de erros de digitação 41
  42. 42. EDI – Solicitação de Compra com EDI Distribuidor Distribuidor Fábrica • Sistema de Gestão de • Via EDI as • Caso haja estoque, o estoque do informações são distribuidor é Distribuidor indica a enviadas ao produtor atendido, caso necessidade de e importadas contrário inicia-se a compra de itens automaticamente produção. em seu ERP. Há ganho de eficiência, redução de erros e reposição contínua (JIT e lean) 42
  43. 43. SUPPLY CHAIN MANAGEMENTSYSTEM 43
  44. 44. Cadeia de Suprimentos Fabricantes Operadores Revendedores Logísticos Clientes Distribuidores Fornecedores 44
  45. 45. Exemplos de Problemas Configuração da Rede Logística• Onde posicionar as plantas de fabricação, armazéns, centros de distribuição? Planejamento da Produção• Quais, quantos, onde produzir cada produto? Controle de Estoque e Otimização de Preços• Qual a melhor política de controle de estoque para garantir o atendimento da demanda? Estratégias de “Procurement” e Contratos de Fornecimento• Como estabelecer contratos que garantam a redução dos custos totais da rede?
  46. 46. Exemplos de ProblemasIntegração da Produção, Controle de Estoque e Transporte• Qual a quantidade ideal de produzir/vender para reduzir os custos totais? Gestão da Frota – Roteamento dos Veículos• Como escolher quais veículos farão quais entregas? Roteirização de Veículos• Qual o melhor roteiro de distribuição para um determinado veículo? Problemas de Empacotamento e Posicionamento• Qual o tamanho ideal de embalagem? Como posicioná-los nos pallets?
  47. 47. Níveis Decisórios e ProcessosLogísticos 47
  48. 48. Níveis Decisórios e ProcessosLogísticos 48
  49. 49. Demonstração Logware 49
  50. 50. Atividade 5 (em trio)• A empresa selecionada utiliza algum módulo de SCMS? Qual a importância dele? 50
  51. 51. CUSTOMER RELATIONSHIPMANAGEMENT 51
  52. 52. Customer Relationship Management(CRM)• Gestão do relacionamento com o cliente – Ligações, visitas, propostas, contratos, preferências, necessidades, etc.• Pode reduzir o ciclo de vida da venda• Potencializa o marketing one to one (O2O)• Desenvolve promoções, bonificações, fidelização, etc. 52
  53. 53. Customer Relationship Management(CRM) Marketing e Programas Satisfação de fidelidade e retenção Vendas Cliente •vendas cruzadas Atendimento de campo •crescimento das vendas e de frente de loja •televendas Apoio e atendimento ao cliente Fonte: O’Brien, 2008 53
  54. 54. Fases do CRMAquisição de novos clientes Aumento de lucratividade dos clientes existentes Manutenção de clientes lucrativos pelo resto da vida 54
  55. 55. Atividade 6 (em trio)• A empresa selecionada utiliza algum módulo de CRM? Quais? Cite e explique os benefícios obtidos pelo seu uso. 55
  56. 56. Dúvidas ? 56

×