Your SlideShare is downloading. ×
0
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Sara laviosa   corpus based translation
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sara laviosa corpus based translation

353

Published on

summary of laviosa's account of the past present and future of corpus-based translation studies …

summary of laviosa's account of the past present and future of corpus-based translation studies
IN PORTUGUESE

resumo laviosa estudos da tradução baseados em corpora

by feli, luciane, ieda and rodrigo

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
353
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. C o r p u s -b a s e d tr a n s la tio n s tu d ie s : W h e r e d o e s it c o m e fr o m ? W h e r e is it g o in g ? S a r a L a v io s a
  • 2. O surgimento dos Estudos da Tradução baseados em Corpora (ETC)- nos anos 80, estudiosos suecos já trabalham com corpora como instrumentos para melhorar a prática da tradução.- em 1990, já existem 16 corpora representando as línguas da Europa (com um total de 365 milhões de palavras).- nos anos 90, a Linguística de Corpus encontra-se em franca ascendência – nesta época vários mega corpora da Língua Inglesa (BNC, Cambridge Language Survey, Corpus of Spoken American English, entre outros) são criados.
  • 3. - em 1993, Mona Baker prevê que a grande disponibilidade de corpora (de textos originais e traduzidos), e o desenvolvimento de uma metodologia baseada em corpus possibilitarão que se descubra a natureza do texto traduzido enquanto evento comunicativo mediado.- em 1995, Baker desenvolve sua ideia inicial sugerindo projetos de pesquisa que criassem e analisassem corpora comparáveis e paralelos – bilíngues, multilíngues e monolíngues. Aí se dá o surgimento da parceria entre Linguística de Corpus e Estudos da Tradução, dando origem aos ETC.
  • 4. - no final da década de 90, os ETC já são considerados, como diz A. Chesterman, a tendência mais importante a caracterizar os Estudos da Tradução.- Maria Tymoczko define os ETC como vitais para a maneira que os Estudos da Tradução devem, enquanto disciplina, evoluir.- já Basil Hatim coloca que os ETC não devem se limitar ao estudo do que está no texto traduzido, mas também do que petence à tradução, ou seja, o impacto ideológico desta
  • 5. - a parceria entre Linguística de Corpus e Estudos da Tradução sugere um programa de pesquisa no campo dos Estudos Descritivos da Tradução (EDT), os quais são taxados por Gideon Toury como essenciais à transformação dos Estudos da Tradução em uma disciplina empírica.- a Linguística de Corpus e os EDT forjam uma ligação bastante forte nessa época, devido às suas preocupações empíricas comuns. Tal ligação é essencial para o sucesso dos Estudos da Tradução baseados em Corpora (ETC).
  • 6. O predomínio da Linguística de Corpus nos Estudos da TraduçãoEstudos Descritivos da Tradução baseados em Corpora- in 1996, em Manchester, os ETC vêem sua primeira análise concretizada – Sara Laviosa cria um corpus comparável monolíngue em inglês e elabora uma síntese entre a metodologia baseada em corpus e a investigação da simplificação. Suas descobertas revelam padrões de uso lexical em prosa narrativa e artigos de jornal que são interpretados como aspectos de simplificação em inglês traduzido.
  • 7. - em 1997, Jeremy Munday analiza as normas tradutórias em um corpus paralelo de contos de Gabriel García Márquez em espanhol e em inglês traduzido. Suas descobertas sugerem que a norma inicial que caracteriza as escolhas do tradutor é direcionada à aceitabilidade.- em 1998, Nelia Scott analisa o romance A Hora da Estrela, de Clarice Lispector, e sua tradução The Hour of the Star, por Giovanni Pontiero. Scott foca-se em particular na repetição do não, que não é bem representada na tradução – o que causa perda de significado.
  • 8. - também em 1998, L. Øverảs testa a hipótese da explicitação nas traduções literárias tiradas do ENPC. Suas hipóteses sugerem que um aumento no nível de coesão é um aspecto de explicitação no processo de tradução e que textos-alvo em inglês e norueguês são mais coesivos do que seus originais na língua-fonte. Ambas as hipóteses foram provadas.- ainda em 1998, Maria Tymoczko afirma que os ETC não tem como proposta primária a objetividade e nem a descoberta de leis universais, mas sim a construção de vários corpora diferentes para fins especializados e diversos.
  • 9. - a noção de “universal” não deve ser encarada como uma necessidade absoluta que pode explicar todas as estratégias tradutórias, mas como uma hipótese aberta que continuará a revelar aspectos da natureza dos produtos e processos da tradução e suas ligações com a cultura.- Laviosa coloca que as leis universais do comportamento tradutório (Toury) representam relações probabilísticas entre vários fenômenos tradutórios. A lei da padronização crescente, por exemplo, explica que relações textuais especiais no texto-fonte (como colocações criativas) são frequentemente substituídas por relações convencionais (colocações típicas) no texto-alvo.
  • 10. - já o princípio idiomático (Sinclair) define que as palavras são cosselecionadas com base em sua atração lexical mútua, o que determina seus padrões colocacionais. Tal norma coexiste com o princípio da livre escolha, o qual define que palavras são selecionadas para preencher um espaço que poderia ser preenchido por outra com o mesmo significado, classe e sintaxe.- Laviosa sugere que a integração da lei de Toury e do princípio de Sinclair incorreria na criação de hipóteses (pela lei da padronização crescente) nas quais o princípio da livre escolha no texto-fonte é frequentemente substituído pelo princípio idiomático padrão no texto-alvo.
  • 11. Estudos Teóricos da Tradução baseados em Corpora- entre 1996 e 1999, Baker escreve três artigos nos quais dá indicações de como refinar as hipóteses e metodologias para gerar conceitos abstratos operacionais e verificáveis (como a noção de “universais”). Baker também explica que a busca por padrões tradutórios deve ser aliada à constante avaliação do status relativo das línguas fonte e alvo (por exemplo: línguas de prestígio X línguas de menos prestígio).
  • 12. - Baker coloca que textos traduzidos são eventos comunicativos distintos que devem ser analisados quanto às expectativas dos leitores, à teoria e à prática profissional. Tal estudo pode ser feito a partir da análise textual aliada à investigação de fontes de informação extra-linguísticas.- Laviosa explica que a inclusão de fatos exteriores ao corpus constitui uma importante diferença entre os campos dos EDT e ETC e da Linguística de Corpus.- no Brasil, 90% de toda a literatura publicada é literatura traduzida, por isso seria difícil criar um corpus comparável monolíngue de textos narrativos, representativo e balanceado.
  • 13. Estudos Aplicados da Tradução baseados em Corpora- a partir de 1998 este campo começa a se desenvolver como disciplina.- a relação entre os Estudos Aplicados da Tradução baseados em Corpora e os Estudos da Tradução baseados em Corpora é uma de interdependência.- no centro desta ligação, está a criação e a navegação de corpora – não só como fontes para a busca de equivalentes ou ferramentas para melhorar a tradução, mas também como repositórios de informação usados para compreender os processos tradutórios e o comportamento da linguagem.
  • 14. - os campos aplicado e descritivo dos ETC estão interrelacionados, uma vez que a busca por soluções tradutórias e a análise descritiva são duas faces da mesma moeda.- em 1997, L. Gavioli e F. Zanettin conduzem um estudo no qual tradutores estagiários criam e analisam um corpus comparável de artigos de pesquisa médica em inglês e italiano. Através das checagens de uso e concordância, são investigados os ítens lexicais selecionados de um ponto de vista semântico, sintático, colocacional e funcional.
  • 15. - em 1998, Tymoczko recomenda que três áreas sejam desenvolvidas no novo milênio: a busca por território comum entre a Linguística e os Estudos Culturais, a investigação da ideologia como fator indissoluvelmente relacionado ao produto e ao processo da tradução, e o desenvolvimento de tecnologias modernas para que as metodologias utilizadas sejam constantemente atualizadas, refinadas e diversificadas.
  • 16. O predomínio dos Estudos Culturais nos ETC- em 2000, Lawrence Venuti define os Estudos da Tradução como uma rede internacional de comunidades de estudiosos que conduzem pesquisas e debates multiconceituais e interdisciplinares.- no mesmo ano, Baker expressa que os investigadores dos Estudos da Tradução devem focar-se em: comparar e contrastar os modelos de pesquisa de diferentes abordagens e teorias, analisando suas relações com os paradigmas existentes e sua aplicabilidade a uma série de fenômenos legítimos.
  • 17. - os EDT baseados em Corpora crescem consideravelmente graças â criação de novos corpora e à expansão dos existentes.- em 2000, duas novas investigações sobre “universais” são conduzidas utilizando o CTF e um corpus comparável monolíngue de textos originais em finlandês.- a primeira, Unique Items Hypothesis, de S. Tirkkonen-Condit, prevê que formas e funções que não têm equivalência direta no texto-fonte (existem apenas na língua-alvo), ocorrem com menos frequência na variedade traduzida porque não se apresentam como primeiras escolhas para os tradutores.
  • 18. - a segunda, de A. Mauranen, combina a lei da interferência de Toury e a alegação de Robinson – traduções de uma cultura de mais prestígio para uma de menos tendem à fluência quando direcionadas a leitores populares. A primeira hipotése prevê, como resultado da lei de interferência, que os textos acadêmicos em finlandês traduzidos do inglês mostram uma frequência maior de ítens lexicais com função de organização do que os textos nativos em finlandês; e a segunda, que a lei da interferência é menos perceptível em não-ficção. As duas hipóteses são confirmadas.
  • 19. - em 2000, Baker e M. Olohan testam a hipótese da explicitação através da análise de ocorrências do “reporting that” em inglês original e traduzido. As descobertas apontam que há muito mais ocorrências do that (após os verbos say e tell) em inglês traduzido do que em inglês nativo.- ainda em 2000, D. Stewart realiza uma investigação sobre o uso do BNC para traduzir brochuras de viagem do italiano para o inglês como língua estrangeira. No estudo, tradutores estagiários produzem colocações naturais através da análise de supostos equivalentes na língua-alvo para grupos nominais com alta frequência de uso na língua-fonte.
  • 20. - em 2001, Camargo compila um corpus paralelo de textos legais, corporativos e técnicos em português e inglês para investigar o prevalecimento de estratégias tradutórias. Este é o primeiro passo em direção a uma avaliação das normas que governam o padrão de comportamento tradutório em trabalhos não-literários.- a ideologia é um tema emergente nos EDT baseados em Corpora – sua renovada importância impulsiona os Estudos Críticos da Tradução baseados em Corpora, uma área que complementa os estudos de linguística textual sobre ideologia na tradução.
  • 21. - Laviosa coloca que um dos objetivos dos ETC é diminuir adistância entre a linguística e os estudos culturais. Mas umpossível predomínio dos estudos culturais nos ETC aindaestá longe de acontecer. No entanto, há sinais tangíveis deque isso ocorra em breve (particularmente odesenvolvimento concomitante ocorrendo na teoria datradução, nos estudos empíricos e na metodologia).
  • 22. - um exemplo que ilustra o potencial dos ETC para alcançartal objetivo é o MCST (corpus multilingue de tradutoresjuramentados), que está sendo compilado pela USP. Oscriadores desta base acreditam que o material servirá paraanalisar terminologia legal e lexicografia, mas também paracompreender mudanças sócio-políticas e históricas –especialmente as ondas de imigração e o processo dedemocratização pós-ditadura.

×