Letramento acadêmico
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Letramento acadêmico

on

  • 1,166 views

Letramento

Letramento

Statistics

Views

Total Views
1,166
Views on SlideShare
1,166
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
34
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Letramento acadêmico Letramento acadêmico Presentation Transcript

  • CONCEPÇÕES DIVERGENTES SOBRE OS GÊNEROS V Semana de História, Letras e Pedagogia “Formação, Ética e Prática Docente”
  • OBJETIVO • Favorecer a qualidade das produções escritas; • Conhecer os conceitos básicos de fichamento, resumo e resenha; • Conhecer as principais diferenças entre os elementos;
  • JUSTIFICATIVA • Trabalhos acadêmicos, didáticos e/ou científicos; • Seguem um caráter universal de estruturação lógica e de organização metodológica; • Organização; • Assimilação dos conteúdos estudados; • Recuperação da informação;
  • ► O QUE É FICHAMENTO? É UMA FERRAMENTA DE TRABALHO • É a elaboração de fichas de leitura com a finalidade de registrar informações; • É uma forma organizada de registrar as informações obtidas na leitura de um texto;
  • ► PARA QUE SERVE UM FICHAMENTO? organizar ideias facilitar e embasar a escrita de um novo texto assimilar os conteúdos estudados auxiliar no estudo posterior
  • IMPORTÂNCIA Exemplo: • Você precisa ler 3 capítulos para uma prova, ou 9 livros para o vestibular. • A leitura foi feita com antecedência, várias páginas (no caso dos livros, centenas!). Faltando alguns dias você vai conseguir reler tudo? Nunca! Pegue seus fichamentos e relembre o que foi visto.
  • ESTRUTURA Cabeçalho * Assunto * Referência * Corpo
  • Modelo
  • ... No Computador
  • TIPOS
  • FICHAMENTO BIBLIOGRÁFICO • É a descrição, com comentários dos tópicos abordados em uma obra inteira ou parte dela. TELES, Maria Amélia de Almeida. Breve história do feminismo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1993. A obra insere-se no campo da história e da antropologia social. A autora utiliza-se de fontes secundárias colhidas por meio de livros, revistas e depoimentos. A abordagem é descritiva e analítica. Aborda os aspectos históricos da condição feminina no Brasil a partir do ano de 1500. A autora descreve em linhas gerais todo s processo de lutas e conquistas da mulher.
  • FICHAMENTO DE CITAÇÕES • Conforme a ABNT, a transcrição textual é chamada de citação direta, ou seja, é a reprodução fiel das frases que se pretende usar como citação na redação do trabalho. Educação da mulher: a perpetuação da injustiça (pp. 30 – 132). Segundo capítulo. TELES, Maria Amélia de Almeida. Breve história do feminismo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1993. “uma das primeiras feministas do Brasil, Nísia Floresta Augusta, defendeu a abolição da escravatura, ao lado de propostas como educação e a emancipação da mulher e a instauração da República” (p.30) “na justiça brasileira, é comum os assassinos de mulheres serem absolvidos sob a defesa de honra” (p. 132) “a mulher buscou com todas forças sua conquista no mundo totalmente masculino” (p.43)
  • FICHAMENTO DE CONTEÚDO • É uma síntese das principais idéias contidas na obra. Elaborar com suas próprias palavras a interpretação do que foi dito. Educação da mulher: a perpetuação da injustiça (pp. 30 – 132) segunda capítulo. TELES, Maria Amélia de Almeida. Breve história do feminismo no Brasil. São Paulo: brasiliense, 1993 O trabalho da autora baseia-se em análise de textos e na própria vivência nos movimentos feministas, como relato de uma prática. A autora divide seu texto em fases históricas compreendidas entre Brasil Colônia (1500 – 1822), até os anos de 1975 em que foi considerado o Ano Internacional da Mulher. A autora trabalha ainda assuntos como mulheres da periferia de São Paulo, a luta por creches, violência, participação em greves, saúde e sexualidade.
  • LEMBRETE • Para os textos lidos em jornais, revistas ou artigos na internet, o endereço do site e a data de consulta são elementos obrigatórios. PEREIRA, A.N.; BARBOSA, M.C.R. Letramento na educação de pessoa com surdez: garantia de apropriação da linguagem a partir da prática significativa da língua. Nucleus. Ituverava, v.9, n.2, out. 2012. DOI: 10.3738/1982.2278.756. Disponível em: http://www.nucleus.feituverava.com.br/index.php/nucleus/article/viewFile/7 56/984. Acesso em: 13 maio 2013.
  • CONSIDERAÇÕES Na elaboração do fichamento é importante : • Que o leitor faça uma primeira leitura; • Na segunda leitura começa a registrar as ideias chave transmitidas pelo autor; • Deve certificar-se de que compreendeu muito bem aquilo que escreve, pois uma escrita clara e objetiva irá facilitar o estudo.
  • O QUE É? • Resumir é : • Apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo; • Colocar com uma quantidade reduzida de palavras as ideias, o que de fato é essencial e mais importante para o leitor.
  • EXEMPLO!!!
  • OBJETIVOS • Recuperar rapidamente: ideias conceitos informações • Tornar mais fácil o entendimento, pois saberá encontrar num texto as ideias mais importantes.
  • JUSTIFICATIVA • A maioria dos tipos de resumo são elaborados de forma que não seja necessária a consulta do documento completo (livro, artigo...) para determinar se o assunto é relevante ou não para o leitor.
  • TIPOS DE RESUMO • RESUMO INDICATIVO ou DESCRITIVO • RESUMO INFORMATIVO • RESUMO CRÍTICO
  • RESUMO INDICATIVO • ou DESCRITIVO • Indica apenas os pontos principais do texto, sem prolongar ou discorrer sobre esses pontos. • Não apresentando dados qualitativos ou quantitativos. *** não dispensa a leitura do original.
  • RESUMO INFORMATIVO • Informa suficientemente ao leitor, para que este possa decidir sobre a conveniência da leitura do texto inteiro. • Expõe finalidades, metodologia, resultados e conclusões. ***não há necessidade de consultar o original
  • RESUMO INFORMATIVO
  • Resumo crítico (resenha) Resumo redigido por especialistas com análise interpretativa de um documento.
  • CONSIDERAÇÕES - Breve e conciso: no resumo de um texto devemos deixar de lado os exemplos dados pelo autor, detalhes e dados secundários; - Pessoal: um resumo deve ser sempre feito com suas próprias palavras. Ele é o resultado da sua leitura de um texto – Linguagem impessoal. - Logicamente estruturado: um resumo não é apenas um apanhado de frases soltas deve trazer as idéias centrais (o argumento). Coesão, coerência, lógica, objetividade, clareza.
  • DICAS 1- Faça uma primeira leitura atenciosa do texto para saber o assunto geral; 2- Leia o texto por parágrafos, sublinhando as palavras-chave para serem a base do resumo; 3 - Faça o resumo dos parágrafos, baseando-se nas palavras-chave já destacadas; 4 - Releia o seu texto à medida que for escrevendo para verificar se as ideias estão claras e sequenciais, ou seja, coerentes e coesas. 5 - Faça um resumo geral deste primeiro resumo dos parágrafos e verifique se não está faltando nenhuma informação ou sobrando alguma; 6 - Por fim, analise se os conceitos apresentados estão de acordo com a opinião do autor, porque não cabem no resumo comentários pessoais. **** Fidelidade ao original.
  • EXTENSÃO DO RESUMO ABNT / NBR – 6028 a) de 150 a 500 palavras os de trabalhos acadêmicos(teses, dissertações e outros) e relatórios técnico-científicos. b) de 100 a 250 palavras os de artigos de periódicos c) de 50 a 100 palavras os destinados a indicações breves • Observação: os resumos críticos, por suas características especiais, não estão sujeitos a limite de palavras.
  • O QUE É • É uma produção textual; O autor faz uma breve apreciação, e uma descrição a respeito de acontecimentos culturais (feira do livro; peça de teatro) ou obras (literárias, cinematográficas, musicais, teatrais)
  • OBJETIVO • Apresentar o objeto (acontecimento ou obras), de forma sintetizada, apontando, guiando e convidando o leitor ou o espectador a conhecer tal objeto na integra, ou não. Uma resenha deve conter uma análise e um julgamento (de verdade ou de valor)
  • TIPOS - DESCRITIVA - CRÍTICA ou OPINATIVA
  • RESENHA DESCRITIVA RESENHA TÉCNICA ou CIENTIFICA - Resumo de livros ou textos técnicos (especialista); - A apreciação, ou o julgamento julga as ideias do autor, a consistência e a pertinência de suas colocações; - Julgamento de verdade. Uma descrição completa inclui distinções sutis úteis para distinguir uma coisa de outra. Descrição caracteriza-se por ser um “retrato” de pessoas, objetos, animais, sentimentos, cenas ou ambientes
  • RESENHA CRÍTICA OPINATIVA – O conteúdo apresentado é um pouco mais detalhado; - Há a necessidade de fundamentar suas críticas, positivas ou negativas, utilizando outros autores que tratam do mesmo tema; - Os critérios de julgamento são de valor, de beleza da forma, estilo do objeto (acontecimento ou obra); - Comentário.... ≠ resenha descritiva.
  • DICAS • Leitura e reflexão sobre o texto do qual será feito a resenha, muitas vezes são necessárias leituras complementares para um melhor entendimento do tema; • Resumo da obra - deverão ficar claras as ideias principais do autor. Este resumo será a base para a resenha, mas não ela. • Selecionar dentre as ideias principais, uma que será destacada, e até aprofundada (no caso das resenhas críticas). • Emitir um julgamento de verdade (resenha descritiva) ou de valor (resenha crítica), sendo necessária a fundamentação no caso da resenha crítica. • Elaborar a resenha a partir dos passos anteriores, sendo que a organização do texto fica a critério do autor.
  • CONSIDERAÇÕES • Resenha não é um mero resumo, é mais que isso, deve apresentar mais informações e criar o interesse do leitor.
  • “Nosso trabalho é a apresentação das nossas capacidades” Johan Goethe Vera Mariza Chaud de Paula biblioteca.fei@feituverava.com.br
  • ALMEIDA, F. de et al. A mediação pedagógica no século 21. Ensino Superior. São Paulo: Segmento, v. 15, n.174, p.41-2, 2013.